conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Na Capital

Criação de escola em tempo integral na Capital avança e tem aprovação na Câmara

Publicado

O projeto para a criação da escola em tempo integral em Cuiabá avançou mais um passo e teve parecer aprovado na Câmara de Vereadores, na quinta-feira (18). A proposta do prefeito, Emanuel Pinheiro, é que a Escola Municipal de Ensino Básico Professora Francisca Figueiredo Arruda Martins, no Bairro Jardim Eldorado, seja a primeira contemplada.  

“Estamos falando de um das regiões mais perigosos da Capital. Esse fator é o que justifica nossa escolha, uma vez que só por meio da educação é que poderemos reduzir os índices de criminalidade e criar uma sociedade mais segura e justa” explica o prefeito. 

A mensagem  06/2019  chegou à Câmara em janeiro deste ano e agora segue para a discussão do mérito da matéria pelos parlamentares. 

É importante destacar que a execução do projeto vai adequar Cuiabá à meta 6 do Plano Nacional de Educação, de levar ensino em tempo integral aos estudantes da educação básica até 2024. O objetivo também inclui a redução nos índices de evasão escolar e a elevação da nota do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB).

“Caminhamos para fortalecer a Educação no município, pensando nos benefícios para as comunidades e também no servidor. Ainda há muito o que ser feito, mas trabalhamos com a certeza da transformação. Os resultados disso poderão ser constatados em breve, quando essas crianças saírem das salas de aulas como jovens preparados para a sociedade”, finaliza. 

Veja Mais:  SUGESTÃO DE PAUTA – Prefeito Emanuel Pinheiro entrega quadra poliesportiva no bairro Pedra 90

Comentários Facebook

Na Capital

CPI vai ouvir ex-governador e ex-chefe de gabinete que gravou a “cena do paletó”

Publicado

Foto: Assessoria

Os vereadores membros da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) criada para investigar o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), definiram que vão realizar nova oitiva do ex-governador Silval Barbosa e seu ex-chefe de gabinete, Silvio César Correa. Também serão ouvidos o ex-secretário de Indústria, Comércio, Minas e Energia (Sicme), Alan Zanata, e o servidor Valdecir Cardoso de Almeida.

A decisão foi tomada nesta segunda-feira (14.10), durante a primeira reunião da comissão após o reinício dos trabalhos da CPI do Paletó, agora sob nova formação. Fazem parte da comissão o vereador Marcelo Bussiki (PSB), que segue como presidente, além dos vereadores Toninho de Souza (PSD) e Sargento Joelson (PSC), relator e membro da CPI, respectivamente.

Os nomes dos quatro primeiros depoentes foram apresentados por Bussiki para apreciação, pois constam no requerimento do pedido de abertura de CPI, assinado por nove vereadores ainda em 2017. Por essa razão, segundo o vereador, não haveria motivos para protelar tal apreciação.

Apesar disso, Toninho de Souza questionou a proposição, sob a alegação de que precisava de conhecimento prévio de todos os documentos físicos da CPI para votar tal pedido.  No entanto, Bussiki relembrou que ele já estava em posse dos documentos digitais desde a última semana e reforçou a necessidade da deliberação, uma vez que a proposta já era de conhecimento dos vereadores.

Veja Mais:  Prefeito se solidariza com gari atropelado durante o trabalho

“Quando os nove vereadores assinaram o pedido de CPI, já constava a importância desses quatro depoentes para o esclarecimento do fato. Ou seja, já era de conhecimento prévio.  Ninguém pode alegar desconhecimento, especialmente quem se propôs a entrar em uma CPI. Os vereadores Toninho e Joelson não foram pegos a laço. Se vieram para investigar, vamos investigar”, disse Bussiki.

Silval Barbosa deverá ser ouvido em razão do vídeo, anexado em sua delação premiada formalizada junto à Procuradoria Geral da República (PGR), em que Emanuel Pinheiro aparece recebendo dinheiro vivo entre os anos de 2012 e 2013. O dinheiro seria propina para que ele apoiasse os projetos do Executivo na época em que era deputado estadual.

Já Silvio César Corrêa foi o responsável por gravar o prefeito Emanuel Pinheiro recebendo maços de dinheiro e os colocando no paletó, enquanto o servidor Valdecir Cardoso de Almeida foi o responsável por instalar a câmera usada para a gravação.

O ex-secretário Allan Zanata, por sua vez, será convocado pois foi o responsável por gravar um áudio junto a Silvio Corrêa, cujo conteúdo supostamente colocaria em risco a delação do ex-governador Silval e, por consequência, o vídeo em que Emanuel Pinheiro é flagrado. O áudio foi encontrado na casa de Emanuel Pinheiro durante o cumprimento do mandado de busca e apreensão durante a Operação Malebolge.

Apesar da deliberação das oitivas, não foram definidas as datas para que elas ocorram, uma vez que foi concedido o prazo de 10 dias de vista do processo ao vereador Toninho de Souza, para que ele possa analisar os documentos produzidos pela comissão de trabalho da CPI anterior.

Veja Mais:  Prefeitura entrega praças na região Leste e beneficia 40 bairros

“Nós entregamos ao vereador todos os DVDs contendo toda a documentação ainda na semana passada. Ocorre que ele quer o processo físico. Então, atendemos esse pedido do Toninho. Porém, nesse prazo vamos deliberar as datas que esses primeiros quatro depoentes sejam ouvidos e intimá-los para que, quando vencer o prazo de vista, eles já possam ser ouvidos”, explicou Bussiki.

Ainda segundo o presidente da comissão, a CPI continua com seu trabalho administrativo ocorrendo normalmente durante o período de vista. Já o vereador Toninho de Souza afirmou que o prazo é importante para que ele possa se inteirar de todo o trabalho.  “Eu preciso ter ciência do que foi produzido. Eu sou relator do processo. Não posso ir à CPI sem ter pleno conhecimento do que foi produzido até aqui”, alegou.

Comentários Facebook
Continue lendo

Na Capital

Programa Siminina recebe palestras sobre violência e diversidade racial

Publicado

Davi Valle

As 16 unidades do Programa Siminina recebem periodicamente no decorrer do ano, palestras educativas. Esta semana, as meninas das unidades dos bairros Dr. Fábio e Sucuri, participaram de palestras voltadas na formação e crescimento pessoal. Temas como prevenção de violência contra criança e diversidade foram abordados e discutidos.

Um forma de fácil entendimento em formatado em vídeos, slides, dinâmica e com uma linguagem fácil e simples, totalmente adequada para a faixa etária do programa, foi assim que cerca de 30 meninas participaram das palestras.

Na unidade do bairro Dr. Fábio, a professora Carmem Cenira, abordou o tema “Vozes da infância com a diversidade”, o principal foco da palestra era mostrar para as alunas sobre a diferença racial que existe na sociedade. Ela destaca que a abordagem desta temática da diversidade, especificamente a questão racial, se torna fundamental para a mudança de posturas e atitudes tendo em vista uma sociedade mais justa e humanizada. Ao problematizar essa questão com crianças e adolescentes permite que ideias e concepções equivocadas sejam desconstruídas. “É fato que ainda vivemos em uma sociedade racista e sexista. Isso significa que a escuta e diálogo são necessários para que haja o respeito as diferenças”, observa.

De acordo com Carmem, a partir do suporte didático, o livro Cabelo Ruim? As história de três meninas aprendendo a se aceitar. Da autora Neuza Batista Pinto e possível estabelecer um debate sobre os vários temas que configuram verdadeiros dilemas como identidade, auto estima, discriminação, preconceito racial, etc. “Penso que tratar sobre essa questão, nos espaços educativos e sociais permite que nossas crianças cresçam aprendendo a respeitar o diferente e não hostilizar outras pessoas porque têm características diferentes da sua, ou uma religião diferente. Por isso a ideia de dialogar com crianças e adolescentes do Programa Siminina sobre o tema”, reforça Carmem.

Veja Mais:  Prefeito prorroga vencimento de tributos municipais pagos por taxistas

Já na unidade do bairro Sucuri, a professora Vânia Araújo, destacou o tema “Prevenção de violência contra criança e adolescente”, ela ressalta que essas abordagens que envolvem violência sexual, psicológica e física são, na maioria das vezes, descobertas por meio deste trabalho que é realizado em projetos e escolas.

Um dos principais temas de violência abordados durante a palestra foi de casos ligados à internet, dado o fato de que a criança e ao adolescente, muitas vezes, não fazem a ideia de quem está por trás das redes sociais. “Atualmente um grande perigo que temos que atentar as crianças é o uso da internet, na maioria das vezes por inocência e falta de orientação a criança acaba sendo assediada por meio deste meio de comunicação por isso a atenção deve ser redobrada”, observa.

A metodologia desse trabalho preventivo é realizada, em primeiro momento, com orientação desenvolvida junto às coordenadoras e monitoras do programa Siminina e, posteriormente, é levado para as salas de aula.

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Na Capital

Prefeitura auxilia na realização de evento esportivo e cultural no Quilombo

Publicado

Gustavo Duarte

A Prefeitura de Cuiabá, seguindo o trabalho de fortalecimento das atividades culturais e esportivas, é parceira da edição de 2019 do Festival Subiu. O evento acontece neste domingo (13), das 13h às 22h, no Centro Esportivo João Balduino Curvo, popularmente conhecido como Ginásio do Quilombo. O espaço será palco de diversas competições esportivas e apresentações artísticas. 

Para que fosse possível a realização do festival, o Município prestou todo o auxílio necessário na preparação da estrutura. O trabalho foi promovido por meio da Secretaria de Cultura, Esporte e Turismo e garantiu a execução de uma série ações.

O local recebeu serviços de reparos na iluminação pública, uma ampla atuação de zeladoria, que abrangeu área completa, melhoria nas quadras poliesportivas, além da ajuda com materiais esportivos. 

“O prefeito Emanuel Pinheiro determinou que nossa secretaria se colocasse sempre à disposição de medidas como esta. Mais uma vez estamos dando nossa contribuição para levar lazer, esporte, cultura e integração social à população. Ficamos felizes em estar sempre ao lado quem promove essas iniciativas. Essa é uma bandeira que carregamos dentro de uma gestão humanizada”, explica o secretário-adjunto de Esporte, Edilson Odilon. 

A programação do evento conta com as seguintes competições: Futsal (masculino/feminino); Basquete 3×3 (masculino/feminino); Skateboard (masculino/feminino); Patins (masculino/feminino). O público que comparecer ao festival também poderá desfrutar de apresentações como a “Tenda Hip Hop” e outras atrações musicais. 

Veja Mais:  Prefeitura entrega praças na região Leste e beneficia 40 bairros

SERVIÇO

Assunto: Festival Subiu 2019

Local: Ginásio do Quilombo ( Rua Pres. Café Filho; Bairro Quilombo)

Horário: Das 13h às 22h

Data: 13 de outubro, domingo

Comentários Facebook
Continue lendo

Câmara Municipal de Rondonópolis

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana