conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Esportes

Cuca rebate declaração de Jorge Jesus: “Não me sinto ultrapassado”

Publicado

Lance

Cuca rebate Jorge Jesus sobre técnicos brasileiros serem ultrapassados arrow-options
O Globo

Cuca rebate Jorge Jesus sobre técnicos brasileiros serem ultrapassados

Nesta quarta-feira, no CT da Barra Funda, não foi só sobre São Paulo que o técnico Cuca teve de falar em sua coletiva. O assunto tocado na conversa com os jornalistas foi sobre uma entrevista de Jorge Jesus, atualmente no Flamengo, em que ele disse que os treinadores brasileiros são ultrapassados. As aspas foram dadas para uma revista francesa as quais o jornal “O Globo” teve acesso. O são-paulino ponderou a fala do colega, mas negou estar obsoleto.

Leia também: Michael Schumacher está “consciente”, relata enfermeira de hospital em Paris

De acordo com o “O Globo” o português falou à revista francesa “So Foot” , ainda em 2018, quando dirigia o Al Hilal, da Arábia Saudita, mas o material só foi divulgado nos últimos dias. Veja a declaração reproduzida pelo jornal brasileiro:

– O treinador brasileiro já foi um pouco ultrapassado em tudo que diz respeito ao treinamento. Você acha que isso acontece por quê? Porque sempre tiveram grandes jogadores e esses resolvem os problemas táticos sozinhos. Os treinadores não foram obrigados a pensar e criar ideias coletivas. E acabaram sendo ultrapassados. Agora está começando a mudar. Eles querem todos vir para a Europa para entender nossa metodologia de treinamento. Mas os brasileiros continuam a jogar na rua, e é na rua que a gente cria os talentos.

Veja Mais:  Jovem de 14 anos ferido em incêndio no CT do Flamengo tem alta de hospital

Cuca levou em conta esse aspecto da data da entrevista e até da falta de conhecimento de Jesus , que só agora está podendo viver o futebol do país, mas acredita que se a pergunta fosse feita atualmente, a resposta seria outra.

– Eu acho que as coisas têm de ser divididas, seria muito fácil eu vir aqui agora e rebater em cima dele o que ele falou, mas a gente tem que separar as coisas, essa entrevista que ele deu, foi lá na Arábia, no ano passado, então tem muita gente pensando “pô, ele está aqui no Brasil e está falando mal do técnico brasileiro”, isso foi uma entrevista que ele estava no Al Hilal, para uma TV ou um jornal francês, e divulgou agora. Eu acho que essa pergunta que você me faz, poderia ser feita hoje para o Jorge Jesus, agora que ele tem um conhecimento maior do futebol brasileiro, dos treinadores, ainda que não tenha enfrentado todos, ele vai poder dizer se ele teve dificuldade com algum time, se os treinadores estão ultrapassados, acho que hoje seria uma maneira melhor de se falar – declarou antes de completar:

– Eu penso, pelo que eu vi dele, que ele é um cara que tem ética profissional, ele tem respeito, porque foi muito bem recebido aqui no Brasil por todos nós. Teve um curso na CBF, me dizia há pouco o Mancini, que todos os 20 que estavam lá o receberam de forma maravilhosa. Acho muito raro que ele venha a falar isso hoje, e eu acho que o sentimento hoje não seria esse.

Veja Mais:  Cremes de depilação e vibradores como prêmio revoltam jogadoras na Espanha

Leia mais: Jorge Jesus diz que treinadores brasileiros estão ultrapassados

Cuca reconhece que é preciso que os técnicos brasileiros evoluam, mas não se sente ultrapassado e diz seguir todos os novos treinamentos, que não devem nada para o que tem sido ministrado em todo o mundo.

– Lógico que temos muito a evoluir, todos nós técnicos brasileiros, isso vira e mexe tem sido falado “agora já ultrapassou, é hora dos novos”, enfim, é uma que questão que eu prefiro ficar fora, mas não me sinto de forma alguma ultrapassado. Eu sigo tudo o que é jogo, tudo o que é treino, se você pegar um treinamento meu ou de qualquer outro treinador brasileiro, ou da maioria, e comparar com os treinamentos que se tem lá fora, você não vai ver diferença, hoje é tudo online, tudo interligado, você tenta jogar quanto mais próximo possível, você tenta fazer as coisas diferentes… O que muda entre um treinador e outro é a estratégia – explicou.

Por fim, o comandante do São Paulo elogiou o trabalho do português à frente do Flamengo , mas preferiu exaltar os méritos do clube na montagem do time e na reestruturação fora de campo que permitiu todo esse investimento.

– O Jorge Jesus, eu vejo que ele tem hoje, por mérito dele, mas por muito mérito do Flamengo em geral, um baita de um time, se você for ver, os 11 que jogam são nível de seleção, o goleiro, os laterais, os zagueiros, talvez um volante não tenha ido para a seleção, o Arão, o Gerson, que provavelmente possam ir, a linha dos quatro, Arrascaeta seleção, Everton seleção, Gabriel seleção, Bruno seleção. Então foi montada uma estrutura maravilhosa dentro de um orçamento que eles puderam fazer, e isso nós temos que tirar os chapéu, não só para o treinador, mas sim para o Flamengo pelo que fez como clube, o mérito é deles, mas também é de todos. O campeonato é longo ainda, tem muita coisa a queimar – finalizou Cuca .

Veja Mais:  Ouro e prata! Brasil faz dobradinha no Triatlo e leva primeiras medalhas no Pan

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook

Esportes

Campeões do 1º turno do Brasileirão só não levaram o título 4 vezes desde 2003

Publicado

Flamengo foi campeão do primeiro turno do Brasileirão de 2009 arrow-options
CONMEBOL/TWITTER

Flamengo foi campeão do primeiro turno do Brasileirão de 2009

O Flamengo conquistou, neste sábado, o título simbólico do primeiro turno do Brasileirão de 2019 ao derrotar o Santos por 1 a 0 , no Maracanã, gol de Gabigol – o rubro-negro ficou com 42 pontos na primeira metade do Campeonato Brasileiro.

Leia também: Jogo do futebol brasileiro com 2 árbitros em campo? Já aconteceu e foi sucesso

No Brasileirão de pontos corridos, desde 2003, um clube que faturou o primeiro turno só não foi campeão ao final da competição em apenas quatro oportunidades.  Nas outras 12, o time que liderou a primeira metade conseguiu sagrar-se campeão nacional.

Leia também: Ronaldinho Gaúcho vai pagar R$ 6 milhões para ter passaporte de volta

No ano passado, por exemplo, o São Paulo liderou nas primeiras 19 rodadas, mas caiu de rendimento nas 19 rodadas restantes e acabou ficando na 5ª colocação. Os outros anos em que o líder do turno não manteve o embalo no returno são 2008 (Grêmio), 2009 (Inter) e 2012 (Atlético-MG).

Os campeões do 1º turno do Brasileirão de pontos corridos e a campanha final:

  • 2003 –  Cruzeiro campeão do 1º turno (47 pontos) – Campeão
  • 2004 – Santos campeão do 1º turno (41 pontos) – Campeão
  • 2005 – Corinthians campeão do 1º turno (42 pontos) – Campeão
  • 2006 – São Paulo campeão do 1º turno (38 pontos) – Campeão
  • 2007 – São Paulo campeão do 1º turno (39 pontos) – Campeão
  • 2008 – Grêmio campeão do 1º turno (41 pontos) – 2º colocado (São Paulo campeão)
  • 2009 – Internacional campeão do 1º turno (37 pontos) – 2º colocado (Flamengo campeão)
  • 2010 – Fluminense campeão do 1º turno (38 pontos) – Campeão
  • 2011 – Corinthians campeão do 1º turno (37 pontos) – Campeão
  • 2012 – Atlético-MG campeão do 1º turno (43 pontos) – 2º colocado (Fluminense campeão)
  • 2013 – Cruzeiro campeão do 1º turno (40 pontos) – Campeão
  • 2014 – Cruzeiro campeão do 1º turno (43 pontos) – Campeão
  • 2015 – Corinthians campeão do 1º turno (40 pontos) – Campeão
  • 2016 – Palmeiras campeão do 1º turno (36 pontos) – Campeão
  • 2017 – Corinthians campeão do 1º turno (47 pontos) – Campeão
  • 2018 – São Paulo campeão do 1º turno (41 pontos) – 5º colocado (Palmeiras campeão)
  • 2019 – Flamengo campeão do 1º turno (42 pontos) – ???
Veja Mais:  Arthur estreia com golaço no Barcelona; Malcom marca nos pênaltis

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Verdão tem trabalho no maior teste com Mano, mas vence a 3ª e sobe

Publicado

Lance

jogador comemora gol arrow-options
Cesar Greco/Palmeiras/Divulgação

Verdão tem trabalho no maior teste com Mano, mas vence a 3ª e sob



Novo vice-líder do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras venceu a terceira partida com Mano Menezes no principal teste desde a chegada do técnico. O triunfo por 1 a 0 no Allianz Parque teve o estilo de jogo que o comandante gosta, mas que ainda apresenta dificuldades em sua implantação.

Durante todo o tempo, o Verdão teve mais posse de bola, só que na primeira metade teve problemas para criar, com lentidão para troca de bola entre os homens de frente e abuso nos cruzamentos. A única finalização no gol antes do intervalo foi decisiva: o gol de Bruno Henrique.

Leia mais: Willian elogia trabalho de Mano no Palmeiras: ‘Tem tudo para dar certo’

O lance do gol foi do jeito que Mano gosta: sem pressa, Dudu passou para Marcos Rocha, que cruzou rasteiro; Luiz Adriano foi mais esperto que a defesa cruzeirense, e o camisa 19 completou para o fundo da rede. Posse de bola, passagem de lateral e conclusão na área, como pede o chefe.

Este foi um balde de água fria no Cruzeiro, que teve duas excelentes chances para abrir o placar, mas Weverton fez importantes defesas em seguida. Após o intervalo, com o Palmeiras mais organizado, o time visitante não conseguiu mais incomodar o goleiro alviverde e sofria seguidos sustos em contragolpes.

Veja Mais:  Sterling levará 550 crianças para assistirem semifinal da FA Cup, em Wembley

Se errou demais as jogadas individuais no primeiro tempo, Dudu deitou e rolou quando ficou fixado no lado direito, na etapa final. Gustavo Gómez, marcando de perto Fred e Sassá, Vitor Hugo e Felipe Melo tiveram grandes atuações.

Depois de vencer Goiás e Fluminense, Mano Menezes enfrentou no sábado o rival mais complicado, comandado por ele até o início de agosto. Com o terceiro triunfo seguido, o time encerra o primeiro turno com 39 pontos e a três do Flamengo, primeiro colocado.

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Com obra-prima de Gabigol, Flamengo bate Santos e leva título simbólico do turno

Publicado

Gabigol e Arrascaeta celebram gol do Flamengo no Maracanã arrow-options
Twitter/Reprodução/Desimpedidos

Gabigol e Arrascaeta celebram gol do Flamengo no Maracanã

Diante de mais de 68 mil torcedores presentes ao estádio do Maracanã , no Rio de Janeiro, o Flamengo venceu o Santos por 1 a 0 e conquistou o título simbólico do primeiro turno do Campeonato Brasileiro.

Leia também: Jorge, do Santos, acusa Jesus, técnico do Fla, de dar tapa em sua cara; assista

Com a vitória em casa, o Flamengo foi aos 42 pontos e ampliou sua vantagem na liderança do Brasileirão, já que o Santos, segundo colocado até o começo da rodada, ficou com 37.

A equipe rubro-negra teve muito mais volume de jogo e posse de bola no primeiro tempo, tanto que foi para o intervalo vencendo com um verdadeiro golaço de Gabigol , encobrindo o goleiro Everson. Na etapa final, o time anfitrião seguiu superior, mas não balançou mais as redes.

Veja no vídeo abaixo a obra-prima de Gabigol:

Na abertura do returno, no próximo final de semana, o Flamengo vai até Belo Horizonte encarar o Cruzeiro, enquanto o Santos recebe o Grêmio. Os dois jogos serão no sábado, dia 21 de setembro.

Flamengo e Santos duelaram neste sábado pelo Brasileirão%2C no Maracanã arrow-options
Celso Pupo / Fotoarena / Agência O Globo

Flamengo e Santos duelaram neste sábado pelo Brasileirão, no Maracanã

Volte em instantes para o relato completo da partida.

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO 1 x 0 SANTOS

Veja Mais:  Sterling levará 550 crianças para assistirem semifinal da FA Cup, em Wembley

Local : Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data : 14 de setembro (sábado)
Horário : 17h (de Brasília)
Árbitro : Braulio da Silva Machado (SC)
Assistentes : Kleber Lucio Gil e Henrique Neu Ribeiro (SC)
VAR : Rafael Traci (SC)
Cartões amarelos : Gustavo Henrique, Lucas Veríssimo, Marinho, Jorge Sampaoli, Cueva, Soteldo (SAN); Gabriel, Bruno Henrique, Jorge Jesus (FLA)
Público : 62.510 pagantes / 68.243 total
Renda : R$ 3.328.050,95

GOL :
Flamengo: Gabriel, aos 43 minutos do 1º tempo

Flamengo : Diego Alves, Rafinha, Rodrigo Caio, Pablo Marí e Filipe Luis (Renê); Willian Arão, Gerson, Éverton Ribeiro e Arrascaeta (Berrio); Bruno Henrique e Gabigol
Técnico: Jorge Jesus

Santos : Everson, Lucas Veríssimo, Lucas Peres (Uribe) e Gustavo Henrique; Victor Ferraz, Alison, Carlos Sánchez (Felipe Jonatan) e Jorge; Marinho, Soteldo e Eduardo Sasha (Cueva)
Técnico: Jorge Sampaoli

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Continue lendo

Câmara Municipal de Rondonópolis

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana