conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Mulher

Adolescente comete suicídio após fazer enquete com seguidores no Instagram

Publicado

Uma adolescente de 16 anos, que morava no estado de Sarawak, na Malásia, cometeu suicídio na segunda-feira (13) depois de  fazer uma enquete com seguidores do Instagram. No post, ela questionou se deveria viver ou morrer e pediu para que as pessoas “a ajudassem escolher”. A maior parte delas votou a favor de sua morte.


Instagram
shutterstock

A jovem compartilhou uma enquete no Instagram questionando aos seguidores sobre se deveria morrer ou viver

Segundo informações da agência de notícias AFP, a jovem fez a seguinte postagem na história  Instagram : “É muito importante. Me ajudem a escolher entre D/L”. A letra D significa “death” (morte em inglês), já o L é para “life” (vida).

Junto ao texto ainda havia uma enquete para que os seguidores votassem. A polícia local afirmou que 69% das pessoas votaram pela morte e 31% pela vida.

Um deputado da Malásia pediu uma investigação para evitar casos semelhantes e autoridades do país, como o ministro da Juventude e Esportes, Syed Saddiq, expressou preocupação com a saúde mental dos jovens no país. 

Ching Yee Wong, responsável pela comunicação da empresa na Ásia, transmitiu seus pêsames à família e afirmou que sabe “da importante responsabilidade de se assegurar que as pessoas que usam a rede social  se sintam seguras e apoiadas”.

Instagram é rede social mais nociva à saúde mental

Uma pesquisa realizada Royal Society for Public Health, uma instituição de saúde pública do Reino Unido, em parceria com o Movimento de Saúde Jovem, mostrou que o Instagram é a  rede mais mais prejudicial para a mente dos jovens.

Veja Mais:  Gestante faz publicação emocionante para falar sobre colocar o filho para adoção

No total, 1.479 pessoas entre 14 e 24 anos foram entrevistadas. Os resultados indicam que 90% dos jovem dessa faixa etária usam redes sociais mais do que qualquer outro grupo — o que os torna ainda mais vulneráveis a sofrer com os efeitos colaterais.

Segundo estudo, os jovens avaliados estão ansiosos, deprimidos, com a autoestima baixa, sem sono. A razão disso tudo pode estar ligada ao compartilhamento de fotos pelo Instagram , que impacta negativamente a autoimagem e a aumenta o sentimento chamado de FOMO (“fear of missing out”), ou seja, o medo que os jovens têm de ficar por fora dos acontecimentos.

Fonte: IG Delas
Comentários Facebook

Mulher

Duelo na alimentação saudável: couve ou espinafre, qual é o melhor?

Publicado

Women's Health

Olha, não vamos fingir que você não está ciente de que verduras fazem parte da alimentação saudável. O que vamos salientar, no entanto, é que se você vai dedicar parte do dia a comer folhas, definitivamente quer ter certeza de que está escolhendo a melhor opção, certo?


Prato de salada de folhas verdes
shutterstock

Afinal, qual a melhor folha verde para investir em uma alimentação saudável? Veja quem vence essa briga


Leia também: Folhas verdes são grandes aliadas do emagrecimento; veja como consumir

Concorrentes verdes que estão disputando o primeiro lugar em sua geladeira: couve ou espinafre . Estas são as duas potências nutricionais que prometem te manter na alimentação saudável .

Para determinar qual realmente merece seu tempo, dinheiro e esforços de tempero, a nutricionista Torey Armul (EUA) pesou as informações nutricionais de cada um.

Então, o que torna a couve saudável de qualquer maneira?


Prato de couve
shutterstock

Entre as vantagens da couve para a alimentação saudável está a alta quantidade de vitaminas, como a A e a C

Ela é colhida desde o século 17 e ganhou popularidade durante a Segunda Guerra Mundial “para combater a desnutrição durante a escassez de alimentos”, segundo a American Kale Association.

Hoje, esses mesmos nutrientes estão enchendo as tigelas de salada, sendo cozidos em salgadinhos e até assados no pão. “E não é assim tão surpreendente, afinal, a couve contém uma quantidade insana de vitamina A e vitamina C”, diz Armul.

Veja Mais:  Com inspiração em Carmen Miranda, blogueira cria make para noite de Natal

De fato, “apenas uma xícara de couve picada contém 133%” da ingestão diária recomendada. E no caso de isso não ser suficiente, ela também é “uma boa fonte de cálcio, fibra e folato”, e é super baixa em açúcar e calorias.

Leia também: Couve é ótima pedida para um suco de vegetais; veja como preparar

Informações nutricionais da couve, de acordo com o United States Department of Agriculture (USDA):

Calorias: 7
Proteína: 0,61 g
Gordura: 0,31 g
Carboidratos: 0,93 g
Fibra: 0,9 g
Açúcar: 0,21 g
Cálcio: 53 mg
Vitamina A: 1011 UI
Vitamina C: 10,2 mg
Folato: 13 mg

E agora, e quanto ao espinafre?


folhas de espinafre
shutterstock

Além de conter vitamina A, o espinafre é bem rico em vitamina K

Como a couve, uma xícara de espinafre contém apenas sete calorias, mas Armul com certeza ressalta que esse outro verde “satisfaz metade de suas necessidades diárias de vitamina A e quase o dobro da necessidade diária de vitamina K”. Segundo ela, estas vitaminas fazem maravilhas para a saúde do sangue, ossos e tecidos. Além disso, além de ser um ingrediente-chave, ele é carregado com vitamina C e ácido fólico.

Informações nutricionais do espinafre, de acordo com o USDA:

Calorias: 7
Proteína: 0,86 g
Gordura: 0,12 g
Carboidratos: 1,09 g
Fibra: 0,7 g
Açúcar: 0,13 g
Cálcio: 30 mg
Vitamina A: 141 UI
Vitamina C: 28,1 mg
Vitamina K: 144,9 mg
Folato: 58 mg

Veja Mais:  Como é uma casa de swing? Mulheres compartilham suas experiências

Ok, então couve ou espinafre: qual é mais saudável?

Honestamente, couve e espinafre são bem parecidos. Se você quiser fazer a diferença, porém, a couve tem mais vitamina C e A do que o espinafre, e “o espinafre ganha da couve pelo folato, vitamina K e ferro”, diz Armul. Mas ambos são baixos em calorias , versáteis e crescem durante todo o ano.

Leia também: Cientistas apontam dieta ideal para você e para o planeta

Portanto, a escolha depende realmente dos nutrientes que você quer incluir na alimentação saudável e do sabor. “Por mais óbvio que pareça, apreciar o sabor de algo é o [melhor] indicador de que vai comer mais no futuro”, explica Armul.

Fonte: IG Delas
Comentários Facebook
Continue lendo

Mulher

Quem são as super-heroínas mais empoderadas do universo geek?

Publicado

Eles sempre foram maioria, receberam mais atenção, foram melhor desenvolvidos e ganharam todo tipo de protagonismo – seja em filmes, quadrinhos ou séries. Não há como negar que os super-heróis dominam o universo geek. Mas isso não significa que as mulheres não estão bem representadas dentro dessa cultura .


Mulher-Maravilha%2C Viúva Negra%2C Capitã Marvel
Reprodução/Marvel e DC

Mulher-Maravilha, Viúva Negra, Capitã Marvel e muitas outras super-heroínas representam mulheres empoderadas

E, não, não estamos falando sobre as parceiras amorosas dos heróis já conhecidos. Apesar de não ser exatamente uma novidade, o feminismo no universo nerd está ganhando cada vez mais espaço, com uma nova leva de personagens mulheres em destaque.

Mesmo em desvantagens e levando em consideração o ambiente machista que o mundo nerd (assim como a nossa sociedade) foi construído, há exemplos muito bons de super-heroínas que podem colocar Thor, Capitão América, Super Homem, Batman e muitos outros no chinelo.

Fora os super-poderes, há muitas personagens femininas que abordam temas relacionados a empoderamento, trazendo a discussão para o mundo geek e colaborando para a quebra o padrão masculino e patriarcal que estão inseridas.

Aproveitando a data do dia do Orgulho Geek , celebrada neste sábado (25), o Delas fez uma lista com cinco super-heroínas empoderadas para você conhecer e acompanhar. Confira.

Capitã Marvel

via GIPHY

Há quase 50 anos, quando ilustrava as páginas de quadrinhos, Carol Danvers já era um símbolo de representatividade sendo “apenas” uma piloto da Força Aérea Americana, por ocupar um espaço normalmente destinado a homens e sendo uma das melhores de sua equipe.

Veja Mais:  Conheça 6 benefícios da chia que farão você incluir a semente em sua dieta

via GIPHY

Com os poderes, então, ela conseguiu elevar seu nível de força a um patamar que vai ser difícil superar. Recentemente, a heroína ganhou ainda mais destaque, quando teve seu próprio filme e ainda participou do último Vingadores, fazendo com que grandes heróis como Thor, Huck, Capitão América e Homem de Ferro ficassem muito atrás quando o assunto é super-poder.

Fora isso, em sua história, a Capitã Marvel também costuma abordar temas feministas, como sororidade e a luta pelos direitos das mulheres de voarem na Guerra, por exemplo.

Leia também: Como Game of Thrones te ensinou a ser uma mulher forte e empoderada

Mulher-Maravilha

via GIPHY

Um ícone entre as personagens das histórias em quadrinho, a Mulher-Maravilha foi, por muitos anos, a única figura feminina conhecida por quem não é um verdadeiro geek. Mesmo assim, a super-heroína só conseguiu espaço de destaque nas telonas em 2017, quando teve um filme só para si.

Criada em 1941, a Mulher­-Maravilha veio parar na Terra com a missão de propagar a verdade e a justiça, além de empenhar um papel anti­patriarcal – isso porque Diana Prince é a princesa e embaixadora das Amazonas da Ilha de Temíscira, e filha de Hipólita, a rainha das amazonas – o que reforça a  mensagem de sororidade e união feminina.

Com características como coragem, força e inteligência, ela quebra o estigma de que as mulheres são frágeis ou que esses atributos devem sempre ser associados à masculinidade.

Veja Mais:  Mãe faz transmissão ao vivo de parto, mas ideia não sai como o planejado

Viúva Negra

via GIPHY

Natasha Romanova, conhecida como a Viúva Negra, é a única mulher na formação original dos Vingadores. Ela sempre foi a “cola que une” todos os heróis do time —e fez jus à esse papel em “Vingadores: Ultimato” —, mas não só isso. Natasha consegue planejar estratégias e planos inteligentes para combater vilões e não tem medo de lutar se for preciso. 

O que se sabe da origem da personagem é que ela foi criada para ser uma assassina, o que impediu que ela fizesse as próprias escolhas até entrar para a S.H.I.E.L.D. Considerando que ela tem os sentidos aprimorados e é perita em espionagem, o histórico só a fortaleceu ainda mais. 

Estelar

via GIPHY

Estelar viu seu planeta natal, Tamaran, ser destruído. Assim, a princesa alienígena decidiu procurar um novo lar na Terra, onde conheceu os Jovens Titãs e começou a usar os poderes para o bem, defendendo os terráqueos de ameaças. Em sua lista de poderes está superforça, voar e disparar raios de energia, além da habilidade de falar em qualquer língua. 

A personalidade forte da personagem cria um embate com seu lado amigável, mas também mostra que é possível ser empoderada e, ao mesmo tempo, gentil. Além da animação, a heroína também ganhou espaço em “Novos Titãs”, série da Netflix lançada em 2018. 

Tempestade

via GIPHY

Veja Mais:  Dicas de beleza de SabrinaSato, Maísa e outras famosas e como adotá-las agora

Descendente de uma antiga linha de feiticeiras africanas, Ororo Munroe, mais conhecida como Tempestade, é uma das personagens mais populares dos X-Men. Por muito tempo, ela foi considerada a heroína mais importante da Marvel e comparada à Mulher Maravilha, que é da editora rival, a DC Comics.

Como uma mutante de nível ômega, seus poderes alcançaram limites incalculáveis, que vão desde controle sobre o clima até ter resistência a ataques telepáticos. Nos quadrinhos, ela também fez parte de Quarteto Fantástico e Vingadores. É muito poder, né? 

É importante mencionar que, mesmo com ótimos exemplos de mulheres empoderadas como super-heroínas , é claro que ainda há muito o que ser desconstruído para que as mulheres se sintam genuinamente representadas nas histórias em quadrinhos e filmes. 

Leia também: 8 famosas que fizeram discursos empoderados e falaram de direitos das mulheres

Padrões de corpos e raça, hipersexualização e até características que reforçam um estereótipo “frágil” continuam perseguindo as personagens. Mas isso não significa que o progresso não esteja sendo feito dentro e fora do universo geek. 

Fonte: IG Delas
Comentários Facebook
Continue lendo

Mulher

Saiba como organizar o guarda-roupa e deixá-lo preparado para os dias frios

Publicado

O inverno já está se aproximando, mas em algumas regiões do País já é possível sentir os efeitos das temperaturas mais baixas. Diante disso, é hora de dar espaço para os casacos e as peças mais pesadas e deixar de lado as mais leves. Mas, afinal, você sabe como organizar o guarda-roupa para deixá-lo adequado para a troca de estação?

Leia também: Saiba como organizar o guarda-roupa, dobrar cada peça e economizar espaço


mulher arrumando o guarda-roupa
shutterstock

A personal organizer Carol Rosa ensina a como organizar o guarda-roupa e deixá-lo preparado para as baixas temperaturas

Para ensinar a como organizar o guarda-roupa nos dias mais frios, a reportagem do Delas conversou com a personal organizer Carol Rosa. A especialista traz algumas dicas para fazer uma inversão e deixar à vista malhas, calças e botas para facilitar na hora de sair de casa e não perder tempo procurando aquilo que você mais precisa.

O primeiro passo é colocar as peças de inverno que estavam guardadas há muito tempo para arejar antes de acomodá-las no armário. É preciso ter cuidado para escolher um local que seja fresco e sem exposição ao sol. “Se ainda assim o cheiro ruim persistir, é preciso lavar, seja na lavanderia ou em casa”, ressalta Carol.

Em seguida, é hora tirar da parte principal do armário peças como regatas, blusinhas, roupas muito finas, saias e shorts – ou seja, aquelas que não são usadas em um período mais frio. “O ideal é que essas roupas saiam do campo principal de visão e sejam acomodadas em packs, caixas ou até maleiros em uma parte mais embaixo do guarda-roupa”, recomenda Carol.

Veja Mais:  Conheça 6 benefícios da chia que farão você incluir a semente em sua dieta

Agora é hora de focar nas roupas de inverno . Deixe à mão blusas de meia manga, alguns cardigans, blusinhas de frio e jaquetas. Por outro lado, a recomendação é manter uma ou duas peças de calor para uma possível virada no tempo. É bom aproveitar os espaços que vão ficar disponíveis com vestidos de malha, calças de veludo ou camurça e botas.

Leia também: Como lavar roupa branca? Veja dicas e aprenda a tirar manchas e clarear as peças

Já com as peças que serão colocadas no guarda-roupa separadas e o espaço liberado, é hora da arrumação. É importante ter cuidado para deixar tudo em ordem. A recomendação é dobrar as peças de malhas, mais pesadas, que, quando penduradas, podem danificar. As calças, por sua vez, podem ser acomodadas em cabides.

Como organizar sapatos? 


botas
shutterstock

Os sapatos fechados e a botas ganham espaço nos dias mais frios e também devem participar da organização do armário

Os calçados de inverno ocupam mais espaço e, por isso, pode ser melhor colocar as sandálias ou plataformas em caixas próprias e que tenham respiro. Uma opção é acomodá-las embaixo da cama ou na parte mais alta do armário. “Esses sapatos são diferentes dos de festa, por exemplo, que você pode, eventualmente, usar em qualquer estação”, explica a personal.

Para organizar os sapatos , as botas, por exemplo, podem ser colocadas deitadas na sapateira ou, se houver espaço para ficarem de pé, mantidas dessa forma, com preenchimentos próprios dentro do calçado para não abalar a estrutura. Depois que usá-las, evite guardá-las no armário logo em seguida. Antes, é recomendável limpá-las. 

Veja Mais:  Dormir junto com o bebê em sofá ou poltrona aumenta o risco de morte em 50 vezes

“Limpe a sola com um pano úmido e deixe-a de um dia para o outro em um ambiente fresco, para que a transpiração dos pés seque por completo. Para fazer a limpeza de couro e camurça, compre produtos específicos para esses materiais. Para os de couro sintético, use um pano úmido e bem torcido. E para tirar as manchas mais difíceis, use sabão neutro”, ensina Carol. 

Cuidados com as peças que vão ficar guardadas 

A última dica é o cuidado com o que será guardado. De acordo com Carol, tudo deve ser lavado antes de vedado. Depois, é possível colocar as roupas de verão em caixas de tecido, malas ou na parte mais alta do armário. Mas, é importante que, independentemente do local, tudo seja embalado em saco de TNT ou plástico a vácuo.

Leia também: 8 dicas de como economizar água na hora de lavar roupas

Também vale deixar um antimofo junto às roupas e até aos sapatos para protegê-los. Para finalizar, Carol chama a atenção para os trajes de praia. “É muito importante que eles estejam extremamente limpos quando forem guardados ou corre o risco de ficarem amarelados ou com o elástico esgarçado ao longo do tempo”, conclui.  

Fonte: IG Delas
Comentários Facebook
Continue lendo

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana