conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Rondonópolis

Demandas variadas podem ser encaminhadas à Ouvidoria da Prefeitura de Rondonópolis

Publicado

Foto – Ouvidoria

Com uma sala no Paço Municipal, a Ouvidoria da Prefeitura de Rondonópolis é espaço de participação do cidadão e de interação entre o Poder Público e a sociedade. Por meio dessa ferramenta, é possível conhecer as necessidades e anseios da população e saber como o público avalia os serviços prestados.

Diversas manifestações são recebidas pela Ouvidoria abordando situações referentes a vazamento de água, esgoto, fossa aberta, bueiro entupido, terreno sujo, IPTU, obra irregular, obstrução de calçada, comércio sem alvará e qualidade do atendimento prestado à população, entre outras circunstâncias do dia a dia.

Quanto ao teor das contribuições, estas podem ser sugestões – que propõem novas ações e dão ideias – ou reclamações – que apontam o que deve ser melhorado ou modificado. Ainda é possível fazer denúncias – que ajudam o Poder Municipal a fiscalizar a ordem pública – e elogios – que são um incentivo e indicam onde a Administração está acertando, além de motivá-la a continuar com a boa prática e, até, aperfeiçoá-la. Quem precisar de qualquer informação também pode ligar para a Ouvidoria.

Ao receber a comunicação, a Ouvidoria faz a mediação, entrando em contato com o setor responsável pelo assunto tratado. No momento da participação, a pessoa deixa seu número de telefone ou e.mail para que possa receber um retorno e também pode indicar se deseja que seu nome seja identificado ou não ao documento que será encaminhado ao respectivo departamento. Assim que a questão é resolvida a Ouvidoria liga para o comunicante para confirmar sua solução.

Veja Mais:  UBS do Jardim Paineiras vai atender cerca de 1,2 mil famílias

No momento em que for transmitir a mensagem, é importante que o indivíduo forneça a maior quantidade possível de detalhes sobre o fato. Quando se tratar de terrenos, por exemplo, é fundamental informar nome da rua e número do lote ou edificação. Se quiser, o cidadão pode apresentar fotos.

Para falar com a Ouvidoria, basta ligar para os telefones 0800 647-2244, 3411-3549 ou 9 8438-1536, de segunda à sexta-feira, das 8h às 11h e das 12h às 18 horas. Aqueles que preferirem fazer o registro por escrito, podem utilizar o e.mail ouvidoriamunicipalrondonopolis@gmail.com. E, quem quiser comparecer pessoalmente, pode se dirigir à Avenida Duque de Caxias 1.000, Vila Aurora, entre 12h e 18 horas.

Comentários Facebook

Rondonópolis

Guinancio convoca secretária de Receita a prestar esclarecimentos na Câmara

Publicado

Foto: Assessoria

O vereador Subtenente Guinancio (PSDB), apresentou nesta quarta-feira (20), durante a Sessão Ordinária, um requerimento em que pede a presença da secretária de Receita do município, ex-diretora administrativa e financeira da Coder, Erazilene Valentim Silva a prestar esclarecimentos no Plenário da Câmara sobre a emissão de alvarás de uso de solo.
Ela deve comparecer à Casa de Leis na próxima quarta-feira (27).
“O vereador está respaldado pelo voto, o cidadão confiou nele, por isso temos que cobrar e fiscalizar. Como membro da CCJ da Câmara defendo a democracia, o Estado Democrático de Direito e a separação dos poderes, então cada um deve saber o seu limite e responder pelos seus excessos”, afirmou o vereador ao explicar que a equipe da secretária não quis receber o vereador Roni Magnani para esclarecer assuntos relativos ao tema objeto da convocação.
“A tripartição dos poderes precisa ser respeitada, por qualquer autoridade”, concluiu o parlamentar.

Comentários Facebook
Veja Mais:  Prefeitura lança obra de escola de Educação Infantil e faz entrega de 500 contratos de imóveis
Continue lendo

Rondonópolis

Sanear realiza obra para melhorar o abastecimento de água nos bairros Parque São Jorge e Sagrada Família

Publicado

Foto: Assessoria

Os moradores do Parque São Jorge e Sagrada Família estão recebendo uma obra que vai melhorar o abastecimento de água na região. Uma nova rede está sendo construída na Avenida W-11, bem como em outras ruas do bairro Parque São Jorge, e esta vai abastecer as residências daquela comunidade. A rede que já existia e abastecia ambos os bairros, agora vai atender exclusivamente o bairro Parque Sagrada Família.

A ideia é equilibrar o abastecimento na região e melhorar o atendimento nos bairros citados. A obra, que começou no dia 18 de março, está sendo feita com recursos do Programa de Aceleração do Crescimento – PAC I, e em abril deve ser entregue para mais de 1300 famílias daquela região.

O diretor técnico da autarquia, Hermes Ávila, pede que a população tenha paciência e atenção ao transitar pela W-11 e demais vias do bairro Parque São Jorge e também pede a compreensão dos moradores quanto ao transtorno que a obra irá causar. “Nosso intuito é melhorar o abastecimento na região e para isso foi necessário realizar a instalação de uma nova rede. Para tanto, as redes já existentes terão que ser interligadas a nova e isso vai obrigar a equipe a desligar, por um período, o abastecimento das casas. É uma obra rápida, mais que trará um resultado significativo para os moradores”, concluiu.

Comentários Facebook
Veja Mais:  Sispmur acusa secretária de educação de colocar empecilhos na eleição dos diretores em descumprir decisão judicial
Continue lendo

Rondonópolis

Prefeitura leva ações integradas para moradores da Aldeia Tadarimana

Publicado

A população indígena residente da Aldeia Tadarimana se reuniu na tarde desta terça-feira (19) para receber informações sobre saúde, convivência familiar e em comunidade e boas práticas de agricultura de subsistência. O conteúdo foi repassado por gestores e técnicos das Secretarias Municipais para melhorar a qualidade de vida dessa população e também contribuir para a produtividade dos alimentos cultivados por eles.

Famílias inteiras se juntaram no galpão central da aldeia para ouvir as instruções da equipe intersetorial envolvida nesse projeto. Uma representante da Secretaria Municipal de Saúde falou sobre temas referentes à saúde mental. A Secretaria Municipal de Agricultura e Pecuária enviou um agrônomo e um técnico agrícola para auxiliar os indígenas a melhorarem o cultivo e também tirar dúvidas.

O programa Criança Feliz foi um dos destaques que a Secretaria Municipal de Promoção e Assistência Social levou para a população indígena fazendo o acompanhamento das gestantes, dos recém-nascidos e das crianças até três anos de idade. As famílias foram cadastradas e receberam do município uma cesta básica para o colaborar na alimentação das famílias.

“Fazemos um trabalho intersetorial, falamos sobre o cuidado com as crianças nos primeiros anos de vida, o convívio e a proteção familiar tudo em consonância com a cultura indígena, respeitando a cultura deles”, comentou a secretária de Promoção e Assistência Social, Márcia Rotilli.

A cada quinze dias a equipe da Promoção Social estará na aldeia para fazer o acompanhamento e o fortalecimento do vínculo familiar e a equipe da Saúde vai avançar com o trabalho contra o tabagismo e alcoolismo.

Veja Mais:  Novo presidente do Sistema Fiemt visita Rondonópolis neste sábado

Comentários Facebook
Continue lendo

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana