conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Famosos

Com protagonista não-binária, “Todxs Nós” é a nova aposta polêmica da HBO

Publicado

As séries da HBO costumam fugir dos clichês e, depois de “Pico da Neblina”, produção que apresenta um Brasil no qual a maconha é legalizada , o canal aposta em outra produção nacional com um protagonismo não convencional. “Todxs Nós” tem como foco uma personagem não-binária que vem para São Paulo viver com o primo. O iG visitou os bastidores da produção e conta o que já descobriu da série que ainda não possui data de estreia.

Todxs Nós arrow-options
Divulgação/HBO

“Todxs Nós” é a nova série da HBO que conta a história de Rafa, Maia e Vini


“Tudo começou quando eu vi um documentário sobre três pessoas não-binárias e eu achei aquilo muito interessante, ver como aquelas pessoas se viam, como enxergavam a sexualidade. Quando eu chamei o Daniel [Ribeiro] para escrever fiz essa proposta”, afirmou a diretora Vera Egito que, após se aprofundar no assunto para “ Todxs Nós ”, começou a questionar por que ser homem ou mulher é mais importante do que ser humano.

Leia também: Globais promovem série e não temem polarização política: “somos cascudas”

Vera divide a direção da série com Daniel Ribeiro, responsável pelo premiado “Hoje Eu Quero Voltar Sozinho”. “As pessoas querem se ver retratadas, a gente acaba se acostumando a ver um padrão heteronormativo e as séries permitem novas possibilidades. As pessoas querem novas histórias, ninguém aguenta mais as mesmas histórias sendo contadas”, comentou o diretor que tem claro que poucas pessoas sabem o que é ser não-binário.

Na trama, Rafa (Clara Gallo) não se reconhece nem mulher, nem como homem, é como se seu gênero fosse neutro. Ao deixar sua casa, Rafa vem para São Paulo morar com o primo Vini (Kelner Macêdo), e sua colega de quarto Maia (Juliana Gerais). Além de colocar uma pessoa não-binária em protagonismo, a série, classificada como uma comédia dramática, trata de outras questões relevantes como homofobia e racismo através dos seus protagonistas.

No processo de preparação, a atriz principal da série sofreu um acidente de bicicleta e precisou ficar uma semana afastada. “Não foi nada grave, mas foi suficiente para dar um susto e me fazer repensar na vida, então quando voltei foi como um avalanche, eu mergulhei nessa série”, comentou Clara que conviveu com pessoas não-binárias para conseguir encontrar Rafa dentro de si. “Isso trouxe um milhão de entendimentos, um milhão de possibilidades.”

Ela ou ele?

Todxs Nós, série arrow-options
Divulgação/HBO

Rafa, protagonista de”Todxs Nós”, é uma pessoa não-binária

Um dos grandes desafios do processo de criação foi adotar pronomes e palavras neutras. Rafa, por exemplo, não é chamado de “ele” e nem de “ela”. “Até agora é difícil a questão dos pronomes, é como se estivesse falando uma nova língua, tem palavras que não sabemos como fica no neutro. Todo mundo se ajuda, não é simples. A gente também está aprendendo”, pontuou Daniel.

Veja Mais:  Com vestido de penas rosas, Rihanna brilha no Carnaval de Barbados; veja fotos

Leia também: A sua está na lista? Confira as séries renovadas e canceladas nesta temporada

O palavreado pode causar certo estranhamento no público, mas Vera ressaltou que “ter pronome neutro em uma produção audiovisual é um avanço de uns mil anos, pois não tem ninguém falando sobre isso”. “Você vai ligar a TV e ver a pessoa falando ‘eli’, ‘cansadi’”, acrescentou.

Indo contra o conservadorismo

Todxs Nós, série arrow-options
Divulgação/HBO

A série promete polemizar por trazer novas questões para a trama principal

Por abordar uma temática não convencional, a série promete ser polêmica e Daniel adianta que os personagens estão longe daquela imagem de pessoas perfeitinhas.  “A gente escreveu em uma transição política no País, após a eleição a gente pensou :‘será que o Brasil pra quem a gente escreveu é o mesmo de agora?’”, confessou o diretor.

Vera acrescenta que eles tiveram um breve momento de pânico após Bolsonaro assumir a presidência e até pensaram em mexer no roteiro, mas acabaram desistindo. “Não mudamos muito porque a resistência segue após essa onda conservadora. A série continua tento o mesmo papel, se não um papel mais importante. Torço para que as pessoas que acham que ser trans ou não-binário é errado assistam a série e se conectem com os personagens afetivamente”, conclui a diretora de “ Todxs Nós ”.

Comentários Facebook

Famosos

João Guilherme responde acusações de gordofobia: “Sou moleque”

Publicado

O ator João Guilherme, do SBT , se envolveu em uma polêmica nesta sexta-feira (27) ao se referir a uma mulher como “peixe-boi” em um de seus stories no Instagram.

Leia também: Thammy Miranda diz que preconceito o impede de conseguir trabalhos

João Guilherme arrow-options
Divugação

João Guilherme


No vídeo gravado por ele, João Guilherme aparece dizendo: “Olha que bonitinho, tem um monte de peixe aqui. Tem peixe-boi aqui também”, disparou e apontou a câmera na direção de uma mulher. Os internautas não gostaram do que viram e acusaram o ator de gordofobia .

Leia também: Blogueira é acusada de racismo ao falar que estava suja por encostar em preto

Poucas horas depois o filho do cantor Leonardo usou sua conta no Twitter para se desculpar sobre o ocorrido. “Venho aqui pedir desculpas sinceras pelo o que disse. Falei besteira e não sou a favor de brincadeiras e colocações como essa, mesmo. Não fico feliz com a repercussão disso e quem me acompanha sabe que eu não tenho maldade na fala e nem no pensar, minhas sinceras desculpas. Sei que muitos temos problemas com corpo e isso não é coisa para se brincar. Minha família me educou bem, sim, maldade não é da minha índole. Mais uma vez, desculpa, a noção passou longe. E sou moleque”, afirmou.

Leia também: Thais Carla processa nutricionista por gordofobia: “Justiça sendo feita”

Veja Mais:  Ex-amante de André Marinho se pronuncia: “Minha vida virou um inferno”

“Sei que pela internet não é fácil de se sensibilizar com um pedido de desculpas. Um pedido on-line fica superficial, mas é o que está ao meu alcance. O que falei foi errado, me sinto mal por ter falado o que disse, no tom que disse. Peço desculpas sinceras a todos que se ofenderam, prestando atenção no que disse… Sou novo, tô aprendendo a lidar com erros e com outros. Parte do aprendizado é pedir desculpas e não cometer o mesmo erro duas vezes. Como uma pessoa do bem vocês não verão mais maldade na minha fala”, finalizou João Guilherme .


Comentários Facebook
Continue lendo

Famosos

Atrizes da Globo negam acusação de assédio moral contra Marcius Melhem

Publicado

As humoristas da Globo , Maria Clara Gueiros e Renata Castro Barbosa usaram suas redes para negar que tenham sido vítimas de assédio moral pelo coordenador do departamento de humor, Marcius Melhem, como informou o colunista Leo Dias.

Leia também:Repórter da Globo leva “puxão de orelha” do marido e se retrata ao vivo; assista

Marcius Melhem arrow-options
Divulgação

Marcius Melhem


A primeira a se manifesta foi Maria Clara Gueiros que escreveu em seu Instagram: “Eu não fui vítima de assédio moral e não fiz denúncia”, garantiu a atriz da Globo .

Leia também: Vacas magras! Globo fica no prejuízo com Especial de Roberto Carlos

Já a assessoria de imprensa de Renata Castro Barbosa informou: “Comunicamos que a atriz não fez qualquer denúncia contra Marcius Melhem nem sofreu assédio moral, segundo anteriormente ublicado pelo colunista Leo Dias. O nome da atriz, inclusive, já foi retirado da matéria por ele”.

Enquanto isso, Dani Calabresa , que seria uma das denunciantes, não se posicionou sobre o assunto.

Leia também: MC Carol denuncia romantização do machismo em novela da Globo

Em nota, a Globo disse que “todo relato de assédio, moral ou sexual, na Globo é apurado criteriosamente assim que tomamos conhecimento. A Globo reafirma que não aceita qualquer tipo de assédio e, neste sentido, mantém um canal aberto para denúncias de violação às regras do Código de Ética do Grupo Globo “.

Veja Mais:  Antes de embarcar para Orlando, Gugu foi fotografado por fã em aeroporto de SP

Comentários Facebook
Continue lendo

Famosos

Repórter da Globo leva “puxão de orelha” do marido e se retrata ao vivo; assista

Publicado

Pedro Figueiredo, repórter da TV Globo do Rio de Janeiro, revelou ao vivo que levou “puxão de orelha” do marido Erick Rianelli, que também é jornalista, por causa de uma afirmação que fez durante o “Bom Dia Rio”.

Leia também: Ana Maria Braga surge nua e lembra: Foi um show de horrores

repórter pedro figueiredo, da Globo, e o marido arrow-options
Reprodução/Instagram/@pedfig

Pedro Figueiredo, da TV Globo, ao lado de Erick Rianelli, seu marido

O repórter estava na rodoviária para cobrir a saída de alguns cariocas para o ano novo e contou aos âncoras da Globo que o companheiro o questionou sobre ele ter comentado alguns momentos antes que passaria o Réveillon em Búzios.

Leia também: Primeiro Papai Noel negro da Globo vira sensação na internet

“Vocês me deixaram agora em maus lençóis. Vocês perguntaram se eu ia embarcar, eu disse que iria para Búzios. Já tomei um puxão de orelha do meu marido, já! Pode ficar tranquilo que eu vou passar o Réveillon aqui, no Rio de Janeiro”, garantiu Pedro Figueiredo .

Leia também: Jornalista da RedeTV! vira correspondente em NY e acaba demitida pela emissora

O jornalista da Globo e Erick Rianelli se conheceram em 2013 e se casaram em maio de 2018. Na ocasião, passaram a lua-de-mel na Argentina.

Veja Mais:  Pequenas pressões urbanas e angústias da solidão pautam “A Voz do Silêncio”

Comentários Facebook
Continue lendo

Câmara Municipal de Rondonópolis

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana