conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Famosos

“Assunto de Família” costura crônica familiar delicada para observar afetos

Publicado

O vencedor da Palma de Ouro em Cannes em 2018 é um filme que aborda o sentido, mas também o sentimento, de família de uma maneira criativa e insidiosa. “Assunto de Família” cativa a audiência com uma história de empatia e afeto, mas também a desafia com questionamentos morais e dilemas éticos nada fáceis.

Leia também: “Homem-Aranha no Aranhaverso” investe na linguagem da HQ e moderniza personagem


Uma das cenas mais tenras de
Divulgação

Uma das cenas mais tenras de “Assunto de Família”, que já está em cartaz nos cinemas brasileiros, acontece na praia

Hirokazu Koreeda, de filmes como “Pais & Filhos” (2013) e “Nossa Irmã Mais Nova” (2015), já demonstrara habilidade para esquadrinhar elos e rupturas familiares, bem como as demandas afetivas a promovê-las, mas em “Assunto de Família” ele alcança outro patamar por ser delicado,  sensível e especulativo, sem adentrar o pieguismo ou as convenções de gênero.

No primeiro contato que temos com Osamu Shibata (Lily Franky) e Shota Shibata (Jyo Kairi) eles estão furtando um supermercado. Osamu costuma dizer que o “que está no mercado não tem dono”. É um ensinamento que todos podem concordar problemático. Eles chegam a uma casa em um bairro periférico. A casa é pequena, com diversas coisas amontoadas e parece abrigar mais gente do que o recomendável.

Leia também: Autora de “After” espera que filme ajude jovens mulheres a assumir sexualidade

Veja Mais:  Ethan Hawke desenvolve filme sobre crise existencial com produtores brasileiros

Vivem ali também uma mulher idosa, a qual Osamu e sua mulher Nobuyo (vivida pela espetacular Sakura Andô) tratam como avó, a jovem Aki (Mayu Matsuoka) e uma menina que os jornais dizem que sumiu de sua casa, Yuri (Miyu Sasaki).


Cena de Assunto de Família: o que é família de verdade?
Divulgação

Cena de Assunto de Família: o que é família de verdade?

Não demora para que o espectador perceba que aquela não é uma família de vínculos consanguíneos, mas sim uma formada por tipos rejeitados que aprenderam (ou tentam) a viver às margens de uma sociedade japonesa fechada e resistente a afetos – uma das bem alinhadas e minuciosas críticas que o filme elabora.

Todos os componentes dessa família postiça tem seu próprio esquema para conseguir dinheiro e a maneira como esses esquemas vão reverberando intimamente em algumas personagens, mas também nesse núcleo familiar vai se constituindo em uma das grandes revelações dramáticas do longa. Há uma cena, por exemplo, em que Aki questiona Osamu se ele e Nobuyo não fazem sexo, afinal, ela queria entender melhor a natureza da relação deles. A resposta de Osamu não só é desconcertante, como possibilita que uma cena que acontecerá alguns minutos depois ganhe mais estofo dramático e significados.  

Leia também: Com novo filme, Tessa Thompson coroa carreira estrelada em Hollywood

“Assunto de família” , que já tem refilmagem americana garantida, é uma demonstração eloquente do talento de Hirokazu Koreeda para perfilar a cultura japonesa de maneira respeitosa, mas questionadora. É, ainda, um exercício perene de reflexão afetiva para pais, filhos, irmãos e toda sorte de relacionamentos que construímos na jornada pela vida.

Veja Mais:  Sabina Sato posa nua e fala da reta final de sua 1ª gravidez: “me transformou”

Comentários Facebook

Famosos

Em meio a polêmicas, Juju Salimeni desabafa: “Nenhuma crise é eterna”

Publicado

Juju Salimeni viu seu nome envolvido em vários boatos nos últimos dias. Primeiro porque ela e Felipe Franco anunciaram que não estão mais juntos e, além disso, na segunda-feira (17), de acordo com o programa “Fofocalizando”, Gracyanne Barbosa ameaçou deixar o escritório que administra sua carreira depois da ex-panicat anunciar que está retornando à empresa.

Leia também: Fora do carnaval, Gracyanne Barbosa revive briga com Juju Salimeni

Juju Salimeni
Reprodução/Instagram

Juju Salimeni


Ainda de acordo com o  programa, há algum tempo, Gracyanne Barbosa e Juju Salimeni trabalharam juntas na dita empresa, porém, a ex-panicat usava sua mãe para “roubar” alguns contratos da musa.

No meio de tudo isso, Juju usou suas redes sociais para compartilhar uma foto com um pequeno desabafo na legenda. “Sua ansiedade está mentindo pra você! Você não é um incômodo. Seu cabelo não está estranho. Essa roupa lhe cai bem. Ninguém está rindo de você . Tomar remédio não te torna incapaz . O mundo ainda tem ar. Tem muita gente querendo te abraçar. Ansiosos também conseguem amar. Nenhuma crise é eterna”, escreveu.

Leia também: Juju Salimeni anuncia fim do casamento com Felipe Franco

Juju Salimeni recebeu diversos elogios na postagem. “Ei, moça! Você é maravilhosa…”, disse um internauta. “Na torcida por você” escreveu outra.

Fonte: IG Gente
Comentários Facebook
Veja Mais:  Ethan Hawke desenvolve filme sobre crise existencial com produtores brasileiros
Continue lendo

Famosos

Atriz fala sobre aborto depois de morte da personagem em “A Dona do Pedaço”

Publicado

Em “A Dona do Pedaço” do último sábado (15), Edilene (Cynthia Senek) tentou fazer um aborto em uma clínica clandestina, mas sofreu complicações e acabou morrendo. A empregada doméstica, que era amante de Otávio (José de Abreu) foi obrigada a interromper a gravidez e fez a cena ser muito comentada nas redes sociais.

Leia também: Juliana Paes quer cena “épica” entre Maria da Paz e Jô em “A Dona do Pedaço”

Cynthia Senek deu vida à Edilene
Reprodução/Instagram

Cynthia Senek deu vida à Edilene


Em seu Instagram, a intérprete de Edilene aproveitou para falar sobre sua participação na novela e sobre a cena. “Obrigada, Walcyr Carrascoe Amora Mautner por confiarem em mim para um papel tão delicado e especial, cheio de mensagens como essa, que eu como atriz e ser humano adoro experienciar. Mais uma personagem para meu currículo que me fez aprender e mudar de opinião sobre muita coisa”, disse ela.

Leia também: Em “A Dona do Pedaço”, Virgínia demite Fabiana e descobre parentesco

Além disso, Cynthia Senek) também compartilhou alguns dados sobre aborto no Brasil. “Edilene se foi, mas nos deixou com um ótimo tema para dialogar: o aborto. Independente de qual seja a sua escolha, o fato é que ele acontece todos os dias. Sendo mais precisa, a cada minuto é realizado um aborto no Brasil. O aborto ser proibido ou não, não faz com que ele não seja praticado. 500 mil mulheres por ano abortam no Brasil”, diz no texto.

Veja Mais:  Na reta final, Maisie Williams temia que Arya fosse odiada em “Game of Thrones”

“Cada um de nós passa por diversas dificuldades em nossas vidas e cabe somente a nós escolhermos o que é melhor ou não”, completou ela.

Ainda na rede social, Cynthia contou que mudou de opinião sobre o aborto, mesmo sem passar por isso na pele.  “Graças a Deus não precisei passar por esse momento para entender o que essas mulheres passam. Estudando sobre isso cheguei a essa decisão. Quem se apoia na embriologia, é um estágio muito inicial da gravidez”, disse.

Leia também: Além de Jô: As filhas mais carrascas das novelas da Globo

“Não existe coração batendo nesse período. Em outros países, um aborto nesse período nem é considerado aborto”, finalizou u a atriz que interpretou Edilene em ” A Dona do Pedaço “.

Fonte: IG Gente
Comentários Facebook
Continue lendo

Famosos

Juliana Paes quer cena “épica” entre Maria da Paz e Jô em “A Dona do Pedaço”

Publicado

Quem acompanha Juliana Paes no Twitter sabe que a atriz sempre comenta sobre ” A Dona do Pedaço ” em tempo real na rede social e na noite da última segunda-feira (17) não foi diferente.

Leia também: Em “A Dona do Pedaço”, Virgínia demite Fabiana e descobre parentesco

Juliana da Paes como Maria da Paz
Reprodução/Globo

Juliana da Paes como Maria da Paz


Juliana Paes aproveitou o capítulo de ontem da trama para interagir com os telespectadores e acabou concordando com uma internauta que disse que deseja ver uma cena “épica” entre sua personagem e a filha, Josiane, vivida por Agatha Moreira.

“Quando Maria da Paz descobrir que a filha é o próprio capiroto, tem que ser uma cena épica!”, disse uma internauta. Juliana retuítou o comentário e completou: “Também acho”.

Leia também: Além de Jô: As filhas mais carrascas das novelas da Globo

Além disso, Juliana Paes também interagiu com uma usuária que falou sobre a vida amorosa de Maria da Paz na novela. “Não está fácil torcer pra vida amorosa da Maria da Paz”, disse a moça. “Não desiste”, respondeu a atriz. Está difícil para ela, né?

Fonte: IG Gente
Comentários Facebook
Veja Mais:  Khloe Kardashian fala sobre eleições no Brasil nas redes sociais
Continue lendo

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana