conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Tecnologia

Mandou e se arrependeu? Aprenda a apagar mensagens do Facebook Messenger

Publicado


Desde a última terça-feira (5), é possível apagar mensagens enviadas através do Facebook Messenger
Pixabay

Desde a última terça-feira (5), é possível apagar mensagens enviadas através do Facebook Messenger







O tempo de mandar mensagens erradas ou ficar arrependido depois de apertar o botão enviar ficou para trás. Desde a última terça-feira (5), o aplicativo de conversas do Facebook, o Facebook Messenger, liberou um recurso que permite apagar mensagens já enviadas.

Leia também: Novos emojis são anunciados para 2019 e um vira piada na internet; entenda

A novidade, que já está funcionando para donos de aparelhos celulares tanto com sistema Android quanto para iOS, tem um limite de tempo para funcionar. Uma vez enviada, a mensagem do Facebook Messenger pode ser deletada dentro de até dez minutos. Depois desse tempo, a opção fica indisponível.

O recurso é parecido com o disponibilizado pelo WhatsApp . A diferença é que este permite que uma mensagem seja apagada durante uma hora após o envio. 

De acordo com o Facebook, uma hora é muito para deletar algo já enviado. A rede social acredita que dez minutos é tempo suficiente para perceber que uma mensagem foi enviada de forma errada ou para um destinatário incorreto.

Leia também: Lembra do ovo do Instagram? Foto faz parte de campanha sobre saúde mental; veja

No Twitter, os usuários do aplicativo de bate-papo comemoraram a atualização. Veja:

Veja Mais:  Isso é muito Black Mirror: canal chinês cria apresentador de telejornal virtual









Aprenda a apagar mensagens no Facebook Messenger


Usuários do Facebook Messenger tem até dez minutos para apagar uma mensagem enviada
shutterstock

Usuários do Facebook Messenger tem até dez minutos para apagar uma mensagem enviada

Para apagar uma mensagem  no aplicativo, abra a janela de bate-papo que contem a mensagem que você deseja deletar. Depois, clique em cima dela e fique segurando até que apareçam algumas opções para serem selecionadas: “Copiar”, “Encaminhar” e “Remover”.

Aperte a opção “Remover”. Se você estiver dentro do tempo limite permitido para apagar a mensagem (dez minutos), apareceção, na tela, outras duas opções: “Remover para todos” e “Remover para você”. Escolha a primeira para apagar a mensagem tanto para você como para seu contato que a recebeu. Caso aperte a segunda, o texto será deletado apenas do seu aparelho.

Leia também: Jovem pesa PlayStation como se fosse fruta e é preso após pagar R$ 37 no console

Depois de clicar em”Remover para todos”, confirme a exclusão da mensagem do Facebook Messenger apertando novamente o botão “Remover”.


Fonte: IG Tecnologia
Comentários Facebook

Tecnologia

11 recursos do WhatsApp que você precisa começar a usar o quanto antes

Publicado

Os recursos do WhatsApp facilitam – e muito – a comunicação no dia a dia com os amigos, familiares e contatos profissionais. Como já sabemos, o aplicativo permite conversar de forma simples e fácil com diversos contatos. Apesar disso, alguns truques podem ser aplicados para deixar as conversas ainda mais interessantes, descontraídas e interativas.


celular com o símbolo do WhatsApp
shutterstock

Conheça 11 recursos do WhatsApp que facilitam a utilização do aplicativo no dia a dia para conversar com seus contatos

Para ajudar você a explorar os recursos do WhatsApp , separamos 11 funções que podem ser realizadas no aplicativo no dia a dia. Confira a lista!

1. Personalizar o conteúdo

Se você deseja enviar um mensagem de texto e quer personalizá-la para dar destaque em alguma parte que seja mais importante, saiba que é possível deixar o conteúdo em negrito, itálico ou com um traço. O processo para ativar esses recursos é bem fácil de ser realizado. Quer saber como?  Confira nossa matéria sobre o assunto e aprenda todo o passo a passo.

2. Figurinhas para animar a conversa

Uma forma de tornar a conversa mais visual e divertida é usar as figurinhas do WhatsApp . Elas certamente já devem ter chegado até você em algum momento, mas, afinal, como fazer as suas próprias e compartilhar com os contatos, seja em grupos ou no privado, para alguém em especial? O iG ensina todos os passos. Leia nessas matéria .

Veja Mais:  Facebook anuncia medidas para combater perfis e notícias falsas

3. Utilizar GIFs

Outro recurso que traz mais animação para o bate papo é utilizar GIFs para expressar seus sentimentos ou reações à mensagem enviada por algum contato. O aplicativo permite realizar buscas no GIPHY, uma plataforma que abriga milhares de imagens  que podem ser usadas nas redes sociais. Para saber como usá-los,  veja nossa matéria sobre o assunto.

4. Criar um grupo

Com essa ferramenta, você tem a possibilidade de reunir todos os seus amigos – ou familiares – em um único grupo e, assim, compartilhar suas novidades e informações com todas as pessoas de uma só vez, sem a necessidade de enviar mensagens individuais.  Confira nosso passo a passo e aprenda a como criar um grupo no WhatsApp.

5. Apagar mensagem enviada

Enviou alguma mensagem de texto, áudio, vídeo ou outro formato e logo se arrependeu? Ou talvez percebeu que mandou para a pessoa errada por engano? Calma! O aplicativo oferece a possibilidade de apagar o que você enviou para que a outra pessoa não visualize o conteúdo. Saiba aqui como fazer isso .

6. Encaminhar mensagem

Recebeu algo interessante e quer compartilhar com outro contato? Existe a possibilidade de copiar o conteúdo, abrir outra conversa e colá-lo. No entanto, existe uma forma mais fácil e prática de fazer isso. Basta pressionar a mensagem e, sem seguida, clicar em “Encaminhar”. Você poderá enviá-la para até cinco contatos de uma só vez.

Veja Mais:  Facebook e Instagram vão banir conteúdos nacionalistas e separatistas

7. Compartilhar sua localização

Outra possibilidade oferecida pelo aplicativo é o compartilhamento da sua localização atual. A ideia do recurso é permitir que você compartilhe com amigos e familiares seu trajeto em tempo real por um período de tempo determinado. Esse é um ótimo recurso para quem usa transporte compartilhado, por exemplo, porque traz mais segurança. Veja neste link como ativá-lo .

8. Responder a mensagem de um grupo em particular

Em grupo, várias pessoas podem digitar ao mesmo tempo. Se alguém falou algo por lá, existe a possibilidade de responder para essa pessoa em particular e não, necessariamente, na frente de todos os outros. Quer saber como? Confira o passo a passo neste link . O recurso está disponível tanto para Android quanto iOS.

9. Fazer uma pesquisa

No WhatsApp, é normal a pessoa precisar buscar informações que foram escritas em conversas passadas.  Para facilitar esse recurso, o aplicativo disponibiliza a opção de fazer uma busca entre as mensagens já enviadas e recebidas. No iOS, basta clicar em “Buscar” e digitar o que se deseja encontrar. No Android, clique na “Lupa” e faça a pesquisa. É uma opção útil para quem tem muitas conversas ativas.

10. Marcar mensagem como não lida

Recebeu uma mensagem e clicou nela, mas deseja ler com mais calma depois? O aplicativo oferece a possibilidade de marcá-la como não lida. No iOS, basta deslizar a conversa desejada para a direita e clicar em “Não Lida”. No Android, pressione a conversa, clique nas três bolinhas no canto superior direito e, em seguida, selecione “Marcar como não lida”.

Veja Mais:  Telegram vai na contramão do WhatsApp e amplia alcance de mensagens no app

11. Gravar um áudio sem manter o microfone pressionado

Para mandar mensagens longas, utilizar o áudio é uma ação bem-vinda. Entre os recursos do WhatsApp , o aplicativo oferece a possibilidade de clicar no ícone e travá-lo, para que você não precise ficar segurando-o enquanto grava a mensagem de voz. Basta pressioná-lo e arrastar para cima. Simples e fácil!

Fonte: IG Tecnologia
Comentários Facebook
Continue lendo

Tecnologia

Facebook: Zuckerberg pode ser apontado como responsável por vazamentos de dados

Publicado

Mark Zuckerberg pode ser apontado como o responsável direto pelos escândalos de vazamento de dados e violação da privacidade de usuários pelo Facebook após uma investigação que está sendo levada a cabo pelo governo americano, de acordo com o jornal “The Washington Post”

Leia também: Dados de 540 milhões de usuários do Facebook são expostos sem proteção


Mark Zuckerberg
Reprodução/Twitter

Mark Zuckerberg pode ser apontado como principal responsável pro vazamento de dados de usuários do Facebook

A maior rede social do planeta, com mais de 2 bilhões de usuários, está na mira da Comissão Federal de Comércio (FTC, em inglês) dos Estados Unidos depois de vários escândalos em que as informações dos usuários foram parar nas mãos de terceiros, em especial no caso da consultoria Cambridge Analytica, que fez uso político de dados de 50 milhões de usuários compartilhados indevidamente pelo Facebook , sem consentimento.

Fontes disseram ao Post que a FTC estuda examinar mais a fundo o papel do diretor executivo e cofundador da rede nos escândalos de vazamento de dados , além de aplicar uma multa multibilionária à empresa de internet. Em comunicado ao jornal americano, a rede social afirmou esperar “chegar a uma resolução justa e adequada” do caso na FTC.

Leia também: Senhas de usuários do Facebook e do Instagram foram lidas por funcionários

“A comissão deveria apontar Zuckerberg como responsável”, afirmou o senador Ron Wyden ao Post. Até agora, embora a rede social esteja sob o escrutínio de Washington, seu diretor ainda não era tido como um alvo específico da investigação.

Veja Mais:  Telegram vai na contramão do WhatsApp e amplia alcance de mensagens no app

O caso vem se concentrando em saber se a rede social violou os termos de um acordo com a FTC em 2011 em que se comprometia a se transparente com seus usuários sobre a utilização de suas informações na plataforma. Em caso de não cumprimento do acordado, as multas seriam pesadas.

Leia também: 772 milhões de emails expostos em vazamento: descubra se você foi afetado

A revelação chega no momento de mais um escândalo — o Facebook colheu os contatos de e-mail de 1,5 milhão de seus usuários ao longo de anos sem avisá-los previamente, disse o site Business Insider.

Fonte: IG Tecnologia
Comentários Facebook
Continue lendo

Tecnologia

Empresas se reinventam para acompanhar a evolução da internet

Publicado

A evolução da tecnologia permitiu acesso fácil a computadores e smartphones e impulsionou a evolução da internet, que se tornou algo comum do dia a dia. De acordo com última pesquisa do IBGE, 116 milhões de brasileiros têm acesso à internet . Isso significa que as pessoas estão online e, para estar perto das pessoas, as empresas precisam estar online.

Uma vez online, as empresas devem se reinventar de acordo com a evolução da internet , única forma de não ficar para trás e estar sempre no gosto do internauta. Para isso, entender o consumidor é de extrema importância. Hoje as pessoas não entram na internet, elas vivem a internet e estão acostumadas com o que ela proporciona – rapidez, informação, interação, inovação. Os consumidores esperam encontrar essas características também nas empresas.

Assim, a empresa que não atende ao imediatismo dos seus clientes, que não corresponde às expectativas ou não resolve problemas acaba caindo em desuso. Um bom exemplo é o Orkut que foi sucesso extremo durante um período, não se reinventou e acabou tendo seu espaço tomado pelo Facebook, que trouxe outras funcionalidades aderentes ao que as pessoas buscavam.

Entendendo essas necessidades e buscando destaque no competitivo mercado, algumas empresas vêm se reinventado e servido de exemplo para outras. Alguns exemplos a seguir.

HostGator

Uma das maiores empresas de hospedagem de site do mundo, a HostGator  teve sua identidade virtual reformulada na última segunda-feira (15) um novo design de marca acompanhado de um site completamente repaginado. Esta é a quarta vez que a empresa, nascida nos Estados Unidos em 2002 e presente no Brasil desde 2007, se reinventa.

Veja Mais:  Propaganda na Netflix? Assinantes reclamam de teste do serviço de streaming

A ilustração mostra o mascote da HostGator na tela de um celular
Divulgação

A HostGator acaba de ter sua identidade visual reformulada

Com o objetivo de deixar a marca mais humanizada e próxima dos clientes, o mascote Snappy que costumava se vestir de diferentes formas para representar nichos de mercado distintos agora terá uma personalidade única ao representar a HostGator .

A mudança na comunicação traz modernidade e ocorrerá em todos os países em que a marca está presente: Brasil, Estados Unidos, Índia, México, Colômbia e Chile. O vídeo abaixo conta mais sobre a inovação.


Twitter

A rede social foi criada em 2006 com a intenção de ser um “SMS da internet” e um ano depois ficou conhecida em todo o mundo. Nela os usuários podiam compartilhar com seus seguidores pensamentos e acontecimentos em textos limitados a 140 caracteres. As funcionalidades de interação retweetar e comentar as postagens de outros usuários também estavam disponíveis.

Com o passar do tempo outras redes sociais como Snapchat, Facebook e Instagram surgiram, mas o Twitter se manteve de pé com o lançamento de novas ferramentas e atualizações da plataforma. Atualmente a quantidade de caracteres disponíveis aumentou para 280, os usuários passaram a poder compartilhar fotos e vídeos, além de transmissões online. O uso de #, a busca em tempo real e o Trending Topics, que mostra os principais assuntos abordados na mídia social no dia, também foram importantes atualizações.  

Todas as mudanças, inclusive, estão fazendo com que pessoas e empresas voltem a dar uma atenção especial a mídia social que hoje é muito utilizada como fonte de informação.

Veja Mais:  Lei de Proteção de Dados trará impactos a pessoas, empresas e governos

Netflix

A Netflix foi criada em 1997 para oferecer o serviço de locadora online, entregava o DVD alugado pelo correio. Com a evolução da tecnologia, os filmes passaram a ficar disponíveis online e o modelo de negócio, aos poucos, se tornou obsoleto. Enquanto outras locadoras insistiram no mercado e foram à falência, a Netflix desenvolveu uma plataforma de streaming por assinatura com um sistema de recomendação personalizada que classifica os assinantes para indicar títulos.

Mais de 190 países passaram a ter acesso ao Netflix. Mas a empresa sabia que isso não era suficiente, já que outras plataformas de stremings estavam sendo criadas . Mais uma vez a marca se reinventou e começou a produzir seu próprio conteúdo, os “Originais Netflix”.

Fonte: IG Tecnologia
Comentários Facebook
Continue lendo

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana