conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Policial

Índice de roubos e furtos reduzem em Mato Grosso no primeiro semestre

Publicado

O número de roubos e furtos caíram nos primeiros seis meses deste ano em Mato Grosso no comparativo com o mesmo período do ano passado. Em todo o Estado, a redução de roubo foi de 24% (12.019 para 9.137) e furto de 16% (28.435 para 23.756). Os dados da Coordenadoria de Estatística e Análise Criminal da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) são prévios e podem sofrer alterações quando forem consolidados.

Das 15 Regiões Integradas de Segurança Pública (Risp), 10 apresentaram redução de furto e sete de roubo. A Risp de Várzea Grande que contempla cinco municípios (Nobres, Jangada, Rosário Oeste, Nossa Senhora do Livramento e Poconé), foi a que mais apresentou queda de roubo, de 2.673 para 1.653 (-38%), seguida pela Risp de Tangará da Serra (Porto Estrela, Barra Do Bugres, Denise, Brasnorte, Campo Novo do Parecis, Sapezal e Nova Olímpia), 526 em 2017 para 333 em 2018 (-37%).

Em relação ao furto, a Região Integrada de Cuiabá (Acorizal, Chapada dos Guimarães, Nova Brasilândia, Planalto da Serra, Santo Antônio de Leverger e Barão de Melgaço) apresentou a maior baixa nos índices, 34% (10.257 para 6.790), seguida pela Risp de Tangará da Serra que apresentou queda de 26%, registrando 1.447 casos no ano passado e 1.075 em 2018.

Municípios destaques

Dos 141 municípios do Estado, 12 são destaque na redução de roubo no primeiro semestre. São eles: Barra do Bugres (de 60 para 28), Alta Floresta (de 101 para 52), Juína (90 para 46), Tangará da Serra (de 310 para 189), Campo Novo do Parecis (de 71 para 45), Rondonópolis (de 963 para 608), Nova Mutum (de 143 para 89), Sorriso (de 523 para 322), Cuiabá (de 4618 para 3040), Primavera do Leste (de 165 para 124), Poconé (de 85 para 70) e Sinop (de 562 para 456).

Veja Mais:  Polícia Civil detém 4 envolvidos em roubo de mercearia em Nova Xavantina

Comentários Facebook

Policial

Polícia Civil apreende 26 tabletes em mala dentro de ônibus

Publicado

Assessoria | PJC-MT

Vinte e seis tabletes de maconha escondidos em uma mala foram apreendidos em Sorriso, (420 km ao Norte), nesta segunta-feira (15). Um adolescente foi apreendido na ação da Polícia Judiciária Civil.  A droga  teria como destino final o estado do Pará. 

O menor, identificado como M.l.B. de 17 anos, foi autuado em flagrante e responderá ato infracional análogo ao crime de tráfico de drogas. Ele foi surpreendido pelos policiais civis dentro de um ônibus intermunicipal, na zona rural da cidade de Sorriso.

As diligências iniciaram logo após denúncia sobre um passageiro que estaria transportando certa quantidade de droga, dentro de um ônibus que passava por Mato Grosso, fazendo a linha: Campo Grande (MS), destino Estado do Pará.

Diante das informações os policiais civis passaram a monitorar a rodovia para averiguações. As equipes dos núcleos da Roubos/Furtos e Entorpecentes de Sorriso, foram até um posto da Polícia Rodoviária Federal, onde montaram campana. Quando por volta das 13 horas, a PRF parou um ônibus que transitava no mesmo percurso descrito na denúncia.

Ato contínuo foi feita abordagem dos passageiros, sendo possível avistar o menor em atitude suspeita. Na ocasião, o adolescente foi entrevistado e acabou revelando que havia despachado como bagagem, uma mala de cor preta, contento várias peças de maconha. A  mala foi localizada e constatado a veracidade dos fatos.

Veja Mais:  Polícia Civil detém 4 envolvidos em roubo de mercearia em Nova Xavantina

Diante do flagrante, M.l.B. foi apreendido juntamente com os 26 tabletes de maconha, e levados para a Delegacia de Sorriso. O detido foi ouvido pelo delegado André Eduardo Ribeiro e depois da confecção dos autos de apreensão de menor infrator por tráfico de drogas, o conduzido foi colocado à disposição da Justiça.

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Coordenadoria de Polícia Comunitária participa de mutirão preventivo em Alto Paraguai

Publicado

Assessoria | PJC-MT

A Coordenadoria de Polícia Comunitária participou do “mutirão da prevenção” realizado na cidade de Alto Paraguai (228 km ao Sul), promovido pela Prefeitura do município, por meio do Conselho Tutelar e Conselho Municipal da Criança e do Adolescente (CMDCA).

O evento aconteceu em três dias, em ações direcionadas para quatro unidades escolares (sendo dois estaduais e duas municipais), alcançando mais de 930 pessoas atendidas.

Durante os  três dias  de atividades e festividades de cunho social, foram feitos ciclos de palestras, diálogos formativos e rodas conversas, junto aos alunos das escolas públicas de Alto Paraguai, com a participação dos educadores e pais.

A abertura do evento contou com a presença de autoridades civis e militares, profissionais de diversas áreas que atuam com o público infantojuvenil, representantes de várias secretarias municipais, Poder Legislativo e Judiciário.

A Conselheira Tutelar Keila, iniciou o encontro com uma dinâmica que envolveu os representantes do poder estatal e os munícipes, que acabaram criando uma rede de proteção, representando a busca da integração entre as autoridades e as famílias no cuidado e proteção das crianças e jovens.

A profissional também explicitou a preocupação com a prevenção ao uso e abuso de drogas lícitas e ilícitas especialmente por adolescentes do município.

Os policiais civis, Edmir Sena e Tatiane Castro, desenvolveram diversas atividades nas quatro escolas, sendo duas estaduais e duas municipais, com público que variou de 4 a 19 anos, matriculado na pré-escola até alunos do ensino médio, abordando diferentes temas como: Bullying, Ciberbullying, Violência nas Escolas, Gravidez na Adolescência, uso e abuso de Álcool, Cigarro e Drogas Ilícitas por adolescentes e jovens.

Veja Mais:  Vila Rica ganha prédio moderno para Delegacia da Polícia Civil

Ainda na ocasião a equipe da Coordenadoria de Polícia Comunitária, trabalhou outros temas de cidadania e projeto de vida.

Durante a apresentação, a investigadora Tatiane Castro (mulher e nascida naquele município) palestrou para as crianças, adolescente e os jovens, seus conterrâneos, sobre os benefícios da educação e do trabalho na formação do caráter e do desenvolvimento de uma carreira de sucesso.

“Temos que pensar nas escolhas que fazemos diariamente, pois estas escolhas vão definir quem seremos no futuro”, disse a policial civil.

Outro ponto de destaque no evento foi à participação do mascote “BomDog” do programa De Cara Limpa Contra as Drogas, que abrilhantou o mutirão com diversas aparições, momento em que despertou um grande amor e carinho, tanto por parte das crianças e até mesmo em adultos que participaram dos eventos.

O mutirão foi encerrado com evento esportivo, uma olimpíada municipal envolvendo os alunos das quatro escolas, oportunizando e estimulando a prática esportiva e todos os valores promovidos pelo esporte, como: espírito de superação, busca da excelência, espírito de equipe, respeito às regras e as pessoas, e a valorização do próximo. Reforçando tudo o que foi palestrado, debatido e abordado nos três dias do evento.

 

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Policial

Polícia Civil prende suspeito da morte de homens decapitados

Publicado

Assessoria | PJC-MT

A Delegacia Especializada de Homicídios e Proteção a Pessoa (DHPP), cumpriu mandado de prisão temporária (30 dias), contra Wellington Ferreira da Silva, conhecido por Pateta, nesta segunda-feira (15.07). Ele é um dos autores identificados na morte de dois homens decapitados em março de 2018, que tiveram as imagens divulgadas em redes sociais.

O preso é apontado como um dos autores da morte do  mototaxista Reinaldo Ribeiro de Barros, de 38 anos, e do vendedor Rubens Eloi da Silva, 53 anos, que foram decapitados a mando de uma facção criminosa. Os corpos deles foram localizados na região do Brasil 21, em Cuiabá. Na ocasião, pelas imagens divulgadas as famílias reconheceram as duas vítimas.

Wellington, o Pateta, está no Pronto Socorro Municipal. Ele foi levado ao hospital após se envolver em ocorrência de troca de tiros com policiais militares.  

O inquérito da morte dos dois homens já foi concluído com os autores identificados. No entanto, dois dos autores foram mortos por envolvimento em outros fatos, restando ‘Pateta’ foragido. Um quarto envolvido, era adolescente na época e já encontra-se internado cumprindo medida socioeducativa.

Fonte: PJC MT
Comentários Facebook
Veja Mais:  Foragido de Goiás é preso pela Polícia Civil em Confresa
Continue lendo

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana