conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Rondonópolis

Exposição da artista plástica Marlene Trouva será aberta nesta quinta em Rondonópolis

Publicado

Foto: Assessoria

Depois de circular por Cuiabá no final do ano passado, a artista plástica Marlene Trouva apresenta para o público rondonopolitano a sua exposição “Encáustica: a arte ecológica em cera de abelha”, onde retrata principalmente as flores do Cerrado.

A exposição de 27 obras da artista plástica, residente em Rondonópolis desde 1996, que expressa sua arte contemporânea, por meio de uma técnica milenar, denominada “encáustica”, será aberta nesta quinta-feira (10), com o vernissage às 19h30, no hall principal do shopping Rondon Plaza Shopping. As visitações do público seguem até o dia 10 de fevereiro.

Nesta exposição, que conta com 15 telas grandes, no formato de um metro por 80 centímetro (cm), além de externalizar a preocupação com a preservação do meio ambiente, a artista plástica de Rondonópolis, que usa em seu trabalho uma técnica milenar, oriunda dos gregos e egípcios antigos, possibilita aos deficientes visuais a experimentar a mostra a partir do toque em oito pequenas telas táteis, com identificação em braile, no formato de 30 cm por 30 cm. Marlene Trouva apresenta ainda, pela primeira vez em uma exposição sua, quatro esculturas feitas com materiais de demolição de construção e materiais descartáveis.

Com mais de 20 anos de experiência em artes visuais, Marlene conheceu a técnica da pintura em “encáustica” em 2007 e se encantou pela forma de expressão visual milenar.A técnica basicamente consiste no derretimento da cera de abelha, que é acrescida de seivas vegetais e pigmentos naturais para dar origem às cores com a textura única que a técnica permite criar. Originária do grego enkauticos, encáustica significa “gravar a fogo”.

Veja Mais:  Prefeitura vai entregar cerca de 200 títulos de imóveis do Jardim Atlântico e Conjunto São José

Preservação

A artista plástica de Rondonópolis propõe nesta mostra de 27 obras uma reflexão sobre a importância da manutenção e do equilíbrio ambiental para o nosso ecossistema, através da representação das flores do cerrado. “O tema que escolhi esse ano para divulgar esta técnica, para expor este trabalho é um que já vinha pensando há algum tempo, que foi produzir a beleza das flores do nosso cerrado, com um olhar mais contemporâneo”, comenta a artista plástica.

Marlene não esconde sua empolgação com a nova exposição, na cidade que vive há mais de 20 anos. “Estou muito feliz mais uma vez poder apresentar o resultado do meu trabalho, que venho estudando e desenvolvendo desde 2007 com a encáustica”, ressalta, acrescentando que vem recebendo todo o apoio necessário para “poder alcançar um maior número de pessoas com esta mostra, para divulgar o meu trabalho”, disse Marlene, que antes de conhecer a técnica milenar oriunda dos gregos egípcios antigos trabalhava com cimento, concreto sobre suas telas.

Circula MT

Viabilizada pelo Edital Circula-MT, projeto da Secretaria de Cultura do Estado, a realização da exposição da artista plástica em Rondonópolis, conta com a parceria da Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Cultura. Além de passar por Cuiabá de outubro a novembro do ano passado e após encerar a sua passagem por Rondonópolis, a exposição circula ainda por Primavera do Leste. Lá, permanecerá entre os dias 8 de março a 8 de abril.

Veja Mais:  Eleições para presidentes de bairros acontece nesta quinta-feira (15) em Rondonópolis

O secretário municipal de Cultura, Humberto Campos, vibra com a realização desta exposição. “É muito bom abraçar esta mostra individual da Marlene Trouva. Uma artista plástica que mora em Rondonópolis e nos brinda com mais uma vez com o seu talento, com a sua arte contemporânea, que traz neste trabalho um olhar não tão figurativo das belezas das flores nativas da vegetação da nossa região e sobre a necessidade de preservar o nosso cerrado”, destaca.

Comentários Facebook

Rondonópolis

Defesa Civil do Estado realiza visita de cortesia a Rondonópolis

Publicado

Foto: Assessoria

Rondonópolis recebeu a visita da equipe da capacitação da Defesa Civil do Estado de Mato Grosso que se colocou à disposição para demonstrar ao município tudo que pode usufruir da parceria com a Defesa Civil estadual e federal, conforme informações do 2º sargento do Bombeiro Militar e coordenador de prevenção e preparação, José Bruno de Souza Filho.

“A Defesa Civil é um sistema que funciona a nível estadual, federal e municipal. Aqui no estado de MT, a municipal é o elo mais frágil dessa corrente, por isso o sistema como um todo o ente federal e o ente estadual está pronto para apoiar a coordenadoria municipal no que precisar, tanto para projeto de obras preventivas, corretivas, reconstrutivas após um desastre”, relatou o coordenador.

Outro fato reforçado é a necessidade na prevenção feita por meio de capacitação da população e do coordenador Municipal para que ele possa ter uma visão mais ampla de todos os recursos disponíveis para o município para melhorar a qualidade de vida da população em uma época de eventos adversos.

O coordenador do Gabinete de Apoio à Segurança Pública (Gasp) e coordenador interino da Defesa Civil, Valdemir Castilho de Araújo, agradeceu pela visita, vista por ele como essencial e muito favorável.

“Uma visita produtiva, bem-vinda e orientativa uma vez que Rondonópolis é referência para 22 municípios. Tendo uma Defesa Civil forte aqui, serve como referência para os outros municípios além de cuidar dos próprios problemas que nós temos, pois é uma cidade muito pulverizada e demanda alguns problemas nesse período crítico”, comentou Araújo.

Veja Mais:  Veja galeria de fotos do “Dia Mundial da Limpeza” no Rio Vermelho

Comentários Facebook
Continue lendo

Rondonópolis

Sispmur alega que prefeito encaminha projeto que prejudica servidor

Publicado

Projeto de Lei, que tramita em regime de urgência na Câmara de Vereadores, prevê que servidores não tenham direito ao passivo da insalubridade.

O prefeito José Carlos do Pátio enviou no dia 10 de janeiro de 2019 em regime de urgência um projeto de lei que tira direito ao retroativo de insalubridade dos servidores, se aprovado os servidores só terão direito a receber a insalubridade partir do laudo do LTCAT em funcionamento, que ainda não foi entregue.

Segundo o secretário geral do Sispmur Rubens de Oliveira, o documento é uma afronta ao direito dos servidores que fizeram requerimento há mais de dois anos e não estão recebendo. “O servidor tem direito ao recebimento desses passivos, não podemos pagar pela inercia da gestão. O laudo está pronto desde dezembro, mais a administração alega que não, mesmo toda a categoria e o sindicato sabendo que o laudo está pronto. O sindicato enviou ofícios pedindo o laudo para periciar a legalidade e aplicação correta da legislação, mais ainda sem resposta.

Caso a administração insista em não enviar o laudo para que possamos junto com o perito do Sispmur avaliar, iremos recorrer à justiça como fizemos outras vezes, quando foi negado à entrega de documentos pela administração”, destaca.

Rubens de Oliveira enfatiza ainda que o Sindicato tem cobrado a conclusão do laudo e questionado que muitos servidores não estão recebendo a insalubridade. “Tem servidor que tem mais de dois anos sem receber, esse adicional que é de 20 a 40% a mais no salário, é um direito legal inquestionável e que inclusive afeta na aposentaria do trabalhador, pois quem recebe a insalubridade tem direito a aposentaria especial,” conclui.

Veja Mais:  Centro Cultural José Sobrinho tem programação especial na Semana da Criança

O adicional de insalubridade é um instrumento legal de compensação ao trabalhador por períodos de trabalho exposto a agentes nocivos, com potencial para prejudicar a sua saúde. Esse benefício é reconhecido pelo Ministério do Trabalho e está previsto na Consolidação das Leis do Trabalho – CLT nos artigos 189 a 197. Além disso, a Norma Regulamentadora NR-15 determina quais são os riscos passíveis de gerar o benefício.

Comentários Facebook
Continue lendo

Rondonópolis

Reginaldo debate com prefeito pagamento do RGA, URV e Dia dos Servidores Aposentados

Publicado

Ver. Reginaldo Santos (PPS)- Foto: Assessoria

O vereador Reginaldo Santos – PPS esteve na última semana em reunião com o prefeito José Carlos do Pátio – SD. A pauta do encontro foi o RGA – Revisão Geral Anual dos servidores municipais de Rondonópolis.

O reajuste é baseado no Índice Nacional de Preços ao Consumidor – INPC do ano anterior e é legalmente determinado pelos cálculos do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE.

Reginaldo pediu ao gestor celeridade no processo, uma vez que data para o reajuste é janeiro. “O prefeito foi muito receptivo. Pedi apenas que ele e sua equipe dediquem atenção no processo do reajuste, uma vez que o aumento só pode ser concedido com aprovação da Câmara Municipal em duas votações. Então quanto antes o executivo enviar a proposta para o legislativo, mais rápido o projeto será avaliado e com toda certeza aprovado”, explica.

URV

O parlamentar de três mandados ainda aproveitou a reunião com José Carlos do Pátio e reforçou a importância do pagamento da URV dos servidores. “A justiça já decidiu que o servidor municipal tem direito. É uma luta antiga. A melhor de forma de resolver essa questão é chamar os trabalhadores para conversar e apresentar opções para o pagamento das perdas na conversão do Cruzeiro Real para Unidade Real de Valor”.

Dia do Aposentado

Por fim, Reginaldo ainda debateu com o prefeito, apoio para as comemorações do Dia do Aposentado Municipal, lembrado em 5 de maio. “O IMPRO está organizado um dia totalmente voltado para centenas de servidores aposentados do município. Será um grande ato de homenagem e reconhecimento pelos serviços prestados por estes trabalhados. Expliquei para o prefeito que a participação dele era muito importante no encontro e ele se comprometeu em ajudar. Nossa reunião foi muito boa, não sou da base do prefeito, mas quero o bem do nosso município. Essa será minha conduta ao longo dos próximos dois anos”, finaliza.

Veja Mais:  Câmara oferece curso de oratória para servidores públicos

Comentários Facebook
Continue lendo

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana