conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Rondonópolis

Câmara derruba veto a Projeto de Lei que disponibiliza psicólogos em Escolas e Unidades de Saúde de Rondonópolis

Publicado

Vereador Orestes Miraglia (SD)- Foto: Assessoria

O plenário da Câmara Municipal de Rondonópolis votou e derrubou nesta quarta-feira (11), durante a realização da 124ª Sessão Ordinária, o “Veto Total” do prefeito José Carlos do Pátio, ao Projeto de Lei de autoria do vereador Orestes Miraglia (SD) produzido em parceria com os vereadores Fábio Cardoso (PDT) e Rodrigo da Zaeli (PSDB), que autoriza a disponibilização de profissionais graduados em Psicologia para atendimento público em instituições de Educação e Saúde do município.

O referido Projeto de Lei foi apresentado, votado e aprovado em maio deste ano; todavia, o prefeito municipal, demonstrando estar na ‘contramão’ dos interesses da população, vetou o dispositivo legislativo que possui um expressivo alcance social quando visa atender alunos que necessitem de acompanhamento; pacientes com doenças crônicas/ muitas vezes em estado terminal; transtornos mentais e surtos psicóticos; dependentes químicos; bem como, os próprios servidores que ficam vulneráveis a fatores de risco devido à exposição durante o atendimento ao público, bem como os casos onde crianças são vítimas de abusos e violência não apenas no ambiente doméstico, entre outras situações.

A preocupação dos parlamentares ao propor a nova lei, leva em conta o fato de que a depressão gera sintomas físicos e psicológicos, o que a torna uma doença limitante, pois afeta a rotina do paciente. Além das limitações, a depressão é uma doença recorrente, pois pacientes que desenvolvem depressão, mesmo controlando a doença, têm maior probabilidade de desenvolvê-la novamente em outro momento da vida, portanto o diagnóstico e tratamento são indispensáveis.

Veja Mais:  Demandas variadas podem ser encaminhadas à Ouvidoria da Prefeitura de Rondonópolis

Orestes ressalta ainda a situação das Unidades de Pronto Atendimento UPA, Pronto Atendimento Infantil e o Hospital Municipal que recebem de forma freqüente, pacientes com transtornos mentais, adultos com surtos psicóticos e dependência química, vulneráveis a fatores de risco devido a exposição e violência doméstica. Soma-se a eles os que permanecem durante longos períodos internados em virtude de patologias crônicas e terminais que desenvolvem quadros depressivos, além de crianças/adolescentes com sinais de abuso e violência doméstica, sendo indispensável à disponibilização de um psicólogo para compor equipe multiprofissional, e garantir atendimento clínico continuado aos usuários que dele necessitem.
Até porque, segundo o vereador, “são nessas ocasiões onde as pessoas estão mais fragilizadas, e mais expostas, é que a ajuda profissional de um psicólogo pode mudar completamente uma situação para melhor”, externou

Quanto ao veto do prefeito, Orestes comentou: “estamos um pouco tristes com isso, pois acreditamos que o prefeito precisa voltar mais a sua atenção às demandas da população! Ao vetar o ‘Projeto de Lei’, ele simplesmente se posicionou na contramão de tudo deixando de vislumbrar o grande alcance social da futura lei. Mas, ainda bem que a Câmara Municipal entendeu esse alcance e votou pela derrubada do veto instituindo esse serviço de forma mais efetiva e com um maior alcance ao seu público alvo”, finalizou.

Por: Ailton Lima/Assessoria

Comentários Facebook

Rondonópolis

Obras de pavimentação no Cidade Alta estão em estágio avançado

Publicado

 Realizada com recursos próprios da Prefeitura de Rondonópolis, a obra de pavimentação asfáltica no bairro Cidade Alta não para. Homens e máquinas trabalham diariamente para garantir o cronograma de execução dos serviços, que já estão em estágio avançado nas ruas Morumbi, Tapejara, Oliveiras, Januária, Mangabeiras e Seringueiras.

Equipes da empreiteira contratada para a execução dos serviços já concluíram a sub-base e estão finalizando a construção dos meios-fios. Em seguida, iniciará o lançamento da base para ser feita a imprimação e, posterior, a aplicação do asfalto.

“Flui bem o ritmo das obras, que estão em estágio avançado”, disse o fiscal do contrato, o engenheiro civil da Secretaria Municipal de Infraestrutura, Gabriel Medeiros Barbosa. A obra iniciou em agosto e a expectativa é de concluir os trabalhos no início de 2020. A benfeitoria irá dar aos moradores uma melhor qualidade de vida e a valorização dos imóveis.

O projeto prevê a pavimentação de 11.776 m² de asfalto no Cidade Alta. O valor investido é de mais de R$ 788 mil de recursos próprios. A ação é aguardada há anos pelos moradores que sofriam com muita poeira na época de estiagem e lama no período de chuvoso.

Complementação

A intervenção da Prefeitura de Rondonópolis no Cidade Alta faz parte do conjunto de obras para a complementação da pavimentação em bairros que já foram asfaltados, mas ficaram com algumas ruas de terra.

Veja Mais:  Menino de 4 anos comemora aniversário com garis em Rondonópolis

Serviços semelhantes já foram concluídos no Monte Líbano e Jardim Mato Grosso. Além disso, já está em estudo pela Sinfra a realização de projetos de asfaltamento de trechos de ruas de outros 13 bairros da cidade.

Comentários Facebook
Continue lendo

Rondonópolis

Prefeito destaca importância de investimentos na educação pública durante Mostra de Arte do IFMT

Publicado

Foto Assessoria

No Dia dos Professores, celebrado nesta terça-feira (15/10), o Casario foi sede de apresentações artísticas que compõem a II Mostra de Arte (MArte) promovida pelo Instituto Federal de Mato Grosso (IFMT), em parceria com a Prefeitura de Rondonópolis. O evento acontece de 15 a 17 de outubro em diversos pontos da cidade com vários espetáculos apresentados por estudantes do ensino médio dos 19 Campi do IFMT.

O prefeito Zé Carlos do Pátio esteve no local prestigiando o evento e destacou a qualidade do ensino da instituição e a importância de investimentos na área da Educação.

“Nada melhor do que no Dia do Professores fazer uma reflexão, o nosso IFMT tem os melhores indicadores em educação e é um modelo para nós. No momento que o governo federal está cortando verba este evento mostra o quanto é importante investir na universidade pública, na escola pública, tanto federal, quanto estadual e municipal” ressaltou o prefeito.

O prefeito ainda parabenizou o evento e a importância do mesmo para a educação. “Quero parabenizar o IFMT, o reitor William, a Laura que é nossa diretora, tanto pela qualidade de ensino quanto por esse ato que é muito importante que é a mostra cultural no município. A educação é a única forma de transformação dessa sociedade e o instrumento de mudança desse país e nós temos o IFMT como modelo e por isso temos que defender a escola pública e a universidade pública”, disse Pátio.

Veja Mais:  Prefeitura anuncia projetos vencedores do Papiro nesta sexta

O reitor do IFMT Willian Silva de Paula agradeceu a parceria da prefeitura e frisou que durante eventos como este a população tem conhecimento do potencial da instituição de ensino.

“Quero agradecer a acolhida do Instituto Federal de Rondonópolis com a nossa diretora Laura e o prefeito Zé do Pátio que está aqui prestigiando e não mediu esforços para que evento fosse possível junto com a nossa instituição. A nossa ideia que a sociedade conheça o potencial que esta instituição tem na formação de seus jovens e que possa acreditar cada vez mais nesta educação de que é possível, é pública e é de todos”, concluiu o reitor.

Prefeito destaca importância de investimentos na educação pública durante Mostra de Arte do IFMT

Comentários Facebook
Continue lendo

Rondonópolis

Audiência Pública debaterá violência doméstica nesta quinta-feira em Rondonópolis

Publicado

Será realizada nesta quinta-feira (17) a partir das 19h00 no auditório da Câmara Municipal de Vereadores uma Audiência Pública para discutir a violência doméstica, rede de enfrentamento e feminicidio em Rondonópolis e região.
A audiência foi requerida pelo vereador Batista da Coder (SD), e foram convidadas diversas autoridades do município, como o prefeito Zé Carlos do Pátio, vereadores, deputados estaduais, juízes, e instituições envolvidas diretamente com esse assunto.
De acordo com os dados da Divisão de Planejamento Operacional e Estatística da Polícia Militar de Mato Grosso, os casos de lesão corporal contra a mulher subiram de 305 ocorrências em 2018, para 328 em 2019, e as vias de fato, passaram de 61 casos de janeiro a agosto de 2018, para 72 no mesmo período de 2019. Desse total de ocorrências de violência contra a mulher, o maior número (219) foi registrado entre vítimas com idade entre 32 e 37 anos.

“São números que preocupam, e precisamos debater esse assunto que causa transtornos e traumas em diversas famílias no nosso município, por isso convido a toda a população para nos ajudar a encontrar meios de coibirmos essas violências contra as mulheres na nossa região”, falou Batista da Coder.

Comentários Facebook
Veja Mais:  Prefeitura anuncia projetos vencedores do Papiro nesta sexta
Continue lendo

Câmara Municipal de Rondonópolis

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana