conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Esportes

Barcelona ofereceu Malcom e R$ 237 milhões por Willian, mas Chelsea recusou

Publicado

O Barcelona ofereceu 50 milhões de libras (cerca de R$ 237,5 milhões) mais o brasileiro Malcom para tentar a contratação de outro brasileiro, o meia-atacante Willian, do Chelsea. O clube londrino não aceitou a oferta, no entanto, conforme informou o jornal inglês The Telegraph .

Leia também: Neymar ligou cinco vezes ao Barcelona pedindo para voltar ao clube, diz jornal


Barcelona ofereceu Malcom e R$ 237 milhões para tentar contratar Willian, mas Chelsea recusou
Divulgação/ChelseaFC

Barcelona ofereceu Malcom e R$ 237 milhões para tentar contratar Willian, mas Chelsea recusou

A publicação diz que, apesar de Willian já ter 30 anos e o vínculo com o Chelsea acabar daqui a 18 meses, os Blues creem que ele vale mais que o valor oferecido pelos representantes do Barcelona na última quinta-feira.

Leia também: Polícia dos EUA pede DNA de Cristiano Ronaldo para investigar caso de estupro

Esta não é a primeira vez que o clube catalão tenta tirar o brasileiro de Londres. Na última janela houve conversas, mas eles desistiram após os valores pedidos pelo Chelsea . Desta forma, contrataram Malcom junto ao Bourdeaux por 38 milhões de libras (R$ 181 milhões atualmente).

Malcom teria sido envolvido na negociação porque não vem sendo utilizado pelo técnico Ernesto Valverde nos principais jogos do Barcelona e apenas em partidas de menor expressão, como da Copa do Rei. Ele, por exemplo, foi titular na derrota desta quinta-feira por 2 a 1 para o Levante, pelas oitavas de final do torneio.

Veja Mais:  Cristiano Ronaldo se torna a pessoa com mais seguidores no Instagram

Leia também: Uefa libera time da Liga dos Campeões 2018 com Messi e domínio do Real Madrid

Além dos valores, o Chelsea também reluta em negociar Willian porque o considera peça-chave em seu elenco e o desejo é fortalecer e não perder jogadores titulares. Ainda mais que o jovem Callum Hudson-Odoi, meia de 18 anos, tem tudo para sair rumo ao Bayern de Munique.

Comentários Facebook

Esportes

Indy presta homenagem a diretor de provas da F1 encontrado morto na Austrália

Publicado


Carros da Indy usaram adesivos em homenagem a Charlie Whiting, ex-diretor de provas da F1 morto no dia 14 de março
Reprodução

Carros da Indy usaram adesivos em homenagem a Charlie Whiting, ex-diretor de provas da F1 morto no dia 14 de março

A Fórmula Indy prestou uma homenagem ao diretor de provas da Fórmula 1, Charlie Whiting, encontrado morto no último dia 14 de março, na Austrália.

Leia também:  Mick, Filho de Schumacher, diz que comparação com o pai “não é problema”

Neste fim de semana, com a disputa do GP de Austin, todos os carros do grid da Indy entraram na pista do Circuito das Américas com um logo colado na parte lateral com o nome Whiting, o ano de seu nascimento e falecimento. A corrida acontece neste domingo as 14h00.

Whiting tinha 66 anos e estava na Austrália para a estreia da temporada 2019 da Fórmula 1 e foi vítima de embolia pulmonar.

Charlie Whiting nasceu na Grã-Bretanha em 1952, começou sua carreira na categoria mais popular do automobilismo em 1977 na Hesketh quando tinha 24 anos. Posteriormente foi mecânico-chefe na Brabham, delegado-técnico, delegado de segurança e diretor de corridas da FIA.

Leia também:  Atleta dos EUA descobre morte do pai após vitória no basquete universitário


Charlie Whiting era diretor de provas da Fórmula 1 e recebeu homenagem da Indy neste fim de semana
FORMULA ONE/DIVULGAÇÃO/

Charlie Whiting era diretor de provas da Fórmula 1 e recebeu homenagem da Indy neste fim de semana

Assumiu o cargo de diretor de provas em 1997 e se consagrou como um dos maiores queridos dos pilotos e equipes.

Veja Mais:  Palmeiras bate o São Paulo no Morumbi, quebra tabu de 16 anos e segue líder

Até o momento a Federação Internacional de Automobilismo – FIA não se pronunciou sobre um substituto para Whiting e alguns acreditam que, por toda importante e inteligência que tinha, será impossível que outro ocupe o lugar do britânico tão bem.

“Certamente haverá decisões difíceis a serem tomadas no futuro e acho impossível substituir Charlie. Mas quem quer que assuma esse trabalho, precisamos apoiá-los”, disse o diretor executivo da Mercedes na Fórmula 1 , Toto Wolff.

Leia também:  Cidade italiana fará exposição em homenagem a Ayrton Senna; saiba mais

A Fórmula 1 fez um minuto de silêncio para Whiting no GP da Austrália e ainda não se sabe se no próximo dia 31 de março, no GP do Barein, mais homenagens como a prestada na Indy serão feitas para o ex-diretor.

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Paquetá marca, mas seleção brasileira sofre 1º gol pós-Copa e tropeça no Panamá

Publicado


Lucas Paquetá marcou seu primeiro gol pela seleção brasileira principal
Twitter/Reprodução

Lucas Paquetá marcou seu primeiro gol pela seleção brasileira principal

A seleção brasileira enfrentou o Panamá neste sábado, na cidade do Porto, em Portugal, e tropeçou pela primeira vez após a Copa do Mundo: empate por 1 a 1 no amistoso realizado no Estádio do Dragão.

Leia também: Veja mais notícias da seleçã brasileira

Foi o primeiro gol que a seleção brasileira levou depois do Mundial na Rússia e, também, foi o primeiro gol que os panamenhos fizeram na equipe verde e amarela em toda história. Nos outros quatro duelos, quatro vitórias do Brasil, com 16 gols marcados e nenhum sofrido.

A preparação para Copa América segue na próxima terça-feira, no amistoso diante da República Tcheca, em Praga.

O técnico Tite resolveu observar alguns jogadores defensivos e escalou Ederson no gol, com Eder Militão e Miranda no miolo de zaga e Alex Teles e Fagner nas laterais esquerda e direita, respectivamente.

Sem o lesionado Neymar, o capitão da seleção foi Casemiro, enquanto Lucas Paquetá herdou a camisa 10 do craque do PSG. O meio de campo titular ainda teve Arthur. No ataque, o trio ofensivo foi formado por Philippe Coutinho, Richarlison e Roberto Firmino.

Como era de se esperar, o Brasil manteve a posse de bola a maior parte do tempo, ocupando o campo ofensivo e praticamente não dando chances para os panamenhos jogarem.


Seleção brasileira no amistoso contra o Panamá, em Portugal
Pedro Martins / MoWA Press

Seleção brasileira no amistoso contra o Panamá, em Portugal

O primeiro lance mais agudo saiu aos 17 minutos, em cabeçada perigosa de Roberto Firmino para fora. Na sequência, Artuhur finalizou bem duas vezes da entrada da área, ambas passando à direita da meta do goleiro Mejía.

Veja Mais:  Gabriel Jesus fala sobre momento da carreira e garante que superou Copa sem gols

Aos 26, Firmino sofreu falta na meia lua da grande área, mas Philippe Coutinho bateu mal, por cima, perdendo grande oportunidade. 

Leia também: Neymar completa 10 anos de carreira com destaque na seleção brasileira

De tanto insistir, saiu o gol brasileiro. Aos 31 minutos, Casemiro cruzou na segunda trave, Lucas Paquetá se antecipou à marcação e balançou as redes usando a perna esquerda, abrindo o placar. Primeiro gol dele com a camisa da seleção principal.

Veja o gol do Brasil
:

Quatro minutos mais tarde, o zagueiro Machado se aproveitou de desatenção da zaga do Brasil e empatou de cabeça. Vale ressaltar que o jogador do Panamá estava impedido no momento da batida de falta, mas o bandeirinha não viu.

Veja o gol do Panamá
:

O segundo tempo começou com os panamenhos se arriscando um pouco mais no ataque. Nas primeiras movimentações, o atacante Rodríguez acertou um belo chute rasteiro no canto, mas o goleiro Ederson foi buscar, fazendo excelente defesa.

No lance seguinte, Fagner cruzou e Richarlison finalizou de primeira, no travessão, chegando perto do segundo gol. 


Fagner em ação pela seleção brasileira contra o Panamá
Pedro Martins / MoWA Press

Fagner em ação pela seleção brasileira contra o Panamá

Aos 15 minutos da etapa final, Tite colocou Everton Cebolinha e Gabriel Jesus nas vagas de Lucas Paquetá e Roberto Firmino. Um minuto antes de sair, Paquetá quase marcou outra vez, chutando nas mãos do goleiro adversário.

Veja Mais:  Torcedor arremessa casca de banana para Aubameyang durante clássico inglês

Casemiro, aos 27 minutos, exigiu boa defesa do goleiro Mejía em cobrança de falta. Depois, Fagner pegou sobra na entrada da área e chutou por cima, com perigo.

Leia também: Pai de Neymar revela bastidores da conquista do ouro olímpico em 2016

Com a entrada do meio-campista Felipe Anderson na vaga de Arthur, a seleção brasileira pressionou demais nos minutos finais, apostou muito nas bolas aéreas, mas não furou o bloqueio panamenho. Aos 49, o Panamá assustou Ederson e quase marcou.

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Três brasileiros disputam título em torneio de surfe de Sidney, na Austrália

Publicado


Tatiana é uma dos três brasileiros em torneio australiano de surfe
WSL / Ethan Smith

Tatiana é uma dos três brasileiros em torneio australiano de surfe

Há duas semanas do início do Mundial de Surfe, que começa no dia 03 de abril, alguns atletas da elite já aquecem em eventos menores também organizados pela WSL. No QS 6000 Vissla Sidney Surf Pro, na Austrália, quatro sul-americanos disputam as finais deste domingo.

Leia também:  Veja quais são as novidades anunciadas pela Liga Mundial de Surfe em 2019

Os brasileiros Jadson André, Jessé Mendes, Tatiana Weston-Webb e o peruano Alonso Correa, venceram suas baterias no sábado de ondas de 2-3 pés em Manly Beach e seguem na disputa do título do surfe .

Jadson não perde mais a liderança do ranking do WSL Qualifying Series, a divisão de acesso para a elite do surfe, e terá um duelo sul-americano com Alonso Correa, valendo a última vaga para as semifinais.

Jessé Mendes disputa a segunda bateria com o australiano Nicholas Squiers e a sua namorada, Tatiana Weston-Webb, enfrenta a australiana que lidera o QS feminino, Isabella Nichols.

As meninas abriram o sábado de ondas pequenas, mas com boa formação para manobras de borda e aéreas também, que os homens escolheram para arrancar as maiores notas do dia. A gaúcha Tatiana Weston-Webb entrou no quarto duelo do dia e começou bem, manobrando forte uma boa onda que valeu 8,33. Isabella Nichols, adversária de Tatiana, teve nota 13,26 no duelo australiano com Sophie McCulloch.

Veja Mais:  Organizadores planejam mudanças para o calendário da Fórmula 1. Saiba quais

Leia também:  Recordista de ondas gigantes, Maya Gabeira vira Barbie em edição especial

Tatiana Weston-Webb é a única representante da América do Sul desde as oitavas de final femininas. Já na categoria masculina, foram seis disputando classificação no sábado e apenas metade avançou para as quartas de final.

Jessé Mendes foi o segundo membro da Brazilian Storm a entrar na água, depois de Thiago Camarão que não se classificou. O paulista empatou esse placar em 1 a 1, somando duas notas na casa dos 6 pontos para despachar Jacob Willcox por 12,60 a 8,93. O peruano Alonso Correa venceu o australiano Liam O´Brien por 13,57 a 10,80 pontos.

O líder do QS Qualifying Series da WSL , Jadson André começou fulminante a temporada 2019, decidindo os títulos das duas únicas etapas que competiu esse ano. Venceu o Oi Hang Loose Pro Contest em Fernando de Noronha e ficou em segundo na disputa de Newcastle no domingo passado, perdendo para o paulista Alex Ribeiro.

Neste sábado, Jadson André disputou a última bateria do dia com o neozelandês Ricardo Christie e venceu por 13,97 a 13,30 pontos.

Leia também:  Após curtir carnaval, Gabriel Medina mira tri mundial e vaga para Olimpíadas

As etapas do QS 6000 masculina e feminina do Vissla Sydney Surfe Pro são transmitidas ao vivo da Austrália pelo site oficial da WSL e as quartas de final devem começar as 7h00 do domingo em Manly Beach, 17h00 do sábado no fuso horário de Brasília.

Veja Mais:  Gabriel Jesus fala sobre momento da carreira e garante que superou Copa sem gols

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Continue lendo

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana