conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Policial

Forças de Segurança recuperam 19 veículos e prendem 4 por roubo em concessionária

Publicado

Foto: Assessoria

Dezenove veículos roubados da concessionária Gramarca da Miguel Sutil foram recuperados em ações  rapidamente desenvolvidas da Polícia Judiciária Civil, Polícia Militar, Centro Integrado de Operações Aéreas (CIOPaer) e Guarda Municipal de Várzea Grande.

Criminosos armados invadiram a empresa e roubaram 23 veículos, entre automóveis e caminhonetes, na madrugada de quarta-feira (09.01). Três maiores (Alexssander Gonzaga e Silva, 28, Nathan Martins Fernandes, 18, Emanuel Paulo Silvério, 21)  estão presos e um adolescente (A.M.M.R, 17) apreendido. Todos irão responder por roubo qualificado e organização criminosa, sendo menor em ato infracional.

O assalto é investigado pela Delegacia Especializada de Repressão a Roubos e Furtos de Veículos Automotores (Derrfva). O delegado adjunto da unidade, Marcelo  Martins Torhacs, disse que ação chama atenção pela quantidade de veículos subtraídos, não pela organização dos criminosos.

“Felizmente o proveito deles foi pouco pela grande recuperação dos veículos, devido a rápida resposta policial”, disse.

A Polícia Civil estima mais de 20 criminosos tenham participado do roubo. O vigilante da empresa, localizada no bairro Jardim Guanabara, região do Coxipó, em Cuiabá, contou que foi rendido por dois criminosos, que o levaram para uma área na concessionária, momento que ele foi surpreendido por uma quantidade grande de outros bandidos.

Conforme o vigilante, os criminosos ficaram da empresa da meia noite até as 3 horas. A concessionária deve salas reviradas, equipamentos, portas e janeiras danificados.

Veja Mais:  Polícia Civil prende dois por golpe do cartão de crédito clonado em MT

As investigações e diligências continuam nesta quinta-feira (10), tanto para recuperação dos quatro veículos que ainda estão na posse de criminosos, quanto para identificação dos executores, que podem ter sido cooptados por lideranças criminosas presas em presídios de Mato Grosso.

Na manhã de quarta-feira (08), a Polícia Militar (24º e 9º Batalhões) prendeu três envolvidos e recuperou uma S10, um Prisma sem placa, um Tracker e um Onix sem placa. Na sequência dos trabalhos, policiais da Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos Automotores foram recuperaram outros veículos assim como CIOPAer, totalizando no final do dia 19 carros e caminhonetes restituídos à concessionária.

Todos os veículos foram encontrados abandonados em áreas de matas e escondidos em casas de bairros de Cuiabá. Em um dos locais, uma residência no bairro Altos da Serra, foram encontrados dois automóveis (Prisma branco e um Cruiser), que eram guardados por Emanuel Paulo Silvério, de 21 anos. Com ele foi apreendido um alvará de soltura, expedido no dia 17 de maio de 2018.

Interrogado na Derrfva, o suspeito alegou que não participou do roubo e que sua função era apenas esconder os carros. Ele desconversou quando questionado quem pediu para fazer a guarda dos veículos, não informando nomes aos policiais.

Uma quinta pessoa ainda foi detida, mas não houve comprovação de participação dele na ação criminosa. Ele estava com uma porção de droga e respondeu um termo circunstanciado de uso e colocado em liberdade.

Veja Mais:  Efetivo da Delegacia da Mulher de Cuiabá passa por treinamento técnico-operacional

Comentários Facebook

Policial

Quatro instituições de Poconé recebem doação de pescado apreendido

Publicado

 

Mais de 45 peças de pescado irregular apreendidos em Poconé foram doados para instituições de caridade do município, após atuação em flagrante de dois suspeitos pela Polícia Judiciária Civil. O pescado que era transportado em um veículo Fiat Uno foi apreendido em uma ação da Polícia Militar.

Após a apreensão, os exemplares foram encaminhados para a Delegacia de Poconé, sendo providenciada a doação do pescado, que beneficiou quatro instituições da cidade, Lar Cristão, Lar dos Idosos, Hospital Geral de Poconé e Creche Vovó Mazinha. A entrega foi realizada na Delegacia do município.

A apreensão ocorreu após a equipe da Polícia Militar receber denúncia que o veículo estava carregado com várias espécimes de peixe em situação irregular. Na abordagem do veículo, dois suspeitos foram detidos e um terceiro conseguiu foragir.

No automóvel, foram apreendidos 29 peças de pintados, 4 jaus, 4 palmitos, 2 cacharas e 1 jurupensem (todos sem cabeças), 6 pacus, além de ferramentas (machadinha, faca, alicate), um tanque de barco completo com mangueia e um galão de combustível.

Os suspeitos foram conduzidos a Delegacia de Poconé, onde foram autuados em flagrante por crime ambiental, sendo liberados posteriormente após pagamento de fiança.

Comentários Facebook
Veja Mais:  Dois são presos em flagrante por assalto e 16 celulares recuperados em Nobres
Continue lendo

Policial

Autor de tentativa de homicídio em bar de Comodoro é preso pela Polícia Civil

Publicado

Em investigação para identificar a autoria de uma tentativa de homicídio em um bar na cidade de Comodoro, a Polícia Judiciária Civil realizou a prisão do principal suspeito de cometer o crime.

O caso ocorreu na madrugada de quinta-feira (17). Um homem de 27 anos foi atingido por disparo de arma de fogo após desentendimento no comércio localizado próximo a Praça dos Pioneiros.

Dois suspeitos de participação no crime foram identificados e presos por equipe da Polícia Militar. Um terceiro suspeito, que seria o responsável por efetuar o disparo que atingiu a nuca da vítima, conseguiu foragir do local no momento do crime.

A Polícia Civil realizou a prisão desse terceiro suspeito na quinta-feira (17). No momento da abordagem ele apresentou nome falso. No entanto, em troca de informações com a Polícia Civil de Ariquemes (RO), foi constatado que seu nome real era Alisson do Nascimento Paulo, conhecido como “Pirulito”, foragido da justiça de Rondônia por compor uma quadrilha que roubava caminhonetes para vender na Bolívia.

O investigado também já havia sido preso com quatro motocicletas que transportava para o país vizinho.

Conduzido à delegacia, o suspeito foi autuado pelos crimes de desobediência, resistência, lesão corporal, uso de entorpecentes e falsidade ideológica. Também foi dado fiel cumprimento ao mandado de prisão.

Comentários Facebook
Veja Mais:  Polícia Civil prende jovem que dava apoio a menor apreendido com maconha em Jaciara
Continue lendo

Policial

Assassinos de mulher são presos em flagrante em Castanheira

Publicado

Em uma ação rápida, policiais do Núcleo da Polícia Militar de Castanheira (a 780 km de Cuiabá) prenderam no final da manhã desta quinta-feira (17.01) os dois suspeitos do assassinato de Raquel Meira Duarte, 22, e da tentativa de homicídio contra o irmão dela, Gabriel Meira Duarte, 18, crimes ocorridos na madrugada.

Os dois suspeitos, Alex do Ouro Silva, 31, e Wagner da Silva Ramos, 19, apontados como autores dos crimes, foram presos em flagrante delito durante barreira montada pela PM na MT-170, sobre a ponte do Rio Vermelho. Eles estariam fugindo na direção da cidade de Juruena, que fica a 100 quilômetros de Castanheira.

Raquel foi morta a tiros, mas o irmão não chegou a ser atingido, apesar dos diversos disparos feitos na direção dele, enquanto corria, conforme relatou aos policiais. Ele disse que se escondeu em uma área de mata, onde permaneceu por quase cinco horas até sentir-se seguro e confirmar que os suspeitos não estavam mais no local. Aí pediu carona em um ônibus de linha até retornar a cidade e comunicar a polícia e a família.

A motivação dos crimes não está esclarecida, porém sabe-se que as vítimas saíram com os suspeitos com a finalidade de buscar uma motocicleta na estrada da “linha Novo Horizonte”, um serviço que seria recompensado com porções de droga, segundo narrativa de Gabriel Duarte no registrada no BO 2019.17753.

Veja Mais:  Polícia Civil prende dois por golpe do cartão de crédito clonado em MT

A PM teve de vasculhar uma grande área de mata para localizar o corpo de Raquel, já que ela também havia tentado fugir correndo ao perceber que atirariam nela.

Ao ser preso Wagner declarou que pilotou a moto até o local combinado, mas quem atirou foi Alex do Ouro. Com os suspeitos presos a PM apreendeu um revólver, seis munições, porções de droga e R$ 100. Eles foram entregues à Polícia Civil.

Conforme apurou o 8º Comando Regional da PM, unidade a qual está vinculado operacionalmente o Núcleo de PM de Castanheira, o suspeito Wagner possui passagem criminal em Várzea Grande por associação ao tráfico, de 2016. Teria sido preso diversas vezes por atentados contra ônibus e patrimônios públicos.

Comentários Facebook
Continue lendo

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana