conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Na Capital

Assistência Social e CIEE trabalham na inclusão de jovens e adolescentes no mercado

Publicado

A Secretaria Municipal de Assistência Social e Desenvolvimento Humano – SMASDH – em parceria com o Centro de Integração Empresa e Escola (CIEE) realiza nesta quinta-feira (06.12) uma oficina de acolhida social para jovens e adolescentes atendidos pelas Unidades dos Centros de Referências Especializados de Assistência Social (CREAS) Centro e Norte em cumprimento de medidas socioeducativas. O evento será no CREAS da região Norte, a partir das 14 horas.

A secretária adjunta de Assistência Social, Hellen Janayna Ferreira de Jesus explica que essas ações são desenvolvidas por meio do programa de Promoção do Acesso ao Mundo do Trabalho – ACESSUAS, que proporciona autonomia das famílias usuárias da Política de Assistência Social, por meio da integração dessas pessoas ao mercado do trabalho.

Os participantes foram vinculados ao Projeto Acolhido, sendo a atividade que dá início ao processo de inserção de jovens e adolescentes nos programas de empregabilidade que o CIEE disponibiliza à comunidade.

Hellen explica que a parceria com o CIEE é fundamental para o êxito do projeto. “Para que o trabalho possa ser realizado nós precisamos do apoio da rede. O CIEE entrou como um grande aliado para facilitar o acesso ao primeiro emprego ou estágio. Já tivemos algumas experiências muito exitosas e acreditamos que a cada dia teremos mais histórias de sucesso para contar”.

Veja Mais:  Prefeitura protocola projeto para obra emergencial de restauração da Casa de Bem Bem

Na oportunidade, estarão disponíveis no local para os participantes, os serviços da Secretaria Municipal de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico que disponibilizará os atendimentos com carteira de trabalho e Previdência Social e intermediação de mão de obra. “A articulação de políticas públicas e de mobilização, encaminhamento e acompanhamento dos jovens e adolescentes em situação de vulnerabilidade ou risco social, favorece o acesso e oportunidades ao trabalho e emprego”, frisou Hellen.

A Unidade do CREAS Norte está localizada na Avenida 01 S/N Bairro Morada do Ouro, Cuiabá-MT.

SERVIÇO: Oficina de Acolhida Social

QUANDO: Quinta-feira (06.12), às 14h

LOCAL: Unidade do CREAS Norte está localizada na Avenida 01 S/N Bairro Morada do Ouro, Cuiabá-MT

Comentários Facebook

Na Capital

Consultório Itinerante leva atendimentos para mais comunidades

Publicado

Davi Valle

Desenvolvido pela Diretoria de Atenção Básica da Secretaria de Saúde de Cuiabá (SMS), o ‘Programa Consultório Itinerante’ vem cumprindo sua missão de levar atenção integral e humanizada à saúde da população nas comunidades rurais e terapêuticas, onde não há abrangência das unidades da Estratégia Saúde da Família. Nesta semana, as comunidades rurais Conquista I e terapêutica Paraíso recebem os serviços.

Reestruturado pela gestão Emanuel Pinheiro, em menos de dois anos, o programa ofertou 28 mil atendimentos inerentes à Atenção Básica. Dentre eles estão consultas, pré-consultas, procedimentos ambulatoriais, exames clínicos diversos, atualização do calendário de vacinação, atendimento odontológico, entrega de kits de higiene bucal, medicamentos, entre outros procedimentos.

Nesta semana, a unidade móvel que é composta por um médico generalista, um enfermeiro, dois técnicos de enfermagem, um técnico de saúde bucal, um psicólogo, um agente administrativo e um motorista, contemplam as comunidades rurais Conquista I e terapêutica Paraíso. Esta última atende pessoas em vulnerabilidade social em tratamento contra dependências químicas.

Além dos procedimentos de praxe, a equipe ainda realiza encaminhamentos para exames e consultas especializadas e para tratamentos odontológicos, psicológicos, preventivos do colo uterino e demais especialistas.

O enfermeiro e responsável técnico pela unidade móvel, Marcelo Coelho enfatiza que as ações realizadas pela equipe do ´Consultório Itinerante´ reforçam a continuidade de um trabalho que vem se solidificando desde o início do projeto e fortalece o compromisso da atual administração  municipal, que é garantir a prevenção, promoção e a recuperação da saúde da população consoante aos princípios e diretrizes da Atenção Básica de Saúde.  

Veja Mais:  Prefeitura e Santa Casa lançam campanha voltada para o exame de mamografia

“Por meio das visitas podemos intervir sobre os fatores de risco aos quais a população está exposta e ainda humanizamos as práticas de saúde através do estabelecimento de vínculos com a população. Além disso, o reflexo desse trabalho é evidenciado quando verificamos que os cartões de vacina tanto de crianças quanto os de adultos estão em dia, quando pacientes hipertensos e diabéticos comparecem nos dias de atendimento para monitorar a pressão arterial, mensurar a glicemia capilar e retirar as medições de uso continuo ou ainda quando percebemos mudanças de hábitos de vida de alguns pacientes que passaram a praticar atividades físicas, controlando o peso e mantendo dentro de sua possibilidade uma alimentação mais saudável, após as nossas orientações”, destacou o enfermeiro.

A unidade móvel ambulatorial também coleta informações sobre a população contemplada, observando suas carências e necessidades para posterior planejamento das ações da Secretaria de Saúde de Cuiabá. Também é objetivo do ´Consultório´ humanizar as práticas de saúde com o estabelecimento de um vínculo entre os profissionais de saúde e a população; proporcionar o estabelecimento de parcerias através do desenvolvimento de ações que contribuam para a democratização do conhecimento do processo saúde/doença, da organização dos serviços e da produção social da saúde.

Confira o calendário de atendimentos do Consultório Itinerante para o mês de fevereiro;

18/02 – Comunidade Conquista I

19/02 – Coleta Conquista I

20/02 –  Casa Terapêutica Paraíso

Veja Mais:  Prefeitura protocola projeto para obra emergencial de restauração da Casa de Bem Bem

21/02 – Coleta Paraíso

Comentários Facebook
Continue lendo

Na Capital

Limpeza de bocas de lobo é realizada na Trincheira do Tijucal

Publicado

Davi Valle

A força-tarefa para limpeza emergencial das bocas de lobo da Capital ganhou reforço na última sexta-feira (15). A Prefeitura de Cuiabá estabeleceu parceria com a concessionária de saneamento do município para realização de desobstruções pontuais na rede de drenagem, que inclui tubulações e bueiros.  

A primeira ação, teve como ponto de atuação o Complexo Viário Walter Rabello, a popular Trincheira do Tijucal. Servidores da Secretaria de Obras Públicas e equipe da Águas Cuiabá, utilizando equipamentos pesados, retiraram terra e lixo (inclusive pneus) das tubulações. O objetivo foi diminuir os riscos de alagamentos na região, ocasionados pelo índice de chuva acima da média, verificado nesta temporada.

A Prefeitura tem mobilizado suas equipes e instituições parceiras, para que todo o aparelhamento e profissionais disponíveis no município possa trabalhar em prol da otimização das estruturas de escoamento de águas pluviais. “Cada contribuição, quer de conhecimento, de tecnologia, equipamentos e força de trabalho é muito importante neste momento. As chuvas estão muito acima da média e, com isso, a área urbana sofre. Nossa função é criar soluções e a soma de esforços é o caminho mais eficiente neste sentido”, pontuou o prefeito Emanuel Pinheiro.

Com a parceria, a concessionária de saneamento básico trabalhará juntamente com as equipes da Secretaria de Obras neste período. “Estas ações emergenciais e pontuais vão gerar importantes benefícios à comunidade em geral. Vamos atuar em conjunto com o poder público para que o impacto à mobilidade e à segurança dos pedestres e dos veículos, em caso de eventuais novas situações de fortes chuvas, seja o menor possível”, observou o diretor-geral da Águas Cuiabá, Luiz Fabbriani. 

Veja Mais:  Bairro Santa Cruz I recebe mais de 2 km de pavimentação

A concessionária atuará com a utilização de profissionais e do caminhão hidrojato. Adquirido em 2018 para a desobstrução de redes de esgoto, o equipamento é um importante aliado na prevenção dos alagamentos em vias públicas. Atualmente, a Secretaria de Obras conta com duas equipes de manutenção e dois caminhões hidrojato, que realizam uma média de 100 atendimentos por mês. 

“Estamos trabalhando pela comunidade. Mas precisamos do apoio de todos. Aproveito, então, para enfatizar que a parceria pela cidade, para ser de fato eficaz, precisa de cada munícipe. No que se refere às redes de drenagem, todo cidadão pode colaborar com uma atitude simples e fundamental: jogar o lixo apenas no lixo. Isso faz uma grande diferença”, declarou o secretário de Obras, Vanderlúcio Rodrigues. 

(Colaborou Assessoria Águas Cuiabá)

Comentários Facebook
Continue lendo

Na Capital

Projeto que beneficia pequenos produtores é aprovado na ALMT

Publicado

A emissão de autorização de despesca, que permite ao produtor transportar e comercializar pescado diretamente em feiras e mercados de Mato Grosso, será permitida até 31 de dezembro de 2020. A medida foi aprovada pela Assembleia Legislativa na quinta-feira (14), após solicitação do secretário municipal de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico, Gilberto Gomes. O substitutivo integral do Projeto de Lei 258/18, altera o parágrafo único do artigo 15-A da Lei nº 8.464/06.  

Gomes falou sobre a importância da aprovação para que os pequenos produtores não sejam prejudicados na comercialização de seus produtos. O prazo é importante para que todos se estruturem às exigências da lei, inclusive a indústria de beneficiamento. “Viemos apresentar a situação do setor e pedir celeridade na tramitação do projeto, para que a lei seja publicada e suspenda a urgência de entrepostagem, para que sejam feitas políticas públicas com mais e cuidado com os pequenos produtores”, explicou.

De acordo com o secretário, a não aprovação da proposta ameaçaria, inclusive, a realização do programa Peixe Santo, que chega em 2019 à sua 28ª edição. “Estamos falando em 140 toneladas de comercialização de pescado somente na Semana Santa, em Cuiabá”, explica. Na ocasião, o secretário lembrou que em 2018 essa lei foi alterada cassando a despesca e obrigando que todos os produtos passassem nos entrepostos para ter a certificação.

Veja Mais:  Festival “Meio Ambiente e Eu” chega a final com corte de cabelo, massagem e maquiagem grátis

“Essa é uma questão bastante nevrálgica sobre o prisma da comunidade de uma forma geral porque em Cuiabá, por exemplo, temos poucos entrepostos, o custo para manipulação é consideravelmente elevado para o pequeno produtor e o alto custo inviabiliza a possibilidade de comercialização”, esclareceu Gomes, ao acrescentar que há projetos para tentar viabilizar recursos à construção de entrepostos para simplificar a administração, que poderá ser feita por associações de feirantes, reduzindo o custo.

Aprovado em 1ª votação no mês passado, o substitutivo integral foi apresentado pelo presidente da ALMT, deputado Eduardo Botelho (DEM), ao PL 258/18 de autoria do primeiro-secretário, deputado Max Russi (PSB). Na terça-feira (12) o assunto foi debatido em reunião na presidência da ALMT, entre ele, o secretário, o vereador da capital Vinicyus Hugueney e os deputados Guilherme Maluf (PSDB) e Paulo Araújo (PP).

No substitutivo integral, Botelho destaca a importância de o setor produtivo se organizar para ampliar a disponibilidade dos estabelecimentos registrados e aptos a receber e processar o pescado produzido em Mato Grosso. “Sendo assim, é necessária a ampliação do prazo até 31 de dezembro de 2020 para adequações necessárias, para que não haja um grande prejuízo ao setor e à economia local”, diz trecho do projeto.

Comentários Facebook
Continue lendo

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana