conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Política MT

Deputado lança projeto de artesanato no bairro Lúcia Maggi em Rondonópolis

Publicado

Foto: Assessoria

O deputado Thiago Silva – MDB lançou nesta semana, em Rondonópolis, mais um núcleo do projeto Flor do Cerrado, para qualificação de mulheres de todas as idades, com cursos gratuitos de crochê e pintura em tecido.

A inciativa do parlamentar já foi implantada na Associação dos Moradores dos bairros Jardim Eldorado, Mirassol, Santa Fé e Copacabana e na Vila Olinda/Ana Carla e agora passa a atender também no bairro Lúcia Maggi.

O parlamentar esteve presente na aula inaugural, no centro comunitário do bairro e ficou surpreendido com a quantidade de inscritas. “Fico muito feliz de logo no primeiro dia saber que boa parte das vagas já foram preenchidas. São mulheres em busca de oportunidades de qualificação que contribuam para a renda familiar. Esse interesse motiva, e com toda certeza vamos ampliar o Flor do Cerrado para outras comunidades e municípios”.

A líder comunitária do Lúcia Maggi, Eliane Martins dos Santos agradeceu pela implantação do Flor do Cerrado no bairro e afirmou que é  grande o volume de interessadas, e isto é fruto do sucesso obtido nos polos anteriores. “Ficamos sabemos que o trabalho foi bem-sucedido nos outros bairros e as alunas rapidamente começaram a produzir suas peças. Eu sei o quanto esse tipo de trabalho é importante. Foi através de um curso gratuito como esse que consegui tirar o sustento da minha casa por muito tempo. Tenho certeza que todas aqui farão bom proveito das aulas e vão produzir, comercializar e fazer renda para seus lares. Agradeço muito o deputado Thiago Silva pela sensibilidade em desenvolver esse belo trabalho”.

Veja Mais:  Secretário de Finanças destaca avanços durante a gestão

O projeto funcionará três vezes por semana, cada curso terá duração de 30 dias, com direito a certificação. “Vamos começar do zero e avançar a produção até o que chamamos de profissional. Todo o material é nosso, nada é cobrado dos nossos alunos. A única que não abrimos mão é a dedicação e presença nas aulas”, pontua a professora Maura Silvério

O projeto Flor do Cerrado é mais um exemplo do destacado trabalho do deputado estadual Thiago Silva, que tem pautado suas ações na educação, qualificação e renda dos mato-grossenses.

Comentários Facebook
publicidade

Política MT

Assembleia Legislativa aprova moção em apoio ao serviço social do INSS

Publicado

Foto: Ronaldo Mazza

A Assembleia Legislativa aprovou uma moção de solidariedade aos assistentes sociais do serviço social do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS), proposta pelo deputado estadual Lúdio Cabral (PT). O serviço social do órgão corre o risco de ser extinto pelo governo federal, como parte das medidas de precarização do trabalho previstas na Medida Provisória 905/2019, que cria o programa Verde Amarelo. A MP traz, entre outras medidas, a revogação do trecho da lei que trata do serviço social no INSS. Com isso, o atendimento presencial, feito por assistentes sociais, pode ser extinto para dar lugar ao atendimento exclusivamente via internet.

“Acaba restringindo o atendimento presencial no INSS. As pessoas mais humildes, com baixa escolaridade, idosos, pessoas com deficiência, a parcela mais vulnerável da população, têm mais dificuldade de lidar com essas ferramentas digitais”, disse Lúdio. 

Na tribuna, ele leu uma carta redigida por assistentes sociais pedindo apoio aos deputados e a todos que podem trabalhar para impedir que essa medida provisória se torne permanente e o serviço social do INSS seja extinto. Para se tornar lei, a MP precisa ser aprovada no Congresso Nacional. Lúdio citou, na justificativa, que o INSS tem 1.596 assistentes sociais em seu quadro de funcionários espalhados por todo o Brasil, que realizaram mais de 632 mil atendimentos a usuários, somente nos dez primeiros meses de 2019.

Veja Mais:  Fávero articula recursos para nova escola no Dom Aquino

“Nós mediamos a relação entre o usuário e o INSS. Atendemos uma população de excluídos digitais, pessoas com baixa escolaridade, idosos, pessoas com deficiência, trabalhadores rurais. A relação que hoje mediamos será atravessada. Para conseguir atendimento, essas pessoas vão recorrer a atravessadores ou a advogados”, disse Elenilva Maria da Costa, assistente social do Serviço Social do INSS e membro da Comissão Nacional de Assistentes Sociais do Fenasps (Conasf).

Entre as atividades desenvolvidas pelo serviço social do INSS, está a socialização de informações individuais, de forma presencial na agência do INSS, e coletivas, em associações, grupos de idosos, escolas e faculdades, rede socioassistencial, sindicatos de trabalhadores, entre outros; avaliação social para concessão de aposentadoria para pessoa com deficiência e do benefício de prestação continuada (BPC) às pessoas com deficiência; parecer social para caracterização de união estável, de comprometimento de renda, de dependência econômica e de intercorrências sociais da doença; além de visitas domiciliares, estudo exploratório de instituições sociais, visitas técnicas institucionais e outras atividades.

Fonte: ALMT
Comentários Facebook
Continue lendo

Política MT

Indicações cobram melhorias para rodovias do interior

Publicado

Foto: Ronaldo Mazza

A rodovia MT-010, nos trechos que ligam o Distrito da Guia e o município de Rosário Oeste, está sem manutenção. O deputado estadual Paulo Araújo (Progressista) solicitou, via Indicação n° 5630/19, ao secretário de Estado de Infraestrutura e Logística, Marcelo de Oliveira, e ao governador Mauro Mendes, urgência na manutenção, recuperação e revitalização desta rodovia. O documento foi apresentado na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) na última semana.

De acordo com o parlamentar, existe um intenso tráfego de veículos, em especial ambulâncias e automóveis utilitários, que usam esta rodovia, e se dá justamente por não ter circulação pesada de carretas. “A recuperação desta estrada se torna necessária e importante, pois é rota para as ambulâncias chegarem mais rapidamente a Cuiabá, trazendo pacientes que necessitam de atendimento emergencial de alta complexidade”, ressaltou Paulo Araújo.

Foi apresentada ainda uma outra Indicação (n° 5631/19), que requer recuperação viária da MT-235, entre o balneário do Púbi, no rio Papagaio, até a cidade de Sapezal.

“Como aquela região tem um grande potencial de produção agrícola, é necessário que o governo do estado, por meio da Secretaria de Infraestrutura, realize o trabalho de tapa-buracos emergencial, para garantir que, no momento da colheita da safra de soja, que se inicia em janeiro, haja a trafegabilidade necessária para o escoamento da produção”, enfatizou Araújo.

Patrulha mecanizada – O deputado Paulo Araújo pediu, em caráter de urgência, a viabilização de recursos financeiros para aquisição de uma patrulha mecanizada, com grade de arado, para atender a população indígena do município de Comodoro (distante 637 km de Cuiabá). O pedido foi encaminhado por meio de indicação n° 5638/19 à Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística.

Veja Mais:  Secretário de Finanças destaca avanços durante a gestão

“As comunidades indígenas daquele município têm como uma das principais atividades o cultivo da terra, tratando-se de uma atividade de subsistência. Assim, a mecanização estará auxiliando no preparo da terra, ampliando a produção e possivelmente levando a comercialização de produtos, gerando renda aos indígenas e melhorando as suas condições de vida”, concluiu Araújo.

Fonte: ALMT
Comentários Facebook
Continue lendo

Política MT

Projeto cultural capacita mais 100 músicos em Rondonópolis

Publicado

Foto: Assessoria

O projeto Tocando em Frente, inciativa do deputado estadual Thiago Silva (MDB) é uma grata surpresa para a cultura e formação intelectual de crianças, jovens e adultos.  A iniciativa visa oportunizar sem custos aulas violão em associações de bairros e igreja.

A ação implantada inicialmente em Rondonópolis contabiliza quatro polos: Jardim Iguaçu, Mathias Neves, Alfredo de Castro e Conjunto São José. Em pouco mais de 240 dias atende mais de 100 alunos. Alessandro Zaqueu está entre os atendidos. O adolescente de 15 anos nunca tinha tocado qualquer instrumento, mas nos últimos quatro meses tudo mudou. “Não dá para explicar o quanto é prazeroso fazer essas aulas. Muda muita coisa, inclusive na escola, ajuda na concentração, disciplina. É um grande estímulo, muito bom”.

Alessandro ainda lembrou que parte dessa transformação tem como responsável direto o professor Valdick Arantes. “Fico feliz pelo reconhecimento dos alunos. Eu aceitei esse grande desafio do deputado Thiago Silva por acreditar que a música é uma grande ferramenta de inclusão social. Isso passo para eles em todas as aulas. E é justamente isso que está fazendo toda a diferença”.

O pastor Jorge Estevan de Souza que ajuda na coordenação do projeto, diz que o projeto Tocando em Frente é aberto para todos que queiram entrar no mundo de sons, ritmos e acordes. “Nossa única exigência é a presença constante, disciplina, dedicação e sempre que possível o acompanhamento dos pais. Isso é um grande estímulos para os alunos”.

Veja Mais:  Deputados de MT aprovam R$ 3 milhões para a Santa Casa em segunda votação

O deputado Thiago Silva complementa a citação acima e explica que até o momento os resultados estão acima da média. “O aprendizado para um instrumento musical é bem complexo. A maioria do projeto nunca teve contato com a música, mas estão mostrando muito talento. Hoje temos um grande grupo de crianças que já estão ajudando nos trabalhos das igrejas e comunidade em geral. E o mais importante de tudo isso é que todo esse aprendizado está influenciando positivamente na formação destas crianças e  jovens. O nosso objetivo é formar músicos e cidadãos capazes de através da música construir uma sociedade mais feliz e com mais inclusão social.

Comentários Facebook
Continue lendo

Câmara Municipal de Rondonópolis

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana