conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Mato Grosso

Mato Grosso voa mais alto

Publicado

Quem viaja pelo Brasil, à primeira vista nota o nível de modernização alcançado por aeroportos como os de São Paulo (Guarulhos), Brasília e Campinas (Viracopos), unidades aeroportuárias concessionadas à iniciativa privada e que agradam até mesmo aos passageiros mais exigentes.

Com um olhar para o futuro, Mato Grosso está prestes a alçar voos mais altos em 2019, visando oferecer este padrão de qualidade nos seus principais aeroportos pelos próximos 30 anos. Acreditamos que a concessão garantirá a evolução para o primeiro mundo aeroportuário do Marechal Rondon em Várzea Grande, e dos regionais de Rondonópolis, Sinop e Alta Floresta.

A quinta rodada do programa de concessão de aeroportos acaba de entrar na reta final. Nesta semana, o Tribunal de Contas da União (TCU) deu aval para o lançamento de mais um edital de concessão que prestigia muito o nosso estado.

Ao todo, no país existem 10 aeroportos concessionados em quatro rodadas de leilões já realizados pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), e na próxima serão mais 12 aeroportos, incluindo os quatro de Mato Grosso. Com esse leilão em bloco, proposta construída em parceria pelo Governo de Mato Grosso e Governo Federal, o nosso Estado será a unidade da federação com o maior número de aeroportos concessionados no país.

A Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra), tem liderado e acompanhado de forma ativa todo esse processo de concessão. De 2015 para cá, a secretaria ajudou a selecionar as unidades, oferecendo informações técnicas à Anac e auxiliando nos estudos de viabilidade. Além disso, criou o programa Voe MT, que fomentou incentivos fiscais visando estimular a implantação e expansão de linhas aéreas regionais, nacionais e internacionais em aeroportos de Mato Grosso.

Veja Mais:  Servidores da Politec recebem palestra sobre prevenção ao câncer de mama

Acreditamos que as concessões representam uma revolução na melhoria dos serviços prestados aos usuários dos aeroportos. No nosso caso, estamos muito animados também porque em reuniões e audiências temos acompanhado o interesse crescente de investidores de diversos países como Espanha, Suíça, França e Argentina. Neste cenário de melhoria dos aeroportos, apostamos que o Estado entrará num ciclo virtuoso de desenvolvimento, uma vez que poderá ganhar muito com essa expertise internacional de gestão aeroportuária que poderá aportar em terras mato-grossenses. 

O edital de concessão deve ser colocado na praça ainda em 2018, e o leilão será realizado no primeiro semestre de 2019. Após a assinatura do contrato, a nova concessionária deverá investir R$ 800 milhões em capital privado, além de elevar a qualidade e a eficiência da operação dos quatro aeroportos.

Diante disso, Mato Grosso experimentará um salto de qualidade, fortalecendo o turismo e os negócios, o que seria difícil de ser concretizado se estivéssemos trabalhando somente com recursos públicos, ainda mais em um momento de recuperação econômica. 

Certamente as concessões de aeroportos, assim como de terminais rodoviários (como o de Cuiabá que está em licitação), de rodovias e ferrovias vão assegurar ao Estado um novo nível de desenvolvimento nas próximas décadas. Esperamos que os próximos governador e presidente da república continuem neste caminho de prosperidade, porque o Brasil e Mato Grosso acertam ao atrair investidores privados em nossa infraestrutura. 

Veja Mais:  Números de emergência da Sesp receberam 7.174 denúncias anônimas em 2018

*Marcelo Duarte é Secretário de Estado de Infraestrutura e Logística de Mato Grosso (Sinfra-MT), presidente do Conselho Nacional de Secretários de Transportes (Consetrans), mestre pela Universidade de Lincoln (Nova Zelândia), com curso de gestão pela Universidade de Harvard, nos Estados Unidos (EUA). É graduado em Administração pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) e Master in Business Administration (MBA) pela Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Comentários Facebook

Mato Grosso

Safra 2018/19: tráfego de veículos pesados na BR-163 cresce 13,4%

Publicado

Rota do Oeste faz o monitoramento do fluxo durante o período de escoamento

Foto: Assessoria

O início do período da safra 2018/19 foi marcado pelo aumento de 13,4% no tráfego de caminhões e carretas na BR-163, em Mato Grosso. O índice de janeiro é maior que a média nacional entre as rodovias concedidas, que chegou a 1,8%, de acordo com a Confederação Nacional do Transporte (CNT). Principal via de escoamento de grãos do país, a BR-163 deve receber um número ainda maior de veículos pesados.

Conforme estudo da Concessionária Rota do Oeste, em janeiro, a alta no volume de exportações no trecho concessionado da BR-163 foi de 8%. Na semana passada, a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) divulgou levantamento que apontava um crescimento de 2,3% na produção de grãos para esta safra. São esperadas para o período, mais de 234 milhões de toneladas de produtos.

O gerente de Operações, Wilson Ferreira, destaca que o movimento no tráfego de veículos pesados deve ser intensificado nos meses de fevereiro e março, podendo chegar a uma alta de até 20%.  Por este motivo, ele reforça a importância dos motoristas ao limite de velocidade na rodovia, respeito às leis de trânsito e a revisão dos veículos.

“Estamos no começo da safra e o movimento de veículos pesados já vem crescendo. É um período que requer muita atenção e cuidado dos motoristas, principalmente, nos trechos de maior fluxo”, pontua Ferreira.

Veja Mais:  Política de gestão de documentos alcança 67% dos órgãos do Executivo

Um dos pontos de tráfego intenso é a região sul da BR-163, em Rondonópolis, que registrou o maior volume de veículos em janeiro. Ao todo, passaram pelo trecho cerca de 190 mil caminhões e carretas.

Ação – Durante a época de escoamento na BR-163, a Rota do Oeste, em parceria com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), promove a campanha Safra Segura, que visa a segurança de caminhoneiros na rodovia neste período. Em 2019, o tema é “A carga mais valiosa é a vida” e destaca  descuidos de motoristas que podem ser fatais. A Concessionária alerta, principalmente, aos caminhoneiros a ações que possam tirar sua atenção na direção do veículo. O objetivo da campanha é reduzir o número de acidentes envolvendo caminhões e carretas na época da safra.

Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Servidores participam da 1ª Ação de Integração após mudança em estrutura

Publicado

Servidores que compõem a nova estrutura organizacional da Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra) participaram esta semana da primeira atividade de integração, após a junção da pasta com a extinta Secretaria de Estado das Cidades (Secid).

A ação foi coordenada pelo Comitê Setorial de Saúde e Segurança no Trabalho e abre oficialmente a programação da Coordenadoria de Gestão de Pessoas. O evento reuniu 101 pessoas, entre efetivos e comissionados, e ocorreu no auditório do antigo prédio da Secretaria de Infraestrutura.

Conforme a psicóloga da Sinfra Soyanne Almeida Santana, integrante do comitê, a “1ª Integração” teve como objetivo dar boas-vindas aos novos servidores e também àqueles que estão se adequando a diferentes cargos implantados após a união entre a Sinfra e a Secid.

“Essa foi a primeira ação do psicossocial visando promover a integração dos servidores. Nesse evento nós abordamos assuntos diversos, como ética no trabalho, postura profissional dentro do órgão público e a questão do relacionamento interpessoal”, explicou.

A assiduidade e do controle do ponto também fizeram parte dos temas debatidos durante a atividade, abordando ainda pontos como a entrega de atestados e licenças. “Esse foi um momento extremamente rico, os servidores da antiga Secid (que não tinham na programação esse tipo de atividade) foram muito receptivos. Falamos um pouco da dificuldade que as pessoas têm de mudar, os conflitos, os impactos dessa fase, enfatizando que aos poucos vai ocorrendo a adaptação”, pontuou Soyanne Santana.

Veja Mais:  Política de gestão de documentos alcança 67% dos órgãos do Executivo

Os integrantes do Comitê de Saúde e Segurança no Trabalha abordaram ainda as reponsabilidades dos servidores públicos frente às suas funções e aos trâmites burocráticos, bem como sua autonomia, pontuando a necessidade da manutenção do respeito mútuo nas relações interpessoais de trabalho.

A psicóloga acrescentou que a Ação de Integração e Desenvolvimento do Servidor faz parte de uma política voltada aos servidores implantada na Sinfra em 2015 pela Gestão de Pessoas. Essas atividades já fazem parte do cotidiano de trabalho na secretaria e agora terão continuidade.

A programação e o cronograma de 2019 estão sendo elaborados e serão informados aos profissionais via sistema de intranet, o qual está em fase de implantação pela coordenadoria de Tecnologia de Informação. “Assim que migrarem os e-mails da Secid para Sinfra vamos informar toda nossa programação”, afirmou ela.

O Comitê de Saúde e Segurança no Trabalho foi instituído pela portaria n°010/2019 publicada no Diário Oficial do Estado, que circulou no início de fevereiro deste ano.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Bope comemora 31 anos com entrega de medalha de reconhecimento

Publicado

Nesta quinta-feira (21.02), às 18h, ocorre a solenidade alusiva ao 31º aniversário de criação do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), unidade da Polícia Militar de Mato Grosso.

No quartel da ‘Tropa de Elite’, na Avenida historiador Rubens de Mendonça(do CPA), em Cuiabá, autoridades civis e militares que contribuíram com as ações do Bope serão agraciadas com a medalha ‘Mérito de Operações Policiais Especiais’.

Criada pelo Decreto Estadual 429/2016, essa medalha é o reconhecimento da Polícia Militar àqueles que, de maneira direta ou indireta, trabalharam e demonstraram empenho, esforço e zelo pela causa das operações especiais.

Entre os homenageados deste ano estão o governador do Estado, Mauro Mendes, e o secretário da Casa Civil, Mauro Carvalho. O evento ainda terá desfile militar com a tropa do Bope.

Como parte da programação, o Batalhão Especial inaugurou semana passada um novo tatame do projeto ‘Judô Bope’ e agora está recebendo crianças com idade entre 4 e 8 anos. Esse projeto já existe há 9 anos e atende 350 crianças, jovens e adultos. Também promoveu, no domingo (17), a 4ª Corrida do Bope, que reuniu 3 mil atletas.

Batalhão Especial

Criado em fevereiro de 1988, o Bope tem como referência a atuação no combate e repressão aos crimes de maior potencial ofensivo – roubo a bancos, tráfico de drogas, assaltos com reféns, e ações com uso de artefato explosivo, entre outros. É uma das unidades que compõem o Comando de Policiamento Especializado (Cesp), da Polícia Militar.

Veja Mais:  Polícia Civil desarticula organização criminosa em Sapezal

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana