conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Sem categoria

Esporte conclui obra de revitalização da quadra poliesportiva na Vila Operária; outras 2 já estão reformadas

Publicado

A Secretaria Municipal de Esporte e Lazer finalizou nesta sexta-feira (5) as obras de revitalização da quadra poliesportiva da Praça Bom Jesus na Vila Operária. As obras fazem parte de um pacote de 10 quadras que foram licitadas para serem restauradas. No total, a Prefeitura está investindo mais de R$ 500 mil no projeto das obras. Também já passaram por reforma geral, as quadras poliesportiva e de areia da Praça do Coophalis e da Colina Verde.

Na próxima semana começam as obras de revitalização da quadra poliesportiva do Parque Universitário, com pintura geral, reforma do alambrado, e reestruturação de todo o espaço. Na sequência, demais quadras serão reformadas até o final do ano.

Segundo o secretário municipal de Esporte e Lazer, Jailton Nogueira de Souza, as revitalizações vão dar condições adequadas para que amadores, profissionais e população em geral possam praticar esporte e ter opções de lazer, com quadras restruturadas, com iluminação, com mais segurança a todos.

Para Jailton, a revitalização das quadras poliesportivas da cidade será um trabalho constante da Secretaria. Assim que forem concluídas as 10 primeiras, o que está previsto para ocorrer até o final deste ano, novas quadras serão reformadas.

O levantamento das situações das próximas quadras que serão incluídas no projeto de revitalização já está em andamento.

Comentários Facebook
Veja Mais:  Reitoria da UNEMAT manifesta sobre PEC que retira verba da instituição

Rondonópolis

Capacitação profissional em Rondonópolis transforma a vida de centenas de pessoas

Publicado

Foto: Assessoria

A noite desta quarta-feira (04) marcou o início de um novo ciclo para 350 pessoas que participaram dos cursos realizados no programa “Revelando Talentos”, uma parceria entre a Prefeitura de Rondonópolis e a Obra Kolping, e receberam os certificados durante cerimônia de encerramento na sede da organização social.  Foram cursos nas áreas de estética e beleza, culinária e artesanato.

Para Priscila Campos que participou do curso de confeitaria, a qualificação representa uma transformação de vida. “É a realização de um sonho porque adquirimos o certificado junto do aprendizado, abre uma porta para trabalhar e atingir nossos objetivos. Eu trabalhava no mercado comercial e sai para trabalhar para mim, vi uma oportunidade de fazer esse curso e agora estou apta”, celebrou.

Para o prefeito Zé Carlos do Pátio investir na capacitação profissional é promover a inclusão social. “Você tem vários instrumentos para tirar a pessoa da exclusão social, um dos instrumentos é a qualificação, o que estamos fazendo na Obra Kolping, é justamente preparando essas pessoas nas áreas da confeitaria, manicure, pedicure, cabelereiro, onde a pessoa faz o curso e depois a gente busca a oportunidade para ela, através de uma linha de crédito ou emprego em alguma localidade, muitas vezes o que falta em Rondonópolis é a qualificação, é inclusão social” disse o prefeito.

A secretária municipal de Promoção e Assistência Social Iriana Cardoso destaca que a qualificação permite mudar a realidade das famílias. “As pessoas que foram aqui qualificadas, elas tem uma nova perspectiva de vida, de empoderamento, de conseguir realizar sonhos” disse.

Veja Mais:  Mulher sofre tentativa de homicídio no Bairro Ezequiel Ramin

Comentários Facebook
Continue lendo

Sem categoria

Eleitos para Conselhos Tutelares estão em capacitação inicial para exercerem o cargo

Publicado

Foto: Assessoria

Os conselheiros tutelares eleitos no início de outubro, estão participando de capacitação com o Ministério Público do Estado iniciado nesta segunda-feira (25), com duração de 10 dias. O curso de formação inicial é coordenado pela secretaria de Promoção e Assistência Social e Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA).

O curso é a quinta etapa do cronograma do processo de escolha unificada dos 20 novos conselheiros, sendo 10 titulares e 10 suplentes que vão assumir os trabalhos por quatro anos, começados a contar em 10 de janeiro de 2020. Sendo obrigatório pelo menos 75% de presença durante as aulas para serem aprovados para a última etapa, composta pela diplomação e posse.

Durante a formação, os eleitos recebem orientações sobre as atribuições dos conselheiros, tal como em relação aos atendimentos às crianças e adolescentes, visando a melhor atuação possível para atuarem no dia a dia do Conselho. Há também aulas sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e a Constituição Federal.

O município conta com dois Conselhos Tutelares de Rondonópolis, o da área central e o da Vila Operária, cada unidade com cinco conselheiros titulares. Os escolhidos pela população rondonopolitana terão a carga horária de 40 horas semanais.

As etapas do processo de escolha unificada são organizadas em seis, a primeira etapa foram as inscrições e entrega de documentos, a segunda foi análise da documentação exigida, a terceira etapa foi o exame de conhecimento específico e processo de avaliação psicológica.  A eleição, dia do processo de escolha em data unificada foi a quarta etapa, a quinta está sendo a formação inicial, e a sexta etapa será a diplomação e posse.

Veja Mais:  Reitoria da UNEMAT manifesta sobre PEC que retira verba da instituição

Comentários Facebook
Continue lendo

Sem categoria

Policia Civil divulga nota sobre o uso de cães farejadores nas buscas pelo garoto Samuel em Rondonópolis

Publicado

Foto: Reprodução

A Polícia Judiciária Civil esclarece que dois cães de propriedade de R.C.P. de 38 anos, foram voluntariamente empregados em novas buscas na região onde o menino Samuel Victor da Silva Gomes Carvalho, 6 anos, desapareceu no dia 20 de outubro, em Rondonópolis. Essa nova busca foi acompanhada por uma equipe da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, Criança e Idoso, que investiga o caso.

Esclarecemos ainda que o emprego dos cães em Rondonópolis foi ofertado à família do garoto desaparecido e que a Polícia Civil não faz nenhuma solicitação para buscas com cães particulares. Em casos que sejam necessário o emprego de animais farejadores são utilizados os serviços dos canis das forças de segurança pública do Estado, que possuem cães adestrados e profissionais qualificados .

Em relação à alegação de que R.C.P. teria participado com seus cães nas buscas de um caminhoneiro desaparecido em Cuiabá, ressaltamos que tal informação é inverídica, conforme boletim de ocorrência registrado pela Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos Automotores, na sexta-feira (01.11), de natureza estelionato. Em nenhuma ação policial foi solicitado ou autorizado que a pessoa de R.C.P. prestasse qualquer tipo de auxílio ou apoio com seus cães farejadores à  DERRFVA.

Informamos também que no dia 26 de outubro, R.C.P. compareceu na DERRFVA juntamente com uma equipe de reportagem e dois cães, alegando que ajudaria na busca ao motorista de caminhão que estava desaparecido. Na ocasião, o delegado Arnon Osny Mendes Lucas não autorizou qualquer tipo de intervenção do mesmo nas investigações. O caminhoneiro foi localizado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), sem que houvesse qualquer tipo de ajuda de R.C.P.

Empresário e Cães farejadores usados nas buscas de Samuel-Foto: Reprodução TVCA

Ainda em checagem foi verificado que R.C.P. possui diversos registros criminais por estelionato, apropriação indébita, maus tratos, violência doméstica, uso de documento falso, entre outros. O delegado da DERRFVA, Arnon Osny Mendes Lucas, alerta a sociedade para esse tipo de situação em que o cidadão pode ser induzido a erro ou falsa informação, vindo a ser vítima de possível golpe.

Veja Mais:  Delegado Claudinei conhece políticas de assistência social do estado

R.C.P. não foi preso, mas será investigado pela situação ocorrida em Rondonópolis por estelionato.

Comentários Facebook
Continue lendo

Câmara Municipal de Rondonópolis

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana