conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Na Capital

Equipe do Réveillon 300 Anos faz vistoria na Orla do Porto

Publicado

A equipe da organização da festa de Réveillon dos 300 Anos, da Prefeitura de Cuiabá e seus parceiros, vistoriou toda a Orla do Porto, na manhã desta quarta-feira (12). O intuito foi fazer o reconhecimento da área e debater, com os presentes, a organização do evento. Na ocasião, foram pontuados sobre os planos de mobilidade, saúde, limpeza, segurança e sustentabilidade, que serão desenvolvidos para os três dias de festa. O evento faz parte das comemorações do tricentenário da Capital.  

Conduzindo a visita técnica, o secretário de Cultura, Esporte e Turismo, Francisco Vuolo, frisou que uma das determinações do prefeito Emanuel Pinheiro, para a realização da virada dos 300 anos, foi que a equipe desenhasse um projeto completo, com os planos de ações de todos os envolvidos e que esses funcionassem de forma unificada. 

“Nosso prefeito tem a preocupação em oferecer uma bela festa. Mas antes disso, ele prioriza que todos os serviços tenham qualidade, para que as famílias possam festejar a chegada do ano novo com o que há de melhor. Para isso, é de suma importância que os envolvidos nessa força-tarefa, conheçam, com detalhes, essa região. Isso facilita o desdobramento do projeto da parte estrutural, auxiliando para que todos tenham tempo de fazer os ajustes necessários antes da largada para 2019”, explicou Vuolo.

Veja Mais:  Uso consciente é fator preponderante para conservação de banheiros públicos

A festa seguirá o formato das edições anteriores e acontecerá durante os dias 29, 30 e 31 de dezembro, na Orla do Porto, com entrada gratuita. Na programação, shows nacionais – rock, samba e sertanejo -, e as tradicionais apresentações de artistas locais, valorizando as raízes da ‘cuiabania’, além da grande queima de fogos, que vem como novidade para este ano. O lançamento oficial da programação acontece no dia 18 (terça-feira), às 14h, no auditório do Palácio Alencastro.

“Fizemos vários ajustes, principalmente na questão de segurança, pois sem ela, as famílias ficariam vulneráveis e não conseguiram usufruir do evento. Todo esse trabalho será apresentado pelo prefeito na próxima semana.  Podemos garantir à população que a festa vai ser maravilhosa e ficará na história dos 300 anos de Cuiabá”, completou o secretário.

Para montagem desses planos, o reconhecimento da região foi realizada por representantes da Marinha, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Permissionários da região, Samu, das secretarias de Mobilidade Urbana, Ordem Pública, Serviços Urbanos, Saúde, Meio Ambiente e Desenvolvimento Humano, Sec 300 e também a equipe da defesa animal. O evento também conta com a parceria da bancada federal, que destinou emenda de R$ 800 mil ao projeto. 

 

Mais parcerias – Nesta semana, a equipe também se reuniu com o grupo de permissionários da região da Orla do Porto. Durante o encontro, foi apresentado todo o projeto do Réveillon e anunciado que as vias de entrada da região, não serão fechadas como nos outros anos. O secretário Vuolo esclareceu que essas entradas só serão interditadas próximo ao horário de início dos shows e não durante os três dias de festa.

Veja Mais:  Pinheiro adere ao Plano Nacional de Políticas Públicas à População em Situação de Rua

“Optamos por essa logística, após analisarmos as dificuldades que os comerciantes tiveram nos anos anteriores. Com o trancamento das vias o dia todo, eles perdiam em rentabilidade e isso, trazia queda em vários setores. Então, por exemplo, se o show for começar às 20h, as vias de acesso serão fechadas a partir das 17h”, disse Francisco Vuolo.

 

A nova logística abre a opção para que os comerciantes também organizem seu próprio Réveillon. Nisso, eles vão empregar mais investimentos na região, ampliando a festa. A novidade agradou o grupo de comerciantes que avaliaram como ótima a disposição da gestão em redefinir o plano e atender os anseios da classe.

 

 

 

 

Comentários Facebook

Na Capital

Creas realiza abordagem social para ajudar pessoas em situação de rua

Publicado

A Secretaria Municipal de Assistência Social e Desenvolvimento Humano (Smasdh) por meio do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) realiza diariamente serviços de abordagens da população em situação de rua.

As ações acontecem nos locais de maior concentração, como praças e logradouros públicos que são utilizados como espaços de aproximação do cotidiano dessas pessoas onde os riscos de vulnerabilidade se agravam. “O serviço especializado de abordagem social visa o atendimento de crianças, adolescentes e adultos em situação de rua na prática da mendicância, trabalho infantil, entre outras formas de violação de direitos”, disse a secretária adjunta de Assistência Social, Hellen Ferreira.

Além das pessoas em situação de rua, a ação permite assistência a usuários de substâncias psicoativas ou cidadãos que precisam de ajuda para retornar para sua cidade ou municípios do interior do estado.

A proposta é garantir o acesso e inserção nas políticas públicas, estimulando e provocando a sua reflexão enquanto sujeitos de direitos, facilitando a sua participação no processo de superação dessa condição. “Essas pessoas são convidadas a conhecer uma de nossas unidades acolhedoras onde serão realizados todos os encaminhamentos necessários para que essas pessoas tenham melhores condições de sobrevivência”, comentou.

Para o trabalho, uma equipe multidisciplinar atua de forma itinerante em ruas do município realizando abordagem de aproximação, escuta e construção de vínculos com essa população.

Veja Mais:  Casal competirá Rally Ecológico em Fusca Baja; inscrições abertas

A população também pode obter atendimento nas duas unidades dos Centros de Referência Especializado de Assistência Social Centro e Norte, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

“No Creas, a população é atendida com serviços de cidadania como o encaminhamento para emissão de documentos e acolhimento em um dos abrigos do município”, finalizou Hellen.  

Comentários Facebook
Continue lendo

Na Capital

Sec 300 promove debate sobre projeto de comemoração do tricentenário da Capital

Publicado

A Prefeitura de Cuiabá realiza no próximo dia 22 de janeiro a 1ª Reunião Cuiabá 300 Anos. O evento, que está sendo organizado pela Secretaria Extraordinária dos 300 Anos, acontecerá no auditório Maestro China, da Secretaria Municipal de Educação, situada na Rua Diogo Domingos Ferreira, 292, bairro Bandeirantes. Conforme o planejamento, o encontro tem início marcado para as 14h e segue com uma série de debates até às 17h30. 

Para participar do fórum, os interessados devem efetuar a inscrição pelo telefone (65) 99303-1984, em horário comercial. A reunião é aberta para pessoas físicas, jurídicas, órgãos e entidades governamentais, em âmbito federal, estadual e municipal. A ideia é que, todos os interessados em contribuir com as comemorações Cuiabá 300, possam discutir sobre questões relacionadas ao projeto de celebração do tricentenário, de 2019 a 2020. 

O evento faz parte do planejamento de trabalho da Secretaria Extraordinária dos 300 Anos, que tem como uma de suas atribuições a realização de articulações e atividades de fomento para a participação de diversos setores econômicos e sociais. De acordo com a titular da Pasta, Cely Almeida, um dos principais objetivos da gestão é inserir, de forma efetiva, toda a sociedade civil organizada dentro do processo de construção do importante momento para a Capital. 

“Estamos cada dia mais perto da data histórica para Cuiabá e, de maneira organizada, estamos dando andamento em cada uma das etapas que compõem o conjunto de comemoração dos 300 anos. A promoção desse encontro é mais um passo fundamental dentro daquilo que o prefeito Emanuel Pinheiro tem nos orientado, que é garantir a participação da população nesse projeto tão especial”, explica Cely.

Veja Mais:  Uso consciente é fator preponderante para conservação de banheiros públicos

Comentários Facebook
Continue lendo

Na Capital

Cerca de 360 quilos de materiais recicláveis são doados para cooperativa

Publicado

A Prefeitura de Cuiabá realizou no sábado (12) a doação de aproximadamente 250 quilos de papelão e 110 quilos de plástico para a Cooperativa dos Trabalhadores de Materiais Recicláveis (Coopemar). A iniciativa faz parte das atividades programadas da Agenda Ambiental na Administração Pública (A3P). O programa do Ministério do Meio Ambiente (MMA) foi aderido pelo Município, ainda em 2018, com o objetivo de promover a implantação de práticas sustentáveis dentro dos órgãos do Executivo.

A doação cumpre ainda com o compromisso do prefeito Emanuel Pinheiro de fomentar as atividades das cooperativas de reciclagem na Capital. No ano passado, por exemplo, o gestor firmou uma parceria com quatros empresas, para a realização da coleta seletiva em dezenas de bairros. O acordo, além de atender a legislação federal sobre questões ambientais, também promoveu a inclusão sócio produtiva dos trabalhadores desta área.

Além da doação dos materiais, outras atividades têm sido desenvolvidas pelo Município nos prédios públicos. Desde o ano passado, palestras e cursos sobre sustentabilidade na administração pública são oferecidos periodicamente aos servidores. A adoção de hábitos que irão refletir diretamente na preservação ambiental, como separação dos resíduos produzidos, economia de água e redução na utilização de copos descartáveis e papéis, também tem sido fomentada.

“Essa é uma medida, pela qual atendemos duas necessidades ao mesmo tempo. A primeira é de dar a destinação correta a esses materiais e garantir a preservação ambiental. A outra é fortalecer a atuação das cooperativas e valorizar esse segmento de grande importância para a Cuiabá dos 300 anos. Gradativamente, implantamos novas ações e criamos em cada um dos nossos servidores uma rotina de preocupação e cuidado com nossa cidade”, comenta o prefeito Emanuel Pinheiro.

Veja Mais:  Casal competirá Rally Ecológico em Fusca Baja; inscrições abertas

O que é A3P?

A Agenda Ambiental na Administração Pública (A3P) é um programa do Ministério do Meio Ambiente que objetiva estimular os órgãos públicos do país a implementarem práticas de sustentabilidade. A adoção da A3P demonstra a preocupação do órgão em obter eficiência na atividade pública enquanto promove a preservação do meio ambiente. Ao seguir as diretrizes estabelecidas pela Agenda, o órgão público protege a natureza e, em consequência, consegue reduzir seus gastos.

O Programa A3P se destina aos órgãos públicos das três instâncias: federal, estadual e municipal; e aos três poderes da República: Executivo, Legislativo e Judiciário. É uma agenda voluntária – não existe norma impondo e tampouco sanção para quem não segue as suas diretrizes.

Comentários Facebook
Continue lendo

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana