conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Famosos

Mesmo com atraso, Sandy & Junior emocionam São Paulo com turnê “Nossa História”

Publicado

source

O vento gelado e a garoa fina que cairam sobre São Paulo na noite do último sábado (24), não impediram os fãs de Sandy e Junior de lotarem o Allianz Parque para a primeira apresentação da dupla com a turnê “Nossa História” na cidade.

Leia também: Saiba quais são as músicas mais buscadas da dupla Sandy e Junior

sandy e junior arrow-options
Reprodução/Twitter/@AllianzParque

Sandy & Junior


Prevista para às 20h, a apresentação de Sandy e Junior começou com meia hora de atraso, por conta de alguns problemas técnicos. No entanto, a falha não deixou os fãs menos animados. O efeito foi completamente o contrário.

A cada minuto, a ansiedade tomava conta do estádio paulistano, que contou com aproximadamente 45 mil pessoas, se tornando o maior show da turnê comemorativa até agora. Além disso, fãs de todas as idades (bebês, crianças, adolescentes, jovens, adultos e idosos!) entoaram os maiores sucessos dos irmãos mais queridos do Brasil.

O show começou com a animada Não Dá Pra Não Pensar , do álbum que leva o nome da dupla, deixando o público à flor da pele. A animação continuou com Nada Vai Me Sufocar . Na terceira música, No Fundo Do Coração , a emoção tomou conta, principalmente dos casais apaixonados, que se declaravam na pista ao som da balada romântica.

O clima de paixão no ar seguiu com sucessos como Estranho Jeito de Amar, Olha O Que O Amor Me Faz, Nada É Por Acaso e Love Never Fails, a única música escolhida do álbum internacional da dupla. Essa última, inclusive, abriu espaço para os dançarinos que acompanham a dupla na turnê ” Nossa História “.

Veja Mais:  Saiba quais são os candidatos dos famosos na eleição para presidente em 2018

Leia também: Do fim ao reencontro: tudo o que aconteceu na vida e carreira de Sandy e Junior

O hino As Quatro Estações fez com que os fãs, todos eles, cantassem a plenços pulmões. E, olha, até quem não simpatizava tanto assim com a dupla sabia a letra inteira. O administrador Rafael Marino Duarte, por exemplo, foi ao show acompanhando a namorada, admiradora da dupla.

“Confesso que não conheço todas as letras como ela, mas As Quatro Estações é quase um hino, acabei aprendendo a cantar sem querer, por influência”, disse aos risos. Outras canções vieram, mas foi em Eu Acho Que Pirei que o público mais se animou.

Antes da música começar, o telão exibia uma conversa entre amigos. Paty, Boca, Basílio, Bete, Bebel, Mau, Dodô, Ritinha, Gustavo e Clara, personagens da série que também levava o nome dos irmãos, foram lembrados quando a música de abertura da atração começou. Os atores Karina Dohme, Fernanda Paes Leme, Camila dos Anjos, Bruna Thedy, Douglas Aguillar, Paulo Vilhena e João Trassi, inclusive, marcaram presença no show.

Leia também: Sandy e Junior em São Paulo! Saiba o que pode e o que não pode no dia dos shows

A apresentação continou com um medley animado de Beijo É Bom, Etc E Tal, Vai Ter Que Rebolar, Dig Dig Joy e Eu Quero Mais , com direito a coreografia. Após relembrarem os sucessos que marcaram a infância de muita gente, foi a vez de Junior mostrar do que é capaz.

Veja Mais:  Beatriz descobre que Chiclete tentou matar Vivi em “A Dona do Pedaço”

O pai de Otto, de quase dois anos, entoou a sensual Enrosca , acompanhado pelo coro presente no Allianz Parque. Então, Junior se apresentou em seu solo de bateria e, claro, arrasou. Aplausos, gritos de “lindo” e palmas… muitas palmas!

É emoção que você quer? Então é emoção que você vai ter. O set de voz e violão contou com Sandy falando da trajetória da dupla, afinal, são 30 anos anos de carreira. Os dois começaram, sentados na beira do palco, com Você Pra Sempre , e lágrimas rolavam nos rostos dos apaixonados.

Um dos maiores hits da dupla, Inesquecível , trouxe arrepios e nostalgia. Junior emocionou a galera ao cantar Super-Herói , mas foi em A Lenda que o público mais se empolgou e, claro, soltou a voz. Com o estádio inteiro iluminado apenas por, acredite, lanternas de celulares, o que se viu foram crianças, jovens e adultos, aos gritos, sem errar uma palavra da letra icônica.

A primeira apresentação em São Paulo foi chegando ao fim, mas não sem antes tocar um dos maiores (e melhores!) clássicos da dupla, Quando Você Passa , popularmente conhecida como Turu Turu.

Sandy e Junior encerraram o show com a dobradinha Desperdiçou e Vamo Pulá . Mesmo depois de duas horas exatas e ininterruptas de show, o público literalmente saiu do chão e se despediu de um dos shows (se não o show) mais esperados do ano. A dupla retornará ao Allianz Parque neste domingo (25) para mais uma apresentação.

Veja Mais:  Com começo promissor, “Segundo Sol” esfria na chegada do100º capítulo

Fonte: IG Gente
Comentários Facebook

Famosos

Cantor português Roberto Leal morre aos 67 anos

Publicado

source
Homem loiro sorrindo para foto arrow-options
Divulgação

Cantor Roberto Leal faleceu aos 67 anos de idade

Morreu na madrugada deste domingo (15), em São Paulo, o cantor português Roberto Leal, vítima de câncer. A informação, veiculada pelo jornal lusitano “O Público”, foi confirmada pelo político patrício José Cesário, amigo do artista, que publicou a notícia em sua página do Facebook.

“Hoje acordamos com um enorme choque. O nosso amigo, grande Português no Brasil e no Mundo, António Joaquim Fernandes, o grande Roberto Leal, acabou de falecer. A tristeza é enorme! Portugal e o Brasil estão de luto”, disse Cesário.

Leia também: Roberto Leal vira padre na festa junina dos famosos

Roberto estava internado no Hospital Samaritano, no bairro de Higienópolis, por causa de um câncer na pele. O velório será realizado a partir das 6h desta segunda-feira (16) na Casa de Portugal, no bairro da Liberdade, e o corpo será enterrado no turno da tarde no Cemitério de Congonhas. As duas cerimônias serão abertas ao público.

Fonte: IG Gente
Comentários Facebook
Veja Mais:  Beatriz descobre que Chiclete tentou matar Vivi em “A Dona do Pedaço”
Continue lendo

Famosos

Quase todo elenco original de “Os Caça-Fantasmas” estará em novo filme, em 2020

Publicado

source
Diretor Jason Reitman arrow-options
Reprodução/Twitter

Jason Reitman, na direita, com seu pai, Ivan Reitman, à esquerda, além de Carrie Coon, Mckenna Grace and Finn Wolfhard

O novo longa de “Os Caça Fantasmas” estreia em julho de 2020 com boa parte do elenco original que participou dos dois primeiros filmes, em 1984 e 1989. Por enquanto, estão confirmadas as participações dos atores Dan Aykroyd (67 anos), Ernie Hudson (73 anos) e Sigorney Weaver (69 anos). Todos esperam que Bill Murray (68 anos) também confirme sua volta, depois de bastante resistência à ideia. 

 LEIA MAIS:  Atriz de “Caça-Fantasmas” critica nova versão do filme: “insulto”

Do elenco original de “Os Caça-Fantasmas” dos anos 80 faltará Harold Ramis , que atuou como Dr. Egon Spengler e faleceu em 2014, vítima de um caso raro de doença autoimune, que causa inchaço nos vasos sanguíneos.  

A direção de “Os Caça Fantasmas 3” será de Jason Reitman, filho de Ivan Reitman , cineasta responsável pelos pelos dois filmes antecessores. Jason também dirigiu outros longas importantes, como “Juno”, “Amor sem Escalas” e “Tully”.

 LEIA MAIS: “Os Caça-Fantasmas” voltarão às telas

Novos talentos também vão fazer parte do elenco da nova edição de “Os Caça-Fantasmas “, como Paul Rudd, que fez o papel principal em “Homem-Formiga”. Também irão participar do filme Carrie Coon ( The Leftlovers), Fin Wolfhard (Stranger Things) e Mckenna Grace (Capitã Marvel). Confira abaixo o teaser do trailer oficial divulgado no Twitter da Sony Pictures. 

Veja Mais:  Angelina Jolie sugere que pode ingressar na política em breve: “sou capaz”




Fonte: IG Gente
Comentários Facebook
Continue lendo

Famosos

Hungria Hip Hop fala sobre preconceito no rap: “Sofri mais que muito preto”

Publicado

source

Detentor de números grandiosos no Youtube e nas plataformas de streaming, Hungria Hip Hop é a sensação do trap nacional. Na última terça (09) o cantor lançou a canção Um Pedido, aproveitando o momento, ao iG Gente , ele falou sobre sua jornada no underground nacional, visibilidade, fé e seus projetos futuros. 

Leia também: Veja cena exclusiva de “Divaldo”, filme estrelado por Bruno Garcia

Hungria Hip Hop arrow-options
Divulgação

Hungria Hip Hop fala sobre desafios da carreira no rap


Sem um processo de composição específico, Hungria Hip Hop assume que sua nova canção surgiu enquanto ele estava em um quarto de hotel. “Comecei a escrever na hora, parece que Deus mandou essa música, que fala de amor e não desistir”.

Alguns projetos do rapper, como Lembranças e Bolo Doido , unem a realidade da periferia com o luxo da ostentação e da sensualidade. Questionado sobre o motivo de mostrar e mesclar esses elementos em seus clipes, Hungria não pestaneja.

“Têm os dois lados da parada, aí … o lado do moleque da periferia e o da sensualidade. São dois fatores, não existe só alegria, mas um caminho, então eu mostro do sofrimento até chegar na alegria (ostentação e luxo)”, declara o cantor e produtor musical.

Leia também: Sertanejo vive alta na TV aberta com reality e programa de Michel Teló

Nas redes sociais do músico é possível encontrar legendas sobre Deus, ele cantando gospel e mais. Indagado sobre sua conexão com a religião, o rapper se embala.

Veja Mais:  Caitlyn Jenner quer aumentar a família! Socialite pretende adotar criança

“Minha fé é algo de extrema de importância, porque eu só tinha ela. Não tinha dinheiro para comprar tênis, para gravar em estúdio”, diz ele, que em seguida fala sobre como orienta sua filha religiosamente: “Todo mundo que vai à minha casa ouve Deus, não tem como eu impor a religião para ela, mas têm como eu orientar, mostrar meu temor a ele”.

Intolerância religiosa e preconceito

Hungria Hip Hop arrow-options
Divulgação

Cantor pretende gravar um DVD no próximo ano

Sobre o título de “referência ou sensação do trap nacional”, o músico se define abençoado, mas mantém os pés no chão. “Acho comum também porque, não melhor que ninguém, mas existia esse propósito meu, disso acontecer”. 

Questionado se já sofreu algum tipo de preconceito ou desmerecimento por cantar rap e ser branco, Hungria não se esquiva. “Não, não aconteceu isso… até porque eu sofri mais que muito preto. Não sei quem foi o doido que inventou essa parada de cor, mas somos cria de um pai só. Classe social, cor, outros aspectos não diferencia ninguém. Até porque o rap não têm uma faixa dizendo: ‘têm que ser negro para cantar rap’, a gente têm que cantar o que têm no nosso coração, ou seja, a música é sem fronteiras”. 

Ao falar sobre seus projetos futuros, Hungria Hip Hop demonstra animação: “Em novembro têm mais uma faixa e quero gravar meu DVD ano que vem. Vai ser uma realização na minha vida”, finalizou. 

Veja Mais:  Ticiane Pinheiro amamenta a filha e fala sobre falta de tempo para si mesma

*Com reportagem de Reginaldo Junior

Ator de “Riverdale” no Brasil

Lochlyn Munro arrow-options
Divulgação

Lochlyn Munro, ator de “Riverdale”, vem ao Brasil para a HORROR EXPO 2019

Os fãs de “Riverdale” podem comemorar porque um conhecido ator da série transmitida pela Warner Channel vem ao Brasil participar da HORROR EXPO 2019. O canadense Lochlyn Munro viveu o antagonista Hal Cooper nessa que é uma das séries jovens de maior sucesso do momento. O ator também esteve no elenco de outros sucessos como “Freddy Vs Jason”, “Todo Mundo em Pânico” e “As Branquelas”.

O evento que Lochlyn participará acontece entre os dias 18 e 20 de outubro no Expo Center Norte, em São Paulo. Ele estará presente no dia 19 de outubro em um painel no qual falará da sua carreira e também responderá perguntas do público.

Universo trans no teatro

Quem Tem Medo de Travesti arrow-options
Divulgação/Leonardo Pequiar

“Quem Tem Medo de Travesti” é espetáculo sobre o universo trans

Explorando o universo trans no Brasil, o projeto Travestis Itinerantes, apresentado pelo Coletivo Artístico As Travestidas, chega a São Paulo para realizar duas interessantes ações no Itaú Cultural. Nos dias 21 e 22 de setembro, será apresentado o espetáculo “ Quem Tem Medo de Travesti ”, e, no dia 20 de setembro, acontecerá uma oficina de montação de drag – as inscrições para participar já estão abertas.

Veja Mais:  Após boatos, Neymar curte foto de Giovanna Lancellotti e fãs shippam casal

Leia também: “Pânico” tenta retornar aos holofotes e aposta em série de ficção no YouTube

Esse projeto usa a linguagem teatral como um instrumento de questionamento e transformação social. O espetáculo conta com uma equipe composta por atores, cantores, transformistas e bailarinos, sendo que todos são nordestinos. A peça evidencia questões que ainda assombram o universo trans como invisibilidade, exclusão e preconceito. Resumindo, a arte é usada para fazer o público refletir.

Fonte: IG Gente
Comentários Facebook
Continue lendo

Câmara Municipal de Rondonópolis

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana