conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Mato Grosso

Gestão transparente viabiliza negócios futuros para Mato Grosso

Publicado

Transparência e organização foram as marcas da política de desenvolvimento econômico da atual gestão, o que viabilizou a renovação do ambiente de negócios e a prospecção de investimentos futuros no estado. O balanço foi apresentado em reunião realizada na terça-feira (11.12) entre o governador Pedro Taques e a equipe da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sedec).

“O mais amplo legado que essa gestão vai deixar para o estado é o respeito ao empresário e ao investidor. Quando eu falo respeito, falo em tratar o investidor com seriedade e transparência, com segurança jurídica. Um governo que se coloca como facilitador dos processos”, avaliou o chefe da pasta, Leopoldo Mendonça.  

De 2015 a 2018 uma série de revisões e melhorias foi realizada em programas e leis voltados ao setor produtivo. Além disso, a pasta focou no incentivo à industrialização e garantia de segurança jurídica para atrair novos investimentos para o estado. O Programa de Desenvolvimento Industrial e Comercial de Mato Grosso (Prodeic), por exemplo, foi reformulado (saiba mais aqui).

“Hoje temos uma lei mais moderna, com contrapartidas mais claras e importantes para o setor produtivo e criamos os submódulos, beneficiando cadeias que consideramos estratégicas para o desenvolvimento do estado. Fortalecemos também a fiscalização do programa, acompanhando de perto quem recebe incentivo fiscal”, comentou o secretário.

Atualmente, 460 empresas estão enquadradas no Prodeic, que geram cerca de 50 mil empregos diretos. No entanto, estudos mostram que para cada emprego direto gerado, surgem em média três novos postos de trabalho indiretos. Além disso, para cada real investido no programa o retorno é de R$ 1,25 aos cofres públicos. Em 2017, por exemplo, os incentivos do Prodeic somaram  R$1,4 bilhão, com um retorno R$ 1,794 bilhão (125% desse valor).

Veja Mais:  SES promove curso de gestão de custo

Além disso, foram criadas leis específicas de fomento aos setores madeireiro, de laticínios e para a pecuária, produção de café, suínos e feijão. A piscicultura também recebeu incentivos, com isenção de impostos que permitiram uma maior competitividade do setor. Atualmente, Mato Grosso é o quarto maior produtor de peixe de água doce do país, com uma produção aproximada de 36 mil toneladas em 2017.

Outra ação importante foi a isenção de ICMS para a micro e minigeração de energia, para fomentar a o uso de energia renovável em todo o estado. Como resultado, Mato Grosso fechou 2017 com quase 95% da sua energia elétrica gerada por fontes renováveis, de acordo com dados apurados pelo grupo Energisa de Mato Grosso. Atualmente, 93,32% da energia tem origem hídrica, enquanto as outras fontes renováveis como Biomassa e Solar Fotovoltaica somaram 1,24%. Já as fontes não renováveis (Diesel e Gás Natural) somaram apenas 5,44%.

Turismo

Os principais avanços apontados no setor de turismo foram relacionados à infraestrutura. Entre as ações realizadas estão a construção de 31 pontes de concreto na Transpantaneira, a pavimentação das rodovias MT-241, que dá acesso a Nobres, e da MT-060, que vai para Poconé e Nossa Senhora do Livramento.

Com o Programa Voe MT, o Governo do Estado garantiu voos comerciais regulares da capital para Sorriso, Tangará da Serra, Sinop, Cáceres, Alta Floresta e Barra do Garças. E as articulações para a concretização do voo internacional entre Cuiabá e Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia, estão bem adiantadas.

Veja Mais:  Reeducandos celebram união civil e religiosa durante casamento coletivo

Novas opções de lazer e cultura surgiram com a conclusão do Memorial Rondon no distrito de Mimoso, em Santo Antônio do Leverger, a reforma Reforma do Parque Águas Quente em Barra do Garças e a revitalização e entrega do Complexo da Salgadeira, em Cuiabá, que em menos cinco meses de funcionamento já recebeu mais de 30 mil visitantes (saiba mais aqui).

A realização de eventos, como a Feira Internacional do Turismo do Pantanal (FIT Pantanal) e o Festival Internacional de Pesca Esportiva (FIP), além da participação de comitivas de Mato Grosso em feiras e eventos internacionais também foi fundamental para colocar o estado no mapa do turismo mundial.

“Temos um estado muito grande, com grande potencial turístico, mas que precisava melhorar muito na infraestrutura desses locais. Já avançamos bastante, com investimentos e planejamento, e ainda vamos entregar para a próxima gestão diversas obras, como o Centro de Eventos de Barra do Garças, com mais de 80% já concluída”, reforçou Leopoldo.

Apoio ao Empreendedorismo

Entre 2015 e 2018 foram implantados 17 Centros de Atendimento Empresarial (CAEs) no interior do estado e restam outros cinco para serem inaugurados, que irão totalizar 72. Os CAEs são pontos de suporte para os microempreendedores do estado, oferecendo desde orientações para a formalização de empresas até capacitações para planos de negócios e captação de recursos.

O Governo do Estado, por meio da Sedec, aprovou ainda o Estatuto das Micro e Pequenas Empresas e o Plano de Economia Solidária do Estado, além de criar o Fórum Estadual Permanente das Micro e Pequenas Empresas, que propõe políticas voltadas para o fortalecimento desse setor.

Veja Mais:  Sejudh inicia formação de novos servidores do Sistema Penitenciário

“Temos hoje um ambiente negocial melhorado, tanto para os grandes quanto para os pequenos, onde o empresariado não tem mais medo de investir em Mato Grosso. E devemos lembrar que todos esses avanços foram feitos em um cenário econômico nacional muito ruim, em meio a uma grande crise, e mesmo assim Mato Grosso saiu fortalecido. Não tenho duvida que estamos deixando um grande legado e que o estado ainda vai colher os frutos da gestão Pedro Taques nos próximos anos”, finalizou o secretário.

Para acompanhar outras ações da Sedec visite o site http://www.sedec.mt.gov.br/.

Comentários Facebook

Mato Grosso

Solenidade empossa novo delegado geral da Polícia Civil e diretores adjuntos

Publicado

O novo delegado da Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso, Mário Dermeval Aravéchia de Resende, foi oficialmente empossado na manhã desta quarta-feira (16.01), em cerimônia realizada na sede da Diretoria Geral da Instituição, em Cuiabá, com a presença do secretário de Segurança Pública, Alexandre Bustamante dos Santos.

A solenidade também marcou a posse dos novos delegados que juntos comporão a diretoria geral da Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso para o biênio 2019/2020. São eles: Gianmarco Paccola Capoani (Diretoria Geral Adjunta), Jesset Arilson Munhoz Franco (Corregedoria Geral), Welber Batista Franco (Diretor da Academia de Polícia), Daniela Silveira Maidel (Diretora de Execução Estratégica), Douglas Turíbio Schutze (Diretor Metropolitano),  Walfrido Franklim do Nascimento (Diretor do Interior), Juliano Silva de Carvalho (Diretor de Inteligência), Fernando Vasco Spinelli Pigozzi (Diretor de Atividades Especiais) e Newton Camargo Braga (Chefe de Gabinete).

O novo delegado geral da Polícia Civil de Mato Grosso foi nomeado pelo governador Mauro Mendes, em ato publicado no Diário Oficial no dia 11 de janeiro. Mário de Resende foi o primeiro colocado na lista tríplice apresentada pelo Sindicato dos Delegados ao governador de Mato Grosso, para assumir o posto mais alto da PJC, em substituição ao delegado Fernando Vasco Spinelli Pigozzi, que permaneceu na chefia geral da instituição de janeiro de 2017 a 31 de dezembro de 2018.

Veja Mais:  Pesquisa avalia mercado potencial do Centro Político

Ao entregar o cargo, o delegado geral antecessor, Fernando Vasco, destacou que nos dois anos à frente da administração da Polícia Civil, não faltaram disposição e comprometimento para enfrentar os desafios que o cargo exige e proporciona.  “A Polícia Judiciária Civil avançou no campo operacional, administrativo, imagem institucional e visibilidade. A expectativa nessa nova gestão é grande e tenho certeza que do Dr. Mário trabalhará incessantemente para o fortalecimento da PJC como um todo, para que os atendimentos/trabalhos sejam melhorados em todo o Estado, bem como, para que os policiais civis tenham melhores condições para desempenhar suas funções”, afirmou.

Em seu discurso de posse, o delegado geral, Mário Dermeval Aravéchia de Resende, agradeceu a confiança de todos os policiais civis, do governador Mauro Mendes, do secretário de Segurança, Alexandre Bustamante dos Santos, e do chefe de Casa Civil, Mauro Carvalho, no cargo que passará a comandar nos próximos dois anos.

“Comprometo-me desde já a manter de forma dura e muito séria o comando da instituição, buscando o combate rigoroso ao crime que aflige nossa sociedade, bem como junto às demais forças de segurança pública de Mato Grosso trabalhar de forma conjunta, buscando neste momento de severa crise do estado, como o governador sempre tem dito fazer mais com menos. Aliás, mais com menos é o que já vem sendo feito há algum tempo pela Polícia Civil. Passamos por momentos financeiros complexos e conseguimos avançar”, ressaltou.

Veja Mais:  Sine em Mato Grosso oferece mais de 1,4 mil ofertas de emprego

Entre os objetivos da nova gestão, o delegado geral asseverou como pontos prioritários a infraestruturação das delegacias, reforço em unidades estratégicas, implementação do inquérito eletrônico e construção da sede da Polícia Civil.

“Acreditamos que poderemos, em muito, contribuir para apuração dos crimes e trazer recursos financeiros ao estado, que, inclusive, nos permitirão salvaguardar a manutenção da instituição bem como os nossos próprios salários”, destacou Mário Dermeval.

O secretário de Segurança, Alexandre Bustamante, falou das dificuldades enfrentadas nesse início do governo Mauro Mendes, para equacionar as despesas do estado e do  esforço que vem sendo feito pela área sistêmica, para manter em funcionamento as  áreas operacionais. “Temos que melhorar de forma significativa a área de segurança, não só com medidas punitivas, mas como área de estado, para que possamos subsidiar o governo em medidas práticas e administrativas para melhorar a arrecadação, a fiscalização, nos colocando em outro patamar, não somente de combate a criminalidade. Mas como uma instituição que seja imprescindível para permanência do estado no que diz respeito à própria atuação”, disse.

Bustamente destacou ainda a importância dos órgãos de segurança pública na permanência e na manutenção do estado. “Temos que combater o crime organizado e o crime como um todo, mas temos que ter a certeza que temos condições de fazer mais, pois somos bons”, finalizou.

Participaram também da cerimônia o secretário adjunto de Inteligência da Sesp, Wylton Massao Ohara, do comandante geral da Polícia Militar, Coronel Jonildo José de Assis, do comandante adjunto do Corpo de Bombeiros, Coronel, César Brum, do Diretor da Politec, Rubens Okada, Superintendente da Polícia Rodoviária Federal, Aristóteles Cadidé, delegado Polícia Federal, Ricardo Ruiz, 1ª Sub Defensor Geral, Rogério Borges Freitas, presidente do Sindicato dos Delegados, Wagner Bassi, presidente do Sindicato dos Investigadores, Edleusa Mesquita, presidente do Sindicato dos Escrivães, Davi Padilha Nogueira, presidente da Associação dos Delegados, José Lindomar Costa, o deputado estadual Wancley Carvalho, deputado estadual eleito, Paulo Araújo, representantes dos Conselhos Comunitários de Segurança do Planalto e do Boa Esperança/Base UFMT, além de delegados, investigadores, escrivães, amigos e familiares do novo delegado, entre outros.

Veja Mais:  Reeducandos celebram união civil e religiosa durante casamento coletivo

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

PM prende casal de Várzea Grande por furto de joalheria

Publicado

A partir de uma ação de policiais do 4º Batalhão de Várzea Grande, desencadeada nesta quarta-feira (16), a Polícia Militar mato-grossense esclareceu um mega furto ocorrido em uma joalheria da cidade de Barueri, interior de São Paulo, da qual o jogador Ronaldinho Gaúcho é o sócio-proprietário.

De acordo com o registro da polícia de São Paulo, foram furtados 400 relógios e dois computadores, entre outras mercadorias da empresa 18K Ronaldinho Participações. O furto foi notado no final de dezembro de 2018 e a queixa formalizada no dia 2 de janeiro.

Além de prender Altair Moreira da Silva Monteiro, 31, e sua mulher Solanyara Angélica Pereira Guimarães, 21, aqui foram recuperaram 148 relógios da marca 18K, 125 correntes de ouro, 80 pares de brincos, quatro anéis e dois computadores portáteis.

Altair Moreira já havia sido reconhecido na polícia paulista pelo sócio de Ronaldinho Gaúcho, por meio de fotografias de arquivo e imagens circuito interno do condomínio empresarial como sendo o homem que saiu do elevador levando caixas supostamente com os produtos furtados.

A prisão do casal aconteceu após a abordagem de dois homens que vendiam relógios e outras jóias no pátio de um posto de combustíveis do bairro Água Vermelha, em Cuiabá. Eles tinham recebido a mercadoria como pagamento de serviços prestados ao casal e levaram os policiais até Altair.

Veja Mais:  Construção de pontes sobre o Ribeirão do Lipa acelera duplicação na Estrada da Guia

Com Altair, abordado na Avenida Miguel Sutil, em Cuiabá, foram apreendidos 20 relógios. Os produtos estavam no carro ocupado por ele, um Corolla. Logo depois, na casa onde estava a mulher dele, na rua Salgado Filho, bairro Areão, também em Cuiabá, aconteceu a apreensão de uma mala com o restante da mercadoria.

Segundo narrativa registrada pelos policiais, Altair ainda tentou se passar por sócio da empresa 18K Ronaldinho Participações, ou seja, do ex-jogador, mas o argumentou não se sustentou depois que a PM recebeu as informações da polícia de São Paulo e do contato com o sócio do jogador que fez o registro da queixa.

Marido e mulher foram entregues à Polícia Judiciária Civil para os procedimentos criminais e administrativos que a ocorrência requer. Os dois homens abordados no posto de combustíveis estão arrolados como testemunhas.  

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Estado solicita informações de gestores esportivos municipais

Publicado

A Secretaria Adjunta de Esporte e Lazer de Mato Grosso está atualizando os dados dos gestores esportivos municipais. O recadastramento é necessário porque pode haver modificação no quadro funcional da estrutura que faz a gestão do esporte nos municípios. Com o cadastro atualizado, a Secretaria Adjunta terá mais agilidade na troca de informações e no fomento ao esporte e ao lazer em todo o Estado.

Para a atualização dos dados, a pasta disponibilizou um formulário que deve ser baixado, preenchido e encaminhado via e-mail para a Superintendência de Esporte e Lazer, área responsável pela atualização dos cadastro de gestores esportivos municipais.

Devem preencher e encaminhar o formulário os profissionais que atuam como secretários municipais de Esporte, coordenadores de Esporte ou diretores do Departamento de Esportes, conforme estrutura administrativa de cada cidade. Mesmo aqueles que estão no cargo há mais tempo podem encaminhar o formulário, assegurando assim que seus dados estejam também atualizados.

Em caso de dúvidas, pode-se entrar em contato com a Superintendência de Esporte e Lazer, por telefone (65 3613-4913), e-mail (desportoelazer@seduc2.mt.gov.br) ou pessoalmente no Ginásio Poliesportivo Professor Aecim Tocantins, em Cuiabá.
 
ACESSE AQUI O FORMULÁRIO. Depois de preenchido, envie para o e-mail desportoelazer@seduc2.mt.gov.br

Comentários Facebook
Veja Mais:  Bairro São Mateus recebe ação social da Polícia Militar
Continue lendo

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana