conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Política MT

AL realiza audiência pública para apresentar dados dos cinco meses de funcionamento do Complexo Salgadeira

Publicado

Foto: Ronaldo Mazza

/

Secretaria de Comunicação Social

A Assembleia Legislativa realiza audiência pública, a pedido do deputado estadual Wilson Santos (PSDB), nesta segunda-feira (10), no auditório Deputado Milton Figueiredo, na ALMT, às 14 horas, para apresentar uma prestação de contas dos cinco meses de funcionamento do Complexo do Terminal Turístico da Salgadeira – Ramis Bucair – e apresentação dos projetos arquitetônico e geológico do futuro Complexo Turístico do Portão do Paraíso, conhecido hoje como Portão do Inferno.

O Complexo Turístico da Salgadeira – Ramis Bucair, tradicional ponto turístico localizado na rodovia Emanuel Pinheiro (MT-251), em Cuiabá, foi reaberto no dia 30 de junho deste ano. O local passou por reforma após um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), firmado entre o Governo de Mato Grosso e o Ministério Púbico Estadual, com homologação do Poder Judiciário, em 2017.

Por meio das secretarias das Cidades, sob o comando do então secretário Wilson Santos, Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico (Sedec) – adjunta de Turismo, o investimento foi de R$ 12,6 milhões.

De acordo com a Secretaria de Estado de Meio Ambiente, a reinauguração do Complexo da Salgadeira envolveu um estudo econômico, cultural e ambiental. O levantamento levou em consideração o carinho da população pelo local, que é considerado um dos principais pontos turísticos do Estado.

De acordo com o governo do estado, o projeto da nova Salgadeira conta com a construção de uma estação de tratamento de esgoto, 24 postes de oito metros de altura, com lâmpadas de LED movidas à energia solar, e a implantação de 540 metros de trilhas metálica, para evitar depredação.

Veja Mais:  Mauro pede votos para Fábio e diz que região terá mais investimentos em Saúde e Segurança

Ainda segundo o Estado, o local tem mirantes, rampas e portas que permitem acesso de pessoas com deficiência. Além de estacionamento com 100 vagas para veículos, sendo cinco para ônibus, 84 para carros, além de 10 reservadas ao administrativo do complexo. A entrada  é gratuíta para banhistas e visitantes, mas somente é permitida o uso do local para banho para 45 pessoas, simultaneamente.

Para esta audiência pública foram convidados os deputados estaduais, prefeito e vereadores de Cuiabá, prefeita e veredores de Chapada dos Guimarães, membros do governo do estado, Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM), Superintendência de Desenvolvimento do Centro Oeste  (Sudeco), Instituições de Ensino, Representantes Municipais de Turismo, Conselhos Municipais de Turismo, Sistema S, Associação Mato-grossense dos Municípios com Potencial Turístico em Mato Grosso – AMPTUR, Representantes do Fórum Estadual de Turismo: ABAV – Associação Brasileira de Agência de Viagens de Mato Grosso, ABBTUR – Associação Brasileira dos Bacharéis em Turismo, ABCMI-MT – Associação Brasileira dos Clubes da Melhor Idade, ABETA – MT – Associação Brasileira das Empresas de Ecoturismo e Turismo de Aventura, ABIH – Associação Brasileira da Indústria de Hotéis, ABLA – Associação Brasileira das Locadoras de Automóveis, ABRAJET – Associação Brasileira dos Jornalistas de Turismo, ABRASEL – Seccional MT – Associação Brasileira de Bares e Restaurantes, AMM – Associação Mato-grossense dos Municípios e AMPTUR – Associação dos Municípios com Potencial Turístico, ATTAI-MT – Associação das Empresas do Transporte Turístico e Alternativo Intermunicipal de passageiros do Estado de Mato Grosso, BPW – Business Profesional Women (ONG), Fundação Pantanal Convention and Visitor Bureau, Sindicato dos Empregados no Comércio Hoteleiro e Similares, Sindicato Intermunicipal de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares, SINDETUR – Sindicato das Empresas de Turismo do Estado de Mato Grosso, SINGTUR – Sindicato dos Guias de Turismo de Mato Grosso, empresários do Turismo de Mato Grosso e demais convidados.

Veja Mais:  Audiência pública na AL discutiu tarifa de água e esgoto

Comentários Facebook

Política MT

Frente Parlamentar será criada em defesa das Apaes

Publicado

Foto: Marcos Lopes

Foi apresentado na sessão matutina da última quarta-feira (20) na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) um requerimento para a criação da Frente Parlamentar em defesa da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE). A proposta é atuar na integração e inclusão social das pessoas com deficiência e apoiar essas entidades.

O autor do requerimento, o deputado estadual Paulo Araújo (PP) destacou que a Frente deve atuar em parceria com as Apaes no apoio aos deficientes e às suas famílias, como já acontece em outros estados. "As Apaes têm um papel importante do ponto de vista da inclusão da família. A pessoa portadora de deficiência, na sua grande maioria, é carente de recursos financeiros, e do intelectual também. Então, o que que nós como parlamentares vamos fazer é criar mecanismo para garantir melhores condições à Associação para cumprir sua missão institucional”, disse Araújo.

O parlamentar ressaltou ainda que a instituição passa por um momento difícil no que tange o financiamento público. “O governo suspendeu o financiamento com todas as Apaes que, só em Mato Grosso, funcionam em 68 municípios, o que os mantem em uma dificuldade momentânea financeira e estrutural, por isso a relevância da criação dessa Frente”, concluiu Paulo.

A Frente Parlamentar em Defesa das APAES de Mato Grosso terá ainda como objetivo realizar um amplo debate entre especialistas e a sociedade em geral, sobre a inclusão social, além de buscar melhores condições para que a Associação possa cumprir sua missão institucional.

Veja Mais:  Mauro pede votos para Fábio e diz que região terá mais investimentos em Saúde e Segurança

Fonte: ALMT
Comentários Facebook
Continue lendo

Política MT

Frente parlamentar vai debater expansão das escolas técnicas em MT

Publicado

A Assembleia Legislativa instalou a Frente Parlamentar em Prol das Escolas Técnicas e Universidades Públicas do Estado de Mato Grosso. Ela será coordenada pelo deputado Thiago Silva (MDB) e tem como objetivo a criação de um foro para debater as questões mais urgentes e buscar soluções para estrutura de aparelhamento, desenvolvimento, expansão das escolas técnicas e universidades públicas em Mato Grosso.

“Essa frente terá como uma das metas a expansão de cursos, núcleos e campus das escolas técnicas no estado”, disse o parlamentar.

De acordo com as declarações do deputado, pela imensa extensão territorial de Mato Grosso, faz-se necessário um aprofundamento no estudo com o propósito de oferecer cursos específicos para regiões específicas do estado.

“Além disso, essa extensão vai trazer futuros investimentos na formação continuada e aumento da mão de obra qualificada através da oferta de cursos de qualidade aos cidadãos”, aponta ele.

Conforme a justificativa do deputado, nos últimos anos tem crescido o número de estudantes que procuram o curso técnico profissionalizante em Mato Grosso. “Por isso temos que destacar a relevância da escola profissionalizante em preparar o jovem para ingressar no mercado de trabalho, sujeito, assim, a um mínimo de treinamento”, apontou Silva.

Em relação ao ensino superior, de acordo com o último censo, realizado pelo IBGE no ano de 2010, 49,3% dos adultos de 25 anos ou mais não têm fundamental completo e apenas 11,3% concluíram o curso superior. Na faixa de 25 a 29 anos, a proporção dos que não têm ensino fundamental completo cai para 28,2% e o superior completo sobe para 13%.

Veja Mais:  Deputados analisam e votam mais 11 vetos. Quatro foram derrubados

“Assim, essa frente parlamentar é importante para que haja o debate sobre os cursos existentes nas universidades públicas estaduais e escolas técnicas, para sabermos quais as melhorias e reestruturações necessárias no setor, bem como quais as possíveis expansões a serem realizadas”, revelou o deputado.

Outro ponto abordado por Silva está relacionado às aptidões e informações de um especialista da área de ensino técnico. “As competências de um técnico de nível médio devem abranger as habilidades, os conhecimentos e os comportamentos necessários”, confirmou Silva.

Como se percebe, existe uma grande necessidade de expansão da oferta de cursos superiores no Brasil, visando proporcionar à população facilidades e estímulos ao acesso às universidades, reduzindo o atual abismo existente na educação superior em nosso país.

Fonte: ALMT
Comentários Facebook
Continue lendo

Política MT

Maluf recebe 11 votos e é o candidato da ALMT à vaga de conselheiro

Publicado

O deputado estadual Guilherme Maluf (PSDB) foi eleito pelo Colégio de Líderes, na noite dessa quarta-feira (20), para disputar em plenário a vaga de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE). Seis postulantes tiveram os nomes apresentados ao Colégio de Líderes, sendo que dois deles retiraram o nome da disputa no momento da apresentação.

Os deputados Sebastião Rezende (PSC) e Dilmar Dal Bosco (DEM) declinaram da candidatura à vaga, permanecendo na disputa os deputados Max Russi (PSB) e Guilherme Maluf (PSDB), o juiz Eduardo Calmon de Almeida Cezar e o contador Luiz Mário de Barros. Max Russi recebeu 10 votos, Eduardo Calmon 2 votos, e Guilherme Maluf foi o escolhido por 11 deputados. O contador Luiz Mário não recebeu nenhum voto.

Sobre a indicação do novo conselheiro, o presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), Eduardo Botelho (DEM), destacou a oportunidade dada a todos os parlamentares de participar do processo de escolha. “Foi um escolha democrática, com uma disputa acirrada, mas isso é o Parlamento, muita discussão, debate e ao final se chegou a um resultado”, resumiu o presidente da Assembleia, Eduardo Botelho.

O deputado Guilherme Maluf parabenizou todos os candidatos que participaram e destacou a transparência do processo. “Ainda temos que ir a plenário, mas agradeço os votos recebidos e agora vou para a sabatina. Vou procurar os colegas deputados, conversar e fazer um trabalho de convencimento para conseguir os 13 votos”.

Veja Mais:  Audiência pública na AL discutiu tarifa de água e esgoto

Agora o deputado Guilherme Maluf deverá passar por arguição em sessão pública e posterior votação em plenário para rejeição ou aprovação do nome para assumir a vaga de conselheiro no TCE. O presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), Eduardo Botelho (DEM), afirmou que a eleição será realizada já na próxima terça-feira (26) durante sessão ordinária.

Caso tenha o nome aprovado, será publicado o projeto de resolução referente à eleição, e o governador do estado será informado para fazer a nomeação do conselheiro do Tribunal de Contas do Estado. Se rejeitado, será aberto prazo de 72 horas para apresentação de novas indicações, sendo vedada a reapresentação de indicados anteriormente.

Fonte: ALMT
Comentários Facebook
Continue lendo

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana