conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Saúde

Após terceira morte no país, EUA desencoraja uso dos vapes

Publicado

Enquanto o Brasil  estuda a liberação dos cigarros eletrônicos e vaporizadores – conhecidos como vapes – os Estados Unidos caminha na direção contrária. De acordo com os Centros de Prevenção e Controle de Doenças (CDC, em inglês) do país, existem pelo menos três mortes associadas ao uso contínuo do dispositivo. Os casos ainda são investigados.

vitrine mostra vaporizadores e utensílios para o fumo arrow-options
Ana Weiss/ IG

Mercado de vaporizadores deu um salto nos últimos anos

A morte mais recente relacionada aos vaporizadores foi notificada nesta sexta-feira, no estado de Indiana. Além das mortes, outras centenas de pessoas podem ter adquirido doenças cuja ligação com os vapes ainda não é completamente certa.

Por enquanto, a recomendação – pelo menos nos Estados Unidos – é de que “enquanto as investigações correm, as pessoas não devem usar os vaporizadores ”. Com cerca de 2 milhões de jovens em idade escolar que fazem uso dos cigarros eletrônicos, o governo norte-americano trata o hábito como uma epidemia. 

De acordo com a vice-diretoria interina do CDC, Ileana Arias, a prioridade neste momento é descobrir qual componente está deixando as pessoas doentes. “Ainda estamos enfrentando perguntas complicadas nesse surto”, disse a profissional ao ABC News. 

A suspeita até agora é de que um aditivo específico que contém vitamina E pode ser a causa das doenças. A possibilidade, porém, ainda não foi confirmada, uma vez que existem dezenas de aditivos e substâncias que podem ser inaladas pelo dispositivo. Todas as vítimas também afirmaram ter feito uso de THC, tabaco ou ambas as substâncias imediatamente antes da doença. 

Veja Mais:  Sobe para 304 número de mortos por coronavírus na China

De acordo com os centros, pelo menos 450 pessoas apresentaram sintomas similares após o uso dos cigarros , refil ou inalação dos líquidos especiais. Entre eles, a dificuldade para respirar, fadiga, febre, náuseas, diarréia e vômito. 

Brasil discute queda de proibição dos vapes

Os dispositivos eletrônicos para fumar – grupo onde está incluído o vape – são proibidos no Brasil desde 2009. A medida compõe a política antifumo do país. Nos últimos anos, porém, o comércio de vaporizadores deu um salto, o que conduziu a Agência Nacional de Vigilância Sanitária – Anvisa a discutir, junto à população, uma eventual flexibilização na regra. 

Quem se posiciona a favor do produto alega, principalmente, que a liberação pode beneficiar a economia além de oferecer uma via mais saudável às 18 milhões de pessoas dependentes de tabaco no Brasil, uma vez que a vaporização ofereceria menos riscos do que a combustão do fumo.

Leia mais: Como funciona o cigarro eletrônico 

A última audiência pública sobre o assunto aconteceu no dia 27 de agosto, no Rio de Janeiro. Apesar do diálogo, a  Anvisa garante que ainda existe um longo caminho até que a liberação dos vapes aconteça.

Comentários Facebook

Saúde

Em 24 horas, 9 países registram primeiro caso do novo coronavírus

Publicado


source

O novo coronavírus segue se espalhando pelo mundo, e, nas últimas 24 horas, nove países registraram os primeiros casos de contaminação pela doença, entre eles o Brasil

Leia também: Vacina contra a gripe pode prevenir o coronavírus? Tire suas dúvidas

Os demais países que confirmaram casos de infecção pelo novo coronavírus são: Dinamarca, Estônia, Geórgia, Grécia, Macedônia do Norte, Noruega, Paquistão e Romênia. 


De acordo com o diretor-geral da OMS Tedros Adhanom Ghebreyesus em coletiva de imprensa nesta quinta-feira (27), a epidemia pelo Covid-19 está em um ponto decisivo. 

“Se agirem de forma agressiva agora, podem conter o vírus. O meu conselho é agir rapidamente”, afirmou o diretor. “As epidemias no Irã, na Itália e na Coreia do Sul mostram do que este vírus é capaz”, disse, frisando que estes países enfrentam focos de  pneumonia viral .

Entretanto, alguns locais mostraram conseguir controlar o avanço da doença. “Vários países não assinalam casos há mais de duas semanas”, como a Bélgica, o Camboja, a Índia, a Rússia e o Vietnã, como também afirmou o diretor. 

Avanço do novo coronavírus

A contaminação pelo novo coronavírus começou em dezembro em Wuhan, na China, contaminou mais de 78,6 mil pessoas naquele país, das quais 2,7 mil morreram. Entretanto, a preocupação atual da OMS é “o que se passa no resto do mundo”, com mais de 3.470 casos em 44 países.

Veja Mais:  Congo confirma 46 casos de ebola em uma semana e tem pior epidemia da história

O balanço provisório da epidemia do coronavírus Covid-19 é de 2,8 mil mortos e mais de 82 mil pessoas infectadas, de acordo com dados reportados por 48 países e territórios desde a descoberta da doença. Das pessoas infectadas, mais de 33 mil se recuperaram.

Fonte: IG SAÚDE

Comentários Facebook
Continue lendo

Saúde

Governo federal antecipa campanha de vacinação contra a gripe em 23 dias

Publicado


source

Após o primeiro caso de coronavírus confirmado no Brasil , o governo federal anunciou nesta quinta-feira (27) que vai antecipar a campanha de vacinação contra a gripe em 23 dias. O início, que estava previsto para abril, deve ser em 23 de março em território nacional. 

mulher tomando vacina arrow-options
MARCELO CAMARGO/AGÊNCIA BRASIL

O adiantamento da campanha de vacinação contra a gripe deve ajudar futuros diagnósticos de coronavírus

Em coletiva de imprensa, em São Paulo, o infectologista David Uip afirma que serão 75 milhões de vacinas disponíveis, número recorde desde o início da campanha. 

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, explica que o adiantamento da vacina facilita o diagnóstico do coronavírus em futuros pacientes.

Leia também: Como é o tratamento do paciente confirmado com coronavírus no Brasil?

Ao apresentarem os sintomas em unidades de saúde, facilitam o trabalho dos profissionais ao informarem que tomaram a vacina, já que doenças contempladas na vacina serão desconsideradas. Se for caso de coronavírus, o diagnóstico será mais rápido.

Fonte: IG SAÚDE

Comentários Facebook
Veja Mais:  Sobe para 304 número de mortos por coronavírus na China
Continue lendo

Saúde

Implantes dentários sem cortes: entenda a cirurgia guiada

Publicado


source

Hoje em dia, com grandes avanços na área digital, divulgações em redes sociais  as grandes empresas estão empenhadas em cada vez mais inovar com materiais e técnicas avançadas e os pacientes estão cada vez mais informados e exigentes com a qualidade e resultados em seus tratamentos.

dente arrow-options
Reprodução

Cirurgia guiada para implantes dentários

E com isso tudo  aparece a cirurgia guiada para implantes que é a mais moderna técnica para tal procedimento. É uma cirurgia sem cortes na gengiva para instalação dos implantes. É feito apenas um pequeno orifício do diâmetro exato do implante, sem a necessidade de pontos.

Leia mais: Por que temos mais tártaro atrás dos dentes de baixo? 

Tudo começa com o planejamento digital , que vai desde o escaneamento da boca do paciente ,são feitas tomografias computadorizadas , esses materiais vão para um software que permite planejar com alta precisão todos os casos cirúrgicos, desde os mais simples até os mais complexos.

Após isso será feito um dispositivo acrílico que se adapta sobre os dentes e gengiva chamado de guia cirúrgico, no qual vai definir ao cirurgião dentista o exato local da perfuração e colocação do implante.

Além de tornar a cirurgia até 50% mais rápida do que o método clássico, a técnica da Cirurgia Guiada aumenta expressivamente a assertividade, já que torna o planejamento eficaz faz com que todas as etapas sejam previsíveis.

Veja Mais:  Mais Médicos é reforçado em mais de mil municípios

A instalação dos dentes ( próteses sobre implantes ) podem ser colocadas imediatamente ou em até 72hs após a cirurgia. Mas isso vai depender da estabilidade em que o implante se fixa no osso para que se possa colocar a carga sobre ele.

Este procedimento pode ser realizado para um ou varios implantes. 

Dr Bruno Puglisi nos diz algumas vantagens:

  • Menos anestesia local
  • Cirurgia mais rápida
  • Técnica minimamente invasiva
  • Precisão na colocação dos implantes
  • Não há cortes 
  • Não há descolamento da gengiva, portanto menos inchaço pós operatório
  • Menor sangramento;
  • Melhor recuperação pós cirúrgica
  • Não precisa dar pontos

Lembrando que não existem milagres, todo paciente tem que ser avaliado para a possível colocação dos implantes , tendo que ter osso em espessura e altura para tal procedimento além de exames que o profissional irá solicitar para te indicar ou não a cirurgia guiada.

Fonte: IG SAÚDE

Comentários Facebook
Continue lendo

Câmara Municipal de Rondonópolis

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana