conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Carros e Motos

Chery Tiggo 5X chega brigar com HR-V, Creta, T-Cross e companhia

Publicado


Chery Tiggo 5X começa a ser vendido no Brasil no segmento mais disputado hoje em dia nas lojas
Divulgação

Chery Tiggo 5X começa a ser vendido no Brasil no segmento mais disputado hoje em dia nas lojas

Conforme anunciado durante o Salão do Automóvel 2018, o novo Chery Tiggo 5X chegará às concessionárias ainda na segunda quinzena de dezembro por preços que começam em R$ 86.990 (na versão T, básica), chegando aos R$ 96.990 no modelo mais caro. Trata-se do terceiro lançamento da marca sob a asa do Grupo Caoa, considerando que o Tiggo 2 é vendido desde o primeiro semestre e as primeiras unidades do sedã Arrizo 5 que chegaram às lojas ainda no fim de novembro.

LEIA MAIS: Tiggo 2, 4 e 7 mostram que o rei dos SUVs ataca novamente

Com 4.33 metros de comprimento, 1,8 m de largura e 2,6 m de entre-eixos, o Chery Tiggo 5X chegará com um preço competitivo para disputar com as versões mais equipadas de Honda HR-V, Jeep Renegade e Hyundai Creta. Vale lembrar que a abordagem dos carros chineses é de sempre trazer “menos por mais”. Ou seja, um pacote completo pelo preço de veículo de entrada. Com o Chery Tiggo 5X , a história não é diferente.

A versão T, a mais barata disponibilizada pela Caoa, traz desbloqueio das maçanetas e partida de forma presencial. Dessa forma, o motorista não precisa retirar a chave do bolso para abrir as portas ou dar a ignição. Desde o modelo básico, os passageiros do banco traseiro também poderão contar com saídas de ar, ainda que não possua controles climáticos independentes. A central multimídia de nove polegadas com opção de espelhamento para celulares também é item de série, integrando os comandos do ar-condicionado. Por fim, freio elétrico com assistente de partida em rampa completa o pacote.

Veja Mais:  Veja 20 curiosidades sobre o VW Fusca, que comemora 60 anos no Brasil

Mais detalhes do Chery Tiggo 5X

O modelo mais caro, TXS, acrescenta teto solar panorâmico, rodas de 18 polegadas, faróis de neblina e luz de cortesia na porta do motorista. Os bancos são revestidos em couro, e no caso do assento do motorista, conta com ajustes elétricos. São seis alto-falantes espalhados por toda a cabine, contando com aribags frontais e de cortina

LEIA MAIS: Chery Tiggo 2, o primeiro chinês do CAOA, é lançado por R$ 59.990

O Tiggo 5X trará a mesma motorização do Arrizo 5. Ou seja, o motor 1l5 turbo de 150 cv de potência (no etanol) e 21,4 kgfm de torque. No caso do SUV, será associado ao câmbio automático de dupla embreagem e seis velocidades.

Em sua nova etapa no Brasil, a Caoa Chery conta com duas fábricas: uma em Anápolis (GO) e outra em Jacareí (SP). Em Goiás, os modelos Tiggo 5X, 7 e 8 serão fabricados em conjunto com Hyundai Tucson, ix35, New Tucson e HR. De acordo com a Caoa, o complexo tem capacidade para produzir 30 mil unidades por turno.No caso do complexo industrial de Jacareí, sairão os modelos Tiggo 2 e Arrizo 5. Vale lembrar que a planta foi a que mais contratou novos funcionários entre todas as fabricantes que atuaram no Brasil em 2018, com crescimento de 50% no número de empregados em relação ao ano passado.

Veja Mais:  Lifan X80 é a melhor entrada no segmento de SUVs de sete lugares

LEIA MAIS: Caoa Chery terá três novos SUVs fabricados no Brasil no ano que vem

Junto do Chery Tiggo 5X , chega às lojas o Arrizo 5, por preços a partir de R$ 65.990. A marca se diz confiante com a categoria dos sedãs compactos, que demonstrou novo fôlego com a chegada dos modelos Volkswagen Virtus e Fiat Cronos no primeiro semestre. Para enfrentar as versões mais caras, a Chery contará com o modelo RXT, que deixa as concessionárias por R$ 72.990.

Comentários Facebook

Carros e Motos

Chevrolet Prisma: nova geração é revelada no mercado chinês

Publicado


Chevrolet Prisma 2019 é revelado oficialmente no site da marca na China, onde se chama Onix Sedan
Divulgação

Chevrolet Prisma 2019 é revelado oficialmente no site da marca na China, onde se chama Onix Sedan

A nova geração do Chevrolet Prisma foi revelada para a imprensa chinesa, onde o compacto é conhecido como Onix Sedan. O modelo ficará maior, mais elegante e próximo do sedã médio Cruze, apostando em lustres menores e a nova grade frontal com acabamento escurecido. Sua semelhança ao irmão Monza, exclusivo para o mercado asiático, também chama atenção.

LEIA MAIS: Novo SUV da Hyundai, menor que o Creta, será mostrado no Salão de Nova York

Conforme antecipado por nossa reportagem, o modelo já está sendo testado no Brasil há alguns meses. Sua estreia deverá acontecer no segundo semestre de 2019, ao lado do irmão Onix que também está em etapas avançadas do projeto. A nova plataforma do Chevrolet Prisma é o primeiro fruto da parceria com a SAIC, braço da GM na China, e equipará outros modelos da marca em todo o mundo (incluindo o Brasil).


A nova geração do Chevrolet Prisma já foi vista em testes no Brasil. Projeto está em etapas avançadas
Leonardo Gomes/Auto Aventura

A nova geração do Chevrolet Prisma já foi vista em testes no Brasil. Projeto está em etapas avançadas

Ao menos na China, o novo Chevrolet Prisma tem 4,47 metros de comprimento e 2,61 de entre eixos. Isso mostra um reposicionamento do modelo, que sai da categoria dos sedãs de entrada para ocupar o lugar de status na linha da Chevrolet. Este é um dos motivos pelos quais a GM também poderá manter o modelo atual como uma versão Joy mais em conta, da mesma forma que já ocorreu com Gol e Palio no passado – onde duas gerações coexistiram no mercado.

Veja Mais:  Veja 20 curiosidades sobre o VW Fusca, que comemora 60 anos no Brasil

LEIA MAIS: Projeção antecipa futuro Fiat que chegará ao Brasil em 2021

Entre as novidades da nova geração do Prisma também se destacam os novos motores que vão sair da fábrica de Joinville (SC) a partir do terceiro trimestre de 2019. Entre os quais estará o 1.0, de três cilindros, que segue o projeto da Opel, marca alemã que era da GM e agora faz parte da Peugeot-Citroën. A novidade promete ser mais eficiente e moderna que o atual, uma vez que a linha Onix e Prisma tem alguns entre os motores mais defasados do mercado brasileiro.Vale dizer que o modelo chinês é equipado com 1.0 turbo, de três cilindros, capaz de render 116 cv e 1.3, que também deverá ser tricilíndrico, mas aspirado, de 103 cv.

Chevrolet Prisma terá novos rivais


O Renault Logan será o primeiro novo rival do Chevrolet Prisma a chegar ao Brasil. Será apenas uma leve renovação
Divulgação

O Renault Logan será o primeiro novo rival do Chevrolet Prisma a chegar ao Brasil. Será apenas uma leve renovação

Além do Prisma, três modelos estão engatilhados para os próximos três anos: Logan , HB20S e City. O sedã da Renault será lançado ainda no primeiro semestre deste ano, com uma reestilização leve e novo câmbio automático do tipo CVT.

LEIA MAIS: Novo EcoSport é visto com camuflagem antes da estreia

Em seguida, teremos o lançamento do HB20S em meados do primeiro semestre de 2020. O modelo acompanhará as mudanças do hatchback que será renovado ainda em 2019, possivelmente com os mesmos motores 1.0 e 1.6 da geração atual (considerando que o 1.0 turbo não foi bem aceito). O último rival do Chevrolet Prisma será o Honda City, que chegará em meados de 2021. Apesar de ainda não ter aparecido em fotos na internet, o site indiano Livemint divulgou que suas vendas começam no oriente ainda em 2020, possivelmente com uma versão híbrida.

Veja Mais:  Lifan X80 é a melhor entrada no segmento de SUVs de sete lugares

Fonte: IG Carros
Comentários Facebook
Continue lendo

Carros e Motos

Fiat 500 terá apenas versões elétricas na próxima geração

Publicado


Fiat 500 deixará de ter motores a combustão para se tornar economicamente viável e atender às normas de emissões
Divulgação

Fiat 500 deixará de ter motores a combustão para se tornar economicamente viável e atender às normas de emissões

A próxima geração do Fiat 500 será totalmente elétrica e já tem data marcada para chegar ao mercado europeu: no Salão de Genebra de 2020. Segundo o diretor de marketing da FCA, Olivier Francois, passará a ter um perfil comercial ainda mais refinado. Apesar de surgir em imagens, ainda não saiu nenhuma especificação técnica.

 LEIA MAIS: Fiat 500 faz 60 anos com edição especial para comemorar o aniversário

“A linha premium é o caminho que vamos seguir com o Fiat 500 EV. Um novo 500, totalmente renovado. Um novo carro totalmente elétrico. É uma espécie de Tesla urbana, com um estilo bonito, italiano. Haverá uma nova plataforma, projetada especificamente para eletrificação. Isso tornará o carro radicalmente diferente. Ainda será um 500, com proporções iguais, mas não é o mesmo carro.”, segundo afirma Olivier François.

LEIA MAIS: Fiat 500 Cabrio: para guiar de cabeça fresca. Confira avaliação

 François também assumiu que o posicionamento mais sofisticado do Fiat 500 elétrico ante o modelo atual terá reflexos diretos nos preços, mas não falou nada sobre quanto custará. Com medo de perder os clientes fiéis do subcompacto, o executivo disse que o 500 tem “apelo forte o suficiente” para que isso não aconteça. O alcance novo modelo continuará sendo global, com oferta tanto na Europa quanto em países da América, incluindo os Estados Unidos, onde o modelo é o principal cartão de visitas da Fiat.

Veja Mais:  HondaHR-V 2019: saiba como anda o SUV renovado. Será que se mantém líder?

Além do Fiat 500 elétrico


Assim como o Fiat 500, o VW Up! será encontrado na Europa apenas em versões movidas a eletricidade
Divulgação

Assim como o Fiat 500, o VW Up! será encontrado na Europa apenas em versões movidas a eletricidade

 A tendência dos subcompactos que nasceram com motores a combustão passarem a ser vendidos apenas como elétricos parece estar estabelecida. A Volkswagen também vai fabricar apenas versões movidas a eletricidade do pequeno VW Up! na Europa, em 2020.

Isso faz parte de uma estratégia de aproveitar parte do projeto dos subcompactos já existentes, tornando-os economicamente viáveis e atendendo às rígidas normas de emissões de CO2. Por isso é que o pequeno Smart ForTwo também passará a ser apenas elétrico. 

LEIA MAIS: VW Up! será vendido apenas elétrico na Europa a partir do ano que vem

No caso do Up!, essa mudança vai durar até a chegada de um novo subcompacto da VW, que será feito em parceria com a empresa e.Go. O novo modelo precisará cumprir a difícil missão de ser minimamente lucrativo e estar de acordo com os padrões de segurança e emissões.

LEIA MAIS: Confira 5 motivos para comprar  Up! e não Mobi, ou Kwid

O novo subcompacto da VW ficará abaixo do I.D, hatch totalmente elétrico cujas encomendas começarão a serem aceitas a partir de 8 de maio próximo. de acordo com a fabricante alemã. Sabe-se que o carro terá autonomia em torno de 550 km e vai custar algo em torno de 30 mil euros, o que equivale a cerca de R$ 129 mil numa conversão simples, bem mais caro do que deverá custar o novo Fiat 500 elétrico.  

Veja Mais:  Chevrolet Camaro 2019: a síndrome do “underground”

Fonte: IG Carros
Comentários Facebook
Continue lendo

Carros e Motos

Renault Duster 2.0 com tração dianteira e  Captur mais em conta saem de linha

Publicado


Versões com baixa procura do Renault Duster saíram de linha. Outro modelo que também passa por isso é o Captur
Caue Lira/iG

Versões com baixa procura do Renault Duster saíram de linha. Outro modelo que também passa por isso é o Captur

Tanto o Renault Duster quanto o Captur perderam uma versão cada. Enquanto o primeiro deixou de ser oferecido nas configurações 2.0, com câmbio manual de seis marchas e automática de 4 velocidades, o Captur perdeu sua única versão com câmbio manual, a Zen 1.6. Agora, sobram duas versões deste SUV: a Intense 1.6 CVT (R$ 90.690) e a Intense 2.0 automática (R$ 91.690). No caso do Duster 2.0, agora só com tração integral. 

LEIA MAIS: Renault Duster 4×4: testamos e aprovamos o SUV compacto aventureiro 


Tal como Renault Duster, o Captur não vingou na sua versão mais em conta. Apesar disso, surgirá renovado em 2020
Caue Lire/iG Carros

Tal como Renault Duster, o Captur não vingou na sua versão mais em conta. Apesar disso, surgirá renovado em 2020

Enquanto isso, com nova geração prevista para chegar em 2020, o Renault Duster é oferecido nos modelos 2.0 4×4 com câmbio manual de seis marchas (R$ 81.130) e o automático 1.6 CVT (R$ 77.560). De acordo com montadora, a linha do SUV ficou mais enxuta  por causa do reposicionamento de preços e versões.

LEIA MAIS: Renault Captur 1.6 CVT se revela a melhor face do SUV compacto

Pelo que se observava, o Captur manual 1.6 não tinha bons resultados nas vendas, uma vez que todos os modelos desse segmento com câmbio manual não são muito procurados. Por sua vez, o Duster 2.0 batia de frente com o Renault Captur 2.0 com o mesmo e antiquado câmbio automático de 4 marchas.

Veja Mais:  Veja 20 curiosidades sobre o VW Fusca, que comemora 60 anos no Brasil

LEIA MAIS: Renault Captur: nova geração será mostrada em 2020, com várias mudanças

Renault Duster de lado, Captur e Kwid no cardápio do Rappi


Parceria oferece test drive de Captur e Kwid. Se vingar, poderá oferecer até o Renault Duster
Divulgação

Parceria oferece test drive de Captur e Kwid. Se vingar, poderá oferecer até o Renault Duster

Enquanto espera o sushi chegar, a Renault diz que vale a pena conferir a nova ação para Renault Kwid e Captur, no Rappi — aplicativo de entrega de comida e compras. O cliente agenda o test drive usando o app no celular e a concessionária mais próxima enviará o carro até onde estiver.

LEIA MAIS: Apesar de estar longe do Brasil, o Renault Clio renovado lidera vendas na Europa

As duas concessionárias habilitadas até o momento são do Grupo Sinal em São Paulo — uma na Avenida Ibirapuera e outra na Avenida das Nações Unidas — que ainda estão em fase de testes para consolidar a novidade. A condição para realizar o pedido dos carros será o usuário estar em até 5 km de distância da loja, que oferecerá apenas dois modelos: Kwid Intense e Captur Intense 1.6.

LEIA MAIS: Renault Kwid com retoques no desenho aparece antes mesmo da estreia

Entre outros detalhes para realizar o pedido, incluem agendamentos com um dia de antecedência ou mais, em horários entre 10h e 16h, de segunda a sexta. Se for dia de rodízio, este horário será reduzido para entre 11h e 15h. O passo a passo consiste em baixar o aplicativo da Rappi e procurar por “Renault”. Para realizar o pedido, ele irá exigir o número da CNH, validade e categoria da habilitação. Caso a campanha se expanda, poderemos ver outros modelos, como o próprio Renault Duster .

Veja Mais:  Chevrolet Camaro 2019: a síndrome do “underground”

Fonte: IG Carros
Comentários Facebook
Continue lendo

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana