conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Mulher

Gravidez ajuda contra anorexia: “Toda vez que ela chutava era uma motivação”

Publicado

Jade Kyle, 26 anos, da Escócia, descobriu que estava grávida da sua primeira filha em um momento conturbado de sua vida. Pesando cerca de 30 quilos, a jovem enfrentava uma anorexia severa. Em entrevista ao site Daily Mail , Jade fala que a gravidez foi uma motivação para vencer a doença e retomar um rumo saudável para a sua vida.

Leia também: Jovem compartilha luta contra anorexia e inspira nas redes


Gravidez foi o principal motivador para Jade Kyle enfrentar a anorexia severa que lutava contra desde os 14 anos
Reprodução/Daily Mail

Gravidez foi o principal motivador para Jade Kyle enfrentar a anorexia severa que lutava contra desde os 14 anos

“Minha bebê me salvou. Já foi um milagre eu ter conseguido engravidar e toda a vez que ela chutava minha barriga era uma motivação. Eu precisava me manter saudável. Agora quero ensiná-la a amar o próprio corpo”, fala Jade sobre a gravidez no auge da anorexia .

Como a gravidez ajudou na luta contra a anorexia


Jade Kyle conseguiu enfrentar a anorexia, passar pela gravidez sem grandes complicações e ter uma filha saudável
Reprodução/Daily Mail

Jade Kyle conseguiu enfrentar a anorexia, passar pela gravidez sem grandes complicações e ter uma filha saudável

Jade conta que descobriu o distúrbio alimentar aos 14 anos de idade. Na época, ela comia apenas uma maçã ou bebia duas latas de refrigerante por dia. “Eu estava obcecada com comida, até mesmo com água e sopa. Para evitar comer, jogava a comida na minha mochila e a escondia no meu quarto”, relembra. Ela fala que evitava até mesmo escovar os dentes por conta das calorias da pasta dental.

Veja Mais:  Machismo: mulheres e meninas são consideradas menos inteligentes, diz estudo

Leia também: Jovem que sofria com anorexia faz relato inspirador sobre transtorno alimentar

Depois de um tempo, a mãe de Jade encontrou moscas no quarto onde ela escondia a comida e a levou até um médico, que a diagnosticou com anorexia nervosa. “Minha menstruação parou e eu estava fadigada constantemente. Não tinha músculos e andava com cadeira de rodas ou com a ajuda da minha mãe, pois estava muito fraca. Os médicos me diziam que eu não poderia engravidar, pois colocaria meu corpo em estado de risco, mas eu nunca me importei com isso”, fala.

Em 2010, Jade sofreu um infarto, consequência da anorexia, e recebeu dos médicos a notícia de que não sobreviveria por mais de uma semana. “Minha mãe ficou perturbada. Então, na semana seguinte, comecei a convencer a todos de que estava comendo, mas um dia acabei deixando cair um dos sachês de açúcar que carregava na bolsa para emergência”, diz. Posteriormente, ela foi internada para tratar da doença e ganhar o peso necessário.

Durante o tratamento, Jade conheceu Callum Scott, seu atual noivo. Eles começaram a planejar ter filhos, apesar de a infertilidade ser frequentemente citada pelos médicos. Surpreendentemente, em 2016, Jade descobriu que estava grávida, o que causou alegria e preocupação.

Leia também: Jovem que chegou a pesar 30kg se torna inspiração na luta contra a anorexia

“Por estar muito magra, fiz exames durante toda a gestação para garantir que meu bebê crescesse de forma adequada. Ter outra vida na minha barriga me estimulou a comer corretamente. Eu sabia que precisava melhorar”, diz.

Veja Mais:  Boletim escolar com mensagem que diz “não importa a pontuação” viraliza

Assim, a gravidez foi um grande motivador na luta de Jade contra a anorexia. Para garantir o desenvolvimento da criança, ela passou a se alimentar corretamente e cuidar para não ter recaídas. Felizmente, sua filha nasceu saudável e recebeu o nome de Isabella.

Comentários Facebook

Mulher

Como sentir prazer no sexo entre mulheres? Delas responde dúvida de leitora

Publicado

Você já passou pela situação de gostar muito de uma pessoa, mas o sexo não ser tão prazeroso? Apesar de vocês se darem bem em todas as áreas, quando vão para a cama as coisas não são tão boas assim. Uma leitora do Delas está passando por essa situação e nos enviou um e-mail perguntando sobre como sentir prazer.

Leia também: Não sinto prazer no sexo, e agora? Delas responde leitoras

duas mulheres na cama
shutterstock

Nem sempre é fácil saber como sentir prazer na hora do sexo, mas algumas dicas podem ajudar a melhorar a relação

Lésbica, ela tem 52 anos e uma namorada. No entanto, apesar de todos os pontos positivos do relacionamento, saber como sentir prazer  é uma grande questão. Ela nos conta que apesar de a namorada se esforçar e elas conversarem bastante sobre o assunto, nem sempre é prazeroso. “Muitas vezes, prefiro só dar prazer a ela”, escreve.

“Nós nos damos muito bem em todos os sentidos, inclusive na cama (quando consigo sentir algo). Eu a amo mais que tudo e sei que a cama não é o fundamental, mas é necessário”, escreve.

Para ajudar a leitora a mudar essa situação e conseguir sentir mais prazer, o Delas conversou com algumas especialistas no assunto. Para Olívia Barbosa, terapeuta e coach de sexualidade holística, o primeiro passo para reverter o cenário é entender o histórico da falta de sexo.

“É de agora ou já vinha acontecendo? Como está o relacionamento íntimo dessa mulher? Como está a saúde dela?”, questiona Olívia Barbosa. A profissional explica que existem diversos fatores fisiológicos que podem atrapalhar a conexão com o prazer.

Veja Mais:  Boletim escolar com mensagem que diz “não importa a pontuação” viraliza

Por exemplo, o efeito do cortisol no nosso organismo, hormônio do estresse, prejudica muito a liberação das químicas do prazer. “Alguma situação estressante no trabalho, na vida ou no relacionamento pode estar impedindo o prazer”, explica a terapeuta.

Além disso, as mudanças hormonais que a menopausa – que acontece entre os 45 e 55 anos – causa no organismo feminino podem afetar a libido e a relação da mulher com o seu próprio corpo.

“É comum a mulher ter uma queda no desejo. Isso prejudicará as próximas fases do ciclo de resposta sexual, que são a excitação, o orgasmo e a resolução”, complementa a sexóloga Priscila Junqueira.

Olívia sugere fazer uma avaliação com uma médica de confiança para avaliar se há alguma questão tangível atrapalhando o sexo e a disposição ao prazer. Outra sugestão para lidar melhor com a menopausa é conversar com outras mulheres que também estão vivendo essa fase de vida. “E até mesmo participar de círculos de mulheres em conexão profunda com o feminino sagrado”, diz.

Leia também: Não ter prazer no sexo é normal? Delas responde leitora que nunca se satisfez

Como sentir mais prazer durante o sexo entre mulheres?

duas mulheres na cama
shutterstock

Praticar a masturbação, apostar em posições sexuais diferentes e usar brinquedos sexuais ajudam a sentir mais prazer

Depois de investigar e perceber o as causas, é hora de descobrir como sentir prazer com a parceira.

  • Masturbação

Independe de o sexo ser entre mulheres e a leitora ter uma namorada, Olívia Barbosa comenta que o principal relacionamento que ela precisa cuidar é o dela com ela mesma.

Veja Mais:  Jovens adotam sobrenome de padrasto e o deixam emocionado; veja vídeo

“A siririca é essencial para reascender essa vontade. No começo pode ser desafiador se masturbar se você não está sentindo prazer logo de cara, mas é importante continuar se experimentando e buscar novas formas de se estimular”, orienta.

A terapeuta recomenda consultar o material “Oh My God Yes” , uma ferramenta online que apresenta mulheres reais falando sobre prazer e orgasmo, com técnicas para esquentar o “sexo solo”.

O interessante da masturbação é que quanto mais você conhece o próprio corpo e os pontos de prazer, mais fácil fica para guiar a parceira durante a relação. Nesse sentido, Priscila Junqueira comenta sobre a importância de conhecer as zonas erógenas e os lugares que gosta de ser tocada. “Além disso, não só o toque excita, mas também os outros sentidos: olfato, paladar, visão e audição”, diz.

  • Posições sexuais

Pensar sobre quais as suas posições sexuais preferidas e compartilhar com a parceira também é uma forma de vivenciar relações mais prazerosas. Como sentir prazer é algo bastante pessoal, Olívia Barbosa acredita que o casal deve apostar naquilo que for mais excitante para elas, sem se preocupar em seguir “dicas kama sútricas”.

No entanto, para te ajudar a exercer a criatividade e tentar algo diferente, Priscila Junqueira indica algumas posições sexuais para mulheres lésbicas . A sexóloga sugere o “69”, que permite que as duas sejam estimuladas ao mesmo tempo, tanto com o sexo oral quanto com a estimulação clitoriana.

Veja Mais:  Machismo: mulheres e meninas são consideradas menos inteligentes, diz estudo

“Também podem ficar sentadas face a face, já que podem se tocar com as mãos, usar vibradores e se beijarem”, sugere a sexóloga.

  • Brinquedos eróticos

Os sex toys podem ser outra ferramenta interessante para ajudar a mulher a sentir mais prazer no sexo entre mulheres . “Se a leitora sente afinidade com brinquedos eróticos, pode experimentar vibradores 100% silicone, que não vão trazer malefícios à saúde e poderão contribuir com um estímulo um pouco mais intenso”, fala Olívia Barbosa.

A terapeuta sexual recomenda usar o vibrador no momento próximo ao orgasmo, sem deixar de se tocar e fazer outros estímulos com a mão ou a boca. Nesse momento, o envolvimento emocional também é importante, pois cria presença e entrega, permitindo uma parceira se conectar à outra.

“Tudo flui com mais naturalidade, e você acessa bem mais os hormônios gostosinhos de excitação, que beneficiam muito seu organismo”, fala.

Leia também: É normal não sentir prazer durante as preliminares? Delas responde

As dicas não funcionaram, e agora?

undefined
shutterstock

Se as dicas de como sentir prazer no sexo entre mulheres não funcionaram, você pode buscar ajuda com sexólogas

Você seguiu todas as dicas e ainda assim não está sentindo prazer? Não desista! O sexo com ela ainda pode ser algo bom. Priscila Junqueira recomenda buscar ginecologistas e sexólogas para pensar sobre o seu caso com cuidado e encontrar a melhor saída.

“Terapia holística ou convencional pode ajudar demais, principalmente com uma profissional que seja treinada para acolher a sexualidade feminina de forma integral e inclusiva”, complementa Olívia Barbosa.

Tem dúvidas sobre sexo, sexualidade, prazer ou quer saber como incrementar posições sexuais? Faça como nossa leitora que enviou sua dúvida sobre como sentir prazer no sexo entre mulheres e entre em contato conosco pelo sexo@igcorp.com.br e nós traremos um especialista para respondê-la com sigilo total!

Fonte: IG Delas
Comentários Facebook
Continue lendo

Mulher

Jovens adotam sobrenome de padrasto e o deixam emocionado; veja vídeo

Publicado

O Dia dos Pais nos Estados Unidos é comemorado no terceiro domingo de junho e, neste ano, caiu no dia 16. Como forma de presentear o padrasto, com quem moram há 12 anos, Jia e sua irmã, que são de Washington, decidiram adotar o sobrenome do homem e tornar efetivo o laço familiar que criaram com ele.

Leia também: Quanta fofura! Pai e filho conversam enquanto assistem TV e “diálogo” viraliza

menina adota sobrenome do padrasto no dia dos pais
Reprodução/Twitter

A jovem e a irmã decidiram adotar o sobrenome do padrasto, com quem moram há 12 anos


Jia fez uma postagem no Twitter revelando que ela e a irmã passaram a morar com o padrasto depois que o pai biológico delas se tornou uma pessoa muito abusiva. “Meu pai biológico era viciado em drogas e abusava fisicamente da minha mãe. 12 anos atrás, meu padrasto trouxe a luz para o nosso mundo novamente”, escreve.

“Ele sempre amou eu e minha irmã como suas [filhas]. E então decidimos mudar nosso sobrenome neste Dia dos Pais . Eu amo você, papai”, finaliza a menina.

Leia também: Menino dança com avô em supermercado antes de fazer cirurgia e vídeo viraliza

Na publicação, há também um vídeo que registra a reação do homem ao saber da iniciativa das irmãs. O conteúdo emocionou muitas pessoas e já foi visto mais de três milhões de vezes. Além disso, em apenas um dia, a divulgação passou de 343 mil curtidas e 63 mil retuítes.

Veja Mais:  Modelo plus size posta fotos nua e inspira ao falar sobre aceitação do corpo

Muitos internautas relataram situações semelhantes que ocorreram com eles. “Fiz a mesma coisa para meu pai em dezembro. Ele descobriu quando chamaram meu nome para subir ao palco e pegar meu diploma no dia da minha formatura”, conta um.

“Isso é lindo. Meu padrasto finalizou minha adoção duas semanas antes do meu casamento, para que ele me conduzisse até o altar”, afirma outra pessoa.

Leia também: Para acalmar aluna, professora faz carta e pede que fada do dente a presenteie

Uma usuária da rede social destacou a emoção que sentiu ao ver o vídeo e ressaltou que o padrasto deve estar muito feliz. “Lutando contra as minhas lágrimas. Isso é tão doce, e eu estou tão feliz que você foi abençoada com um pai como ele. Ele deve estar orgulhoso”, diz.

Fonte: IG Delas
Comentários Facebook
Continue lendo

Mulher

Casal decide morar separado para salvar relacionamento e conta experiência

Publicado

A youtuber Chloe Szepanowski, de 20 anos, conheceu seu namorado, Mitchell Orval, de 22, quando tinha apenas 16. Pouco tempo depois, ela se mudou para a casa dele em Melbourne, na Austrália. Rapidamente, a relação ficou desgastada e, por isso, decidiram dar um espaço entre eles para que pudessem analisar o relacionamento.

Leia também: 10 hábitos que você deve evitar para salvar um relacionamento desgastado

casal
Reprodução/Instagram

Chloe Szepanowski e o namorado decidiram viver separados para que o relacionamento continuasse firme e forte

No ano passado, Chloe viajou para poder se “encontrar” e descobrir o que queria fazer exatamente da vida. Nesse período, o casal deu um tempo, o que sinalizou o início da separação. Para entender melhor o que estava acontecendo entre os dois, eles visitaram um conselheiro de relacionamento quando a jovem voltou para a Austrália.

O profissional disse que eles têm uma “linguagem de amor diferente” e que precisariam de um tempo para trabalhar em si mesmos. “Quem disse que nós dois temos que viver juntos? Você não precisa viver pressionado para se casar e ter filhos. Tudo tem seu tempo”, ressalta Chloe em vídeo publicado no seu canal do Youtube, de acordo com o Daily Mail .

Leia também: 4 atitudes que podem acabar com qualquer relacionamento

Inicialmente, a youtuber decidiu que eles deveriam morar separadamente porque eram muito jovens e não precisavam se responsabilizar tanto um pelo outro para estar junto. O namorado diz que se sentiu “ofendido” no começo, mas não conseguiu imaginar uma saída melhor para salvar o relacionamento.

Veja Mais:  Como consumir chocolate na Páscoa sem sair da dieta e trazer prejuízos à saúde?

“Acabou sendo uma decisão mútua. Está sendo bom de novo. Nós perdemos a fase da ‘lua de mel’ porque começamos a viver juntos de imediato, mas agora as coisas estão tão boas quanto antes”, diz ele.

O rapaz pode passar até trê dias longe da namorada antes de se encontrarem – e está gostando disso. “Você não precisa atender às expectativas de todos sobre como um relacionamento deve ser”, completa. 

Internautas dizem que relacionamento do casal é um “bom exemplo”

Chloe Szepanowski
Reprodução/Instagram

Internautas comentaram no vídeo de Chloe, publicado no Youtube, que teve mais de 300 mil visualizações na plataforma

Nos comentários do vídeo, muitos seguidores apoiaram a mudança. “É muito maduro e um bom exemplo para nós”, diz um. “É incrível ver vocês dois tão bem resolvidos sobre um tema tão sensível”, aponta outro.

Outras pessoas adotaram a mesma estratégia para tentar salvar a relação . “Meu parceiro e eu fizemos a mesma coisa. Vivíamos juntos há quatro anos e estávamos tão entediados diante da rotina. Voltei a morar com a minha mãe. Depois de seis meses, voltei a viver com eles. As coisas estavam indo tão bem. É dar um passo atrás para seguir em frente”, avalia.

Leia também: Especialista ensina maneiras de salvar um relacionamento com problemas

Uma outra internauta, por sua vez, comentou que está passando pela mesma situação do casal. “Muito obrigada por isso. Vou fazer meu parceiro assistir quando ele chegar em casa do trabalho. É tão bom ouvir isso vindo do Mitchell também”. Pelo que podemos ver, a repercussão sobre o relacionamento do casal foi grande, uma vez que o vídeo tem mais de 300 mil visualizações.

Veja Mais:  Boletim escolar com mensagem que diz “não importa a pontuação” viraliza

Fonte: IG Delas
Comentários Facebook
Continue lendo

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana