conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Curiosidades

“Depois de três anos casada, meu marido saiu do armário”, relata fisioterapeuta carioca

Publicado

Foto: Reprodução

Do site Maria Claire – “Sempre fui uma menina romântica, que sonhava em me casar e formar uma família. Fui criada pela minha avó com muita rigidez. Durante a adolescência, só tive namoros longos. No fim de 2009, quando me formei em fisioterapia, aos 22 anos, conheci Rafael, que era enfermeiro no hospital em que eu trabalhava. Ele era carinhoso e me pareceu uma pessoa boa, sensata. No início, não fiquei interessada, mas ele insistiu tanto para sair comigo que acabei cedendo — parecia realmente apaixonado por mim. Depois de alguns encontros, começamos a namorar.

Pouco depois, no entanto, comecei a ouvir comentários relativos à sua sexualidade. Muita gente dizia que ele parecia ser gay, mas não dei bola. Era muito nova ainda e não percebia nada demais nas atitudes dele. Mas como o povo não parava de fazer piadinhas maldosas, resolvi conversar com ele sobre o assunto. Ele negou de pé junto, disse que se tratava de pura inveja e intriga da oposição. Como já estava totalmente envolvida, acreditei nele

Em janeiro de 2010, na volta de uma viagem para praia, ele me pediu em casamento. Fiquei surpresa, nem estávamos a tanto tempo juntos… Ele alegou que nós dois já vínhamos de relacionamentos anteriores longos e por isso não deveríamos esperar muito tempo para subir ao altar. Quatro meses depois, nos casamos. Com vestido de noiva, igreja, festa e tudo mais que tínhamos direito. Passamos a lua de mel em Buenos Aires, foi um sonho. Tudo parecia perfeito no primeiro ano de casada. Vivíamos superbem, estávamos entrosados na cama e fora dela.

Exatamente um ano depois do nosso casamento, em maio de 2011, nasceu nossa primeira filha. Nessa mesma época, minha sogra faleceu de câncer. E os problemas começaram a aparecer.

Veja Mais:  Mulher contrai infecção e fica com orelhas deformadas após colocar piercings

A chegada de nossa segunda filha, em março de 2012, coincidiu com sua brusca mudança de comportamento comigo. Rafael dizia que eu havia engravidado de propósito, como se isso fosse algum castigo. Com isso, começaram as agressões verbais, as brigas, o descaso e o abandono. Ele começou a chegar muito tarde em casa, inventava mil plantões no hospital, falava que estava sempre trabalhando. Nessa época, pedi demissão para cuidar das meninas e mergulhei numa depressão profunda.

Nas duas gestações engordei bastante, desenvolvi hipertensão e hiperêmese gravídica (uma complicação da gravidez que causa vômitos e sensação de desmaio), chegando até a ficar internada muitas vezes. O descaso dele era tanto que, quando nossa segunda filha nasceu, ele não queria pegar a criança no colo. Dizia que seu choro era chato, irritante e ainda que ela era feia. Era uma total rejeição absoluta. Nossa relação ia de mal a pior, nem sexo nós fazíamos mais. Me lembro que ele me humilhava de todas as formas, vivi o caos!

Em dezembro de 2012, minha caçula teve uma pneumonia e ficou internada. Quando teve alta, ele pediu a separação. Até então, éramos da igreja e frequentávamos os cultos evangélicos. Desesperada, recorri ao pastor que fez com que ele voltasse atrás. Mantivemos o casamento, mas ele sempre inventava plantões atrás de plantões para justificar sua ausência em casa. E continuava sem me tocar. A relação homem e mulher já não mais existia. Eu suportava isso por causa das crianças, mas não era fácil.

Em fevereiro de 2013, após voltar de um culto na igreja, peguei seu telefone enquanto ele dormia — dias antes, vi Rafael digitando sua senha de bloqueio. Algo dentro de mim dizia que ali descobriria o que o fez se afastar de mim e da nossa família. Não deu outra. Haviam várias trocas de mensagens dele com outro homem. Fiquei chocada! Constatei que ele havia me traído com um cara e que, inclusive, os dois tinham viajado juntos para praia. Percebendo que eu estava demorando no banheiro e que seu telefone não estava mais ao lado da cama, ele começou a esmurrar a porta para que eu abrisse. Dei um ‘print’ em tudo, encaminhei para o meu celular e abri a porta.

Veja Mais:  Sogra descobre que não terá netos e pede reembolso pelo casamento do filho

Sem saída, Rafael confessou a traição. Disse então que aquela não tinha sido a primeira vez, mas que nunca havia tido coragem de me contar. Ainda teve a cara de pau de dizer que podíamos manter o nosso casamento, mas que continuaria saindo com outros homens. De acordo com suas próprias palavras, por causa da provável desaprovação da mãe, ele já havia reprimido esse desejo por muito tempo.

Fiquei em estado de choque. Passei dias sem comer nem tomar banho. Paralisada em frente à TV assistindo àqueles programas evangélicos, na esperança de que tudo aquilo fosse um pesadelo. Minha mãe teve que buscar minhas filhas, estava totalmente fora de mim, não tinha condição alguma de cuidar delas. Não conseguia aceitar. Depois de três anos casada, meu marido havia saído do armário.

Depois disso, ele me pediu um prazo para sair de casa, organizar sua vida e procurar um canto pra viver. Nesse período, foram sumindo várias coisas sem que eu percebesse. Os presentes que havíamos ganhado no casamento desapareceram. E, como se não bastasse toda a humilhação de ser trocada por um homem, o safado ainda começou a me difamar no Facebook, no hospital onde eu trabalhava… Dizia a todos que estávamos nos separando porque eu o havia traído com meu ex noivo, pode?

Se passaram dois meses até eu sair do choque, mas esse dia chegou. Aí dei um basta! Expulsei Rafael de casa. Ele foi, mas me deixou com as dívidas que fez em meu nome enquanto éramos casados. Algumas pago até hoje, seis anos depois de separada, como a de um carro que ele comprou e não pagou. Acredito que ele só pague a pensão das meninas por medo de ir preso. Raramente dá algum presente para elas.

Veja Mais:  Quando – e por que – o rosa se tornou cor de menina?

Elas sabem que o pai é gay, não gosto de esconder nada das minhas filhas. Já estão com sete e oito anos e passam os fins de semana com Rafael a cada 15 dias. Parece que agora ele se assumiu mesmo. Menos mal!

Há dois anos, descobri como é ser amada e respeitada por um homem. Reencontrei o Leonardo, meu primeiro namorado ainda da época escola. Ele é marceneiro e me adicionou nas redes sociais após minha separação. Na época, comprei um armário novo para o quarto das meninas e chamei ele para montar. Começamos a nos falar sempre, até que marcamos um jantar. Nunca mais nos largamos. Depois de dez meses, ele veio morar comigo.

Em dezembro de 2017, já estava divorciada e nos casamos no civil. De véu e grinalda, com festa, tudo como manda o figurino. Leonardo, meu atual marido, é um supercompanheiro, íntegro e sincero. E se dá muito bem com minhas filhas.  O filho dele Patrick, de 14 anos, também mora com a gente. Ele tem síndrome de ‘Gorlin-Goltz’, uma doença rara que atrapalha o desenvolvimento, e perdeu a mãe ano retrasado.

Também voltei a estudar, estou no terceiro período de direito. Quero ser advogada para ajudar todas as mulheres que passam por situações humilhantes, como eu. Tive alta da terapia, e não tenho mais vergonha do que vivi. Tudo foi muito doído, mas me fez crescer imensamente e me tornar a mulher forte e determinada que sou hoje.”

Comentários Facebook
publicidade

Curiosidades

Confusão! Noiva adia casamento e dá “calote” de R$ 120 mil em convidados

Publicado

source

Uma noiva está causando a maior confusão com os amigos e familiares após revelar que ela e o noivo adiaram o casamento. Isso porque ela também afirmou que o casal não irá devolver os 30 mil dólares (R$ 120,663 mil) que os convidados doaram para ajudá-los com os gastos — além de pedir mais dinheiro para bancar a segunda cerimônia.

Leia também: Noiva cobra R$ 6 mil por convidado, briga com parceiro e cancela casamento

noiva surtada segurando dinheiro
shutterstock

Após anunciar que estava adiando o casamento, a noiva afirmou que gastaria o dinheiro doado na lua e mel

A história viralizou no Reddit , depois que uma das convidadas compartilhou capturas de tela do Facebook, onde a  noiva , identificada como Pam, anunciou que iria adiar o casamento .

“Depois de muito refletir sobre isso e de uma conversa cheia de lágrimas com os nosso familiares mais próximos, nós decidimos cancelar o casamento. Vamos avisá-los quando estaremos em uma boa situação para marcar outra data.”

“Queremos agradecer cada um de vocês pelas generosas doações adiantadas. Vocês acreditam que conseguimos arrecadas 30 mil dólares? Inacreditável! Não se preocupem,  o dinheiro que vocês doaram não será gasto em vão, mas iremos usá-lo para uma lua de mel, que acontecerá em alguns meses”, escreveu Pam.

Segundo ela, o casal está planejando a segunda cerimônia para “depois que eles reconquistarem estabilidade financeira e acalmarem os corações com a lua de mel”, afirmando que vai ser “muito melhor” do que o cancelado.

Veja Mais:  Sucuri de 6 metros é capturada em MT

“Vamos reabrir a doação para quem quiser dar mais presentes. Casamentos são caros! Nós não poderíamos chegar tão longe sem vocês. Por favor, fiquem ligados! Também estou atualizando nosso registro de presentes na Amazon, se alguém quiser nos dar algo para a lua de mel.”

“Se alguém tiver ideias de destinos, por favor, mandem mensagens para mim ou para o Edward. Não fiquem tristes, o novo casamento vai ser ótimo”, finalizou.

Leia também: Noiva reclama que presente de casamento de R$ 1 mil “não foi o suficiente”

Convidados ficaram revoltados com anúncio

Nos comentários da publicação, os convidados acharam “absurdo” os noivos não devolverem o dinheiro que arrecadaram depois do cancelamento. “Isso é algum tipo de brincadeira? Depois de juntar 30 mil dólares vocês decidem usar tudo com vocês?”, perguntou um familiar do noivo.

Uma amiga levou o anúncio (mais ou menos) na brincadeira. “O que eu te falei sobre beber álcool durante o dia? Mas, falando sério, o casamento foi mesmo cancelado? Eu já pedi minha folga para a data de 1º de dezembro, que é em menos de um mês”, completou.

“Eu tirei uma semana de folga do trabalho, doei 100 dólares (R$ 399) para o seu casamento e você bem me dizer que vai usar 30 mil dólares para uma lua de mel antes do casamento? Você está louca? Você consegue a grana e diz ‘hasta la vista’ para os seus amigos e familiares? (…) E depois… A cereja do bolo: você tem a audácia de pedir mais presentes?”, reclamou um amigo.

Veja Mais:  Jovem acreditava que namorado estava morto — até reencontrá-lo dois anos depois

Um tio da noiva ficou ainda mais revoltado com a situação e afirmou que iria tomar medidas legais se não recebesse o dinheiro de volta. “Você não está respondendo minhas mensagens então vou te dizer: você vai me devolver minha mais que generosa doação de 12 mil dólares (R$ 47,9 mil), que fiz em nome da minha família. Se até 13/11/2019 eu não ver esse dinheiro na minha conta, vou precisar ver você no tribunal. Isso é inaceitável.”

Leia também: Noiva exige pagamento de R$ 865 para confirmar presença em casamento 

Noiva se defende de acusações

A noiva também comentou no post, defendendo a decisão. “Vocês estão fazendo eu me sentir muito atacada. Vocês escolheram doar o dinheiro para mim. Se eu quiser usar o dinheiro, quem liga? Eu disse que o casamento está sendo adiado, não cancelado”, disse.

Em outro comentário, ela também afirma que soube que as capturas de tela viralizaram no Reddit e que não vai atender ligações ou responder mensagens, pois precisa de uma semana “de folga” para organizar a vida. “Preciso me recuperar totalmente do trauma emocional que aguentei por causa dos ataques da minha própria família e amigos.”

“Enquanto isso, por favor, considere doar itens de spa ou cuidados pessoais no endereço da minha casa se você realmente se preocupa comigo. Perdemos quase 3,5 mil dólares (R$ 13,9 mil) em despesas médicas e gostaríamos que os membros mais ricos da família considerassem as doações como cortesia”, finalizou.

Veja Mais:  Mulher contrai infecção e fica com orelhas deformadas após colocar piercings

A tia da noiva respondeu, afirmando que quer a doação de 3,5 mil dólares de volta “em depósito ou cheque” e que “não vai para casamento nenhum”. A mãe de Pam também ficou chateada com a repercussão, afirmando que a moça “deixou as emoções tomarem conta”. “Eu sou sua mãe, se você não me responder, vou até a sua casa”, brigou.

E aí, o que você acha sobre essa polêmica? Opine abaixo:

Fonte: IG Delas
Comentários Facebook
Continue lendo

Curiosidades

Madrinhas fazem foto inusitada em casamento e chocam web: “desnecessário”

Publicado

source

O que poderia ser apenas uma piada entre madrinhas de casamento e a noiva, tornou-se motivo para muitas reações muito negativas nas redes sociais. As críticas vieram após uma publicação – feita pela própria noiva no Facebook – da foto na qual as mulheres mostram “mais do que deveriam”.

Leia mais: Noiva cadeirante emociona ao entrar caminhando em casamento; veja vídeo

casamento
Reddit / Reprodução

Madrinhas fazem foto considerada imprópria

Na foto, a noiva e uma das madrinhas aparecem encarando a câmera da maneira tradicional. Algumas madrinhas, porém, escolheram “inovar” na pose, levantando parte dos  vestidos e deixando o bumbum à mostra.

Após a primeira publicação, que foi excluída, a foto foi parar na rede Reddit, mas sem mostrar o rosto das envolvidas. “Desnecessário e estranho”, disse um internauta nos comentários. “Ew… que nojento!”, disse outra.

Apesar do choque inicial, alguns usuários saíram em defesa das madrinhas , alegando que tudo não passou de uma brincadeira. “Vamos lá, pessoal, são só algumas bundas”, disse uma mulher que considerou a foto “corajosa”.

Outro usuário ainda especulou sobre uma possível exposição indevida da foto: “Parece o tipo de imagem feita para ser enviada apenas por amigos e que foi parar no Facebook sem querer”.

Fonte: IG Delas
Comentários Facebook
Veja Mais:  Jovem acreditava que namorado estava morto — até reencontrá-lo dois anos depois
Continue lendo

Curiosidades

Jovem acreditava que namorado estava morto — até reencontrá-lo dois anos depois

Publicado

source

Pode parecer história de novela, mas uma mulher da Austrália reencontrou o ex-namorado (vivo) que ela acreditava estar morto. Não, você não leu errado. Rachel, de 20 anos, e o rapaz, que não teve a identidade divulgada por razões legais, terminaram há cerca de dois anos e, meses depois, ela soube que ele havia morrido. Notícia que, agora, ela descobriu ser falsa.

Leia também: Mulher desabafa na web após namorado fazer uma confissão para ela: “Chateada”

mulher chocada
shutterstock

Rachel diz ter ficado ‘em choque’ quando viu o ex-namorado dois anos depois de saber que ele tinha morrido

Em entrevista ao portal local ABC.net.au , Rachel conta que viu o ex- namorado trabalhando em um restaurante e muito vivo. Apesar de não conseguir descobrir o motivo pelo qual ele tenha inventado tal mentira, os dois tiveram um término conturbado.

Segundo ela, os dois se conheceram quando ela tinha 18 e, na época, o rapaz trabalhava como chef de cozinha em um restaurante. No início, ela o achava “muito legal” e o relacionamento fluiu bem até ele perder o emprego e pedir dinheiro emprestado para a namorada.

Eles terminaram alguns meses depois. Ela havia recebido parte da dívida antes desse término, mas afirma que ele se recusou a pagar o restante depois, além de parar de atender ligações e responder as mensagens dela nas redes sociais.

Veja Mais:  Sogra descobre que não terá netos e pede reembolso pelo casamento do filho

Tudo mudou, porém, quando os amigos dele a informaram que os móveis da casa em que o ex morava estava “sumindo”. “Os móveis tinham sumido, a cama tinha sido levada, tudo sumiu. A história que me contaram é que ele havia ido para uma clínica de reabilitação”, conta Rachel.

Antes que tivesse tempo de verificar se o rapaz realmente estava internado, ela recebeu uma mensagem da mãe do ex , afirmando que ele tinha morrido. “Lembrando agora parece muito estúpido, mas eu não tinha nenhum motivo para questioná-la. Se me ligam e dizem que alguém morreu, eu não tenho porque pedir o atestado de óbito”, comenta.

Leia também: Mulher cria perfil falso e testa fidelidade do namorado ao enviar mensagens

Reencontro inesperado com ex-namorado

Dois anos depois, a história teve um desfecho inesperado. Rachel voltou à cidade natal, onde conheceu o ex, e acabou reencontrando o rapaz em um restaurante. Para a surpresa da jovem, ele estava vivo e trabalhava no local. “Fiquei em choque”, lembra.

Antes que pudesse questioná-lo sobre a “morte”, um segurança pediu que ela se retirasse do estabelecimento. Insegura sobre o que fazer, ela conversou com os funcionários, que disseram não ter como ajudá-la, porque era “a palavra dela contra a dele”.

Leia também: Jovem descobre que amiga dá em cima de namorado e arma plano para flagrá-la

Veja Mais:  Mãe assusta filho combronzeamento artificial que deu errado: “Virei o Hulk”

Na mesma noite, a ex-sogra de Rachel entrou novamente em contato com ela, dessa vez para reclamar que a jovem havia “feito uma cena” no restaurante e que o filho dela foi demitido. A saga só deixou a jovem com ainda mais dúvidas sobre o ex- namorado “voltar a vida” e ela diz que gostaria de conversar com ele. “Eu tenho uma ou duas perguntas”, admitiu.

Fonte: IG Delas
Comentários Facebook
Continue lendo

Câmara Municipal de Rondonópolis

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana