conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Política MT

Grevistas da educação buscam alternativas para ter renda financeira

Publicado

Deputado Delegado Claudinei considera que a situação da greve na educação já se tornou um problema social

Foto: Assessoria

A greve dos servidores da educação de Mato Grosso, que reivindicam o cumprimento da Lei Complementar de n.º 510/2013 ( LC 510/2013 ) – dispõe sobre a restruturação dos subsídios dos profissionais da educação básica e assegura o pagamento da Revisão Geral Anual (RGA)- completou dois meses de duração. O deputado estadual Delegado Claudinei (PSL) se manifestou, em sessão plenária nessa quarta-feira (25), sobre a necessidade dos poderes e profissionais da área se reunirem com governador Mauro Mendes a fim de resolver o imbróglio.

“Eu sou parceiro, se alguém da comissão ou alguma liderança quiser vir conosco, eu concordo. Vocês (profissionais da educação) estão fazendo parte das sessões plenárias e são guerreiros, mas não adianta ficar aqui reclamando, sem tomar uma atitude ou uma ação. Vamos conversar com o governador. Os deputados que quiserem, eu também faço questão de tratar sobre essa questão”, se posicionou Delegado Claudinei. Alguns servidores da educação se dispuseram a acampar com barracas em frente à Casa de Leis até chegar a uma solução. Nestes três últimos dias, cerca de 40 educadores de Rondonópolis (MT) somaram-se ao movimento.

A professora da Escola Estadual São José do Operário, Elisângela Gonçalves, conta que os servidores grevistas buscam alternativas para obter renda, como fazer artesanato, distribuir jornais, vender cosméticos ou perfumes e fazer crochê. Ela explica que chegou a receber uma cesta básica e aderiu a um fogão à lenha por não ter dinheiro para comprar o gás. “Amigos e familiares vêm me ajudando, pois meu marido não ganha muito e tenho três filhos para sustentar”, ressaltou Elisângela.

Veja Mais:  Campanha "Natal Feliz" mostra saldo positivo na arrecadação de alimentos e brinquedos

“A gente não vai entregar os pontos porque o professor está acostumado com o pouco que tem no dia a dia. O nosso salário, além de servir para o sustento da família, é para também comprar material para dentro da escola e ajudar a desenvolver uma aula melhor. A gente está dentro de uma luta que é justa, que é uma lei em vigor há cinco anos e não pode ser jogada na lata do lixo”, destacou a educadora.

Servidores grevistas acampados na ALMT- Foto: Assessoria

Para Delegado Claudinei essa situação já é uma questão social. “Têm profissionais indo para o semáforo, pedir ajuda para ter o que comer em casa. Onde vamos parar? Não podemos continuar criando argumentos e respostas, precisamos agir. Já são dois meses em que os servidores da educação de Mato Grosso estão sem salário e muito deles são responsáveis pelo sustento de suas famílias”, disse o parlamentar.

A aposentada que atuou por 30 anos na área da educação, Naomi Porto, 65 anos, ficou sensibilizada com a greve e decidiu acampar em frente à ALMT. “É que já passamos muito por isso. Trabalhei 30 anos e, agora, tenho tempo para ajudar e apoiar os professores. Tanto que colaboro com a atividade extra, como crochê. Eles estão em greve, mas ao mesmo tempo, continuam trabalhando, mas com as atividades artesanais e crochê”, explicou Naomi.

Veja Mais:  l Fórum sobre Educação e Social da Pessoa Surda será realizado na ALMT

Além da preocupação com a greve, o deputado defendeu o funcionalismo público, principalmente por ter atuado por 17 anos como delegado da Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso (PJC-MT). “Não é uma questão de ideologia partidária. É uma questão justa para que o governo cumpra uma lei. O meu apoio também sempre será a favor dos servidores públicos. Eu sei que os servidores públicos estaduais se sacrificam por não receber a RGA, salário e décimo terceiro em dia. Portanto, quero esclarecer que sou solidário, sim, pela luta dos professores”, enfatiza Claudinei.

A paralisação das atividades dos profissionais da educação se iniciou no dia 27 de maio. Eles decidiram manter a greve no início de julho, por não terem aprovado as propostas enviadas pelo governo de Mato Grosso.

Comentários Facebook

Política MT

Deputado Thiago Silva realiza homenagem para professores dos Institutos IBUC e IBAD das Assembleias de Deus

Publicado

Foto: Assessoria

Com a presença de centenas de professores, pastores, coordenadores e seus familiares, o deputado estadual Thiago Silva realizou na noite de ontem (21) grande Sessão Solene em Cuiabá para homenagear pessoas que contribuem com o ensinamento bíblico para crianças e jovens em todo o Estado. O evento ocorreu na Assembleia Legislativa de MT.

Participaram da sessão professores, alunos, jovens e pastores que receberam uma série de homenagens durante a noite como a entrega de moção de aplausos pelo serviço prestado a sociedade com o ensinamento da palavra de Deus.

“Como membro da Assembleia de Deus e apoiador dos institutos bíblicos fico feliz em poder homenagear todas essas pessoas que contribuem diariamente para a boa formação das nossas crianças e jovens que carecem de orientação para seguir no caminho do bem”, disse o deputado Thiago Silva.

O Instituto Bíblico Único Caminho que foi criado pelo pastor Sebastião Rodrigues em 2016 e o Instituto Bíblico das Assembleias de Deus que é de 1958 receberam congratulações e moções de aplausos durante toda a Sessão Solene. O pastor Rubens Siro que representou o pastor Sebastião no evento agradeceu o apoio dado pelo deputado Thiago.

“Este é um momento especial e de alegria que muito nos honra pelo reconhecimento que temos no ensinamento as crianças e a formação de caráter que realizamos por meio da disseminação dos ensinamentos e a palavra de Deus”, disse Siro.

Veja Mais:  Deputado apresenta Projeto para incentivo do uso de energia solar em Mato Grosso

A diretora do Ibuc no Estado Sueli Martins, também foi homenageada e na oportunidade disse sentir “satisfação enorme por essa sessão solene que condecora os formadores que ensinam as crianças a andarem pelo caminho certo e o trabalho feito pelo Ibuc é realizado com amor e carinho”.

“O mundo pode ser e está sendo melhorado com o trabalho feito pelo Ibuc e o Ibad em Mato Grosso, e participar desse ato festivo nos orgulha muito, então agradecemos o apoio da Assembleia Legislativa por meio do trabalho do deputado Thiago Silva”, disse o pastor Juvanir Oliveira.

O evento teve representatividade internacional com a participação do trabalho feito pelo Ibuc em Moçambique e também participaram da sessão solene participantes da igreja Assembleia de Deus de diversos municípios do Brasil como Coxim, Ariquemes, São Paulo, Ourinho, Nobres, São Pedro da Cipa, Imperatriz, Sorisso, Jauru, Araputanga, Várzea Grande, Nova Lacerda, Lucas do Rio Verde, Nova Mutum, Ipamarim, Cuiabá entre outras.

Pessoas que vieram de outros estados e municípios vão aproveitar a oportunidade e participar de capacitação durante o feriado de carnaval na Assembleia de Deus de Cuiabá para ensinamentos bíblicos para jovens e crianças.

O deputado estadual Sebastião foi o co-autor da sessão solene que também teve a presença dos vereadores de Cuiabá Abilio Jr e Clebinho Borges.

Comentários Facebook
Continue lendo

Política MT

Deputado viabiliza acordo entre município e Estado para construção de escolas em Rondonópolis

Publicado

Foto: Assessoria

O deputado estadual e presidente da Comissão de Educação da Assembleia Legislativa Thiago Silva (MDB), participou manhã de sexta-feira (21) de uma reunião decisiva para a construção de duas escolas em Rondonópolis. O encontro aconteceu na Prefeitura de Rondonópolis e contou a presença do prefeito José Carlos do Pátio e equipe, vice-governador Otaviano Pivetta e equipe, secretária Estadual de Educação Marioneide Kliemaschewsk, Olímpio Alves, assessor do deputado Nininho e a líder comunitária Sibele Araújo.

Os presentes discutiram os moldes de um convênio em entre Estado e município. Proposta que segundo Thiago Silva é viável e vantajosa para os dois lados. “Trata-se de convênio, conversei com a secretário Marioneide, com o vice-governador. A ideia está bastante amadurecida. Faltava conversar com o prefeito e ouvir a opinião dele. A proposta prevê que o serviço seja executado com parceria total e as responsabilidades dividas. O Estado assumiria o segundo ciclo em diante e o município ficaria com o primeiro ciclo. Assim temos crianças e jovens atendidos num mesmo projeto”.

As duas escolas inclusas na parceria serão construídas nos bairros Alfredo de Castro e Mathias Neves. Juntas as duas comunidades somam uma demanda de quase mil estudantes”. Essa é uma luta antiga que está perto de um desfecho positivo. Eu fico feliz pelo meu bairro ser contemplado, como também pelos amigos do Alfredo de Castro. Nossas crianças e adolescentes precisam unidades perto de casa e vagas. A falta de escola é um problema muito sério. Eu sou professora e acompanho o sofrimento que é estudar 6, 7 km de casa. Agora é o momento de unir forças e fazer esse processo andar o quanto antes”, conta a presidente do bairro Mathias Neves, Sibele Araújo.

Veja Mais:  Senadora Selma Arruda critica governo do Mato Grosso por querer aumentar impostos

A proposta do governo é construir um prédio moderno, no modelo do que é a escola atrativa, com tecnologia de ponta alunos e professores, além de salas climatizadas, quadras cobertas, alimentação e piscina. “Precisamos ter uma escola com bom ambiente para quem estuda e para quem ensina. Isso é o começo de integração, que esperamos que seja permanente. O público é um só então precisamos trabalhar para oferecer o melhor do início da formação até os anos finais”, explica o vice-governador Otaviano Pivetta.

A expectativa é que o convênio para a construção das escolas seja oficializado ainda no primeiro semestre deste ano. “A reunião acabou e a equipe técnica do município e estado já começaram a trabalhar os termos para dar celeridade na documentação do convênio. O segundo semestre entra no período eleitoral e então precisamos deixar tudo pronto para oficializar essas importantes obras até o mês de abril. Tenho certeza que o bom senso vai prevalecer. É dessa forma, com diálogo e disposição que conseguimos prestar um bom papel para sociedade”, afirma Thiago Silva.

Comentários Facebook
Continue lendo

Política MT

Xuxu Dal Molin acompanha andamento das obras de reforma e ampliação do Hospital Regional de Sorriso

Publicado


Foto: KATIANA PEREIRA

Foto: KATIANA PEREIRA

O deputado estadual Xuxu Dal Molin (PSC-MT) acompanhou, na quarta-feira, dia 19,  a visita técnica do secretário de Saúde o Estado Gilberto Figueiredo ao Hospital Regional de Sorriso (396 km de Cuiabá), que está em fase de obras. O investimento do governo do estado é na ordem de R$ 8,4 milhões em reforma, construção da cozinha e refeitório, e readequação do lactário, banco de leite, recepção, ambulatórios, unidade de terapia intensiva e centro cirúrgico.

Ao todo, conforme a Secretaria de Estado de Saúde (SES) será realizada obra para a recuperação da fachada, recepções, salas de espera, cozinha, refeitório, consultórios, enfermarias, centro cirúrgico, Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) e salas de urgência e emergência. Assim, a unidade passará a contar com mais 38 leitos de pronto atendimento, duas salas de parto e 12 leitos para maternidade, mais uma sala de centro cirúrgico e sala de recuperação anestésica.

Xuxu Dal Molin foi um dos grandes articuladores junto ao Governo para dar agilidade a todo o processo e tem acompanhado de perto os trabalhos. “A reforma do hospital regional é uma das minhas grandes metas de trabalho parlamentar. Tenho acompanhado de perto tudo. As pessoas me perguntam qual o andamento, como as obras estão, quando será entregue, então é uma prestação de contas também à sociedade. Esse hospital é primordial para moradores de 15 cidades do Vale do Teles Pires. E estamos realizando um sonho, que antes era só promessa”, disse o deputado.

Veja Mais:  'Isso agora é passado e vamos para frente', diz Delegado Claudinei após eleição da Mesa

O secretário Gilberto Figueiredo esteve com sua equipe técnica em Sorriso, visitou canais da imprensa, fez vistoria na unidade de Saúde para acompanhar o cronograma de execução da obra. “Já fizemos o processo licitatório, finalizamos todas as etapas burocráticas, assinamos o contrato e já emitimos ordem de fornecimento. Agora a obra já está andando. É importante frisar que não se trata apenas da conclusão de uma cozinha iniciada há 10 anos, mas sim da reforma completa do Hospital Regional”, declarou o secretário Gilberto Figueiredo à imprensa.

Conforme o secretário, os trabalhos de readequação predial preveem substituição da cobertura, com a troca de todo o telhado, piso, pintura das paredes, instalações elétricas e a inclusão do Programa de Combate ao Incêndio e Pânico.

A SES afirmou que o cronograma da obra não vai interferir no atendimento aos pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), que continuará realizando os serviços de referência para 15 municípios da região. A previsão da secretaria é concluir o cronograma da obra em abril de 2021.

Fonte: ALMT

Comentários Facebook
Continue lendo

Câmara Municipal de Rondonópolis

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana