conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Esportes

Ayrton Senna não estava feliz com sua vida e bastante chateado com Schumacher

Publicado


Alain Prost e Ayrton Senna fizeram uma das maiores rivalidades da história da Fórmula 1
F1/DIVULGAÇÃO

Alain Prost e Ayrton Senna fizeram uma das maiores rivalidades da história da Fórmula 1

O ex-piloto francês  Alain Prost fez algumas revelações importantes sobre o ídolo brasileiro Ayrton Senna, um dos seus maiores rivais dentro e fora das pistas de Fórmula 1 entre as décadas de 80 e 90.

Leia também: Corinthians lança terceiro uniforme em homenagem a Ayrton Senna; veja fotos

Em entrevista ao site oficial da F1, Prost falou com carinho de Ayrton Senna e o referiu como grande amigo, apesar de nunca ter expressado esse sentimento quando o adversário ainda estava vivo.

“Eu aprendi a entender o ser humano que era Senna”, explicou Prost, que também lembrou que foi o brasileiro quem iniciou a ‘guerra’ entre os dois. Nesta linha, ele lembrou de um episódio no final dos anos 80, quando eles compartilharam um evento no Salão Automóvel de Genebra: “Ele não falou comigo, nem uma palavra, e foi dormir depois do almoço”.

Leia também: McLaren contrata brasileiro de 20 anos como seu piloto de testes na Fórmula 1

Este clima de inimizade entre ambos não impediu que, antes do acidente do GP de San Marino de 1994, Senna antecipasse algumas preocupações que tinha em relação à Fórmula 1. “De repente, ele era uma pessoa diferente. Ele chegou a me dizer: ‘Essas pessoas não me motivam’”.


Alain Prost era rival de Ayrton Senna na F1
Getty Images

Alain Prost era rival de Ayrton Senna na F1

Prost revelou também que, após sua aposentadoria em 1993, o brasileiro tentou convencê-lo a voltar. “Ele me ligava duas vezes por semana, queria que eu voltasse”.

Veja Mais:  Roma doa R$ 639 mil para torcedor do Liverpool agredido por ultras do clube

Ainda segundo Alain Prost, Senna confidenciou que acreditava que a equipe Benetton estava usando um sistema ilegal nos carros e que de alguma forma conseguia fugir dos controles da FIA. Quem havia despertado essa teoria era Michael Schumacher e, por isso, o brasileiro ficou bastante chateado com o alemão.

Leia também: Ex-chefe de Schumi diz que visita o alemão duas vezes por mês e faz mistério

Por fim, o ex-piloto francês admitiu que Ayrton Senna já previa o pior alguns meses antes de sua morte, em maio de 1994. “Sempre estava conversando com ele, não estava feliz com sua vida e, além disso, estava realmente preocupado com a segurança na Fórmula 1”, finalizou Alain Prost, que atualmente tem 63 anos de idade.

Comentários Facebook

Esportes

Neymar Junior completa 10 anos de carreira com destaque na seleção brasileira

Publicado


Neymar Junior defende a seleção brasileira de futebol desde 2010 e é o terceiro maior artilheiro da história
Divulgação

Neymar Junior defende a seleção brasileira de futebol desde 2010 e é o terceiro maior artilheiro da história

Neste mês de março, Neymar Junior completa 10 anos de carreira como jogador profissional e apesar de estar longe dos gramados desde o fim de janeiro, por conta de uma lesão no quinto metatarso do pé direito, o camisa 10 tem muitos motivos para comemorar.

Leia também:  Sem Neymar, Lucas Paquetá será o camisa 10 da seleção brasileira em amistoso

Um dos motivos de felicidade de Neymar Junior são seus números na seleção brasileira. Desde que estreou com a camisa verde e amarela em 2010, o atacante do PSG disputou duas Copas do Mundo e hoje carrega a faixa de capitão da equipe.

Em nove anos de serviço com a seleção brasileira de futebol , Neymar participou de 96 jogos oficiais, marcou 60 gols e é o terceiro maior artilheiro da história do país, atrás de Pelé (77) e Ronaldo (62). A média de gols do atacante é de 0,63 gols por partida.

Com o capitão em campo, a equipe venceu 69 vezes, empatou 18, perdeu nove e marcou 211 gols. Foram ainda 41 assistências desde a estreia pela equipe nacional em agosto de 2010, contra os Estados Unidos. Como capitão já são 30 jogos usando a braçadeira.

Todos os números de Neymar se mantém mesmo ausente na atual Data Fifa. Neste sábado (23), a seleção comandada por Tite enfrentará o Panamá, as 16h00 (horário de Brasília), em Porto, Portugal, em amistoso pré-Copa América e o atacante tem experiência contra a equipe.

Veja Mais:  Roma doa R$ 639 mil para torcedor do Liverpool agredido por ultras do clube

Leia também:  Pai de Neymar revela detalhes sobre a conquista do ouro olímpico em 2016

Neymar enfrentou a seleção panamenha apenas uma vez na carreira. Foi em junho de 2014 em um amistoso disputado no estádio Serra Dourada. Naquela oportunidade o atacante marcou um gol de falta e deu uma assistência. O Brasil venceu por 4 a 0.

Após a partida deste sábado, o grupo brasileiro segue na Europa, mas embarca rumo a Praga, onde fará um amistoso contra a República Tcheca na terça-feira (26).

Neymar Junior está em fase final de recuperação e deve voltar aos gramados nas próximas semanas. Ele deve ser nome certo na convocação para a disputa da Copa América de junho e julho, que será disputada no Brasil.

Se você quer saber mais sobre toda a trajetória de Neymar durante seus dez anos de carreira , assista o vídeo abaixo:

Leia também:  Gabriel Jesus fala sobre momento da carreira e diz ter superado Copa sem gols

Veja abaixo os números de Neymar Junior com a Seleção Brasileira Principal:

Jogos: 96

Gols: 60

Vitórias: 79

Empates: 18

Derrotas: 09

Assistências: 41

Primeiro jogo: 20/08/2010 – Brasil 2×0 Estados Unidos (amistoso)

Último jogo: 23/11/2018 – Brasil 1×0 Camarões (amistoso)

Competições: Amistosos (56), Copa América (6), Super-Clássico das Américas (5), Copa das Confederações (5), Copa do Mundo (10), Eliminatórias e Copa do Mundo (14).

Veja Mais:  Atleta morre após ser atingida por bote dos Bombeiros em Maratona de Tocantins

Títulos pela Seleção Brasileira:

2016: Medalha de ouro – Olimpíadas Rio 2016

2014: Campeão do Superclássico das Américas

2013: Campeão da Copa das Confederações; Campeão do Superclássico das Américas

2012: Medalha de Prata – Olimpíadas de Londres 2012

2011: Campeão do Superclássico das Américas

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Real Madrid trata contratação de Mbappé como prioridade, diz jornal

Publicado

O Real Madrid planeja reforçar a sua equipe para a próxima temporada após o fiasco que foi a atual. E um dos nomes cogitados como “presente” para Zidane, de acordo com o jornal espanhol AS , é o do jovem francês Kylian Mbappé, do PSG.

Leia também: Muitos “medalhões” não deram certo, mas alguns viraram grandes atrações


Kylian Mbappé, do PSG, é prioridade para o Real Madrid, de acordo com jornal espanhol
Divulgação

Kylian Mbappé, do PSG, é prioridade para o Real Madrid, de acordo com jornal espanhol

O jornal, que coloca Mbappé em sua capa nesta sexta, diz, no entanto, que a postura do clube parisiense preocupa os merengues, que estão em busca de um jogador que cause impacto. O atacante seria para a diretoria o ideal para cumprir essa função.

A postura do Paris Saint-Germain, no entanto, pode atrapalhar a negociação, já que recentemente o clube segurou Verratti e Rabiot mesmo com forte investida do Barcelona. A mesma postura é esperada diante da investida madrilhenha em sua principal joia.

Leia também: Vítima de racismo, Serginho revela: “Minha família quer ir embora da Bolívia”

Por outro lado, de acordo com a publicação, o PSG precisaria de cerca de 150 milhões de euros para fechar suas contas nesta temporada e uma venda milionária poderia ajudar. O valor que o Real Madrid estaria disposto a pagar, porém, não foi definido.

Outro fator positivo para os espanhóis listado pelo jornal é o fato de o jovem atacante ter recebido uma multa por atraso em outubro, o que deixou os franceses incomodados.

Veja Mais:  Roma doa R$ 639 mil para torcedor do Liverpool agredido por ultras do clube

Além disso, o Real pode ser um caminho mais fácil para a conquista da tão sonhada Bola de Ouro por Mbappé, visto que o PSG foi eliminado precocemente – para as ambições do clube – nas duas últimas edições da Liga dos Campeões.

Leia também: Dudu reencontra Novorizontino, sua maior vítima desde que chegou ao Palmeiras

Mbappé tem apenas 20 anos e já conquistou uma Copa do Mundo com a França, tornando-se um dos mais jovens da história, ao lado de Pelé, a marcar gol na final.  Com o PSG, já conquistou três títulos. Antes, se destacou com o Monaco, quando chegou à semifinal da Liga dos Campeões com apenas 17 anos.

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Vítima de racismo, Serginho revela: “Minha família quer ir embora da Bolívia”

Publicado


Serginho deixa o gramado após ser vítima de racismo
Reprodução

Serginho deixa o gramado após ser vítima de racismo

O brasileiro Serginho se manifestou pela primeira vez, nesta quinta-feira (21), sobre o ato de racismo que sofreu durante partida do Jorge Wilstermann, seu clube, contra o Blooming, na Bolívia.

Leia também: Presidente do Blooming pede suspensão de brasileiro vítima de racismo na Bolívia

O atacante revelou que o trauma se estendeu até seus filhos, que assistiram o pai sendo vítima de racismo e choraram. Segundo Serginho , a vontade de sua família, no momento, é de deixar o país.

“Minha família em casa, meus filhos, só conseguiam chorar o tempo todo. Tenho um filho de 11 anos e uma filha de 10 que só choravam porque estavam assistindo a partida e sabiam o que estava acontecendo. Quando afeta ao homem nós suportamos, mas quando afeta a nossa família é algo a se repensar (sobre permanência). Eu falei com o corpo diretivo e a verdade é que a minha família quer ir embora da Bolívia , não quer mais ficar”, disse o brasileiro.

Veja Mais:  Conselheiros do Santos recebemrelatório que sugere impeachment do presidente

Leia também: Brasileiro é alvo de racismo na Rússia: “é ridículo pessoas de cor na seleção”

O camisa 10 do Jorge Wilstermann revelou também que nunca havia passado por algo do tipo, e que tentou ao máximo suportar as ofensas.

“Me chamaram de macaco, que tinha de voltar para a selva. Eu tenho família, filhos. A verdade é que nós suportamos muitas coisas. Eu suportei até onde consegui suportar, pois isso não é algo do futebol. Todos somos iguais, não sou diferente por minha cor de pele ou ser brasileiro. Temos apenas uma raça que é a raça humana. Eu nunca na minha vida tinha passado por isso.

Por fim, Serginho declarou que, por gratidão ao apoio recebido tanto pela diretoria, quanto pela torcida e colegas de time, permanecerá no Jorge Willsterman.

Leia também: Ex-goleiro Jefferson revela ter sido barrado da seleção brasileira por ser negro

“Eu não tenho nada a esconder, eu vou ficar porque amo esse clube. Não tenho que fazer média com ninguém. Desde quando cheguei aqui, o clube, a torcida, meus companheiros sempre me apoiaram, nunca me abandonaram em nenhum momento. Desde quando aconteceu o episódio em 2016 com o Blooming e depois contra o Destroyers eles nunca me abandonaram. Então não será por isso que irei embora”, finalizou o atleta brasileiro vítima de racismo .

Veja Mais:  Filipe perde em Portugal e chance de título antecipado de Gabriel Medina aumenta

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Continue lendo

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana