conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Portal Agro

Curso atualiza profissionais da indústria da pesca para atender ao mercado europeu

Publicado

A Secretaria de Aquicultura e Pesca promove, a partir da próxima segunda-feira (15), o Workshop Internacional de Capacitação das Indústrias de Aquicultura e Pesca para o Mercado Europeu. O evento é uma ação conjunta entre o ministério, a Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) e o Sindicato dos Armadores e das Indústrias de Pesca de Itajaí e Região (Sinpi).

As aulas ocorrerão até o dia 19 de julho na sede do sindicato, em Itajaí (SC). Serão ministradas por especialistas internacionais da FAO que abordarão aspectos sobre sanidade e inocuidade dos produtos pesqueiros destinados ao mercado europeu.

O objetivo do workshop é atualizar conhecimentos e práticas do parque industrial brasileiro para que atendam a critérios e normas dos importadores europeus. Isso porque, desde janeiro do ano passado, as indústrias brasileiras de pescado estão impedidas de exportar para a Europa,  principalmente, em função de requisitos de ordem sanitária exigidos dos estabelecimentos industriais na produção e industrialização.

Entre os assuntos que serão abordados estão a implementação de programas de pré-requisitos (PRPs), incluindo rastreabilidade do sistema de análise de perigo e pontos críticos de controle (HACCP) e de projetos adequados das áreas de produção, de infraestrutura de estabelecimento de processamento e de barcos congeladores.

O Workshop é oferecido a 60 participantes indicados por entidades representativas da indústria da aquicultura e da pesca, além de órgãos governamentais relacionados à atividade.

A programação completa do curso pode ser conferida aqui. 

Veja Mais:  EUA vão informar em 3 dias quando virão inspecionar frigoríficos para liberar importação de carne bovina

Mais informações à Imprensa:

Coordenação-geral de Comunicação Social
imprensa@agricultura.gov.br

Fonte: MAPA GOV
Comentários Facebook

Portal Agro

Workshop internacional capacita profissionais da indústria da pesca para atender ao mercado europeu

Publicado

Começou nesta segunda-feira (15), em Itajaí (SC), o Workshop Internacional de Capacitação das Indústrias de Aquicultura e Pesca para o Mercado Europeu. O evento é promovido pela Secretaria de Aquicultura e Pesca, em parceria com a Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO).

A abertura do evento contou com a presença do secretário de Aquicultura e Pesca, Jorge Seif Jr, do representante da FAO no Brasil, Rafael Zavala, do prefeito de Itajaí, Volnei Morastoni, e do presidente do Sindicato dos Armadores e das Indústrias de Pesca de Itajaí e Região (Sindipi), Jorge Neves. 

As aulas ocorrerão até o dia 19 de julho na sede do sindicato e serão ministradas por especialistas internacionais da FAO que abordarão aspectos sobre sanidade e inocuidade dos produtos pesqueiros destinados ao mercado europeu.

“Pedimos o apoio da FAO para que as nossas empresas e indústrias exportadoras estivessem de acordo e preparadas para o novo momento do Brasil e para que estejam de acordo com as normas internacionais de sanidade de peixe. A FAO está aqui com palestrantes internacionais preparando empresas não só de Santa Catarina, mas de todo o Brasil”, disse Jorge Seif Jr.

O objetivo do workshop é atualizar conhecimentos e práticas do parque industrial brasileiro para que atendam a critérios e normas dos importadores europeus. Isso porque, desde janeiro do ano passado, as indústrias brasileiras de pescado estão impedidas de exportar para a Europa,  principalmente, em função de requisitos de ordem sanitária exigidos dos estabelecimentos industriais na produção e industrialização.

Veja Mais:  Secretário de Aquicultura e Pesca viaja a Israel na comitiva do presidente Bolsonaro

Entre os assuntos que serão abordados estão a implementação de programas de pré-requisitos (PRPs), incluindo rastreabilidade do sistema de análise de perigo e pontos críticos de controle (HACCP) e de projetos adequados das áreas de produção, de infraestrutura de estabelecimento de processamento e de barcos congeladores.

O Workshop é oferecido a 60 participantes indicados por entidades representativas da indústria da aquicultura e da pesca, além de órgãos governamentais relacionados à atividade.

Confira a programação completa do curso. 

Mais informações à Imprensa:

Coordenação-geral de Comunicação Social
imprensa@agricultura.gov.br

Fonte: MAPA GOV
Comentários Facebook
Continue lendo

Portal Agro

Valor da Produção Agropecuária é estimado em R$ 602,8 bilhões em 2019

Publicado

O Valor Bruto da Produção Agropecuária (VBP) estimado para 2019, com base nas informações de junho, é de R$ 602,8 bilhões, com acréscimo real de 1,1 % em relação a 2018. A pecuária teve acréscimo de 4,36% em relação ao ano passado e a lavoura ligeira queda (-0,45%). O faturamento é de R$ 398,8 bilhões nas lavouras e de R$ 204,0 bilhões na pecuária.

“Um grupo grande de produtos vem tendo resultados melhores do que no ano passado”, observa o coordenador geral de Avaliação de Políticas e Informação, José Gasques. Destacam-se algodão, 17,2 % de aumento; amendoim, 15,7 %; banana, 21,6 %; batata inglesa, 119,2 %; feijão, 72,9 %; laranja, 11,5 %; mamona, 34,3 %; milho, 18,8 %; tomate, 20,4 %, e trigo, 13,6 %. No grupo, chama atenção o algodão. A Conab em seu Boletim deste mês destaca que os agricultores, diante de boas cotações do pluma, investiram nesta safra, ocorrendo incremento recorde na área plantada, de 36,2 %.

Bons resultados vêm ocorrendo em carne bovina, suína e frango, destaca, o coordenador. “Essa melhoria deve-se especialmente ao mercado internacional favorável às carnes nos últimos 12 meses”, observou, citando como fonte o (Mapa/Agrostat 2019).

Os desempenhos desfavoráveis vêm ocorrendo com arroz ( -6,1%), café ( -24,1%), cana de açúcar(-8,2 %), mandioca (-9,4%), soja ( -13,4%) e uva (-6,6 %). Essas representam 67 % do valor da produção das lavouras. Nos últimos 10 anos, a área cultivada de arroz foi reduzida em aproximadamente 38 %, sobretudo em áreas de sequeiro. Mas houve forte salto de produtividade, estimado pela Conab em 95% entre 2001 e 2018.

Veja Mais:  Governo vai realizar leilão de estoque de milho em 5 de abril

Na pecuária, leite e ovos também têm apresentado valor da produção abaixo do ocorrido no ano passado.
Nesta safra, alguns produtos vêm obtendo acentuados aumentos de preços reais. Pode-se observar na banana, 18 %; batata inglesa, 117%; feijão, 70% tomate, 27,2 %, e carne de frango, 14,1 %.

Os resultados regionais mostram, como em relatórios anteriores, que o Centro Oeste lidera o VBP nacional com estimativa de R$ 174 bilhões, Sul R$ 150,6 bilhões, Sudeste R$ 144,9 bilhões, Nordeste R$ 57,7 bilhões, e Norte R$ 36,7 bilhões.

Acesso o quadro resumo e dados regionais do VBP 

Mais informações à imprensa:Coordenação-geral de Comunicação Social
imprensa@agricultura.gov.br

Fonte: MAPA GOV
Comentários Facebook
Continue lendo

Portal Agro

Texto do Acordo Mercosul – União Europeia

Publicado

Os textos a seguir registram os resultados da negociação do pilar comercial do Acordo de Associação entre o Mercosul e a União Europeia no momento em foi anunciada a conclusão das negociações em Bruxelas, em 28 de junho de 2019. Os textos do acordo, bem como as ofertas de acesso a mercado de bens, serviços e compras governamentais, serão ainda submetidos à revisão legal e formal pormenorizada. Esse texto não possui valor legal.

ÍNDICE

Cláusula de Integração RegionalComércio de BensAnexo sobre Taxas de ExportaçãoAnexo sobre Monopólios de Importação e ExportaçãoAnexo sobre Comércio de Vinhos e Bebidas AlcoólicasProtocolo sobre Regras de OrigemRequisitos Específicos de OrigemCláusula AntifraudeAduanas e Facilitação do ComércioProtocolo sobre Assistência Administrativa Mútua em Matéria AduaneiraBarreiras Técnicas ao ComércioAnexo AutomotivoMedidas Sanitárias e FitossanitáriasDiálogosDefesa Comercial e Salvaguardas GlobaisSalvaguardas BilateraisComércio de Serviços e EstabelecimentoCompras GovernamentaisTransações Correntes e Movimento de CapitaisPolítica da ConcorrênciaSubsídios Empresas EstataisComércio e Desenvolvimento SustentávelTransparênciaPequenas e Médias EmpresasSolução de ControvérsiasAnexos de Solução de Controvérsias

Observação

À luz do crescente interesse do público nas negociações recentemente concluídas entre o MERCOSUL e a União Europeia, os governos dos países do MERCOSUL decidiram publicar os textos do pilar comercial do Acordo de Associação, a fim de garantir tanto o efetivo exercício do direito de acesso à informação pública quanto a transparência da gestão pública.

Veja Mais:  1º Levantamento da safra 2018/2019 será anunciado no Mapa

Esses textos são publicados, no entanto, apenas para fins informativos e podem sofrer modificações adicionais em decorrência do processo de revisão legal a que estarão sujeitos, sem prejuízo dos compromissos assumidos.

Os textos só serão definitivos quando o Acordo for assinado. O Acordo será vinculante para as Partes, conforme o direito internacional, somente após a conclusão dos procedimentos legais internos necessários para a entrada em vigor.

Ressalta-se que a ordem final e a numeração dos capítulos e textos poderão ser alteradas em decorrência da revisão legal do Acordo.

Fonte: MAPA GOV
Comentários Facebook
Continue lendo

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana