conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Política MT

Delegado Claudinei visita Escola Militar Tiradentes de Rondonópolis

Publicado

O parlamentar conheceu a estrutura da escola e busca junto ao governo estadual que este benefício se estenda para o munícipio Jaciara

Foto: Assessoria

 

O deputado estadual Delegado Claudinei esteve em Rondonópolis (MT), nesta segunda-feira (10), para conhecer a estrutura da Escola Estadual da Polícia Militar “Major PM Ernestino Veríssimo da Silva” que iniciou nesta mesma data, as inscrições para o processo seletivo de alunos interessados em estudar na instituição de ensino.

Uma das exigências quanto ao perfil dos estudantes é que tenham até 13, 14 e 15 anos, respectivamente, para serem inseridos nas turmas de 7°, 8° e 9° ano – com 90 vagas para cada série. Outro aspecto é que os interessados não poderão ter no histórico escolar dependências ou matérias reprovadas. “Os interessados em ingressar na escola deverão entrar em contato direto com a assessoria pedagógica até o dia 14 de junho e levarem os documentos de identidade ou certidão de nascimento do estudante. Cópia do responsável e duas fotos 3×4. As vagas são limitadas”, explica o diretor e tenente-coronel Marcos Antônio.

O deputado conta que aproveitou este contato para conhecer a escola e apresentar o projeto que conta também com a articulação do deputado estadual Maxi Russi (PSB) para implantar a Escola Militar, em Jaciara (MT). “Parabenizou o comando da Polícia Militar pelo trabalho e o deputado Sebastião Rezende (PSC) que também lutou muito e apoiou muito para que fosse instalada a escola militar aqui, em Rondonópolis”, conta Claudinei.

Veja Mais:  Projeto do governo sobre incentivos fiscais é aprovado em primeira votação

Jaciara – O parlamentar esteve no mês de abril, no município de Jaciara (MT), para atender as reivindicações dos gestores municipais que possuem o interesse de transformar uma escola municipal que contará com 12 salas de aula e uma quadra poliesportiva, em fase de construção, para Escola Militar Tiradentes para atender toda a região.

A implantação de Escolas Militares Tiradentes envolve uma parceria entre a Secretaria de Estado de Educação (Seduc – MT) e a Secretaria de Estado de Segurança Pública (SESP-MT) por meio da Polícia Militar, em que está integrada com a rede estadual de ensino e oferece um ensino gratuito aos interessados. A metodologia de ensino é aplicada pela polícia militar que levará instruções militares, ensinamentos de disciplina, organização e patriotismo.

Decreto – No início do ano, entrou em vigor o Decreto nº 9.665, de 2 de janeiro, que prevê o modelo cívico militar em escolas de todo o país. Essa lei, assinada pelo presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, permitirá que escolas estaduais e municipais possam aplicar modelos de educação já seguidos em colégios militares do exército, da polícia e Corpo de Bombeiros.

Comentários Facebook

Política MT

Botelho indica ao governo construção de UPAs 24 horas

Publicado


Foto: MAURICIO BARBANT / ALMT

A área de saúde poderá receber investimentos significativos para atender a população de todas as cidades mato-grossenses. É o que prevê as indicações de autoria do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho (DEM), que pede ao governo do estado, a construção de Unidades de Pronto Atendimento – UPAs 24 horas, que também deverão ser devidamente equipadas.

As 141 indicações foram aprovadas em Plenário, no último dia 12, e encaminhadas ao secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo. Dentre elas, estão: 532/2020 que contempla São Pedro da Cipa; a 526/2020 para Santo Antônio do Leste e a 462/2020 para Paranaíta.

O objetivo é proporcionar melhores condições de atendimento aos moradores dos mais distantes rincões de Mato Grosso, inclusive, nas cidades que já possuem unidade, mas que não conseguem atender a grande demanda. 

Conforme Botelho, essas unidades de saúde devem funcionar 24 horas, com atendimento de urgência e emergência. Oferecer exames de raio X, eletrocardiograma, laboratórios, leitos para observação e atendimento pediátrico. 

O parlamentar defende a necessidade desse tipo de atendimento para ajudar a população, prestando os primeiros atendimentos nos casos de natureza cirúrgica e de trauma, estabilizando os pacientes, bem como fazendo o encaminhamento necessário de acordo com a gravidade de cada paciente.

“Por essas razões, conto com o especial empenho do excelentíssimo governador do estado e do secretário estadual de saúde, bem como com a aprovação dos demais pares, para a efetivação do importante pleito”, diz Botelho nas indicações.

Veja Mais:  Deputado quer reduzir em 50% verba indenizatória na ALMT

A prefeita Diane Alves, de Alto Paraguai, uma das cidades que será contemplada, considera a iniciativa importante. Informou que a reforma da UPA já seria um grande avanço. 
“Precisamos de reforma, já temos o projeto aprovado pela Vigilância Sanitária e seria muito importante, tanto a reforma como equipamentos”, afirmou a prefeita.

Da mesma forma, o prefeito de Diamantino, Eduardo Capistrano informou que há necessidade de investimentos no setor. “Precisamos fazer uma reforma no Pronto Atendimento e também em algumas unidade de saúde, além de ambulâncias”, alertou.

 

Fonte: ALMT

Comentários Facebook
Continue lendo

Política MT

Deputado vai intermediar diálogo para solucionar posse em área do Estado

Publicado


Foto: JLSIQUEIRA / ALMT

O deputado estadual Wilson Santos (PSDB) se propôs a intermediar com o governo do estado uma solução para o impasse de moradores do município de Rosário Oeste que ocupam, há 4 anos, um terreno pertencente ao governo do estado. Trata-se do assentamento rural Fonte de Luz que atualmente abriga mais de 80 famílias que produzem diariamente frutas e verduras para abastecer o pequeno e médio comércio de Rosário Oeste e de outros municípios próximos.

A Procuradoria Geral do Estado (PGE) ingressou com uma ação de reintegração de posse no Poder Judiciário. Porém, ainda não foi julgada.

Diante disso, o deputado Wilson Santos, durante audiência pública realizada no Cinema Municipal de Rosário Oeste, se comprometeu em intermediar um diálogo dos moradores do assentamento rural com representantes do poder Executivo.

“Não se pode menosprezar essas famílias que estão produzindo alimentos, abastecendo a comunidade e ganhando seu próprio sustento de forma honesta. Numa democracia, a solução mais eficiente para o impasse é o diálogo. E estou disposto a contribuir com a população de Rosário Oeste para resolver impasse”, disse.

O vereador Paulo Augusto Gomes de Souza (PL) agradeceu ao empenho do deputado Wilson Santos. “É um apoio importante de um membro do Legislativo que é experiente e tem conhecimento e competência para nos auxiliar a resolver este impasse que tanto deixa aflita as pessoas mais pobres”.

Veja Mais:  Avallone propõe que recursos recuperados pela CPI sejam destinados integralmente à saúde pública

O morador Narciso Cruz Silva informou que as famílias estão lutando para conquistar a regularização fundiária e assim ter o título da propriedade a ser emitida pelo Intermat (Instituto de Terras de Mato Grosso).

“É uma forma de a gente ter mais segurança para usufruir da própria moradia e continuar trabalhando. Somos pessoas de baixa renda, sem emprego fixo e que suamos muito a camisa para ter o pão de cada dia”, ressaltou.

Fonte: ALMT

Comentários Facebook
Continue lendo

Política MT

Deputado visita municípios afetados pelas chuvas na região oeste

Publicado


Checando os estragos com o prefeito Eduardo Vilela e o vice-prefeito Mirim

Foto: ROSE DOMINGUES

As chuvas intensas nos últimos dias afetaram diversos municípios da região oeste de Mato Grosso, onde pontes ficaram submersas pela água e parte do asfalto desmoronou em diversos trechos das rodovias. Um exemplo é a MT-248, entre Araputanga e Jauru e em Figueirópolis D’Oeste, que deixou a população ilhada durante o feriado de carnaval. 

Diante da gravidade da situação, o deputado estadual Dr. Gimenez (PV) foi pessoalmente nesta semana conferir a gravidade dos problemas para pedir apoio emergencial ao governo do estado. “Nós já fizemos contato com a Defesa Civil e a Sinfra (Secretaria de Infraestrutura) que garantiram o envio de equipes para o local”. 

Na MT-248, de Araputanga a Jauru, há alguns trechos perigosos onde o asfalto cedeu e foi levado pela enxurrada, ainda existe risco de deslizamento. Mais a frente, em Figueirópolis D’Oeste, os estragos foram até maiores. Dr. Gimenez conseguiu gravar e fotografar as inundações que cobriram pontes e estradas de terra entre as propriedades e também o asfalto da rodovia. 

“A situação é muito grave, precisamos da liberação de recursos do governo federal imediatamente, por isso, já falamos com alguns deputados federais para sensibilizar para o problema e também conversei com o superintendente da Defesa Civil. Vamos continuar acompanhar a situação”, afirma o parlamentar.

Além de prejuízos à população local, que não tem conseguido se locomover em diversos locais, a situação poderá impactar a economia da região, tendo em vista que está impedindo o trânsito entre as propriedades rurais, sendo que algumas delas estão totalmente ilhadas por causa de pontes que foram destruídas pelas chuvas. Alguns trechos que ligam à MT 248 ficaram totalmente submersos pela água

Veja Mais:  Projeto do governo sobre incentivos fiscais é aprovado em primeira votação

Foto: ROSE DOMINGUES

Em Figueirópolis D’Oeste, o prefeito Eduardo Vilela, disse que não conseguirá reverter os problemas apenas com a estrutura do município e pede ajuda do Estado. “Estamos em estado de alerta e já não sabemos o que fazer caso a situação persista, se as chuvas continuarem, pedimos socorro”.
  Municípios aguardam apoio do governo do Estado para situação de emergência

Foto: ROSE DOMINGUES Algumas pontes entre Araputanga, Jauru e Figueirópolis D’Oeste desabaram e propriedades rurais ficaram isoladas

Foto: ROSE DOMINGUES

Fonte: ALMT

Comentários Facebook
Continue lendo

Câmara Municipal de Rondonópolis

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana