conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Na Capital

Artesanato na Praça retoma encontros mensais no centro de Cuiabá

Publicado

Gustavo Duarte

Variedade em tapetes, crochês, doces típicos e plantas levaram o colorido do artesanato à Praça da República, nesta sexta-feira (13). O encontro marca a retomada do grupo Artesanato na Praça pelos principais pontos da Capital e deve se repetir mensalmente no local.

A proposta conta com apoio da Secretaria de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico e traz visibilidade ao trabalho dos profissionais, ampliando a saída de produtos, expostos em um local com alto fluxo de pessoas ao longo do dia.

A titular da Pasta, Débora Marques explica que tem trabalhado para intensificar as ações voltadas ao setor. “É muito importante tanto para os profissionais, quanto para os consumidores, que possamos fortalecer um trabalho da nossa terra, que represente nossa cultura.”

Ela reforça que a garantia do espaço contribui para a geração de emprego e renda, especialmente em períodos de crise econômica, quando os números do trabalho formal despencam e essa se torna a única fonte de recursos para muitos cidadãos.

Em uma passagem rápida pelos corredores da feira, vê-se intercalarem dezenas de barracas com chinelos, bolos, colares, tapioca, roupas, doces, tapetes, reproduções sacras, compotas e muitos outros. A mistura é proposital e foi pensada para evitar a repetição, estimulando os visitantes a consumir diferentes opções.

Exemplo disso são os arcos de cabelo e laços produzidos pela artesã Sônia Vieira, que há cerca de três anos a ela aprendeu a trabalhar com fitas de cetim na internet. No início os produtos eram oferecidos apenas a colegas de trabalho e a venda servia apenas como complemento de renda.

Veja Mais:  Reality show Jogo de Panelas enaltece a culinária cuiabana

Com a aposentadoria, contudo, a atividade se tornou sua principal fonte de recursos. “Para não ficar sem fazer nada, comecei a fazer umas coisinhas mais simples. Fui pegando gosto e hoje eu faço de tudo. Para mim o artesanato também é uma forma de combater o estresse”, explica.

O trabalho já rendeu outras oportunidades. Além de expor em diferentes eventos e localidades, Sônia também já aplica um curso para quem pretende lidar com a arte. “Também criei um Empreendedor Individual (MEI), levei parte do trabalho para um box no Shopping Orla e ampliei a produção, que é exposta em várias feiras e eventos.”

Fabiana Galeano de Araújo faz parte da diretoria do Artesanato na Praça, que hoje conta com cerca de 80 membros. Ela conta que o grupo, fundado pela professora Jacy Proença, tem mais de 10 anos e que voltar a realizar o evento na Praça é fundamental para a categoria.  

“O artesão não tem lugar fixo, então essa visibilidade, esse movimento do público são muito importantes para nós”, finaliza.

Comentários Facebook

Na Capital

Festival de arte e cultura movimenta Praça da Mandioca esta semana

Publicado

Em comemoração aos 300 anos de Cuiabá, a tradicional Praça da Mandioca e imediações recebe a 1ª edição do “Festival Trezentos – É Com Mandioca”, com projeções, performances e intervenções urbanas que lançam reflexões atuais sobre invisibilidade social, diversidade e o meio ambiente. O evento acontece entre os dias 16 e 19 de outubro, de quarta a sábado, das 17h às 22h. Com entrada gratuita, o projeto foi aprovado em edital FUNDO/2019 na categoria Artes Visuais Coletivo.

De acordo com o fotógrafo e idealizador do projeto, José Medeiros, além de criar novas oportunidades de entretenimento e renda, a ideia do evento é atrair os olhares da população para o Centro, seus casarões, suas histórias e populações, desmistificando qualquer imaginário negativo da região. Além disso, o evento se posiciona pela preservação dos bens materiais e imateriais da cultura cuiabana e mato-grossense.

“A ideia é levar a arte onde o povo está: na rua. Ensinar a enxergar o que às vezes passa despercebido, com arte de rua, performances simultâneas e improviso”, destaca. Gerando oportunidades e valorizando a identidade regional, a intenção é consolidar como uma atração anual para atender uma demanda crescente de mercado sustentável, alternativo e autoral.

Em meio a ruelas e casarões cuiabanos, o festival convida o público o ocupar o Centro Histórico da capital tricentenária e aproveitar a programação, que conta com Feira de Gastronomia, Artesanato, Sustentabilidade e Moda durante os quatro dias com empreendedores da economia criativa da região.

Veja Mais:  Prefeitura informa que não haverá mudança na tarifa do UBER com alteração tributária

Os poetas do Slam do Capim Xeroso, o ator André D’Lucca, os músicos Amauri Lobo, Caio Mattoso, André Balbino, Hend Santana e o duo Allan House e Mississipi Jr são algumas das atrações. A tradicional banda de lambadão Styllus Pop Som agita a praça no show de encerramento, em um retorno histórico.

O “Festival Trezentos” é realizado em parceria com moradores e associações da Praça da Mandioca e tem patrocínio da Prefeitura de Cuiabá, por meio do Edital do Fundo Municipal de Apoio e Estímulo à Cultura 2019, da Secretária Municipal de Cultura Esporte e Turismo e do Conselho Municipal de Cultura.

O projeto também tem apoio da Maratona Fotográfica, Rolê Fotográfico, Fotos MT, Projeto Verde Novo, Grupo de Teatro Cena Livre, Projeto Verde Novo, Sesc MT e Senac.

 

Confira a programação completa:

 

Dia 16 – Quarta-feira

17h| Abertura – Exposições Fotográficas

17h30| Apresentação Conhecendo o Artesão

18h30| Apresentação Gastronômica com Professor Chef Morais Junior que produzirá menu degustação com produtos quilombolas de Mata Cavalo

19h30| Bate papo comemorativo ao Dia Mundial da Alimentação com Rodrigo Carvalho – Alimentação Adequada e Saudável para a promoção da Saúde

20h| Performance Amazônia por José Medeiros e Grupo Internacional Circense

20h30| Bate papo com fotógrafos profissionais e Amadores, Maratona Fotográfica, SENAC, Rolê Fotográfico e FotosMT

 

Dia 17 – Quinta-feira

17h30| Apresentação Conhecendo o Artesão

Veja Mais:  1ª dama participa de projeto voltado à diminuição da Síndrome da Morte Súbita Infantil

18h30| Palco Livre

19h| Performance Literaturas de Cuia – Memórias Barrentas de Barros por Vinicius dos Santos

19h30| Performance O POVO NOSSO DE CADA DIA com José Medeiros, Mari Gemma de La Cruz e Grupo Teatro Cena Livre

20h| Show Violada com André Balbino

21h| Show Blues Allan House & Mississipi Jr

22h| Show Performance Caio Mattoso

 

Dia 18 – Sexta-feira

17h30| Apresentação Conhecendo o Artesão

18h30| Intervenção surpresa

19h| Oficina Cuiabá CorposSonoros com Vinicius dos Santos

19h30| Slam Capim Xeroso

20h30| Performance de Eduardo Butakka e Thiago Mourão, com os personagens Penélope e Seu Dito

21h| Show Performance Hend Santana

 

Dia 19 – Sábado

17h30| Apresentação Conhecendo o Artesão

17h30 | Oficinas diversas

18h| Contação de Histórias A LENDA DA MANDI

18h30| Show musical com Amauri Lobo

19h30| Performance Vende-se Poetas

20h| Pocket show André D’Lucca

20h40| Show Performance surpresa

21h00 | Encerramento com o retorno da banda ícone do lambadão mato-grossense, Styllus Pop Som

 

**com informações da assessoria

Comentários Facebook
Continue lendo

Na Capital

Uma vida dedicada aos alunos da Educação de Jovens e Adultos

Publicado

José Ferreira

“Sou educadora em todos os momentos da minha vida”, assim se resume a vida da professora Mailde Lopes Fraga e Silva. Professora há 36 anos, iniciou a paixão pela profissão em 1983 em Rio Branco, no Acre, quando decidiu sair do emprego onde era secretária da Empresa de Assistência Técnica Extrativista Rural (EMATER), pensando na dedicação melhor para o filho pequeno na época, com isso começou a dar aulas em uma escola estadual para alunos da 5ª, 6ª, 7ª e 8ª série.

Mailde explica que antigamente não era necessário fazer o curso de pedagogia para poder ministrar aulas, apenas o ensino médio e foi assim que começou a se dedicar na profissão, porém a ideia era ficar apenas um tempo dentro das salas de aula e depois mudar de carreira, mas isso não aconteceu. O amor pelo ensino tomou conta e ela fez o curso de pedagogia e engajou neste mundo.

Em 1989, se mudou para Cuiabá e no ano seguinte começou a trabalhar na escola estadual Vitorino Monteiro, CP4, com alunos da Educação de Jovens e Adultos – EJA, que é uma modalidade de ensino que ajuda em todos os níveis da Educação Básica do país, destinada aos jovens, adultos e idosos que não tiveram acesso à educação na escola convencional na idade apropriada. Permite que o aluno retome os estudos e os conclua em menos tempo e, dessa forma, possibilitando sua qualificação para conseguir melhores oportunidades no mercado de trabalho. Por 9 anos, permaneceu nesta escola se doando e ensinando alunos que na maioria das vezes eram analfabetos, não sabiam ler nem escrever.

Veja Mais:  Reality show Jogo de Panelas enaltece a culinária cuiabana

Em 2000, a professora passou em um concurso da Secretaria de Educação do município de Cuiabá e foi lotada na Emeb Senhorinha Ana Alves De Oliveira, onde acompanhou a turma da 5ª série, em seguida foi transferida para a escola Otacilio Sebastião da Cruz, trabalhando com a turma da educação infantil e 1ª série. Ela destaca que todos esses anos trabalhava de manhã na rede municipal com os alunos do ensino fundamental e à noite o seu trabalho era voltado para os alunos do EJA, “Pra mim, não tem nada mais gratificante do que ensinar alguém a ler, escrever, passar essa confiança. Tenho alunos com 60 anos de idade que tem essa vontade de aprender, que tem esse interesse. Eu levo para as minhas aulas, muitas vezes mas de dois planos de didática e uma caixa com outras atividades, para não deixar ninguém se sentir menosprezado. O que uma pessoas aprende com rapidez o colega não aprende e eu sempre fico muito atenta a isso”, observa.

Ela também conta orgulhosa que fez parte do projeto Universidade Popular Comunitário, antes de entrar para a Emeb Professora Pedrosa Moraes e Silva, localizada no bairro Novo Paraiso, onde atualmente ela ainda leciona todas as noites. Mesmo já se aposentando das salas de aulas do Estado, ela ainda não pensa em se aposentar das salas de aula do município e segue firme todas as noites quando vai ao encontro dos 15 alunos da Educação de Jovens e Adultos, “Nesses 36 anos de carreira, a minha maior paixão é dar aula para os alunos do EJA, me sinto realizada, valorizada, sinto o amor, carinho que eles tem por mim e o valor que eles dão no aprendizado”, afirma.

Veja Mais:  Programa Profuncionário para servidores da educação básica entra na reta final de qualificação

A professora Mailde fala com carinho da confiança que os alunos sentem por ela, em uma das atividades ministradas ela passa como tarefa textos para serem lidos em casa, “Muitos alunos chegam em mim e falam professora eu prefiro ler aqui com a senhora porque em casa os meus filhos, netos, riem de mim e na sua frente eu sei que você não vai dar risada. Isso mostra como eles confiam e me veem como uma amiga, uma parceira. Não tem preço que pague essas atitudes”, ressalta Mailde.

Neste dia do Professor, fica aqui nossa homenagem a todos os profissionais que dedicam a vida e são responsáveis por compartilharem conhecimentos, guiar e caminhar ao lado dos futuros professores, médicos, dentistas, biólogos, advogados e tantas outras profissões do nosso país.

A data é uma forma de ressaltar a importância dessa profissão para o desenvolvimento do país. Portanto, a Prefeitura de Cuiabá homenageia hoje em nome da professora Mailde Lopes Fraga e Silva, seus professores da rede municipal e mostra que valoriza os profissionais e reconhece seus esforços diários para transformar crianças e jovens em cidadãos críticos e atuantes na sociedade. O resultado desse reconhecimento é a existência de colaboradores mais motivados e felizes com a instituição em que trabalham. Fica aqui o nosso muito obrigado. Feliz Dia dos Professores.

Comentários Facebook
Continue lendo

Na Capital

Prefeitura de Cuiabá inicia processo de implantação do 1º Programa de Residência Médica 100% público

Publicado

Jany Junior – ECSP

Às vésperas da abertura total do Hospital Municipal de Cuiabá – HMC, Dr. Leony Palma de Carvalho, a Empresa Cuiabana de Saúde Pública – ECSP iniciou o processo para implantar o 1º Programa de Residência Médica da Prefeitura de Cuiabá.

Totalmente público, o Programa está sendo coordenado pela Comissão de Residência Médica da Empresa Cuiabana de Saúde – COREME/ECSP e também irá contemplar o Hospital Municipal São Benedito. A Ata de Composição foi publicada pela diretoria da ECSP em 12 de agosto. Dentre os principais objetivos estão a formação de médicos especialistas nas áreas de ortopedia e traumatologia e ainda em medicina intensiva – sendo esta última de fundamental importância para pacientes de urgência e emergência, com estados de saúde agravados. O Programa, que possui como diferencial o Termo de Compromisso de pagamento de bolsa aos futuros residentes, foi apreciado nesta segunda-feira (14) por técnicos da Comissão Nacional de Residência Médica (CNRM) e da Comissão Estadual de Residência Médica (CEREM-MT). Além da avaliação, os examinadores checaram documentos e vistoriaram as instalações do HMC e do São Benedito, para saber se ambos estão de acordo com os requisitos exigidos pelo Ministério de Saúde e Ministério da Educação – MEC. 

De acordo com o médico cirurgião e coordenador da Comissão de Residência Médica COREME/ECSP, Dr. Alberto Bicudo Salomão, a próxima fase deve acontecer em Brasília – DF, durante reunião plenária da CNRM. “Após essa visita do setor de Residência Médica do MEC, que por meio da Comissão Estadual vieram às duas unidades hospitalares do município para avaliar as estruturas e as documentações necessárias, o próximo passo é aguardarmos a apreciação da CNRM em Brasília, durante reunião ordinária, que deve acontecer no final de novembro. Havendo a aprovação, receberemos a autorização para a abertura dos dois Programas de Residência – que consistem na especialização exclusiva para médicos na modalidade lato sensu que constitui padrão ouro na formação de especialistas na medicina brasileira. E uma vez que há a constatação deste modelo de excelência, os órgãos responsáveis autorizam a abertura dentro dos parâmetros do Ministério da Saúde”, explicou o coordenador. 

Veja Mais:  1ª dama participa de projeto voltado à diminuição da Síndrome da Morte Súbita Infantil

Segundo o coordenador administrativo da ECSP, Edson Moura o COREME/ECSP segue a determinação de valorização e respeito ao servidor e aos pacientes, preconizados pelo prefeito Emanuel Pinheiro. “Além de ofertarmos especializações para os profissionais da medicina cuiabana, que passam a contar com mais uma opção, mas desta vez 100% do nosso município e com o compromisso de pagamento de bolsas, avançamos na oferta de atendimentos cada vez mais humanizados à população. Com isso, seguimos o padrão de qualidade determinado pelo prefeito Emanuel Pinheiro a todos os que buscam trabalhar e ser atendidos pelas unidades de saúde de Cuiabá”, frisou. 

Com o COREME/ECSP, o HMC que já é considerado case de sucesso pelo Ministério da Saúde torna-se uma referência ainda maior para a medicina brasileira. Um título que deverá somar ainda mais com a virada de página da Saúde, segundo Pinheiro.

“Esse trabalho que também se tornará referência não apenas para Mato Grosso, mas para outros estados, coroa os esforços que estamos fazendo para virar a página da Saúde em Cuiabá e demostra que estamos no caminho certo. Um trabalho que começou com um sonho que não só está sendo entregue à população cuiabana em projeções gigantescas, mas que está levando toda a garra do nosso povo como uma Cuiabá que dá certo e que começa a deixar pra trás uma Saúde deficitária para dar lugar a 20 anos de avanço no SUS de Cuiabá como case sucesso brasileiro”, finalizou o prefeito. 

Veja Mais:  Bairro Coophema recebe ações de zeladoria neste sábado (22)

Além do coordenador Dr. Alberto Bicudo Salomão, participam da criação do COREME/ECSP o diretor técnico da ECSP, Antônio Kato que atua como representante institucional no Programa, dois supervisores, sendo o Dr. Renan Bumlai e o Dr. Alfredo Escalante respectivamente, representando a área de ortopedia e medicina intensiva e ainda o secretário geral que é representado pelo assessor técnico da ECSP, Jany Junior.

Comentários Facebook
Continue lendo

Câmara Municipal de Rondonópolis

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana