conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Carros e Motos

Honda Civic Si 2020 muda na mecânica e no visual

Publicado

Motor Show

Honda Civic 2020 arrow-options
Divulgação

Com a baixa na categoria dos esportivos, o Honda Civic Si 2020 é o único cupê abaixo de R$ 200 mil

Assim como o sedã feito no Brasil, o cupê Honda Civic Si também estreia com mudanças na linha 2020. O esportivo da linha ganhou retoque nas molduras dos faróis de neblina, faróis de LED com novo arranjo de luzes, novas luzes traseiras de neblina em LED e novas rodas de 18″ com acabamento na cor preta. No interior, as novidades do cupê ficam por conta dos novos bancos esportivos e do painel com novos detalhes de acabamento na cor vermelha.

LEIA MAIS: VW Jetta GLI: devorador de asfalto nato

No pacote de equipamentos, o Honda Sensing (pacote de segurança composto por itens como farol alto automático e controlador eletrônico de velocidade adaptativo) passa a ser de série, assim como o Active Sound Control, que usa os alto-falantes do sistema de áudio para amplificar o som do motor em acelerações.

LEIA MAIS: Honda Civic 2020 ganha equipamentos, mas perde opção de câmbio manual

Na mecânica, o Honda Civic Si manteve o motor 1.5 turbo calibrado para desenvolver 208 cv. Mas o câmbio manual de seis marchas teve a relação final encurtada em 6%, para garantir arrancadas mais ágeis.

Comentários Facebook
Veja Mais:  KTM deverá ter novo motor de dois cilindros a partir de 2020

Carros e Motos

Honda CB 250F Twister SE chega às lojas em edição especial

Publicado


source
Honda arrow-options
Divulgação

Honda CB 250F twister SE: Naked é a mais sofisticada dentro da linha de motos urbanas

A Honda CB 250F Twister SE (Special Edition) acaba de chegar às lojas por R$ 14.945,00 (CBS) e R$ 15.945 (ABS). Revelada no Salão Duas Rodas 2019, a novidade tem cores e grafismos exclusivos, criados pela área de design da Honda Brasil. Ela traz pintura azul com detalhes em cinza, além de rodas e outros detalhes visuais em laranja. O objetivo é fazer alusão à CB 650F.

LEIA MAIS: A Honda CB 250F Twister ficou mais segura

Apesar das mudanças, a edição especial da Honda CB 250F Twister manteve o seu conjunto mecânico. Ou seja, segue com o motor monocilíndrico de 249,5 cm³ flexível, que rende até 22,6 cv a 7.500 rpm e 2,2 kgfm a 6.000 rpm, bem como o câmbio de seis marchas. Para ajudar a compor o visual, a Honda CB Twister tem lanterna traseira com lâmpadas de LED no lugar das convencionais. Outro ponto interessante é que o painel do tipo “black-out” segue o estilo adotado em modelos de alta cilindrada, com ícones e números digitais.

LEIA MAIS: Honda CG 160 chega à linha 2020 mais cara e com novos grafismos

Mais detalhes da mecânica

Honda arrow-options
Divulgação

Naked com qualidades de motos esportivas é conhecida pela mecânica simples e confiável

Enquanto isso, seja na versão CBS ou ABS, a edição especial Honda Twister SE traz freio a disco nas duas rodas. Na dianteira, um simples de 276 mm e três pistões, e atrás um de 220 mm com dois pistões. A única diferença fica por conta da pinça. Como se não bastasse, também é equipada com um conjunto de suspensão composto por duas molas, o que trouxe resultados superiores para fins de conforto, estabilidade e absorção de impactos, nos testes realizados pela Honda.

Veja Mais:  FCA anuncia 15 lançamentos noBrasil até 2024. E investirá R$ 8,5 bilhões em MG

LEIA MAIS: Confira os 5 próximos lançamentos das motos 2020 mais em conta

Vale lembrar que a Honda CB 250F Twister convencional vem na cor amarela com rodas pretas — na versão ABS (R$ 15.490) — ou prata com rodas pretas, ou vermelha com rodas vermelhas na versão CBS (R$ 14.490). Mesmo que tenha aumentado R$ 1.000 em ambas as versões (ante a linha 2019), a moto é pensada para entregar custo-benefício, em uma classe acima da “irmã” CG.

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
Continue lendo

Carros e Motos

Harley-Davidson anuncia desconto para as Iron e mais condições especiais

Publicado


source
Harley arrow-options
Guilherme Marazzi

Para os saudosistas, a pintura do tanque da Harley-Davidson Iron 1200 é uma viagem ao passado

A Harley-Davidson anunciou uma redução de preços para toda a sua família Sportster. Composta pelos modelos Iron 883 e Iron 1200, eram cobrados R$ 43.900 pela primeira, antes da redução de R$ 4 mil para os atuais R$ 39.900. Enquanto isso, a 1200 saía por R$ 47.400 e agora sai por R$ 43.900, após R$ 3,5 mil de redução.

LEIA MAIS: A nova Harley-Davidson Low Rider S em grande estilo

Tanto a Iron 883 quanto a Iron 1200 são motos mais básicas quando comparadas a outras Harley-Davidson . Para ambas, há apenas uma opção de cor extra que adiciona R$ 1 mil ao preço, bem como opção de assento para o passageiro, entre os outros acessórios. Por outro lado, enquanto a 883 tem motor V2 de 883 cm³, que rende 6,8 kgfm, a Iron 1200 vem equipada com um 1.202 cm³ que gera 9,4 kgfm. As duas chegam com câmbio de cinco marchas.

LEIA MAIS: Harley-Davidson traz ao Brasil três novos modelos da linha 2020

Supervalorização de seminova

Harley arrow-options
Divulgação

Harley-Davidson FXDR custa R$ 79.990, e é a mais beneficiada com a supervalorização da seminova

Além dessa campanha, a marca também oferece condições especiais para a compra de qualquer moto 2019 da linha, com uma supervalorização de até R$ 10 mil na seminova, dependendo do modelo adquirido. As motocicletas estão disponíveis para test ride em toda a rede de concessionárias autorizadas da marca no país, de acordo com a disponibilidade.

Veja Mais:  Veja os carros mais buscados na internet ao longo de 2019 no Brasil

LEIA MAIS: Harley-Davidson revela dois lançamentos inéditos: uma off-road e uma esportiva

Entre as Harley-Davidson mais procuradas, estão a FXDR 114 2019 — com o maior valor de supervalorização de seminova oferecido (R$ 10 mil), que vem equipada com motor Milwaukee-Eight 114 que entrega 16,11 kgfm, filtro de ar esportivo, escapamento 2 em 1, suspensão dianteira invertida, rodas e balança em alumínio — além das Sport Glide, Fat Bob e Fat Boy, com supervalorização de R$ 5 mil.

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
Continue lendo

Carros e Motos

Corolla seminovo ou Yaris zero quilômetro: qual compensa mais?

Publicado


source

No último capítulo de nossa nova série “Vitrine”, você entendeu por que é melhor comprar um Chevrolet Onix Plus zero quilômetro, e não o Chevrolet Cruze Sedan seminovo. Da mesma forma, também mostramos que nem sempre o carro novo compensa, como é o caso da dupla Voyage 1.6 MSI e o VW Jetta da antiga geração.

LEIA MAIS: Onix Plus Premier novo ou Cruze Sedan LTZ usado: qual compensa mais?

Nessa nova etapa, colocaremos dois modelos cascudos frente a frente. Afinal, o que compensa mais: comprar o Toyota Yaris Sedan na versão 1.5 XL Live automática (R$ 69.990) ou apostar no Toyota Corolla GLI 1.8 2017/18 que surge nos classificados online pelo mesmo valor?

Conforto e segurança

Toyota Corolla arrow-options
Divulgação

Toyota Corolla é o sedã médio favorito dos brasileiros há dez anos; não há indícios de que perderá força

Falando de proporções, o Corolla tem 4,62 metros de comprimento, 1,77 m de largura e 2,70 metros de entre-eixos. No porta-malas do sedã médio, há capacidade para levar 470 litros.

Como um sedã compacto, o Yaris é evidentemente menor que o Corolla. São 4,42 metros de comprimento (- 19 cm), 1,73 m de largura ( – 4 cm) e 2,55 m de entre-eixos ( – 15 cm). Na capacidade do porta-malas, o Yaris ganha por uma pequena margem: são 473 litros ( + 3 litros).

Na parte de segurança, o Corolla GLi continua se mostrando um veículo superior na comparação com o Yaris de mesmo preço. O modelo médio conta com seis airbags (frontais, laterais e cortina), enquanto o compacto traz apenas os frontais previstos pela legislação. O Yaris tem faróis com regulagem de altura e luz de neblina traseira, equipamentos que o Corolla não traz, mas também não chegam a fazer falta.

Veja Mais:  VW Kombi 1972 ganha motor elétrico tecnologias, com o visual clássico preservado

Vale destacar que ambos os modelos se mostram muito seguros, integrando controle de estabilidade e tração, assistente de partida em rampa, encosto de cabeça para todos os ocupantes e sistema Isofix para a ancoragem de cadeirinhas de bebê.

Equipamentos

Yaris arrow-options
Divulgação

O Yaris tem central multimídia com Apple CarPlay e Android Auto, mas deve acabamento de nível superior

Ambos contam com ar-condicionado de uma zona, direção assistida e ajustes elétricos dos retrovisores. O Yaris oferece a facilidade do banco traseiro bipartido, controle automático de velocidade e faróis com acendimento automático, mas peca por não integrar ajuste de profundidade para o volante (apenas altura).

Sendo um projeto mais recente e moderno, o computador de bordo do Yaris traz um display de boa qualidade para exibir informações de consumo, autonomia e odômetro. O Corolla também tem, mas sua tela é bem rudimentar e simples. O design do volante multifuncional de ambos é semelhante, mas o Corolla conta com acabamento em couro com costuras aparentes.

LEIA MAIS: Voyage zero quilômetro ou Jetta seminovo: qual é melhor para você?

A central multimídia do Corolla GLi é simples e tem interface bem antiquada quando comparado aos concorrentes da mesma época. De qualquer forma, ele oferece as conectividades Bluetooth, auxiliar e MP3. O Yaris zero quilômetro tem um sistema mais interessante, com destaque para as opções de espelhamento da tela do celular via Apple CarPlay e Android Auto. Dessa forma, o motorista poderá reproduzir aplicativos como Waze, Google Maps e Spotify diretamente na tela touchscreen.

Veja Mais:  Fiat Argo está prestes a ganhar nova versão Trekking com motor 1.8

Dirigibilidade e mecânica

Toyota Yaris Sedan arrow-options
Divulgação

Os modelos contam com o mesmo câmbio CVT, capaz de simular sete velocidades; confira os detalhes

O Yaris tem motor 1.5 de 110 cv de potência e 14,9 kgfm de torque, com câmbio automático do tipo CVT capaz de simular sete velocidades. De acordo com a Toyota, o modelo pode atingir 100 km/h em 12 segundos, antes de chegar na velocidade máxima de 186 km/h.

Como esperado de um 1.8, o Corolla é mais forte. São 144 cv de potência e 18,4 kgfm de torque, com o mesmo câmbio CVT do Yaris. O 0 a 100 km/h acontece em 11 segundos, com velocidade máxima nos mesmos 186 km/h.

O modelo compacto se sai melhor nos números de consumo, onde é capaz de aferir 13 km/l na cidade e 14,5 km/l na estrada com gasolina, e 9 km/l na cidade e 10,6 km/l na estrada com etanol. Já o Corolla pode marcar 11,4 km/l na cidade e 13,2 km/l na estrada com gasolina, e 7,8 km/l na cidade e 9,2 km/l na estrada com o combustível de cana-de-açúcar. Conforme o Inmetro, o Yaris Sedan 1.5 CVT chega a ser 13% mais eficiente que o Corolla 1.8 GLi.

IPVA

Considerando o Imposto sobre Propriedade de Veículos Automotores de 4% para Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo (os mais caros do Brasil), o proprietário terá que pagar R$ 2.800 pelo Yaris Sedan XL Live e R$ 2.754 no Corolla GLi. A variação é de 1,6%, com diferença de apenas R$ 46.

Veja Mais:  Mercedes-Benz apresenta a EQV, sua primeira minivan totalmente elétrica

Seguro e depreciação

Saiba qual dos sedãs cabe no seu bolso arrow-options
Divulgação

Saiba qual dos sedãs cabe no seu bolso no levantamento de seguro e depreciação

De acordo com um levantamento da corretora Meu Seguro Auto, a cotação para Yaris Sedan é de R$ 2.100 para um paulistano na faixa dos 30 anos, casado e com filhos pequenos. Pelo perfil de compra, o seguro do Corolla sempre foi bem mais baixo na comparação com os outros sedãs da categoria. Conforme a corretora, o proprietário terá que desembolsar R$ 2.850 pela cobertura completa.

O Yaris XL Live tem depreciação na casa de 8,5% no primeiro ano. Com boa procura no mercado de usados, o Corolla GLi perde apenas 3,88% de seu valor após um ano, assegurando bom valor de revenda.

Conclusão

Toyota Corolla GLi arrow-options
Divulgação

O Toyota Corolla GLi seminovo agrada mais que o Yaris Sedan XL Live ao fim do comparativo; veja o veredito

LEIA MAIS: Relembre o Toyota Corolla ‘Brad Pitt’, objeto de desejo da classe média

Ao fim deste extenso comparativo, fica claro que o Toyota Corolla 1.8 GLi ainda é uma compra mais assertiva na comparação com o Yaris Sedan XL Live. Ele peca por não integrar Apple CarPlay e Android Auto em seu sistema de mídia rudimentar, mas continua sendo um veículo muito superior. O acabamento interno do Corolla também é um dos melhores de sua categoria, com painel e portas revestidos em materiais macios e emborrachados. O Yaris peca muito nesse quesito, passando uma impressão de fragilidade.

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
Continue lendo

Câmara Municipal de Rondonópolis

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana