conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Mulher

Bebê morre embalado nos braços do pai que fazia cama compartilhada

Publicado

Quando Kevin Willis acordou, por volta de 1h da manhã, ele viu que Joey, seu filho de apenas seis dias, ainda estava aconchegado na curva de seu braço. O pai, que estava dormindo junto com o bebê, ainda chegou a se levantar e levar o recém-nascido para a cozinha e, só assim, ele percebeu que a criança não estava respirando.

Leia também: Dormir junto com o bebê em sofá ou poltrona aumenta o risco de morte em 50 vezes


Pai fazendo cama compartilhada com recém-nascido
shutterstock

Pai faz “cama compartilhada” com bebê em sofá e, ao acordar, filho não sobrevive

Apesar das tentativas de ressuscitação, o bebê não sobreviveu e foi declarado morto. O caso aconteceu em Devon, na Inglaterra, há um ano, segundo o jornal Devon Live e acendeu o debate sobre cama compartilhada com recém-nascidos.

Os pais foram ouvidos nesta semana em um inquérito para definir a causa da morte do bebê, mas, mesmo depois de uma extensa investigação, não pôde ser confirmada. No entanto, a juíza do caso sugere que a cama compartilhada poderia ter sido um fator contribuinte.

Joseph Lee, chamado carinhosamente de Joey pelos pais, foi descrito como um bebê saudável e normal quando nasceu de uma cesariana de emergência, e a amamentação estava bem estabelecida, mas ele estava sofrendo de cólica.

Na véspera de sua morte, foi dito que ele estava alerta durante o dia, foi alimentado às 21h30 e, duas horas depois, estava dormindo no sofá com os pais enquanto assistiam à televisão.

Veja Mais:  Dorna hora do sexo após a retirada do útero é comum? Delas responde

Quando o pai de Joey foi à cozinha pegar um sorvete, percebeu que o bebê não estava respirando.

Falta de informação sobre problemas da cama compartilhada


Casal faz cama compartilhada com bebê
Flickr/ JerryLai

Mãe diz à polícia que não sabia sobre os problemas da cama compartilhada e afirma ter feito antes com filho mais velho, sem problemas

A mãe, Amy Willis, que agora está grávida de novo, disse à polícia que não se lembra de ter sido informada por profissionais de saúde sobre medidas de segurança para dormir com bebês, e afirmou, inclusive, que já tinha dormido com com seu filho mais velho, sem ter nenhum problema.

Ela conta que a criança estava com cólica e ela estava exausta e com dores por conta da cirurgia. O pai, então, resolveu ficar com o bebê, que estava inquieto e com cólicas, enquanto a mãe descansava. Ele achou que seria apenas um cochilo, mas a soneca durou um pouco mais do que o esperado.

Amy contou à polícia que Joey dormia em uma cesta, às vezes com ela e o marido na cama, e eles também iam para o sofá – quando o pequeno ficava com uma almofada de amamentação ao redor dele.

Por tudo ser recente, ela afirma que os pais não tinham conseguido estabelecer uma rotina com o bebê até aquele momento.

Ambos os pais voluntariamente tiveram seus sangues testados quanto ao uso indevido de substâncias e nenhuma droga foi detectada. A polícia também confirmou que não houve circunstâncias suspeitas em torno da morte de Joey.

Veja Mais:  Mulher fica “parecendo um alien” após reação à tintura de cabelo

Leia também: Cama compartilhada entre pais e filhos: há certo ou errado nesta escolha?

Como fazer cama compartilhada sem riscos?


Casal faz cama compartilhada com recém-nascido
shutterstock

Cama compartilhada não precisa ser totalmente abolida, mas alguns cuidados devem ser tomados

Dormir no mesmo ambiente do recém-nascido pode ser prático para os pais, mas requer alguns cuidados. “No começo, ainda não há uma rotina nas mamadas e ter o bebê no mesmo quarto pode facilitar”, explica a neuropsicóloga Deborah Moss em entrevista prévia ao Delas .

Porém, ela alerta que o recém-nascido dormir na mesma cama dos pais é muito perigoso, já que criança corre risco de ser sufocada ou até mesmo esmagada pelos adultos durante o sono.

A Academia Americana de Pediatria (AAP) divulgou recomendações aos pais. “Há evidências de que dormir no quarto dos pais, mas em uma superfície separada, diminui o risco de morte súbita durante o sono em 50%”, orienta.

Leia também:Mãe relata como mantém a vida sexual ativa dividindo a cama com as três filhas

Contudo, a prática não precisa ser totalmente abolida da família. Se você ainda quiser dormir com o seu bebê, basta adotar alguns cuidados:

  • Mantenha o espaço ao redor do seu bebê livre de travesseiros e cobertas
  • Evite deixar animais de estimação e outras crianças na cama
  • Certifique-se de que o seu bebê não possa cair da cama ou ficar preso entre o colchão e a parede
  • Nunca deixe o bebê sozinho na cama
Veja Mais:  Após necrose no nariz, jornalista desabafa sobre perigos do ácido hialurônico

Com esses cuidados, fazer  cama compartilhada  passa a ser uma prática mais segura.

Fonte: IG Delas
Comentários Facebook

Mulher

Acredite: é possível ter um orgasmo inesquecível estimulando os mamilos

Publicado

source

Women's Health

Em um mundo obcecado com o que está entre suas pernas, é fácil esquecer a maior zona erógena acima da sua cintura: seus mamilos. Exceto certos fatores (como reduções mamárias e cirurgia de silicone), eles têm o potencial de desencadear um novo e poderoso caminho para o orgasmo. Mas você está aproveitando ao máximo o potencial de orgasmo do mamilo?

Leia também: Conheça 12 zonas erógenas e saiba como estimular cada uma para ter mais prazer

orgasmo feminino arrow-options
shutterstock

Segundo especialista, além do prazer genital, também é possível chegar ao orgasmo com a estimulação dos mamilos


Espere, o que é um orgasmo do mamilo?

Janet Brito, sexóloga e psicóloga clínica em Honolulu, nos Estados Unidos, define o orgasmo do mamilo como “uma liberação prazerosa da excitação sexual, centrada na estimulação dos mamilos e não causada pelo estímulo do clitóris [ou do pênis] diretamente”.

De fato, “estimulando seus mamilos e o tecido mamário ao redor, você pode criar um orgasmo sexual muito parecido com um orgasmo genital”, diz Amy Boyajian, da loja de brinquedos sexuais Wild Flower, também nos EUA. 

“O orgasmo do mamilo pode parecer pouco importante quando você pode ter uma sensação genital, mas eles podem ser tão intensos – se não mais”, observa Boyajian. Oh, e a melhor parte? Esses orgasmos podem ser um precursor do clímax genital se você quiser ter múltiplos. Boyajian também aponta que eles podem ser uma alternativa quando você está menstruando.

Veja Mais:  “Ovários de cavalo”? Erro hilário em roteiro de casamento repercute na web

Leia também: É possível ter orgasmo múltiplo? Especialista tira dúvidas sobre prazer feminino

Como chegar ao orgasmo do mamilo?

homem segurando seios de mulher arrow-options
shutterstock

Para chegar ao orgasmo com a estimulação dos mamilos é preciso treinar (tanto com o parceiro, quanto sozinha)

Pratique, pratique, pratique. Todos os corpos reagem à estimulação à sua maneira. Por isso é tão importante experimentar, ouvir seu corpo e focar no aspecto do prazer – não necessariamente no objetivo do orgasmo.

Brito recomenda “experimentar com uma variedade de toques”. Comece um toque moderado (com os dedos), ou experimente massagear o seio inteiro, depois continue a beliscar, torcer, apertar. Em seguida, você pode progredir para puxar o mamilo.

“Crie uma conexão lentamente, depois aplique mais prazer direto ao mamilo e deixe-se superar”, diz Brito. Ainda assim, algumas pessoas não conseguirão atingir o orgasmo apenas com isso. Assim, quando estiver perto do clímax, sinta-se à vontade para incluir alguns jogos genitais também.

Se os dedos ou uma língua (ou dentes!) não forem suficientes para levar ao orgasmo do mamilo, experimente alguns brinquedos. Uma maneira fácil de começar é com um vibrador. “A melhor aposta é usar um que tenha muita potência”, já que alguns mamilos precisam de mais estímulo do que o clitóris ou o pênis para atingir o orgasmo.

Se você quer um brinquedo específico para essa região, Boyajian recomenda sugadores de mamilos, que “criam uma pressão de sucção ao redor do mamilo e aréola, muito parecido com o que a boca de uma pessoa poderia fazer.”

Veja Mais:  Mulher fica “parecendo um alien” após reação à tintura de cabelo

Ou, se você quiser ainda mais pressão, você pode tentar grampos de mamilo, que trabalham para cortar a circulação, proporcionando uma onda de prazer quando liberados. E para aquelas com mamilos relativamente sensíveis, podem querer experimentar penas em vez de um brinquedo mais intenso, ou até mesmo adicionar um pouco de lubrificante na área.

Leia também: Para que serve este sex toy? Faça o teste e descubra novas formas de prazer

No final, a experiência com os mamilos e o orgasmo é sobre tentativa e erro. Portanto, permita que você e/ou seu parceiro explore as habilidades do corpo sem julgamento ou expectativas. “Um orgasmo de mamilo, como um orgasmo clitoriano, requer paciência e curiosidade. Não tenha medo de experimentar várias abordagens para descobrir o que é bom”, diz Brito.

Fonte: IG Delas
Comentários Facebook
Continue lendo

Mulher

Mulher posta foto de anel de noivado e usuários criticam: “Parece uma vagina”

Publicado

source

No grupo do Facebook That’s It, I’m Ring Shaming, uma mulher decidiu postar a foto do seu anel de noivado. Na publicação, ela escreve: “Ei, pessoal. Eu disse sim e queria compartilhar com todos vocês.” No entanto, ao contrário das tradicionais alianças, a peça não possui uma joia brilhante.

Leia também: Mulher posta foto com anel de noivado e detalhe incomoda internautas

anel de noivado arrow-options
Reprodução/Facebook/The Sun

Mulher posta foto com anel de noivado, mas usuários reclamam do design da peça e falam que parece uma “vagina”

Segundo informações do The Sun , nesse caso, o anel de noivado é feito com um design de metal dourado e retorcido. Para muitos usuários, o item tem um formato estranho e, por isso, fizeram diversas críticas à noiva. “É como se fosse um macarrão”, escreve um. 

Leia também: Noiva é ridicularizada após publicar imagem de anel de noivado na web

No entanto, outros internautas não conseguiram se decidir se o anel de noivado parecia mais com uma vagina ou uma orelha . “Anel feito com aparência de vagina”, ressalta outro. “Parece uma vagina. É tudo que eu posso ver”, destaca mais um. “Não sei se vejo uma orelha ou outra coisa”, aponta outro.

Fonte: IG Delas
Comentários Facebook
Veja Mais:  Após necrose no nariz, jornalista desabafa sobre perigos do ácido hialurônico
Continue lendo

Mulher

Arquiteta ensina como incluir e valorizar o espelho na decoração dos ambientes

Publicado

source

O espelho é um item que contribui de forma positiva no décor da casa. Sua função vai muito além de apenas refletir a imagem de quem passa em sua frente e apresenta outros papéis importantes. Isso porque, na decoração, a peça favorece os ambientes com a sensação de amplitude e a possibilidade de deixar os locais mais iluminados. 

Leia também: 6 dicas de decoração baratas para mudar os ambientes sem precisar gastar muito

espelhos na decoração arrow-options
Pexels

Arquiteta dá dicas de como usar o espelho na decoração da casa e explica quais cuidados ter com a peça no dia a dia

Diante disso, o espelho precisa ter sua importância reconhecida nos cômodos. A arquiteta Cris Paola, do escritório Studio Cris Paola, explica como trazer elegância aos ambientes por meio do item. “É válido observar alguns detalhes para que seu uso não seja exagerado, causando um efeito negativo”, pontua.

Onde colocar o espelho?

Com diversas opções à disposição do consumidor, o item é capaz de combinar com todos os estilos decorativos e, além disso, não apresenta restrições quanto ao tamanho do ambiente em que será colocado. Assim, é possível utilizado em todos os cômodos. Afinal, a peça deixou de ocupar apenas banheiros, armários e closets. 

Por outro lado, espaços pequenos são mais favoráveis, uma vez que o seu planejamento permite proporcionar a sensação de que o local é mais amplo do que realmente é. “A sugestão é instalar na parede que esteja no fundo do ambiente, pois assim o espelho refletirá por todo o espaço, causando a amplitude esperada”, alerta Cris. 

Veja Mais:  Horóscopo do dia: previsões para 2 de julho de 2019

Leia também: Saiba como dar a sensação de mais espaço na casa com a iluminação

A arquiteta ressalta que o recurso também é benefício para a ampliação da iluminação natural. Para isso, a recomendação é posicionar o item nos pontos que possuem grande incidência de luz solar. Com isso, será possível conquistar um resultado com aparência bastante natural nos espaços. 

Cuidados necessários

espelhos na decoração arrow-options
Pexels

A peça é bem-vinda na decoração, mas é preciso ter alguns cuidados na hora de posicionar o espelho nos cômodos

Mesmo que a peça seja mais do que bem-vinda na decoração da casa , é importante seguir alguns critérios para não exagerar. “Nos projetos que realizo, sempre analiso qual modelo é mais adequado para o ambiente levando em consideração não só o estilo decorativo, como também o tamanho certo. Esses detalhes fazem diferença”, destaca a profissional.

Outro ponto que merece atenção é com a posição do espelho. Isso porque, dependendo de como for colocado, ele pode atrapalhar a concentração e prejudicar atividades no dia a dia. Dessa forma, a arquiteta não recomenda fixar a peça atrás da TV ou em frente a uma mesa de trabalho, por exemplo. “O espelho deve ser usado a nosso favor”, alerta. 

O item pode ser ótimo para favorecer a aparência dos cômodos, mas é necessário ter atenção com um ponto importante para evitar desconfortos: perto de luminárias, o espelho emite reflexo, o que pode ser desconfortável para quem está vendo TV ou lendo um livro na sala de estar, por exemplo. 

Veja Mais:  Noiva é criticada após alegar que madrinha grávida vai acabar com seu casamento

Ao pensar em segurança e na possibilidade do material tornar-se cortante, é fundamental avaliar o cuidado na aplicação e na segurança na hora de colocar espelhos em casa, principalmente quem possui crianças pequenas. Assim, será possível minimizar as chances de algum acidente acontecer. 

Como cuidar dos espelhos no dia a dia?

Alguns cuidados de limpeza ajudam a deixar o espelho sempre limpo. Se for usar um produto específico ou alguma solução caseira , a dica é não borrifar diretamente na peça. O certo é fazer isso em um pano antes de realizar a aplicação no item. Além disso, lembre-se de nunca jogar água diretamente no objeto. 

Fonte: IG Delas
Comentários Facebook
Continue lendo

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana