conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Nacional

Bombeiros não localizam sobreviventes de queda de avião em São Paulo

Publicado

source
avião cantareira arrow-options
Reprodução/TV Globo

Bombeiros encontraram apenas despojos mortais após queda de avião

O Corpo de Bombeiros informou nesta segunda-feira (2) que não foram encontrados sobreviventes da queda de um avião de pequeno porte na Serra da Cantareira , zona norte de São Paulo. A aeronave caiu no período da manhã em uma zona de mata fechada e difícil acesso.

Leia também: Avião de pequeno porte cai na Serra da Cantareira, em São Paulo

O número de pessoas que estavam no avião ainda não foi divulgado, mas apenas despojos mortais foram encontrados pelas onze equipes do Corpo de Bombeiros que foram enviadas. Para acessar ao local, foi necessário que os socorristas descessem de rapel do helicóptero. Os bombeiros foram acionados após a Aeronáutica perceber que a aeronave não emitia sinal.

A Força Aérea Brasileira (FAB) informou que o avião era de propriedade da empresa de segurança Alsa Fort, fabricado em 2007, e que não tinha permissão para realizar táxi aéreo. As investigações ainda estão em fase inicial.

Leia também: Mãe de vítima de Paraisópolis acha que filho não foi pisoteado: “foi chacina”

Veja Mais:  Trio ganha prêmio Nobel de Física 2018 por descobertas com laser

Fonte: IG Nacional
Comentários Facebook
publicidade

Nacional

Moro desiste de mudanças no pacote anticrime no Senado

Publicado

source
Sergio Moro arrow-options
Agência Brasil

Sergio Moro quer acelerar tramitação do pacote anticrime

O ministro Sergio Moro , da Justiça e Segurança Pública, desistiu de fazer mudanças no pacote anticrime que agora vai seguir para avaliação no Senado. Segundo auxiliares de Moro, objetivo é acelerar a tramitação do pacote. Na última quarta (4), o pacote foi aprovado na Câmara, mas avançou sem as principais medidas do ministro : o excludente de ilicitude, a prisão após condenação em segunda instância e o plea bargain, quando quando acusados confessam crimes em troca de uma pena menor.

Considerado a principal bandeira da bancada lavajatista, a votação foi uma derrota tanto para esse grupo quanto para Moro. No Senado, onde estão os principais defensores do pacote, parlamentares querem condicionar a aprovação da versão que veio da Câmara ao compromisso de que, caso Bolsonaro vete temas a pedido do ministro, eles não sejam derrubados em plenário.

Leia também: Após ataque a indígenas, Moro diz que pode enviar Força Nacional ao Maranhão

Moro também ficou descontente com a inclusão da juiz de garantias no texto e argumentos para que o trecho seja vetado estão sendo construídos. A justificativa deve ser a de que não há previsão orçamentária para o aumento dos gastos com a categoria de juízes.

Para os deputados que criaram a norma, não haverá custo extra, pois os atuais juízes exercerão a tarefa de julgar casos instruídos por colegas e vice-versa.

Veja Mais:  Mike Pompeo garante que segue encarregado de negociações com Coreia do Norte

Fonte: IG Política
Comentários Facebook
Continue lendo

Nacional

Doria discute o novo PSDB com Fernando Henrique Cardoso

Publicado

source

IstoÉ

dois homens sorrindo arrow-options
Reprodução

Dupla se encontrou no apartamento de FHC

Neste domingo 8, o governador de São Paulo, João Doria, e o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, se reuniram em São Paulo para discutir os rumos do novo PSDB e o futuro da política e da economia brasileira. O encontro aconteceu no apartamento de FHC no Pacaembu.

Doria aclamado

No sábado, 7, o PSDB realizou seu Congresso Nacional, em Brasília, sob o comando do ex-deputado Bruno Araújo, aliado do governador de Sao Paulo, João Doria, que saiu aclamado como candidato a presidente da República pelo partido.

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, apoia o projeto do partido em torno de uma candidatura única, de centro. Hoje, o candidato de consenso é Doria.

Fonte: IG Política
Comentários Facebook
Veja Mais:  Mudança no Estatuto do Desarmamento absolveu ex-deputado 8 anos após o crime
Continue lendo

Nacional

Metade do País avalia combate à corrupção de Bolsonaro como ruim ou péssimo

Publicado

source
Jair Bolsonaro arrow-options
Marcos Corrêa/PR

Recuperação lenta da economia tem ajudado a diminuir queda da popularidade de Bolsonaro

Metade dos brasileiros avalia o combate à corrupção  do governo do presidente Jair Bolsonaro como ruim ou péssimo, diz pesquisa do Datafolha divulgada neste domingo (8). Em agosto deste ano, 44% da população tinha a mesma opinião. Os que dizem que o combate é bom ou ótimo caíram de 34%, em agosto, para 29% agora, em dezembro. A avaliação regular oscilou negativamente de 20% para 19% no mesmo período e 2% não souberam responder.

A recuperação lenta da economia, no entanto, tem ajudado o presidente a não perder tanto de sua popularidade. Os que aprovam a economia do governo do presidente passaram de 20% para 25%, enquanto ruim ou péssimo oscilou de 43% para 44%, dentro da margem de erro de dois pontos percentuais. A parcela que avalia a economia como regular caiu de 35% para 29% e 2% também não souberam responder.

Quando o assunto é o combate ao desemprego, a notícia também é favorável para o Planalto. Os que avaliam a atuação do governo na área como ruim ou péssima diminuíram de 65% para 59%. A avaliação de bom e regular oscilou positivamente de 13% para 16%, enquanto regular foi de 21% para 24%. Parcela de 1% dos entrevistados não soube responder.

Veja Mais:  Entenda o caso das supostas laranjas do PSL, alvo de ação da PF nesta segunda

Leia também: 80% dos brasileiros pelo menos desconfiam de falas de Bolsonaro, diz Datafolha

O Datafolha entrevistou 2.948 pessoas em 176 municípios do país na quinta (5) e na sexta (6). As entrevistas foram feitas pessoalmente, em locais de grande circulação. A margem de erro da pesquisa é de dois pontos percentuais e o indíce é de 95%. Isso significa que os resultados refletem a realidade em 95% dos casos, considerando a margem de erro.

Principais problemas

A pesquisa ainda perguntou aos entrevistados quais áreas do governo eles consideram que tem mais problemas. Em primeiro lugar aparece a área da Saúde, citada por 19% deles. Educação vem em segundo lugar, com 14%, que é seguida por Segurança (13%), Desemprego (13%), Corrupção (8%) e Economia (8%).

Fonte: IG Política
Comentários Facebook
Continue lendo

Câmara Municipal de Rondonópolis

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana