conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Rondonópolis

Cuiabá e Rondonópolis estão entre as 100 cidades do país com mais casos de HIV e Aids

Publicado

Cuiabá e Rondonópolis, a 218 km da capital, estão entre as 100 cidades do país com mais casos de HIV e Aids cada 100 mil habitantes, de acordo com o Boletim Epidemiológico da Secretaria de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde.

Os dois municípios ocupam, respectivamente, a 42ª e 16ª posição no ranking que considera os casos de 2013 a 2017.

O levantamento é divulgado anualmente e apresenta informação sobre os casos de HIV e de Aids no Brasil.

No período analisado, Rondonópolis apresentou taxa de detecção de 61,4 casos e taxa de mortalidade de 12,3, nos últimos três anos. Enquanto isso, Cuiabá registrou 29,7 registros de casos e mortalidade de 9,1 no mesmo período.

Os três primeiros lugares no ranking nacional são ocupados por cidades do Rio Grande do Sul. São eles: Rio Grande, Porto Alegre, Novo Hamburgo.

No Brasil, de 2007 até junho de 2018, foram notificados 247.975 casos de infecção pelo HIV em todo o Brasil. A região Centro-Oeste concentra 8,2% do total de casos.

Estratificação

No período analisado, o grupo de faixa etária que tem maioria dos casos tem entre 20 e 34 anos, com percentual de 52,6% dos casos.

Com relação à escolaridade, no mesmo período, verificou-se um elevado percentual

de casos ignorados (25,6%), o que, segundo o Ministério da Saúde, dificulta uma melhor avaliação dos casos de infecção pelo HIV relativos a esse item.

Veja Mais:  Mãe procura por filhos em Rondonópolis que não vê há quase 50 anos

Já com relação à raça ecor da pele autodeclarada, 46,1% dos casos ocorreram entre brancos e 52,9%entre negros (pretos e pardos, sendo as proporções estratificadas 11,4% e 41,5%, respectivamente).

Da redação com Folhamax

Comentários Facebook

Rondonópolis

Filme rondonopolitano Veneta estréia amanhã

Publicado

Será lançado amanhã (21) no cinema do Rondon Plaza Shopping o filme Veneta, do cineasta Joelson Santos, produzido e filmado em Rondonópolis. O filme tem um elenco principal de seis atores, todos locais, e foi produzido e filmado pela vanguardista “Rocky Fimes”, comandada pelos profissionais Clayton Rezende, Paulo Yoshihara e Willian Oliveira, têm como produtor, o escritor Hermélio Silva.

Foram cerca de dois anos até ficar pronto. Será  exibido em três sessões, a Sessão Première exclusiva para convidados às 12h00, uma Sessão Especial às 13h00, e às 13h30, com os ingressos disponíveis no local 30 minutos antes do início.

“A expectativa está muito grande, todos muito ansiosos, e é maravilhoso poder ver uma obra cinematográfica  sendo exibida no cinema, ainda mais uma cidade como a nossa que não tem um histórico positivo de incentivo a cultura. Eu espero que lançando esse  filme, a gente marque a história na cidade,  esperamos que desperte nas pessoas o desejo em  valorizar a arte, patrocinar, incentivar a quem produz, e que os munícipes sintam-se presenteados em ver Rondonópolis nas telas”, falou Joelson Santos.

SOBRE O FILME

Baseado em uma peça de teatro homônima, o filme Veneta conta a história uma mulher apaixonada que se encontra perdida em seus pensamentos e lembranças de uma dura realidade, vivendo uma trama onde caberá somente a ela descobrir o que verdadeiramente aconteceu com o seu amor.

Veja Mais:  Thiago Silva participa da entrega de títulos de regularização fundiário no Conjunto São José

Porque o homem que ela ama sumiu da sua vida? Para responder essa pergunta ela vai revirar a sua mente e isso vai levá-la a um final inesperado.

O filme conta com roteiro e direção do rondonopolitano formado em direito Joelson Santos, premiado como o melhor ator de teatro de Mato Grosso em 2002 e 2004, e já tem outros filmes na bagagem.

Comentários Facebook
Continue lendo

Rondonópolis

Morador de Tesouro lança livro neste sábado

Publicado

O escritor Raimundo Miranda, morador de Tesouro, Mato Grosso, lança neste sábado (21) a partir das 19h00 no Salão da Igreja Santa Terezinha em Tesouro, o seu primeiro livro de poemas “Pedaços de Saudade”.
A obra tem a produção cultural do escritor rondonopolitano Hermélio Silva, membro e fundador da Academia Rondonopolitana de Letras.
Raimundo Miranda nasceu em Nobres, mas mora em Tesouro desde 1973, ele conta que foram 20 anos de espera para a realização desse sonho, e assim que decidiu concretizá-lo, foram três meses juntando os “pedaços” dos poemas para conseguir transcrever para o papel, foram dias, que muitas vezes ia até as madrugadas,  aproveitando  o silêncio da noite em Tesouro para escrever mais um poema.
“As cinco da manhã eu já estava de pé, firme com uma caneta e um caderno, às vezes a minha velha agenda que era usada para rascunho, começava a escrever mais um poema, parava um pouco, e quando eu via algo que me chamava atenção, uma folha seca caída no chão, um pássaro cantando ou voando, ali nascia mais uma inspiração e eu então aproveitava o momento e voltava a escrever mais um”, disse o escritor.

No livro Pedaços de Saudade, tem uma homenagem ao Grupo das Araras, mulheres tesourenses unidas que alegravam os ambientes das festas memoráveis na cidade de Tesouro, entre elas a Delegada Aparecida Moraes Lopes. Tem homenagem também ao município que o escritor escolheu para viver, o poema por nome Hino a Tesouro é dedicado a todos que nasceram na cidade. Além, das poesias destacando o Rio das Garças e Cachoeira da Fumaça.

Veja Mais:  Thiago Silva participa da entrega de títulos de regularização fundiário no Conjunto São José

Comentários Facebook
Continue lendo

Rondonópolis

João Mototáxi cria projeto que obriga as concessionárias a plantarem árvores

Publicado

Foto: Assessoria

O Projeto de Lei de autoria do vereador João Mototáxi que obriga as concessionárias de veículos automotores de Rondonópolis, a plantarem arvores para a mitigação do efeito estufa, foi aprovado por unanimidade na última Sessão Ordinária (18) da Câmara Municipal de Vereadores.

Está determinado no projeto, que a cada carro novo vendido, a concessionária deve plantar uma árvore, e para cada cinco motos novas vendidas, uma árvore. A finalidade é de ajudar para a formação de corredores florestais entre as unidades de conservação, compensando a emissão do gás carbônico (CO2) que contribui para o efeito estufa. Esse plantio poderá ser feito pela própria concessionária, ou por meio de cooperativas, organizações não governamentais ou empresas privadas que atuam na área ambiental.

O plantio deverá ser desenvolvido em áreas de preservação permanentes, reservas florestais, parques e jardins, corredores ecológicos ou outro ambiente ecologicamente apropriado, observando que na área urbana será feito sob orientação da Secretaria Municipal do Meio Ambiente, e em área rural sob a orientação da Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento, serão essas secretarias que determinarão a quantidade e espécie de árvore a ser plantada.

As concessionárias ligadas a vendas de automóveis e motocicletas também ficam obrigadas a comprovarem o plantio de árvores, conforme a quantidade de carros e motos vendidos no mês, e caso não cumpram a Lei, poderão ser punidas com multa no valor de 70 Unidades Fiscal de Referência (UFR’s) para cada veiculo vendido sem a comprovação da compensação prevista com o plano de plantio.

Veja Mais:  Ecopontos começam a ser transformados em áreas urbanizadas de Rondonópolis

Comentários Facebook
Continue lendo

Câmara Municipal de Rondonópolis

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana