conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Esportes

Advogado de Edison Brittes, assassino de Daniel, nega sexo a três em festa

Publicado


Morte do jogador Daniel: atleta tirou foto com Cris Brittes e mandou para amigo
Reprodução

Morte do jogador Daniel: atleta tirou foto com Cris Brittes e mandou para amigo

Nesta quinta-feira, a informação de que Edison Brittes , assassino confesso de Daniel, teria oferecido sua mulher, Cristiana Brittes,  para fazer sexo com o jogador caiu como uma bomba nas investigações da polícia paranaense.

Segundo reportagem do site “Massa News”, uma testemunha muito próxima à Edison revelou o convite para Daniel ter relações sexuais com a esposa momentos antes da sua morte.

“Ele disse que estava muito louco, que convidou Daniel para dormir com a mulher dele. Ele sabia, a mulher também, foi um acordo. E depois que ele viu que realmente os dois estavam juntos na cama ele se revoltou e resolveu matá-lo”, comentou o rapaz que não quis se identificar. 

Ainda segundo essa pessoa, Edison Brittes teria confessado a um amigo que usou drogas antes do crime, como cocaína e ecstasy. “A família tem direito de saber que Daniel não tentou estuprar ninguém, ele realmente é inocente na história”, finalizou o entrevistado.

Diante dessa informação, o advogado que representa Edison Brittes negou que tenha ocorrido sexo a três entre o empresário, a esposa dele e o atleta.

“Foi uma notícia lançada por um programa daqui do Paraná que pegou o conhecido do amigo de uma pessoa íntima do Edison. Essa é a qualificação. Não é testemunha de nada, porque testemunha vai à polícia e fala. É um ladrão da honra alheia que está conturbando a investigação. Isso não existiu”, disse Cláudio Dalledone em entrevista ao programa “Cidade Alerta” da TV Record.

Veja Mais:  Cristiano Ronaldo assumirá crimes fiscais cometidos em sua passagem pelo Real

Dalledone disse ainda que pretende abrir um processo judicial paralelo e pedir a prisão preventiva das pessoas que estão passando esse tipo de informação que, segundo o magistrado, são “fake news”.

Além de Edison, Cristiana e Allana Brittes, filha do casal, também estão presas outras três pessoas sob suspeita de envolvimento no crime: Eduardo Henrique da Silva, primo de Cristiana, Ygor King e David Willian da Silva, todos envolvidos no espancamento de Daniel antes da morte.

Comentários Facebook

Esportes

Neymar Junior completa 10 anos de carreira com destaque na seleção brasileira

Publicado


Neymar Junior defende a seleção brasileira de futebol desde 2010 e é o terceiro maior artilheiro da história
Divulgação

Neymar Junior defende a seleção brasileira de futebol desde 2010 e é o terceiro maior artilheiro da história

Neste mês de março, Neymar Junior completa 10 anos de carreira como jogador profissional e apesar de estar longe dos gramados desde o fim de janeiro, por conta de uma lesão no quinto metatarso do pé direito, o camisa 10 tem muitos motivos para comemorar.

Leia também:  Sem Neymar, Lucas Paquetá será o camisa 10 da seleção brasileira em amistoso

Um dos motivos de felicidade de Neymar Junior são seus números na seleção brasileira. Desde que estreou com a camisa verde e amarela em 2010, o atacante do PSG disputou duas Copas do Mundo e hoje carrega a faixa de capitão da equipe.

Em nove anos de serviço com a seleção brasileira de futebol , Neymar participou de 96 jogos oficiais, marcou 60 gols e é o terceiro maior artilheiro da história do país, atrás de Pelé (77) e Ronaldo (62). A média de gols do atacante é de 0,63 gols por partida.

Com o capitão em campo, a equipe venceu 69 vezes, empatou 18, perdeu nove e marcou 211 gols. Foram ainda 41 assistências desde a estreia pela equipe nacional em agosto de 2010, contra os Estados Unidos. Como capitão já são 30 jogos usando a braçadeira.

Todos os números de Neymar se mantém mesmo ausente na atual Data Fifa. Neste sábado (23), a seleção comandada por Tite enfrentará o Panamá, as 16h00 (horário de Brasília), em Porto, Portugal, em amistoso pré-Copa América e o atacante tem experiência contra a equipe.

Veja Mais:  Corinthians contabiliza 180 cadeiras quebradas pela torcida do Colo-Colo

Leia também:  Pai de Neymar revela detalhes sobre a conquista do ouro olímpico em 2016

Neymar enfrentou a seleção panamenha apenas uma vez na carreira. Foi em junho de 2014 em um amistoso disputado no estádio Serra Dourada. Naquela oportunidade o atacante marcou um gol de falta e deu uma assistência. O Brasil venceu por 4 a 0.

Após a partida deste sábado, o grupo brasileiro segue na Europa, mas embarca rumo a Praga, onde fará um amistoso contra a República Tcheca na terça-feira (26).

Neymar Junior está em fase final de recuperação e deve voltar aos gramados nas próximas semanas. Ele deve ser nome certo na convocação para a disputa da Copa América de junho e julho, que será disputada no Brasil.

Se você quer saber mais sobre toda a trajetória de Neymar durante seus dez anos de carreira , assista o vídeo abaixo:

Leia também:  Gabriel Jesus fala sobre momento da carreira e diz ter superado Copa sem gols

Veja abaixo os números de Neymar Junior com a Seleção Brasileira Principal:

Jogos: 96

Gols: 60

Vitórias: 79

Empates: 18

Derrotas: 09

Assistências: 41

Primeiro jogo: 20/08/2010 – Brasil 2×0 Estados Unidos (amistoso)

Último jogo: 23/11/2018 – Brasil 1×0 Camarões (amistoso)

Competições: Amistosos (56), Copa América (6), Super-Clássico das Américas (5), Copa das Confederações (5), Copa do Mundo (10), Eliminatórias e Copa do Mundo (14).

Veja Mais:  Etíope de 19 anos quebra recorde mundial que durava duas décadas no atletismo

Títulos pela Seleção Brasileira:

2016: Medalha de ouro – Olimpíadas Rio 2016

2014: Campeão do Superclássico das Américas

2013: Campeão da Copa das Confederações; Campeão do Superclássico das Américas

2012: Medalha de Prata – Olimpíadas de Londres 2012

2011: Campeão do Superclássico das Américas

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Real Madrid trata contratação de Mbappé como prioridade, diz jornal

Publicado

O Real Madrid planeja reforçar a sua equipe para a próxima temporada após o fiasco que foi a atual. E um dos nomes cogitados como “presente” para Zidane, de acordo com o jornal espanhol AS , é o do jovem francês Kylian Mbappé, do PSG.

Leia também: Muitos “medalhões” não deram certo, mas alguns viraram grandes atrações


Kylian Mbappé, do PSG, é prioridade para o Real Madrid, de acordo com jornal espanhol
Divulgação

Kylian Mbappé, do PSG, é prioridade para o Real Madrid, de acordo com jornal espanhol

O jornal, que coloca Mbappé em sua capa nesta sexta, diz, no entanto, que a postura do clube parisiense preocupa os merengues, que estão em busca de um jogador que cause impacto. O atacante seria para a diretoria o ideal para cumprir essa função.

A postura do Paris Saint-Germain, no entanto, pode atrapalhar a negociação, já que recentemente o clube segurou Verratti e Rabiot mesmo com forte investida do Barcelona. A mesma postura é esperada diante da investida madrilhenha em sua principal joia.

Leia também: Vítima de racismo, Serginho revela: “Minha família quer ir embora da Bolívia”

Por outro lado, de acordo com a publicação, o PSG precisaria de cerca de 150 milhões de euros para fechar suas contas nesta temporada e uma venda milionária poderia ajudar. O valor que o Real Madrid estaria disposto a pagar, porém, não foi definido.

Outro fator positivo para os espanhóis listado pelo jornal é o fato de o jovem atacante ter recebido uma multa por atraso em outubro, o que deixou os franceses incomodados.

Veja Mais:  Etíope de 19 anos quebra recorde mundial que durava duas décadas no atletismo

Além disso, o Real pode ser um caminho mais fácil para a conquista da tão sonhada Bola de Ouro por Mbappé, visto que o PSG foi eliminado precocemente – para as ambições do clube – nas duas últimas edições da Liga dos Campeões.

Leia também: Dudu reencontra Novorizontino, sua maior vítima desde que chegou ao Palmeiras

Mbappé tem apenas 20 anos e já conquistou uma Copa do Mundo com a França, tornando-se um dos mais jovens da história, ao lado de Pelé, a marcar gol na final.  Com o PSG, já conquistou três títulos. Antes, se destacou com o Monaco, quando chegou à semifinal da Liga dos Campeões com apenas 17 anos.

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Vítima de racismo, Serginho revela: “Minha família quer ir embora da Bolívia”

Publicado


Serginho deixa o gramado após ser vítima de racismo
Reprodução

Serginho deixa o gramado após ser vítima de racismo

O brasileiro Serginho se manifestou pela primeira vez, nesta quinta-feira (21), sobre o ato de racismo que sofreu durante partida do Jorge Wilstermann, seu clube, contra o Blooming, na Bolívia.

Leia também: Presidente do Blooming pede suspensão de brasileiro vítima de racismo na Bolívia

O atacante revelou que o trauma se estendeu até seus filhos, que assistiram o pai sendo vítima de racismo e choraram. Segundo Serginho , a vontade de sua família, no momento, é de deixar o país.

“Minha família em casa, meus filhos, só conseguiam chorar o tempo todo. Tenho um filho de 11 anos e uma filha de 10 que só choravam porque estavam assistindo a partida e sabiam o que estava acontecendo. Quando afeta ao homem nós suportamos, mas quando afeta a nossa família é algo a se repensar (sobre permanência). Eu falei com o corpo diretivo e a verdade é que a minha família quer ir embora da Bolívia , não quer mais ficar”, disse o brasileiro.

Veja Mais:  Etíope de 19 anos quebra recorde mundial que durava duas décadas no atletismo

Leia também: Brasileiro é alvo de racismo na Rússia: “é ridículo pessoas de cor na seleção”

O camisa 10 do Jorge Wilstermann revelou também que nunca havia passado por algo do tipo, e que tentou ao máximo suportar as ofensas.

“Me chamaram de macaco, que tinha de voltar para a selva. Eu tenho família, filhos. A verdade é que nós suportamos muitas coisas. Eu suportei até onde consegui suportar, pois isso não é algo do futebol. Todos somos iguais, não sou diferente por minha cor de pele ou ser brasileiro. Temos apenas uma raça que é a raça humana. Eu nunca na minha vida tinha passado por isso.

Por fim, Serginho declarou que, por gratidão ao apoio recebido tanto pela diretoria, quanto pela torcida e colegas de time, permanecerá no Jorge Willsterman.

Leia também: Ex-goleiro Jefferson revela ter sido barrado da seleção brasileira por ser negro

“Eu não tenho nada a esconder, eu vou ficar porque amo esse clube. Não tenho que fazer média com ninguém. Desde quando cheguei aqui, o clube, a torcida, meus companheiros sempre me apoiaram, nunca me abandonaram em nenhum momento. Desde quando aconteceu o episódio em 2016 com o Blooming e depois contra o Destroyers eles nunca me abandonaram. Então não será por isso que irei embora”, finalizou o atleta brasileiro vítima de racismo .

Veja Mais:  Multicampeão, lateral Júnior retorna da aposentadoria e assina com Formosa-GO

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Continue lendo

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana