conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Esportes

Já ouviu falar em futmesa? Conheça o novo esporte que está conquistando o Brasil

Publicado


Jogo de futmesa
Futmesa Brasil / Divulgação
Jogo de futmesa

Você já ouviu falar em futmesa? É um esporte de fácil aprendizado, atraente e competitivo, que mistura futebol, vôlei e tênis de mesa. Ele pode ser praticado por todas as idades e vem conquistando o Brasil.

Leia também: “Falha no regulamento” pode fazer o Campeonato Paulista acabar no tapetão

O futmesa
já é sucesso entre os jogadores de futebol profissional e tem sido utilizado nos grandes clubes do País e, também, do exterior, ajudando no desenvolvimento da coordenação motora, na melhora nos reflexos, pontaria e controle de bola.

Sem falar no público em geral, com diversão e lazer para crianças, jovens e adultos.

O lançamento oficial do novo esporte aconteceu nesta terça-feira, no Museu do Futebol, em Sao Paulo, com a presença dos ex-jogadores Fábio Luciano e Rodrigo Arroz e das vice-campeãs mundiais de futevôlei Nathália Guitler e Bianca Hiemer.

Os quatro fizeram um jogo exibição e também bateram bola com vários jornalistas, entre os quais o comentarista da TV Globo, Caio Ribeiro, ex-jogador do São Paulo.

O futmesa pode ser jogado em casa, na praia, no campo ou no parque, entre outros locais, seja como lazer, competição ou em técnica para aquecimento e treinamentos funcionais e/ou regenerativos.

A modalidade tem regras próprias, utilizando uma bola e uma mesa com rede para a sua prática. É possível jogar um contra um ou em duplas. Não é permitido tocar a bola com as mãos, podendo dar no máximo três toques na bola, sendo necessário colocá-la na metade oposta da mesa.

Jogadores como Neymar
, Thiago Silva, Philippe Coutinho, Roberto Firmino e Casemiro, assim como o surfista Gabriel Medina
são fãs do esporte. A CBF e clubes como Corinthians, São Paulo, Palmeiras, Internacional, Atlético-MG e Red Bull Brasil já usam a nova modalidade no dia a dia, como treinamento e, também, como recreação.

Veja Mais:  Brasileiro Hugo Calderano é indicado a melhor do mundo no tênis de mesa

Jogo de futmesa
Futmesa Brasil / Divulgação
Jogo de futmesa

Idealizado pela empresa Futmesa Brasil, traz em sua história pioneirismo e inovação, além da paixão pelo esporte.

“Nos últimos três anos, desenvolvemos e fomos aprimorando a modalidade. Fundamos a Liga e, agora, o objetivo é organizar o primeiro campeonato oficial neste ano. Nosso sonho é que o esporte cresça cada vez mais, para que no futuro se torne olímpico. Vamos em busca disso”, afimou Flávio Deleo, um dos sócios.

“Serão criados departamentos dentro dos clubes de futebol e, na sequência, realizados torneios internos, regionais, até chegar a um campeonato nacional”, completou.

“Os jogadores profissionais já abraçaram a ideia. A modalidade é ideal também para a diversão de toda a família. A mesa é resistente ao sol, a chuva e pode ser colocada nos mais diferentes espaços. E estamos desenvolvendo a bola oficial, um pouco mais leve e mais macia do que a do futebol”, garantiu Juliano Alvizi, também sócio da empresa.

Desde quando surgiu, no ano passado, a Futmesa Brasil já comercializou mais de 200 mesas para diferentes estados do Brasil e, também, para o exterior, em países da Europa e da Ásia.


Mesa do jogo de futmesa
Futmesa Brasil / Divulgação
Jogo de futmesa

São dois modelos – House e Pro –, além de um terceiro, com lançamento em breve, assim como a criação de bola específica para a modalidade. As mesas, produzidas em fibra de vidro e tamanho oficial, são homologadas pela Liga Brasileira de Futmesa.

Esporte para todos

O futmesa pode ser jogado por todas as idades e é inclusivo. “Já estou jogando há mais de um ano e só tem agregado ao futevôlei. Ajuda no entrosamento e uso como aquecimento. Tenho certeza que vai crescer cada vez mais”, observou Nathália Guitler.

Veja Mais:  Felipe Massa abandona ano sabático e compete com carros elétricos da Fórmula E

Leia também:  Ótimo para o Corinthians, mas péssimo para o futebol

“O futmesa tem tudo para virar um esporte olímpico, pela sua praticidade, podendo ser jogado em diferentes espaços”, ressaltou Bianca Hiemer.

“Sou um apaixonado por esporte. Primeiro foi o futevôlei
que entrou na minha vida, depois que parei de jogar futebol em 2009 e, aí veio o futmesa. Adoro jogar com minha esposa, com meus filhos, uma diversão. E tem também o lado profissional, o que está agregando aos clubes e presente no dia a dia dos jogadores, que tem a mesa em suas casas. Sem falar na saúde, na qualidade de vida. Uma ideia genial, para o corpo e para a mente”, resumiu Fábio Luciano.

Benefícios do novo esporte


Jogo de futmesa
Futmesa Brasil / Divulgação
Jogo de futmesa

A Futmesa Brasil foi buscar, junto a empresas e profissionais especializados, laudos e estudos científicos que comprovam os resultados da prática do esporte.

O Prof. Dr. Franz H. P. Burini, especialista em Medicina Esportiva / Medicina Preventiva, realizou em novembro do ano passado uma avaliação metabólica em atletas, no CT do Corinthians, que mostra o funcionamento do organismo como um todo frente ao esforço que é exposto – no caso o futmesa -, obtendo o perfil para otimizar os treinos para a melhora da saúde e da performance.

Já o Motion Lab – Consultoria e Assessoria em Análise de Movimentos -, com a coordenação de Luciano M. Rosa, apresentou as conclusões das atividades relacionadas à análise biomecânica de jogadores durante a utilização do futmesa, com profissionais especializados nos conceitos de biomecânica do esporte, em dois sistemas de análise: cinemetria e eletromiografia.

Veja Mais:  Assistir às finais da NBA na primeira fileira custa até R$ 370 mil; veja valores

Conheça as regras do futmesa:

  1. Jogos podem ser individuais ou em duplas;
  2. Partidas em dupla = 18 pontos e partidas individuais = 11 pontos;
  3. Partidas em melhor de 1, 3 ou 5 sets;
  4. Saque somente com os pés ou cabeça;
  5. Se errar o primeiro saque, pode realizar uma 2ª tentativa;
  6. A bola, durante o saque, deve bater na área demarcada na mesa;
  7. Após o saque, a bola pode bater em qualquer parte do lado oposto para ser válido;
  8. Ao passar a bola para o adversário, não invada, por cima da rede, o lado oposto da mesa;
  9. No máximo três toques na bola – mas na recepção do saque são no mínimo dois toques;
  10. É permitido subir na mesa PRO, mas sem utilizar as mãos;
  11. Não é permitido tocar a mão na bola e nem na mesa.

Confira as regras do futmesa no vídeo abaixo:

Início do futmesa Brasil

Flavio Deleo, empresário do ABC paulista, viu um vídeo de Neymar jogando em uma mesa similar em sua casa, em Barcelona e convenceu o sócio, Juliano Alvizi, que aquilo poderia ser um ótimo negócio.

Após viagem para Europa, pesquisaram e desenvolveram os equipamentos, que estão comercializando há pouco mais de um ano.

Leia também: Pelé chega ao Brasil após passar por cirurgia em Paris e é internado

O crescimento do negócio fez a fábrica, em Santo André, dar lugar a um novo espaço, em São José dos Campos, no Vale do Paraíba, que acaba de ser inaugurado. E o sucesso junto a jogadores, clubes e o público como um todo vem transformando o futmesa
no novo esporte que está conquistando o País.

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook

Esportes

Flamengo não libera Reinier para seleção e caso vai para o jurídico

Publicado

O Flamengo não liberou o meia-atacante Reinier para se apresentar à seleção brasileira Sub-17 nesta segunda-feira, na Granja Comary, conforme havia combinado com a CBF. O jogador foi convocado para disputar o Mundial da categoria que será realizado no Brasil. A diretoria do Rubro-Negro voltará ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) para garantir a liberação de Reinier.

Leia também: Flamengo alcança feito similar a de 2009, ano do último título brasileiro

Bruno Henrique e Reinier arrow-options
Reprodução/Twitter/Brasileirão
Bruno Henrique e Reinier


O atacante do Flamengo segue com a delegação em Curitiba, no Paraná, onde o time venceu o Athletico Paranaense por 2 a 0, no domingo, pelo Brasileirão. Ele vai seguir viagem para o Ceará, onde o clube encara o Fortaleza na quarta-feira, às 20h, no Castelão. A assessoria de imprensa do clube informou que o departamento de futebol determinou que o garoto ficasse com o restante da equipe.

“O atleta Reinier permanece com a delegação por decisão do departamento de futebol. O caso está entregue ao departamento jurídico”, disse a assessoria.

Leia também: Flamengo vence o Athletico, quebra tabu de 45 anos e segue líder no Brasileiro

Reinier se apresentaria nesta segunda-feira para o Mundial Sub-17, sete dias depois do restante do grupo. Da mesma forma, Talles Magno, do Vasco, também deve estar à disposição do técnico Guilherme Dalla Déa. O Cruz-Maltino confirmou que nenhuma mudança em relação à liberação do jogador foi feita até o momento.

Veja Mais:  Em jogo com recorde de gols, Tottenham se classifica para a semi da Champions

Já o Flamengo, porém, acredita que a CBF deveria ter bom senso depois da lesão de Arrascaeta e deixar Reinier voltar novamente ao Rio para o jogo contra o Grêmio, dia 23. O jogador treinaria às vésperas da partida pela semifinal da Libertadores e no dia seguinte retornaria à seleção para a disputa do Mundial.

Na reta final da preparação, os clubes chegaram a acionar o STJD pelo direito de não cederem os jogadores para amistosos do Brasil.

CBF vai reivindicar ação da Fifa

Na próxima reunião do Conselho da Fifa, que será realizada em Xangai, na China, a CBF vai encaminhar duas reivindicações: um pedido para que os compromissos das seleções de base (Sub-17, Sub-20 e Sub-23) sejam incluídos no calendário da entidade máxima do futebol. Isso vai obrigar os clubes a liberarem seus jogadores nessa faixa etária quando forem convocados.

Atualmente, a regra vale para os compromissos em datas Fifa e competições oficiais das seleções principais. Na visão da CBF, a liberação obrigatória seria para os jogadores que tiverem contrato profissional, independentemente da idade.

Leia também: Carol Portaluppi chora e revela agressão de torcedores do Flamengo

– Brasil é mais prejudicado nas categorias de base pela liberação de jogadores porque exporta muito cedo. Se não liberar jogadores para uma competição Mundial como uma Copa do Mundo… – disse.

Veja Mais:  2.000 dias após acidente, presidente da FIA diz que Schumacher “segue lutando”

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

É CAMPEÃO! Brasil vence o Japão e fatura o tri da Copa do Mundo de vôlei

Publicado

Brasil venceu o Japão e conquistou o tricampeonato da Copa do Mundo de vôlei arrow-options
CBV/ Divulgação
Brasil venceu o Japão e conquistou o tricampeonato da Copa do Mundo de vôlei

O Brasil é campeão da Copa do Mundo de vôlei masculino de forma irretocável. Na manhã desta segunda-feira, a 10ª vitória em 10 jogos foi conquistada na cidade de Hiroshima, no Japão, diante dos donos da casa, por 3 sets a 1, parciais de 25-17, 24-26, 25-14 e 27-25.

Leia também: Magoado, Bernardinho descarta fazer as pazes com Zé Roberto: “Tudo tem limite”

O resultado garantiu o caneco com uma rodada de antecipação para o time de Renan Dal Zotto. Foram apenas cinco sets perdidos pelo Brasil na competição por pontos corridos, disputada de quatro em quatro anos.

Na próxima madrugada, às 3h (de Brasília), a seleção entrará em quadra para a despedida, diante da Itália.

É o terceiro título do Brasil na Copa do Mundo, campeão também em 2003 e 2007. O resultado encerra de forma muito animadora uma temporada longa e cansativa, com olhos já voltados para a Olimpíada do próximo ano.

Brasil venceu o Japão na Copa do Mundo de vôlei arrow-options
FIVB/Divulgação
Brasil venceu o Japão na Copa do Mundo de vôlei

Empurrado pela fanática torcida, o Japão não foi uma presa fácil. O time da casa entrou em quadra ainda com chances de conquistar uma medalha na Copa do Mundo, tentando se colocar no pódio de uma competição deste nível pela primeira vez em décadas. Mas precisava vencer de qualquer forma para manter as chances de ultrapassar os Estados Unidos.

Veja Mais:  Filho de Schumacher faz o 2º melhor tempo nos testes da Fórmula 1 em Bahrein

Leia também: Jogadora da Superliga se aposenta por problema cardíaco: “Hoje um sonho se vai”

Além da tradicional e conhecida arma do volume do jogo, a seleção japonesa teve grande ajuda do saque para equilibrar as ações em parte do confronto. A linha de passe brasileira teve dificuldades em alguns momentos, a ponto de Renan ter trocado Leal, até então maior pontuador do jogo, por Maurício Borges, na metade do segundo set. 

passe do Brasil, inclusive, não teve uma atuação segura durante todo o confronto, com Thales oscilando mais do que o normal.

Brasil venceu o Japão na Copa do Mundo de vôlei arrow-options
FIVB/Divulgação
Brasil venceu o Japão na Copa do Mundo de vôlei

Depois de perder o segundo set, a seleção brasileira demonstrou reação imediata, começando o terceiro com 5 a 0, com uma incrível sequência de aces de Lucarelli. Um enorme alívio também para o psicológico do time.

Um fundamento importante para a construção do triunfo da seleção foi o bloqueio. Flávio começou como titular no lugar de Maurício Souza, por ser mais rápido, uma característica do ataque japonês. Foram 11 pontos brasileiros no block.

Leia também: Jaqueline desmaia ao vivo durante entrevista em jogo da Superliga; veja o vídeo

No ataque, mais uma vez brilhou a estrela de Leal. O ponta do Brasil foi o maior pontuador com 24 acertos, sendo 19 deles no fundamento. Ele teve ajuda importante ainda do oposto Alan, autor de 16, e caminha a passos largos para ser eleito o MVP da Copa do Mundo.

Veja Mais:  EUA derrotam a França garantem vaga nas semis da Copa do Mundo Feminina

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Continue lendo

Esportes

Treinador de campeões do UFC é acusado de estupro por duas atletas

Publicado

Treinador Erivan Ribeiro Conceição é acusado de estupro arrow-options
TV Globo
Treinador Erivan Ribeiro Conceição é acusado de estupro

Duas atletas que eram consideradas promessas do boxe brasileiro acusam o treinador de grandes estrelas do  MMA  de estupro. As moças faziam parte do projeto social dos lutadores Rodrigo Minotauro e Rogério Minotouro, o Instituto Irmãos Nogueira, que ajuda crianças e adolescentes carentes do Rio através do esporte.

Leia também: Minotauro justifica má fase do Brasil no UFC e relembra luta épica de 2009

Na denúncia exibida neste domingo no programa Fantástico , as jovens afirmaram que seu algoz é Erivan Ribeiro Conceição , conhecido no mundo das lutas por treinar, entre outros, Anderson Silva, Júnior Cigano e os irmãos criadores do projeto.

“Todas as vezes que eu saía do treino, ele arrumava um jeito de falar que ele iria me levar para casa. E fazia o que ele tinha que fazer. Os estupros, as ameaças, puxava meu cabelo, me xingava”, afirmou uma das atletas, que preferiu não se identificar.

Já Camila Borges Araújo, outra aspirante a boxeadora, lembra que Erivan a obrigou a fazer sexo com ele e sua mulher, Lóren Santana.

“Foram os dois. E eu estava sozinha. Eu falei, “vão me matar””, disse a moça, que entrou em depressão. “Era difícil eu pensar no que estava acontecendo. Se eu pensasse eu já queria me matar, me mutilar. Foi o que aconteceu muitas vezes. Meus pais cansaram de me levar para o hospital”.

Camila Borges Araújo%2C uma das mulheres que acusa o treinador arrow-options
TV Globo
Camila Borges Araújo, uma das mulheres que acusa o treinador

As duas meninas entraram para o projeto em 2013, com 13 e 14 anos. Entre 2015 e 2016, a dupla começou a se destacar — uma delas chegou a ser comparada a Ronda Rousey, ex-campeã do UFC — e foram promovidas à equipe profissional de boxe. Foi quando iniciou o pesadelo: Erivan passou a treiná-las e as ameaçava quando não cediam ao abuso.

Veja Mais:  Brasileiro Hugo Calderano é indicado a melhor do mundo no tênis de mesa

Leia também: A polêmica boxeadora que dá beijo na boca de rival e deseja sair na Playboy

“Era tudo à base do: “você não vai treinar se você não fizer”. Como se eu não tivesse escolha. Se eu quisesse ir para a seleção, era só aquela forma de eu ir”, relembra a vítima. “Nunca mais vou conseguir olhar para o esporte sem lembrar do que passei. Sem lembrar das coisas que me falava.

Afastado da academia

Além do trauma, Erivan também fez com que as jovens, amigas, rompessem a relação. Tudo para evitar que continuassem confidentes. Só após uma delas voltar a treinar em outra academia é que a amizade foi restabelecida: a dona do lugar já sabia da história de uma delas e, quando percebeu o estresse da outra, principalmente ao fazer certas posições na luta, ligou as situações. As amigas foram juntas à delegacia em fevereiro para prestar queixa.

Erivan foi denunciado pelo Ministério Público e é réu por assédio sexual em uma das acusações. Em um dos casos, a polícia concluiu que houve estupro de vulnerável e encaminhou o inquérito ao MP, que ainda analisa o caso. De acordo com a advogada dele, “os fatos narrados não são verdadeiros. Erivan não praticou crime, e a narrativa é precária de provas e fatos concretos”.

Leia também: Vídeo: Kron Gracie coloca “barriga nas costas” e surpreende em evento do UFC

Veja Mais:  2.000 dias após acidente, presidente da FIA diz que Schumacher “segue lutando”

Um dos sócios da academia Team Nogueira, Rogério Minotouro disse que Erivan não faz mais parte da empresa. “Decidimos afastá-lo. Por ele ter tido esse relacionamento. Não só, né? Pelo caso já ter virado um inquérito na polícia”, afirmou.

As vítimas pedem justiça. “Só quero que ele seja preso. Para conseguir viver em paz”, disse Camila, que está grávida de uma menina. “Ela vai me fazer esquecer tudo que passei”.

Fonte: IG Esportes
Comentários Facebook
Continue lendo

Câmara Municipal de Rondonópolis

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana