conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Policial

Associação criminosa que agia em assaltos a chácaras em Várzea Grande é presa pela Polícia Civil

Publicado

Foto: Reprodução

Três suspeitos de integrarem uma associação criminosa que agia com truculência em roubos na zona rural de Várzea Grande foram presos na quinta-feira (10) pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Várzea Grande (DERF-VG).

As investigações, conduzidas pelo delegado Afonso Monteiro da Silva Junior, apontam que os detidos estão envolvidos em, pelo menos, dois roubos a chácaras. Eles atuavam com grave ameaça à integridade física das vítimas.

Ambos os assaltos ocorreram no mesmo dia, 08 de janeiro. O primeiro foi realizado na madrugada, por volta das 03h da manhã, o segundo roubo ocorreu por volta das 21h30, em uma chácara no assentamento Nossa Senhora Aparecida, também em Várzea Grande. Nas duas ações as vítimas foram agredidas fisicamente com coronhadas e socos e amarradas.

No primeiro roubo os criminosos subtraíram itens de valor na residência (eletrodomésticos, joias, e um veículo Saveiro). Na segunda ação dos bandidos foram levados dois veículos (um Corola e uma motocicleta XRE), além de joias e R$ 25 mil em espécie.

Os trabalhos de investigação apontaram que os suspeitos Igor Silva Guimarães, 24, (conhecido como “Jangada”) Romário Silverio Lima, 29, e Fagner Castro Soares, 28, atuaram nos dois roubos. Contudo, “existe a suspeita que eles tenham atuado também em outros roubos na região, em razão do registro de assaltos em que os criminosos atuaram com o mesmo modus operandi e violência”, explica o delegado à frente das investigações.

Veja Mais:  Após roubo a loja, celular encontrado em estrada auxilia na prisão dos suspeitos

Submetidos a atos de reconhecimento, os criminosos foram apontados por algumas das vítimas como os autores dos roubos. Os três detidos ostentam vasta ficha criminal em delitos patrimoniais.

Conduzidos à delegacia, após diligências ininterruptas desde a data do crime, os suspeitos foram flagranteados por roubo majorado (pelo concurso de pessoas, emprego de arma de fogo e restrição a liberdade das vítimas) e associação criminosa.

O trio foi encaminhado para audiência de custódia, com a representação pela conversão do flagrante em prisão preventiva, ficando à disposição do Judiciário.

A Derf de Várzea Grande continua com as investigações para identificar outras ações realizadas pelo grupo na região, e também para identificar e prender eventuais comparsas dos detidos.

Comentários Facebook

Policial

Estelionatários que aplicavam golpe pela Internet são presos em Rondonópolis

Publicado

Veículo Toyota Corolla

A prisão dos suspeitos ocorreu após a equipe da Derf- Rondonópolis receber informações sobre um crime de estelionato, ocorrido na cidade de Imperatriz (MA), em que um senhor foi vítima de um anúncio falso de veículo postado em um site da Internet. A vítima negociou o veículo Toyota Corolla pelo valor de R$ 50 mil, fazendo a transferência do valor para uma conta da Caixa Econômica Federal.

A Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (Derf) de Rondonópolis (212 km ao Sul) prendeu em flagrante, na tarde de quinta-feira (17.01), dois homens acusados de atuar no golpe de aplicados através de sites de compra e venda pela Internet. Os suspeitos, Bruno Siqueira Santos, 23, e Werik Adriel de Almeida Miranda, 19, foram atuados por estelionato.

Com base nas informações passadas pela vítima, os policiais da Derf conseguiram identificar a conta que estava em nome de Werick Adriel de Almeida Miranda. Nesta quinta-feira (17), o suspeito foi localizado dentro da agência bancária, no momento em que tentava sacar parte do dinheiro.

Com a prisão do acusado, os policiais chegaram ao suspeito Bruno Siqueira Santos, que é acusado de agenciar outros golpes semelhantes na cidade, sendo ele o responsável por gerenciar contas para o depósito do dinheiro, após a prática do golpe.

No celular de Werick, foi encontrada uma conversa com Bruno por meio do aplicativo WhatsApp, questionando se o saque do dinheiro foi concretizado. Questionado, Bruno confessou o crime e disse que já havia retirado parte do dinheiro da conta (R$ 14 mil), passando o cartão em dois estabelecimentos comerciais (R$ 7 mil em cada comércio).

Veja Mais:  Briga de casal resulta na apreensão de 11 armas em apartamento

Diante da situação, os suspeitos foram conduzidos a Derf de Rondonópolis, onde após serem interrogados foram autuados em flagrante por estelionato.

Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Quatro instituições de Poconé recebem doação de pescado apreendido

Publicado

 

Mais de 45 peças de pescado irregular apreendidos em Poconé foram doados para instituições de caridade do município, após atuação em flagrante de dois suspeitos pela Polícia Judiciária Civil. O pescado que era transportado em um veículo Fiat Uno foi apreendido em uma ação da Polícia Militar.

Após a apreensão, os exemplares foram encaminhados para a Delegacia de Poconé, sendo providenciada a doação do pescado, que beneficiou quatro instituições da cidade, Lar Cristão, Lar dos Idosos, Hospital Geral de Poconé e Creche Vovó Mazinha. A entrega foi realizada na Delegacia do município.

A apreensão ocorreu após a equipe da Polícia Militar receber denúncia que o veículo estava carregado com várias espécimes de peixe em situação irregular. Na abordagem do veículo, dois suspeitos foram detidos e um terceiro conseguiu foragir.

No automóvel, foram apreendidos 29 peças de pintados, 4 jaus, 4 palmitos, 2 cacharas e 1 jurupensem (todos sem cabeças), 6 pacus, além de ferramentas (machadinha, faca, alicate), um tanque de barco completo com mangueia e um galão de combustível.

Os suspeitos foram conduzidos a Delegacia de Poconé, onde foram autuados em flagrante por crime ambiental, sendo liberados posteriormente após pagamento de fiança.

Comentários Facebook
Veja Mais:  Briga de casal resulta na apreensão de 11 armas em apartamento
Continue lendo

Policial

Curso da PM formará novos policiais para Cavalaria

Publicado

Nesta sexta-feira (18.01), às 16h30, no auditório do Comando Geral da Polícia Militar, em Cuiabá, será realizada a aula inaugural do 5º Curso de Policiamento Montado da Polícia Militar.

Nesta edição, 13 policiais militares aprovados em processo seletivo para o batalhão de Regimento de Policiamento Montado (RPMon) vão frequentar aulas e receber treinamento prático para atuar na unidade especializada de Cavalaria. O curso terá duração de dois meses.

O RPMon é comandante pelo major Walmir Barros Rocha e integra o Comando Especializado de Policia Militar (Cesp), juntamente com unidades especializadas como o Bope, Rotam, Batalhão Ambiental e de Trânsito.

A aula inaugural terá como palestrante o coronel Reinaldo Magalhães de Moraes, uma das maiores autoridades em Policiamento Montado no Estado de Mato Grosso. Ele não só contribuiu com a fundação do RPMon como o comandou por diversas vezes.

Comentários Facebook
Veja Mais:  Após roubo a loja, celular encontrado em estrada auxilia na prisão dos suspeitos
Continue lendo

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana