conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Política MT

Comissão retoma debate sobre saúde mental ao abordar políticas sobre drogas no estado em reunião ordinária

Publicado

Foto: ANGELO VARELA / ALMT

A Comissão de Saúde, Previdência e Assistência Social discutiu temas como saúde pública, política sobre drogas, instalação de leitos psiquiátricos em hospitais gerais e condições de trabalho dos médicos no estado durante reunião ordinária realizada na tarde desta quarta-feira (11).

A superintendente de Políticas sobre Drogas da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp/MT), Eunice Teodora dos Santos Crescêncio, defendeu a importância de não se focar unicamente no combate às substâncias ilícitas com apreensões e prisões. “Temos de fortalecer o sujeito, o foco agora é trabalhar o sujeito, dando a ele condições de retardar o uso ou não fazer uso problemático”, explicou.

Eunice Crescêncio também apresentou aos parlamentares três demandas que considera prioritárias. “A primeira é a implantação dos leitos [em saúde mental] nos hospitais gerais. A segunda é a prevenção. Trouxemos hoje uma proposta que irá atender todas as escolas do estado de 2019 a 2022 com um custo de 50 mil reais porque temos voluntários e nós não temos esse recurso. Estamos buscando fazer parceria para que emendas parlamentares possam contemplar isso. A terceira é qualificação dos profissionais da área de saúde e segurança que atuam na urgência e emergência”, solicitou a superintendente.

A necessidade de instalação de leitos para pacientes de saúde mental em hospitais gerais foi reforçada pela técnica da Secretaria Estadual de Saúde (SES) Maria Aparecida Milhomem. Ela explicou que hoje as pessoas em situação de crise em saúde mental ou necessitando de atendimento pelo uso de substâncias psicoativas (álcool e outras drogas) procuram os serviços de pronto atendimento e se precisam de internação são encaminhadas para o Hospital Adauto Botelho.

Veja Mais:  Lideranças pedem apoio para evitar fechamento da comarca de Dom Aquino-MT

No entanto, esse não é o quadro ideal. “Tanto do lado do uso de álcool e drogas quanto dos transtornos é uma situação iminentemente clínica. A pessoa vai precisar de um raio-x, de um exame de sangue e não tem isso num hospital psiquiátrico. Por isso, precisa de leitos de saúde mental em hospital geral”, ilustrou Maria Aparecida Milhomem. Ela ainda apresentou um estudo com objetivo de tornar possível a criação de 100 leitos do tipo em nove hospitais espalhados pelo estado.  

Entre os ouvidos pela Comissão de Saúde também estava o diretor do Sindicado dos Médicos de Mato Grosso (Sindimed/MT) Adeildo Martins de Lucena Filho. Ele falou que falta apoio para os médicos, principalmente os que trabalham no interior, que têm dificuldades para ter acesso a um especialista, exames e remédios. Ele ainda criticou a gestão de hospitais por organizações sociais e também a forma de contratação dos profissionais da saúde, cobrando a realização de concursos públicos.

O vice-presidente da comissão, deputado Lúdio Cabral (PT), atribuiu o adoecimento mental de profissionais de saúde à falta de condições adequadas de trabalho e falta de segurança nos contratos firmados atualmente. “As condições de atendimento à população são muito difíceis”, destacou o parlamentar.

Cabral ainda avaliou que as secretarias de Segurança e Saúde precisam trabalhar juntas para enfrentar o problema das drogas no estado e lembrou que é preciso estruturar uma rede atendimento em saúde mental para o estado avançar nessa área. No fim da reunião, os deputado ainda aprovaram quatro projetos de lei. 

Veja Mais:  Sem curso superior deputado federal Neri Gueller é transferido para o presídio da Mata Grande

Comentários Facebook

Política MT

Ulysses Moraes encaminha requerimento de informação acerca de R$ 150 mil liquidados

Publicado


Foto: Ronaldo Mazza

O deputado estadual Ulysses Moraes (DC) encaminhou um requerimento de informação para que seja enviado ao chefe da Casa Civil do Estado de Mato Grosso acerca da liquidação e do suposto recebimento por parte do governador de maneira, de acordo com o parlamentar, que afronta os cofres públicos.

“Como compete ao parlamentar fiscalizar as ações ligadas ao estado de Mato Grosso, solicitei hoje durante a sessão, através de requerimento, todas as informações pertinentes à prestação de contas desta verba e porque ela não consta no Portal da Transparência, como dita a lei”, esclarece o parlamentar.

No requerimento, o deputado solicita a totalidade de gastos mensal com ajuda de custo e verba de representação junto ao gabinete do governador e qual a finalidade desta verba. Além disso, Ulysses requereu informações da prestação de contas dos valores mês a mês, a legalidade desta verba e qual a razão pela qual esta informação não conta nos Sistemas de controle de gastos do estado.

O montante está sendo classificado como ‘verba secreta’, já que está obstruído de consulta pública. Na data do documento consta o ano de 2019, mesmo ano em que o governador decretou estado de calamidade pública. 

 

Fonte: ALMT

Comentários Facebook
Veja Mais:  Deputada cobra regulamentação do Susaf
Continue lendo

Política MT

Mesa Diretora lamenta falecimento de Benedito Botelho, pai do presidente da AL

Publicado


Foto: ARQUIVO PESSOAL / ALMT

A Assembleia Legislativa vem a público expressar sentimento de pesar e prestar condolências à família do presidente da Casa de Leis, deputado Eduardo Botelho, pelo falecimento do seu  pai, senhor Benedito Caetano Botelho, na manhã desta sexta-feira (17).

Seo Chinhô, como era conhecido, era natural de Livramento, completou 95 anos em setembro, e tratava de câncer há três anos. Ele deixou nove filhos e viúva, senhora Leopoldina Fontes Maia.

O velório está previsto para acontecer nesta sexta-feira (17), a partir das 16 horas, na funerária Capelas Jardins – em Cuiabá.

Fonte: ALMT

Comentários Facebook
Veja Mais:  Lideranças pedem apoio para evitar fechamento da comarca de Dom Aquino-MT
Continue lendo

Política MT

Thiago Silva entrega novos certificados do curso de Dicção e Oratória no Pedra 90

Publicado

Foto: Assessoria

O deputado estadual Thiago Silva (MDB) entregou na noite de quinta-feira (16), novos certificados do curso de Dicção Oratória, da FUG- Fundação Ulysses Guimarães. O parlamentar é coordenador regional da Fundação no Estado.

Os 30 novos beneficiados com a qualificação receberam o curso na igreja Jardim de Oração Independente, bairro Pedra 90, região Salmen. “Excelente curso. Tinha vários vícios, que travavam minha fala e sem perceber acabavam atrapalhando minha comunicação. Agora consigo observar esses problemas. Tenho certeza que vai ajudar e muito”, conta Luciana Matos de Souza Araújo.

A fala da colega foi complementada por Cesar Andrade, que também tinha problemas para organizar a oratória. “Eu tinha grande problema que repetir palavras e conforme as orientações repassadas no curso passei a policiar e agora consigo organizar minha fala com muito mais objetivo e clareza”.

Para o aluno Jovenilson Pereira o Dicção e Oratória foi fundamental para quebrar algumas barreiras da timidez. “Abriu um novo caminho. Sempre participo de reuniões e preciso ter uma boa expressão para falar. Estava com alguma dificuldade, mas veio o curso e mudou muita coisa. Eu recomendo para aqueles ainda não fizeram”.

Um dos coordenadores da FUG Rondonópolis, Wilber Maciel destaca que boa parte dos qualificados relataram que o trabalho foi fator decisivo na conquista de uma vaga no mercado de trabalho. “É gratificante quando um ex-aluno nos procura para agradecer pelas orientações. Fico feliz em saber que a FUG está ajudando a transformar a vida de muita gente”.

Veja Mais:  Grávida de 12 semanas Deputada Janaína Riva sofre aborto espontâneo e perde bebê

Desde que foi implantada em Rondonópolis, no ano de 2010, a Fundação Ulysses Guimarães tem ampliado suas ações. Já são mais de 3.500 pessoas atendidas. Os números devem aumentar consideravelmente em 2020. “Estamos expandido a FUG não só em Rondonópolis, mas em todo Mato Grosso e neste ano vamos atender de norte a sul do Estado”, garante Thiago Silva.

Comentários Facebook
Continue lendo

Câmara Municipal de Rondonópolis

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana