conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Na Capital

“Sine e Você” chega ao Cras do bairro Pedra 90 com vagas de emprego e outros serviços

Publicado

Vicente Aquino

Mais de 200 pessoas foram atendidas no primeiro dia do atendimento da Edição do projeto “Sine e Você” que visa facilitar a recolocação ou inclusão dos cidadãos de baixa renda no mercado de trabalho. 

Durante dois dias, o Sine Municipal está com atendimento na Unidade do Centro de Referência de Assistência Social da região do bairro Pedra 90, em Cuiabá.

No local, a unidade social chega à comunidade para reforçar os serviços oferecidos. A ação segue nesta quinta-feira (14), até às 17 horas, por ordem de chegada como é feito nos postos fixos e com serviços. “É um esforço que faz parte da proposta de gestão do Prefeito Emanuel Pinheiro, que prioriza a humanização e o alcance do poder público aos moradores menos privilegiados”, afirma a coordenadora do Cras Pedra 90, Cibele Rodrigues.

Os serviços que estão sendo ofertados são: a emissão de carteira de trabalho, encaminhamento para vagas de emprego e entrada no seguro desemprego e ainda buscar informações de como abrir microempresas. A ideia é levar os serviços que a Prefeitura disponibiliza por meio do Sine Municipal a todas as comunidades que possuem o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS). “Essa ação conjunta veio para facilitar o acesso dessas pessoas de baixa renda que muitas vezes não tem condições de se deslocar até uma Unidade de Atendimento”, disse a coordenadora.

Veja Mais:  Por recomendação do MP, feira do CPA II é cancelada no domingo de eleição

“Estamos muito felizes com mais esse atendimento ao cidadão, proporcionado pela Prefeitura de Cuiabá. Pretendemos dar continuidade neste trabalho e, daqui vamos dar os encaminhamentos para os moradores da região”, finalizou Cibele.

O CrasPedra 90 tem em sua abrangência 19 bairros e está situado na Avenida Nilton Rabello de Castro, S/N,  Bairro Petra 90, em Cuiabá. 

CRAS – O Centro de Referência de Assistência Social (Cras) ligado à Secretaria de Assistência Social e Desenvolvimento Humano é a porta de entrada da Assistência Social. É um local público, localizado prioritariamente em áreas de maior vulnerabilidade social, onde são oferecidos os serviços de Assistência Social, com o objetivo de fortalecer a convivência com a família e com a comunidade.

Comentários Facebook

Na Capital

Prefeitura de Cuiabá publica editais de convocação para a função de CAD

Publicado

Jorge Pinho

A Prefeitura de Cuiabá publica novos editais de convocação para candidatos aprovados no processo seletivo simplificado da Educação. A convocação se refere aos candidatos aprovados para a função de Cuidador de Aluno com Deficiência (CAD).

Os candidatos que estão sendo convocados nesses editais devem se apresentar para atribuição nesta sexta-feira (22), na Secretaria de Educação do Município, às 14h. A SME fica na Rua Diogo Domingos Ferreira, 292, bairro Bandeirantes.

Os Editais de Convocação se referem ao Processo Seletivo Simplificado para contratação temporária imediata e formação de cadastro de reserva, nº 006/2018/GS/SME, realizado pela Secretaria Municipal de Educação, para o ano letivo de 2019.

Os candidatos convocados devem conferir diariamente a publicação dos editais, pois não haverá 2ª chamada para a convocação. Assim, o candidato que não comparecer no dia e horário previstos será eliminado, o que implicará na convocação do candidato classificado na sequência.

Para a atribuição, os candidatos convocados devem levar os documentos pessoais.

Veja anexos os editais de convocação:

 

Comentários Facebook
Veja Mais:  Motorista flagrado utilizando o carro oficial de forma inadequada é desligado da Prefeitura
Continue lendo

Na Capital

Cuiabá dos 300 anos mais ordenada: promovendo cidadania

Publicado

Marcos Vergueiro

Atualmente, pouco mais de 50% da Capital é formada por assentamentos informais, oriundos de invasões. Com essa formação desordenada, as moradias também foram sendo construídas sem nenhuma estrutura. Outro fator que aumenta essa situação, é a falta de documentação das áreas. Isso impede o cidadão de buscar recursos junto aos órgãos financiadores para a aplicação em melhorias de suas moradias.  

Diante disso, desde o primeiro mês de gestão, o prefeito Emanuel Pinheiro determinou que a equipe de Habitação e Regularização Fundiária desenvolvesse ações nesta área, que contemplassem a população mais carente de forma completa: regularizando os terrenos e também dando condições de terem imóveis dignos de se morar. 

Para isso, a gestão está desenvolvendo planos de trabalhos unificados pelos bairros de Cuiabá. São processos de políticas públicas em variados setores, como o ambiental, jurídico e urbanístico, que executados juntos, trazem equalização e dignificação para a vida dos que ali residem.  Eles são indispensáveis para um resultado de qualidade, assegurando o direito social à moradia, o pleno desenvolvimento das funções sociais da propriedade urbana e o direito ao meio ambiente ecologicamente equilibrado.

E mover essa transformação na Capital tricentenária é um dever do gestor público. “Hoje, nesses dois anos à frente da Prefeitura de Cuiabá, nossa administração está sendo pautada em programas de humanização, com uma cartela de ações desenvolvidas nas quatro regiões da cidade”.

Veja Mais:  Pinheiro conquista recurso de mais R$ 5 milhões para asfalto

São mais de 40 comunidades atendidas, com cerca de 5 mil títulos de posse definitivas entregues. E para este ano, a perspectiva é beneficiarmos 3.871 famílias cuiabanas, com os documentos de seus terrenos. São bairros emblemáticos, como Santa Izabel, Doutor Fábio, Ribeirão do Lipa, Novo Paraíso, Praeirinho, sendo regularizados.

“A meta é chegar em 40 mil áreas regularizadas até o fim da gestão. São pessoas com sorrisos largos no rosto, semblantes de satisfação por terem sido enxergados. Morar em local em que você não tem a certeza de ser seu, de pertencer a sua família, é viver em constante estado de medo, insegurança. É achar que a qualquer momento alguém vai bater à sua porta e pedir que saia.  Mas, isso não acontecerá nessas famílias”, afirmou o prefeito.

O trabalho representa o ordenamento de Cuiabá. De forma equilibrada e humanizada.

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Na Capital

Prefeitura participa de ação de recolhimento de materiais eletrônicos

Publicado

Divulgação

A Prefeitura de Cuiabá participará da segunda edição da Campanha Leve. O evento, que inicia na próxima segunda-feira (25) e segue até o próximo dia 30 de março, estimula o descarte correto de materiais eletrônicos. A ação é uma iniciativa do grupo Teoria Verde e, além de fomentar a prática de preservação ambiental, cumpre com um importante papel social ao reverter 100% do valor arrecadado com a venda dos objetos para o Hospital de Câncer de Mato Grosso (HCan).

Na edição realizada no ano passado, foram recolhidas cerca de três toneladas de lixo eletrônico, resultando em uma quantia de R$ 16.035,00. Para este ano, a organização da campanha deve disponibilizar pelo menos sete pontos de entrega em Cuiabá e um em Várzea Grande. A Prefeitura, além de ser um dos pontos, também doará uma quantidade de eletrônicos inservíveis e disponibilizará um veículo do Cata-treco para fazer o recolhimento dos materiais nos pontos de coleta.

Também estão previstos pontos de coleta nos seguinte locais: HCan, Ecodescarte (Poção), IFMT Bela Vista, Carvalina Transporte (Av. Beira Rio), Associação dos Moradores do Bairro Jardim das Américas, Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Sema) e Mato Grosso Rações (Várzea Grande). Dentre os inservíveis, o cidadão pode descartar celular, computador, televisão, rádio, bateria e todo tipo de peças em geral.

Veja Mais:  Duas novas comunidades serão atendidas pelo Mutirão da Limpeza

“Uma das principais bandeiras do prefeito Emanuel Pinheiro é o desenvolvimento de uma gestão que se preocupa com a sustentabilidade. Nesse sentido, incentivar e participar de projetos como este é sempre uma grande oportunidade de fortalecer esse trabalho. A Prefeitura tem seus projetos internos, mas isso não impede de continuar se envolvendo em ações que colaborem com preservação do nosso meio ambiente”, comenta o secretário municipal de Serviços Urbanos, José Roberto Stopa.

O diretor do Teoria Verde, Jean Pelicari, explica que o descarte incorreto de resíduos eletrônicos potencializa os problemas ambientais. Isso porque, conforme relata Jean, os aparelhos são compostos por substâncias como chumbo, mercúrio, cádmio e berílio, que possuem alto poder de contaminação do solo e das águas.

“Normalmente esses aparelhos levam um tempo ainda maior para se decompor naturalmente. Outro fato é que, quando descartadas incorretamente, esses materiais deixam de ser reaproveitados. Com a campanha trabalharemos na esfera educacional e também social. Nossa ideia é que o balanço de quantidade recolhido e valor a ser doado seja apresentado na celebração dos 300 anos, como mais um presente para Cuiabá”, pontua o diretor.

Comentários Facebook
Continue lendo

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana