conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Mato Grosso

Mudanças no mercado de trabalho aumentam a procura pela Pedagogia

Publicado

Curso possui o maior número de estudantes matriculados no país

Foto Ilustrativa

 Licenciatura mais procurada nas faculdades brasileiras, de acordo com o Censo da Educação Superior 2018, a Pedagogia contabiliza mais de 740 mil estudantes matriculados. Com tantas pessoas em formação, as novas configurações do mercado de trabalho ampliam os espaços de atuação do pedagogo, e a sala de aula deixa de ser a única opção de trabalho, mesmo sendo uma das principais atribuições do profissional.

No ambiente da sala de aula, o exercício da Pedagogia oferece como opções o trabalho na educação infantil (de 0 a 6 anos), séries iniciais (alfabetização) e educação de jovens e adultos. Ainda nesta área, é possível atuar junto às equipes de gestão e administrativa relativas à coordenação, direção ou supervisão escolar.

Outras alternativas de trabalho estão ligadas à área de psicologia e saúde, em que o profissional da Pedagogia integra a equipe de apoio e suporte, além das atividades internas em empresas, hospitais e editoras. Para quem optar em dar continuidade aos estudos após a formação, existe a possibilidade de seguir no meio acadêmico, com a realização de pesquisas em educação e especialização, incluindo mestrados e doutorados.

A coordenadora do Curso de Pedagogia da Faculdade Católica de Mato Grosso (FACC-MT), Maria Isabel Lopes Silva, pontua que um dos diferenciais da instituição consiste no desenvolvimento de atividades em campo desde o início do curso. A metodologia participativa contribui para a vivência dos estudantes quanto a prática antes de se tornarem profissionais, capacitando-os para as situações do cotidiano da Pedagogia.

Veja Mais:  Governo nomina obras em homenagem a servidor, policial militar e advogado falecidos

“O mercado de trabalho na Pedagogia está se abrindo para oportunidades que hoje vão além da escola. Por isso, é fundamental que os estudantes busquem cada vez mais outras áreas de atuação e vivenciem desde o início da faculdade diferentes cenários e ambientes”, disse.

O curso de graduação em Pedagogia na FACC-MT é presencial, com aulas no período noturno e duração de sete semestres. Entre as atividades desenvolvidas está o Programa de Estágio Supervisionado, que prepara os futuros pedagogos para o mercado de trabalho. Acompanhados de professores especializados, os acadêmicos participam de vivências em diferentes ambientes, com a oportunidade de aprimorar sua forma de atuação.

Além da graduação, a FAAC-MT também oferece cursos de pós-graduação na área, como a Educação Especial, Gestão de Processos Escolares, Psicopedagogia Institucional e Clínica, entre outros.

Para consultar mais informações sobre o curso, a faculdade disponibiliza um e-book e o canal de atendimento pelo Whatsapp (65) 9 8468 2336 e telefone (65) 3685-0897.

Comentários Facebook

Mato Grosso

Seplag apresenta caso de sucesso em evento promovido pelo Arquivo Público

Publicado

A Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag), por meio das Coordenadorias de Protocolo e de Arquivo, apresentou as principais ações internas desenvolvidas neste ano, entre elas a campanha Documento é Patrimônio, durante o workshop Boas Práticas em Gestão de Documentos, evento organizado pela Superintendência de Arquivo Público de Mato Grosso, na quarta-feira (16.10).

O intuito da campanha foi disseminar informações úteis a todos os servidores da pasta, principalmente aos responsáveis pelo registro, instrução, tramitação e arquivo de documentos. Ela foi produzida em parceria com a Assessoria de Comunicação da Seplag. Outra ação interna apresentada pela secretaria foi a realização de ciclos de palestras para os servidores.

De acordo com a coordenadora de Arquivista da Seplag, Joana Darc, os resultados dessas ações foram positivos e os servidores entenderam a mensagem. “Nós temos orientado o servidor sobre a importância da gestão de documentos. A ideia é tê-lo como um multiplicador dentro do seu órgão. O ciclo de treinamentos para nós foi muito importante porque o servidor entendeu a mensagem que queríamos passar”, disse.

Para a coordenadora do Protocolo, Helena Lazarini, a parceria entre Arquivo e Protocolo foi fundamental para a eficiência nos serviços prestados para o cidadão. Segundo ela, o servidor passou a procurar por mais informações a respeito da classificação dos documentos.

“A partir do momento que fizemos esses ciclos de capacitações, percebemos a procura do servidor por mais informações, muitos vieram até mesmo solicitar mais ações como essa”, destacou Lazarini.

Veja Mais:  Secel promove primeiro Fórum de Gestores Municipais do 2019

O workshop “Boas Práticas em Gestão de Documentos no Poder Executivo de Mato Grosso”, reuniu 97 servidores de várias secretarias responsáveis pela gestão de documentos e arquivos do Executivo estadual. Na oportunidade, palestrantes proveram debates sobre os desafios e as boas práticas em gestão de documentos.

(Supervisão de texto de Nayara Takahara).

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Sinop passa a contar com Superintendência da Caixa Econômica

Publicado

O governador Mauro Mendes participou, nesta sexta-feira (18), em Sinop, da cerimônia de instalação da Superintendência da Caixa Econômica na cidade. O evento contou com a participação do presidente da Caixa, Pedro Guimarães.

“A instalação da superintendência é extremamente importante para região e mostra a grandeza de Sinop. É o reconhecimento da Caixa e isso vai trazer muitas oportunidades de melhorar o acesso a todas as linhas de crédito e financiamentos que o banco oferece. Isso é um grande benefício para a população”, avaliou Mauro Mendes.

Para o presidente do Caixa, a vinda da superintendência para Sinop é um marco. “Até dois meses atrás nenhum presidente da Caixa tinha visitado Mato Grosso. Nós resolvemos rapidamente e, matematicamente, Sinop era uma escolha óbvia pelo crescimento da região”, disse, afirmando ainda que além da superintendência, a Caixa deverá abrir também mais agências em Mato Grosso e em outros estados do Centro-Oeste.

O presidente ainda destacou que a Caixa agora passa a oferecer linhas de crédito para o financiamento de empreendimentos ligados ao agronegócio. De acordo com ele, é um “crédito mais transformador, para silo, para beneficiamento industrial.  Ele é um crédito que visa mais emprego”. “Por exemplo, um produtor de soja que fatura entre R$ 2 milhões a R$ 3 milhões, se ele beneficiar o seu produto poderá faturar de R$ 10 a R$ 15 milhões”, destacou.

Veja Mais:  Governo nomina obras em homenagem a servidor, policial militar e advogado falecidos

Pedro Guimarães explicou também que o foco do banco está em dois pilares, a rentabilidade e o retorno social. “Se tem alguma coisa hoje no Brasil que gera benefício social é o agronegócio”, lembrou.

Importância para o norte

Para o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Sinop, Marcos Antônio Alves, a cidade já se transformou em um pólo de desenvolvimento há alguns anos, sendo referência na região. Contudo, no que diz respeito a alguns serviços da Caixa Econômica, ainda era necessário se deslocar até a cidade de Cuiabá.

“Isso ajuda as cidades ao nosso entorno e também traz as pessoas para Sinop, para que elas resolvam seus problemas aqui”, frisou.

O senador Jayme Campos também destacou a importância da ação. “Isso facilitará a vida de todos da região, principalmente, de quem necessita dos serviços da Caixa”, disse.

Também participaram da instalação da superintendência prefeitos e vereadores da região, o secretário-chefe da Casa Civil, Mauro Carvalho, os senadores Jayme Campos e Wellington Fagundes, além dos deputados federais Neri Geller e Juarez Costa, e dos deputados estaduais, Max Russi, Ondanir Bortolini, o Nininho, e Xuxu Dalmolin.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Mato Grosso

Secretaria de Saúde repassa mais de R$ 10 milhões ao Fundo Municipal de Cuiabá

Publicado

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) repassou R$ 10.524.702,44 ao Fundo Municipal de Saúde de Cuiabá. O valor transferido nesta semana, é referente a sete parcelas das competências de 2018 e 2019 e relativas a quatro diferentes programas vigentes. 

“A atual gestão, além de estar adimplente em 2019, também trabalha para amortizar os valores da dívida herdada. Podemos dizer que estamos absolutamente em dia com os repasses deste ano e amortizamos gradativamente os valores dos anos anteriores, de forma a contemplar democraticamente todos os municípios do estado”, declarou o secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo. 

De acordo com informações da secretaria adjunta de Aquisições e Finanças da SES-MT, deste valor total, R$ 9,9 milhões fazem referência exclusiva ao serviço de Média e Alta Complexidade. Das três parcelas que contemplam o programa, uma é da competência de setembro de 2019 (R$ 3,3 milhões) e duas estão relacionadas aos exercícios de agosto e setembro de 2018 (R$ 6,6 milhões).  

O valor total também engloba recursos de R$ 487.500,00, relativos ao exercício de fevereiro de 2018 e referente à atividade das Unidades de Pronto Atendimento (UPAs). Já no que se refere à Farmácia Básica, a gestão estadual repassou R$ 137.202,44, também compatível ao mês de maio de 2018. 

Demais municípios

Além dos recursos transferidos para o Fundo Municipal de Cuiabá, nesta semana, a SES-MT também repassou R$ 5,8 milhões referentes ao serviço de Média e Alta Complexidade prestado por 11 municípios – Barra do Garças, Confresa, Diamantino, Jaciara, Juara, Juína, Pontes e Lacerda, Rondonópolis, São Félix do Araguaia, Várzea Grande e Primavera do Leste. O montante é relativo à competência de setembro de 2019.

Veja Mais:  Em Água Boa, secretário de Saúde conclui itinerário de visitas aos Hospitais Regionais

Já no âmbito dos restos a pagar, a gestão estadual efetivou o repasse de R$ 787.978,24, que foi dividido proporcionalmente entre os 141 municípios de Mato Grosso. O valor é relativo à competência de maio de 2018 do programa destinado à manutenção da Farmácia Básica.

A SES-MT ainda pagou parcelas relativas às UPAs dos municípios de Juína, Sorriso e Sinop, dos exercícios de fevereiro de 2018.

Entre restos a pagar e repasses do atual exercício, a gestão estadual efetivou o pagamento total de R$ 17,6 milhões, divididos entre os municípios de Mato Grosso.

Fonte: GOV MT
Comentários Facebook
Continue lendo

Câmara Municipal de Rondonópolis

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana