conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Famosos

Crônica familiar, “Sueño Flirianópolis” transforma Brasil em paraíso

Publicado

Uma família unida faz uma longa viagem de carro para chegar a uma cidade litorânea e aproveitar as tão aguardadas férias de verão. Essa é a imagem inicial de “Sueño Florianópolis”, de Ana Katz , que foi exibido na Mostra de São Paulo e está em cartaz no Festival do Rio.



Divulgação

“Sueño Florianópolis”

O filme, coprodução Brasil/Argentina, é uma crônica do desmantelamento de uma família, enquanto eles tentam decidir se querem se reagrupar ou se desfazer de vez. Em “ Sueño Florianópolis ”, a família, ainda na estrada, enfrenta problemas com o veículo e então conhecem pela primeira vez Marco (Marco Ricca) e Larissa (Andrea Beltrão).

Leia também: Versão oficial da história do Queen, “Bohemian Rhapsody” é montanha-russa de emoção para os fãs

A dupla oferece hospedagem para eles na cidade e eles se instalam numa pequena praia, afastada da Florianópolis badalada, e próxima de um paraíso. Na primeira noite na casa, Pedro (Gustavo Garzón) e Lucrecia ( Mercedes Morán ) explicam que estão em vias de se separar. “Mas comemos juntos quase todos os dias” comenta Pedro, tentando mostrar certa unidade familiar, o que Lucrecia parece contradizer.

Os quatro adultos conversam e, mesmo com línguas similares, há um entrave para a comunicação que permeia todo filme. É como se fosse muito difícil elaborar qualquer assunto, portanto todos preferem dizer apenas o mínimo necessário. Mas essa falta de comunicação acontece não só entre brasileiros e argentinos, mas também entre Pedro e Lucrecia, que claramente não conseguem decidir se se amam ou se odeiam.

Veja Mais:  Assédio sexual, “Joanne” e mais: o caminho para Lady Gaga acontecer no cinema

“Sueño” é a crônica de uma família relativamente comum: pais com um trabalho estável e filhos unidos, desfrutando de sua irresponsabilidade adolescente. O filme tem um ótimo ponto a seu favor que é destacar os amores novos e velhos de pessoas maduras.

Leia também: “O Quebra-Nozes” resgata imaginação infantil em adaptação do ballet clássico



Divulgação

“Sueño Florianópolis”

O amor, o tesão e os impulsos românticos geralmente são relegados aos jovens, mas no longa é Lucrecia que permeia todos esses anseios e, embora vejamos um paralelo com sua filha Flor (Manuela Martinez) e o filho de Marco, é sua história que importa. É ela que se lança em uma jornada de redescobrimento ou, como ela mesma explica, de parar. Parar o curso de sua relação, parar o tempo e não ter que voltar para a realidade de Buenos Aires, parar o dia em um bom momento e não deixa-lo passar, só parar.

Em determinado momento, porém, fica evidente que o filme é só uma coleção dessas tentativas de parar a vida em bons momentos. Assim, a crônica não sustenta as quase duas horas de filme. A vida de Lucrecia pode ter mudado para sempre depois dos dias idílicos naquele pedaço de paraíso. Mas também pode ficar tudo como está e a casa, os momentos a brisa e o mar serão uma memória distante.

O sonho mesmo só chega no final do filme e seria mais eficiente se surgisse antes. Em meio a atividades na praia, cercados de cerveja, caipirinha, sol e calor, os momentos parecem uma ilusão, um delírio, mas tudo é sólido demais, real demais para gerar tal conflito entre realidade e sonho. Uma dose do surrealismo de Kleber Mendonça Filho cairia bem para incorporar esse sonho à história.

Veja Mais:  Filmes sobre queda de Dilma geram acusações e mal-estar no cinema brasileiro

Leia também: Incômodo e absolutista, “A Casa que Jack Construiu” é arte em estado bruto

Sueño Fliroanópolis ” é uma boa tentativa de fazer uma narrativa do cotidiano, embora Mercedes Morán tenha certa dificuldade em liderar esse grupo de adultos complicados. Mas Katz poderia abusar mais da criatividade narrativa para acompanhar as belas imagens paradisíacas do filme e nos colocar em contato com esse tal sonho.

Comentários Facebook

Famosos

Núbia Oliiver revela paquera com mulher mais velha: “Ela é avó, maravilhosa”

Publicado

Núbia Oliiver abriu o jogo, durante sua entrevista para o programa “Sensacional”, apresentado por Daniela Albuquerque, sobre seu mais novo affair: uma mulher mais velha. Aos 45 anos, a mineira ainda deu detalhes sobre a relação.

Leia também: Carol Nakamura se emociona ao relembrar bullying sofrido pelo filho


Núbia Oliiver e Daniela Albuquerque
Andrea Dallevo

Núbia Oliiver e Daniela Albuquerque


“Conheci no Instagram, tem 52 anos. Ela é avó, uma delícia, linda, maravilhosa, mas não a conheço pessoalmente. Foi casada com um homem e nunca teve experiência com mulheres”, confidenciou Núbia Oliiver .

Durante o papo, a morena ainda revelou que, mesmo com interesses em mulheres, ainda prefere os homens. “Sou 90% atraída por homem, adoro. Acho que homem tem muito a oferecer. Agora, sou 10% atraída por mulher. Elas são mais gostosas e mais românticas”, disse.

Relembrando a infância, a modelo falou sobre sua primeira vez, aos 13 anos, que resultou em uma tentativa de suicídio. “Essa fase foi muito complicada. O meu pai me tirou da escola, como um castigo. Fui morar na fazenda e não o condeno. Vão falar: ‘seu pai fez isso?’. Talvez eu tivesse feito a mesma coisa, naquela época”, relembrou.

Leia também: Leo Dias fala de relação entre Anitta e Neymar: “Amigos transam”

“Aquela coisa tão desgostosa para todo mundo, você pensa: ‘qual o sentido?’. Não tinha forças para enfrentar uma família e tinha magoado as pessoas principais da minha vida, meu pai e minha mãe. Fui lá e tomei veneno de rato. O fato é que: eu tomaria o remédio e meus pais só me encontrariam no dia seguinte. Mas, na hora em que eu estava tomando, minha mãe chegou. Estava com a boca toda azul, tinha tomado uma quantidade grande”, revelou.

Veja Mais:  Regina Duarte posta mensagem enigmática sobre os protestos nas eleições 2018

Questionada por Daniela Albuquerque sobre se houve algum arrependimento, a musa foi enfática dizendo que sim. “Imaturidade. Não tinha força, não tinha saída. Eu estava envergonhada por uma situação que hoje é normal. ‘Olha mãe, perdi a virgindade. Ok, vamos conversar sobre’”, explicou.

Mãe de uma jovem de 14 anos, Núbia confessou que já fez dois abortos: um aos 18 anos, ao engravidar pela primeira vez durante um relacionamento com um homem casado. O segundo, anos depois do nascimento da filha, após um affair com Alexandre Frota.

Leia também: Casada com o dono, Daniela Albuquerque diz que não tem privilégios na RedeTV!

“Foi um peguete, né. Tive duas passagens na vida do Alexandre. Aquela coisa: ele era um galã na época. Tivemos uns ‘pegas’, não sei quantas vezes. E depois, quando eu já era mãe, tivemos uma recaída, mas não foi namoro”, disse.

“Sempre me programei para ter um filho ou filha, não é que eu queria ser mãe, mas se acontecesse, seria um. E teria que ter um vínculo com a pessoa, meu filho ou minha filha não seria feito com qualquer um. Eu já tinha a Anne e engravidei de novo, depois dos 30, velha burra. Ele falou que a decisão era minha e que estaria ao meu lado. Falei: ‘Vou pensar bem, mas minha resposta é não prosseguir. Não tenho estrutura psicológica e não quero um vínculo com você, por mais que te admire”, revelou.

Veja Mais:  “Leitores não faltam”, diz novo curador do Prêmio Jabuti sobre crise no setor

Ao fim da entrevista para o ” Sensacional “, Núbia Oliiver ainda declarou que não se arrependeu da atitude que tomou naquele momento de sua vida. “Não me arrependo hora nenhuma”.

Fonte: IG Gente
Comentários Facebook
Continue lendo

Famosos

Prevista para junho, terceira temporada de “La Casa de Papel” ganha novo trailer

Publicado

A série “La Casa de Papel” entrou oficialmente na contagem regressiva para a estreia de sua terceira temporada.  Nesta quinta-feira (23) a Netflix compartilhou em seu perfil oficial do Instagram um vídeo para aumentar a ansiedade dos fãs. 

Leia também: Netflix traz retornos de “Sabrina” e “Samantha!” em abril; veja outros destaques


La Casa de Papel
Divulgação

La Casa de Papel

Na gravação, o Professor, personagem de Álvaro Morte em ” La Casa de Papel “, manda uma mensagem aos fãs: “Todos os que entendetem essa máscara como um símbolo de resistência, também entenderão o motivo de nossa volta”, declarou. “A policia deteu um de nós e ele está retido em um paradeiro desconhecido”, continuou o personagem da série .

Leia também: Terceira parte de “La Casa de Papel” ganha teaser e data de estreia

“Não tínhamos a intenção de voltar, mas essa situação nos fez reagir…E desta vez…Vamos fazer o grande”, concluiu.

Leia também: Netflix deve se unir a grandes estúdios em órgão de regulamentação do cinema

La Casa de Papel ” retorna a Netflix com episódios inéditos no dia 19 de julho.

Fonte: IG Gente
Comentários Facebook
Veja Mais:  Regina Duarte posta mensagem enigmática sobre os protestos nas eleições 2018
Continue lendo

Famosos

“Por Amor” bate recorde dos últimos oito anos no “Vale a Pena Ver de Novo”

Publicado

No ar em “Vale a Pena Ver de Novo”, “Por Amor” vem fazendo sucesso e ajudando a Globo a melhorar sua audiência na parte da tarde. Isso porque a novela fez com que os números melhorassem e atingissem um patamar que não alcançava há 8 anos.

Leia também: Famílias rivais, religião e briga política: relembre os amores proibidos da TV


Por Amor
Reprodução/Globo

“Por Amor” é a melhor audiência no “Vale a Pena Ver de Novo” desde 2011


Estrelada por Regina Duarte e Gabriela Duarte, ” Por Amor ” vem marcando uma média de 16,5 na Grande São Paulo, o melhor número desde o remake de “Mulheres de Areia”, em 2011.

Leia também: “A Dona do Pedaço” apresenta folhetim clássico na estreia

Antes de ” Por Amor “, “Cordel Encantado” teve média de 14 pontos e “Belíssima” chegou a 14,7. “Celebridade” marcou 13,8 e “Senhora do Destino” chegou a 15,7. Todas no ” Vale a Pena Ver de Novo “.

Fonte: IG Gente
Comentários Facebook
Veja Mais:  Filmes sobre queda de Dilma geram acusações e mal-estar no cinema brasileiro
Continue lendo

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana