conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Policial

Após denúncia, Sema apreende mais de 170kg de pescado irregular no Araguaia

Publicado

A Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema-MT) apreendeu 172 kg de pescado irregular na manhã desta quinta-feira (10.01) em Barra do Garças (a 421 km de Cuiabá).

A apreensão ocorreu após denúncias recebidas pela equipe da Diretoria da Unidade Desconcentrada (DUD) do município. A equipe flagrou dois pescadores, que abandonaram um barco às margens do rio Araguaia e fugiram. Dentro da embarcação estavam 10 peixes da espécie piraíba, também conhecida como filhote, que tem a pesca proibida no estado. A Sema-MT doou o pescado apreendido para o asilo Associação Beneditina de Providência.

Com a ajuda de denúncias feitas pela população, a DUD de Barra do Garças vem realizando operações de fiscalização nos rios Araguaia e Garças, que cortam o perímetro do município, em busca de pescadores que têm infringido o período proibitivo. Já foram apreendidas mais de 80 redes, além de outros materiais de pesca predatória.

O diretor da unidade desconcentrada, David Lincoln de Campos, garante que a população tem ajudado com informações para subsidiar as operações de fiscalização, mas afirma que os pescadores também precisam ter consciência da conservação das espécies: “Os pescadores precisam se lembrar que não se pode pescar na piracema. E a Sema tem trabalhado para conscientização de todos sobre a importância do período proibitivo. Continuamos a chamar a população para nos auxiliar nessa missão”.

A pesca do peixe filhote assim como o dourado é proibida em Mato Grosso durante todo o ano. Essas espécies estão protegidas em virtude do possível risco de extinção e da conservação da biodiversidade das bacias hidrográficas de Mato Grosso.

Veja Mais:  Homem tem moto tomada em assalto no Jardim Sumaré em Rondonópolis

Piracema

A Piracema é período em que os peixes estão em processo de reprodução. A pesca nesse período é crime e acarreta em prisão e multa que varia de R$ 1 mil a R$ 100 mil com acréscimo de R$ 20 reais por quilo de peixe encontrado.

A pesca amadora e o pesque e solte também estão proibidas neste período, que vai até 31 de janeiro.

Na piracema só é permitida a pesca de subsistência, que é praticada por comunidades ribeirinhas que depende do peixe para sua alimentação. A cota diária por pescador (subsistência) será de 3 kg ou um exemplar de qualquer peso, respeitando os tamanhos mínimos estabelecidos pela legislação para cada espécie. Porém os ribeirinhos devem consumir os peixes imediatamente e não podem transportar ou comercializar o pescado.

A Sema-MT atende a população para dúvidas e denúncias pela ouvidoria 0800-65-3838, pelo site do órgão ou pelo aplicativo MT Cidadão.

Comentários Facebook

Policial

Quatro instituições de Poconé recebem doação de pescado apreendido

Publicado

 

Mais de 45 peças de pescado irregular apreendidos em Poconé foram doados para instituições de caridade do município, após atuação em flagrante de dois suspeitos pela Polícia Judiciária Civil. O pescado que era transportado em um veículo Fiat Uno foi apreendido em uma ação da Polícia Militar.

Após a apreensão, os exemplares foram encaminhados para a Delegacia de Poconé, sendo providenciada a doação do pescado, que beneficiou quatro instituições da cidade, Lar Cristão, Lar dos Idosos, Hospital Geral de Poconé e Creche Vovó Mazinha. A entrega foi realizada na Delegacia do município.

A apreensão ocorreu após a equipe da Polícia Militar receber denúncia que o veículo estava carregado com várias espécimes de peixe em situação irregular. Na abordagem do veículo, dois suspeitos foram detidos e um terceiro conseguiu foragir.

No automóvel, foram apreendidos 29 peças de pintados, 4 jaus, 4 palmitos, 2 cacharas e 1 jurupensem (todos sem cabeças), 6 pacus, além de ferramentas (machadinha, faca, alicate), um tanque de barco completo com mangueia e um galão de combustível.

Os suspeitos foram conduzidos a Delegacia de Poconé, onde foram autuados em flagrante por crime ambiental, sendo liberados posteriormente após pagamento de fiança.

Comentários Facebook
Veja Mais:  8º Jogos da PJC encerram com muita animação e competitividade
Continue lendo

Policial

Curso da PM formará novos policiais para Cavalaria

Publicado

Nesta sexta-feira (18.01), às 16h30, no auditório do Comando Geral da Polícia Militar, em Cuiabá, será realizada a aula inaugural do 5º Curso de Policiamento Montado da Polícia Militar.

Nesta edição, 13 policiais militares aprovados em processo seletivo para o batalhão de Regimento de Policiamento Montado (RPMon) vão frequentar aulas e receber treinamento prático para atuar na unidade especializada de Cavalaria. O curso terá duração de dois meses.

O RPMon é comandante pelo major Walmir Barros Rocha e integra o Comando Especializado de Policia Militar (Cesp), juntamente com unidades especializadas como o Bope, Rotam, Batalhão Ambiental e de Trânsito.

A aula inaugural terá como palestrante o coronel Reinaldo Magalhães de Moraes, uma das maiores autoridades em Policiamento Montado no Estado de Mato Grosso. Ele não só contribuiu com a fundação do RPMon como o comandou por diversas vezes.

Comentários Facebook
Veja Mais:  Corpo de Bombeiros combate incêndio a residência na noite desta segunda-feira em Rondonópolis
Continue lendo

Policial

Autor de tentativa de homicídio em bar de Comodoro é preso pela Polícia Civil

Publicado

Em investigação para identificar a autoria de uma tentativa de homicídio em um bar na cidade de Comodoro, a Polícia Judiciária Civil realizou a prisão do principal suspeito de cometer o crime.

O caso ocorreu na madrugada de quinta-feira (17). Um homem de 27 anos foi atingido por disparo de arma de fogo após desentendimento no comércio localizado próximo a Praça dos Pioneiros.

Dois suspeitos de participação no crime foram identificados e presos por equipe da Polícia Militar. Um terceiro suspeito, que seria o responsável por efetuar o disparo que atingiu a nuca da vítima, conseguiu foragir do local no momento do crime.

A Polícia Civil realizou a prisão desse terceiro suspeito na quinta-feira (17). No momento da abordagem ele apresentou nome falso. No entanto, em troca de informações com a Polícia Civil de Ariquemes (RO), foi constatado que seu nome real era Alisson do Nascimento Paulo, conhecido como “Pirulito”, foragido da justiça de Rondônia por compor uma quadrilha que roubava caminhonetes para vender na Bolívia.

O investigado também já havia sido preso com quatro motocicletas que transportava para o país vizinho.

Conduzido à delegacia, o suspeito foi autuado pelos crimes de desobediência, resistência, lesão corporal, uso de entorpecentes e falsidade ideológica. Também foi dado fiel cumprimento ao mandado de prisão.

Comentários Facebook
Veja Mais:  PM-MT recupera carga da empresa Souza Cruz e apreende pistola com 18 munições intactas
Continue lendo

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana