conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Rondonópolis

Começa o trabalho de revitalização asfáltica na Vila Operária

Publicado

Foto: Assessoria

A Prefeitura de Rondonópolis iniciou a revitalização asfáltica das ruas da Grande Vila Operária, região mais populosa da cidade, que congrega cerca de 80 bairros. A empresa contratada pelo município para executar o serviço deu pontapé inicial na obra, que significará a restauração da malha viária pavimentada da região, pela rua Campo Limpo, no bairro Sumaré.

De acordo com a Secretaria Municipal de Infraestrutura (Sinfra), ao todo serão aplicados nas ruas da Vila Operária 380.772.64 metros quadrados de microrrevestimento, um material prolonga o tempo de vida útil do asfalto, evita o surgimento de buracos, sobretudo depois de chuvas. O valor investido pelo município para executar esta obra de revitalização asfáltica é de R$ 4.603.557,26.

Ao todo, com esta intervenção da Prefeitura de Rondonópolis, serão beneficiados mais de 30 mil moradores da Vila Operária e bairros adjacentes. As vias que serão contempladas ficam entre os córregos Canivete e Lajeadinho, bem como da rua José Barriga e avenida Bandeirantes.

Grande parte do montante do recurso que será investido na obra é proveniente da economia que a Câmara de Vereadores conseguiu fazer no ano passado do valor obrigatório repassado mensalmente para sua manutenção pelo Executivo Municipal, o chamado duodécimo.

Segundo o prefeito Zé Carlos do Pátio, para ampliar o serviço de revitalização asfáltica na Vila Operária, que era uma reivindicação antiga da comunidade, o município deu “um plus’ no recurso que a Câmara devolveu.

Veja Mais:  Vereadores votam Edital do Transporte Coletivo em regime de urgência

Ele destaca que, além de dar uma “nova cara” para esta importante região da cidade, este trabalho de revitalização contribui para melhorar as condições de trafegabilidade das vias e aumentar o tempo de vida útil do asfalto, fazendo assim com que o município economize recursos com tapa buracos.

Pátio ressaltou, ainda, que o município está investindo para melhorar as condições do pavimento asfáltico da cidade, que é envelhecido. “Além do recapeamento de vias quadrilátero central, vários bairros da cidade já foram contemplados com a lama asfáltica”, citou o prefeito, acrescentando que a Coder (Companhia de Desenvolvimento de Rondonópolis) está trabalhando em várias frentes para aplicação de lama asfáltica em vias asfaltadas de diversos bairros da cidade.

Comentários Facebook

Rondonópolis

Prefeitura amplia rede de saúde e inaugura ESF no bairro André Maggi

Publicado

Foto: Assessoria

Mais uma unidade de saúde foi concluída pela Prefeitura de Rondonópolis e entregue a população. Desta vez, os moradores do bairro André Maggi e região comemoraram a inauguração do posto “ESF Gesse Soares de Brito” feita pelo prefeito Zé Carlos do Pátio. Cerca de duas mil famílias dos bairros André Maggi e João Antônio Fagundes contaram com atendimento médico e odontológico mais próximo de sua residência.

“Mais uma unidade de saúde, a semana passada inauguramos uma no Paineiras, agora mais uma que recebeu o nome do meu amigo Gesse e toda semana vamos começar a inaugurar unidades de saúde para aproximar a saúde da população. São 15 novas unidades que estamos construindo e reformando várias, o nosso objetivo é deixar a cidade estruturada e dentro de poucos dias estaremos inaugurando o Hospital da Criança” destacou o prefeito.

Com a nova unidade de Saúde entregue, a população passa a contar com a oferta dos serviços da ESF e a prefeitura amplia a cobertura do programa para os bairros.

“A saúde cada dia mais perto do cidadão, é uma sensação de dever cumprido, pois o dever desta gestão é humanizar a saúde e levar para aqueles que mais precisam. Estamos inaugurando uma nova unidade, climatizada e equipada para uma população que até então era desassistida de PSF,” explicou a secretária municipal de Saúde Izalba Diva de Albuquerque.

A nova unidade de Saúde recebeu o nome de Gesse Soares de Brito (in memoriam), ilustre cidadão que contribuiu significativamente para a história do município. A esposa Maria Lucia Milhomen de Brito, mais conhecida como professora “Tatinha” e os filhos estiveram presentes na inauguração.

Veja Mais:  Projeto que regulamentava transporte por aplicativos é derrubado em Rondonópolis

“Fico muito grata, toda a família, porque ele foi um homem batalhador no município e sempre ajudou as pessoas menos favorecidas, quero agradecer ao Zé do Pátio fico muito agradecida por ele ser homenageado,” agradeceu a professora “Tatinha”.

Comentários Facebook
Continue lendo

Rondonópolis

Dois alunos da Escola Municipal Princesa Isabel são semifinalistas da Olimpíada de Língua Portuguesa

Publicado

Foto: Assessoria

A Escola Municipal Princesa Isabel de Rondonópolis tem dois alunos semifinalistas da 6ª Olimpíada de Língua Portuguesa. Um dos semifinalistas é o estudante Luiz Felipe Cândido Pires, que concorre na categoria memórias literárias – direcionada para alunos dos 6º e 7º anos do Ensino Fundamental – com texto de título “Muleque, vem prá dentro”. A outra semifinalista é aluna Eloísa Queiroz Mallmann, concorrente da categoria crônica – para estudantes do 8º ano do Ensino Fundamental – por meio do texto de título “Futuro esquecido”. Os dois semifinalistas são alunos do professor Senio Queiroz de Faria.

Os textos dos alunos Luiz Felipe e Eloísa estão entre os 569 selecionados para a etapa nacional, após escolha da Comissão Julgadora Estadual, criada pela Secretaria de Estado de Educação. O resultado desta etapa foi divulgado na última sexta-feira (11) e os estudantes classificados passam por nova avaliação entre os dias 23 de outubro e 19 de novembro, quando, durante a etapa nacional serão escolhidos os 173 finalistas entre estudantes de escolas públicas de todo o país.

O resultado final da 6ª Olimpíada de Língua Portuguesa será divulgado em 28 de novembro, quando serão escolhidos os 28 textos vencedores, depois de concluídas todas etapas de julgamento. E, em 9 de dezembro será realizado um evento de premiação aos ganhadores.

Veja Mais:  Ministro de Saúde estará em Rondonópolis na segunda-feira (22)

A olimpíada

A 6ª Olimpíada de Língua Portuguesa é um projeto nacional promovido por meio de parceria entre o Ministério da Educação, Itaú Social e Cenpec Educação com o objetivo principal de contribuir para o ensino-aprendizagem da leitura e escrita, aprofundando os conhecimentos dos alunos de escolas públicas brasileiras, sejam elas federais, estaduais ou municipais.

A olimpíada é dividida nas categorias poema, que concorrem alunos do 5º ano do Ensino Fundamental, memórias literárias, para alunos dos 6º e 7º anos do Ensino Fundamental, crônicas, com a participação dos alunos do 8º ano do Ensino Fundamental, documentário, para alunos dos 1º e 2º anos do Ensino Médio e artigo de opinião, com alunos do 3º ano do Ensino Médio.

O tema abordado pelos alunos em todas as categorias nesta edição é ‘O lugar onde vivo’, uma iniciativa que busca que os estudantes valorizem os aspectos da cultura local, resgatando histórias, estreitando os vínculos comunitários, se aprofundando no conhecimento sobre a realidade e assim, desenvolvendo cidadania.

Comentários Facebook
Continue lendo

Rondonópolis

Dia “D” da Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo acontece neste sábado (19)

Publicado

Dia D de mobilização da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e Sarampo.

Neste sábado (19), tem o Dia “D” da Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo em Rondonópolis. A vacina estará disponível em todas as unidades de saúde do município, que irão funcionar para atender a população das 7h às 17h. Devem se vacinar nesta etapa crianças com idade compreendida entre seis meses e quatro anos, 11 meses e 29 dias. A meta de vacinação nesta faixa de idade é de 14.876 crianças, conforme estimativa populacional de Rondonópolis.

A orientação é de que a criança seja levada à unidade básica de saúde com a caderneta de vacinas, pois o Ministério da Saúde destaca que a vacina será aplicada em todos que não tiverem a comprovação da imunização com duas doses.

A vacina tríplice, que imuniza contra o sarampo, caxumba e rubéola, precisa ser tomada em duas doses, sendo a segunda aplicada após 30 dias da primeira. Assim, tanto quem não tomou nenhuma dose e como quem não completou o ciclo e ainda precisa da segunda, deve procurar uma unidade de saúde.

A Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo, na primeira etapa é destina à imunização de crianças de seis meses até quatro anos, 11 meses e 29 dias, seguindo até o dia 25 deste mês com vacinas disponíveis em todos as unidades básicas de saúde de Rondonópolis.

Veja Mais:  Mesa diretora da Câmara Municipal de Rondonópolis biênio 2019/2020 busca parcerias para projetos sociais

Segunda etapa

A partir do dia 18 de novembro terá início a segunda etapa de vacinação contra o sarampo, que segue até o dia 30 de novembro. Os jovens de 20 a 29 anos que ainda não foram imunizados devem procurar as unidades de saúde do município para tomar as duas doses da vacina tríplice viral.

O Dia “D” da segunda etapa de vacinação acontece no sábado (30 de novembro), também em todas as unidades de saúde, das 7h às 17h.

Orientações

A enfermeira da Vigilância Epidemiológica do Município, Magda Rosa, explica que todas as pessoas que ainda não tomaram a vacina tríplice viral podem procurar uma unidade de saúde que serão imunizadas.

Segunda a enfermeira, a imunização contra o sarampo é fundamental para prevenir a doença, que é infecciosa grave, causada por um vírus, e que pode ser fatal. O sarampo pode ainda causar surdez e cegueira.

Os primeiros sintomas da doença são febre acompanhada de tosse, irritação os olhos, nariz entupido e escorrendo e mal-estar intenso. Após três a cinco dias outros sintomas como manchas vermelhas no rosto e atrás das orelhas e brancas na bochecha, além de conjuntivite aparecem.

A transmissão do vírus ocorre de pessoa a pessoa, por via aérea, ao tossir, espirrar, falar ou respirar. O sarampo é tão contagioso que uma pessoa infectada pode transmitir para 90% das pessoas próximas que não estejam imunes.

Veja Mais:  Pimentel destaca competição de futebol amador

Casos

De acordo com o Boletim Epidemiológico número 28, referente ao mês de outubro de 2019, do Ministério da Saúde, foram confirmados 6.640 casos de sarampo no Brasil de janeiro a outubro deste ano.

Em Rondonópolis ainda não há o registro de nenhum caso da doença.

Comentários Facebook
Continue lendo

Câmara Municipal de Rondonópolis

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana