conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Famosos

Musical “Se Essa Lua Fosse Minha” é exemplo de produção nacional de qualidade

Publicado

O teatro musical
autoral no Brasil não é uma novidade, mas, mesmo com a popularização desse gênero teatral no país, ainda é tristemente raro ver produções totalmente autorais nos palcos brasileiros, entretanto uma jovem dupla vem tentando mudar esse cenário. Com texto de Vitor Rocha e músicas de Elton Towersey, chega ao teatro do Núcleo Experimental, em São Paulo, o espetáculo “Se Essa Lua Fosse Minha”, que indica o valor do musical nacional.

Leia também: Reality show “Cultura, o Musical” surpreende com concorrentes de alto nível


Se Essa Lua Fosse Minha
Divulgação

“Se Essa Lua Fosse Minha” mostra a importância de apostar em produções brasileiras


O musical “ Se Essa Lua Fosse Minha
” conta a história de um povo que saí da sua terra para habitar outra já ocupada. Com diferenças de crenças e costumes, é criada uma divisão para que não aconteça uma guerra. Só que a curiosidade de dois jovens ameaça essa divisão, pois eles rompem as barreiras e se apaixonam. Para contar essa história de amor proibida entre Leila e Iago, o espetáculo mexe com o imaginário do público e se torna bem brasileiro ao explorar lendas folclóricas, cantigas e expressões passadas por gerações.

A história soa como poesia pura, mas Vitor brinca dizendo que é uma história mamão com açúcar. “Não diria que é simples, mas sim honesta, o texto é verdadeiro e isso torna fácil de entender. Acho que o segredo é que colocar coisas que eu acredito no texto”, comenta ao iG Gente
. O que chama atenção é que os personagens do espetáculo foram muito humanizados e isso faz com que a narrativa não exija um clássico vilão para criar os conflitos da trama.

Veja Mais:  Não tem mais volta? Angelina Jolie e Brad Pitt estão oficialmente solteiros

Além dessa humanização, outro detalhe importante é que o público vai se deparar com uma mocinha guerreira e desconstruída de padrões e quem carrega a missão de interpretá-la é a atriz Luci Salutes – que fez questão de raspar a cabeça para a personagem.  

“A Leila é uma das minhas maiores inspirações, ela traz algo muito forte para mim que é a questão de acreditar em si mesma e ter coragem e estar sempre em busca de algo e o artista tem que ser assim”, afirma Luci. “Tem um trecho de uma música que ela diz que ‘tem muito mais se você ir além’ e, para mim, é um desafio olhar além das minhas limitações para o musical. Por isso, é importante trazer essa questão da diversidade e do respeito de forma tão fluida.”


Elton Towersey e Vitor Rocha
Divulgação

As músicas do espetáculo são de Elton Towersey e o texto de Vitor Rocha


A trilha sonora original do espetáculo
é outro grande acerto e uma agradável surpresa, pois existem muitos elementos e ritmos brasileiros nas canções que também não deixam de possuir todos os altos e baixos necessários para envolver o público em um musical – afinal de contas a música nesse tipo de espetáculo é fundamental para se entender a história.

Elton explicou que é um desafio realizar esse espetáculo de forma acústica, sem uma grande orquestra e alguns atores acabam tocando em cena. “Conseguimos deixar o espetáculo com cara de musical, mas não de um musical americano. Tocar em cena é um desafio, mas fomos experimentando para deixar organizado. Tem que saber caminhar pelas diversas possibilidades. Eu uso muitas referências dos musicais que já assisti e não me nego de olhar para o jeito americano e ver o que dá certo lá”, pontua.

Veja Mais:  Anitta se alia a Netflix por projeção global e se deixa observar em depressão

Leia também: Livro “Querido Evan Hansen” chega ao Brasil com força de musical da Broadway

Um bom exemplo dessa mistura brasileira e americana é a música solo que a personagem Leila canta. “Virou um grande samba e ao mesmo tempo é uma música de princesa da Disney. Sempre falo para a Lucy que é como se fosse a música épica da Moana”, comenta Vitor que elogia o trabalho musical do parceiro.

Investimento necessário


Musical, Se Essa Lua Fosse Minha
Divulgação

A grande dificuldade de montar musicais nacionais é a falta de investimento


O grande desafio de montar projetos autorais é a questão financeira. Competir com as conhecidas montagens da Broadway
feitas no Brasil ou com peças com atores já muito populares é uma tarefa árdua e atrair um público para o teatro não é simples sem uma boa divulgação, mesmo assim os atores envolvidos no espetáculo acreditam nessa obra e, mesmo parte do elenco já estando em cartaz em outros musicais, eles resolveram abraçar esse projeto sem receber financeiramente por isso.

“Fico feliz de trabalhar com artistas brasileiros porque a Broadway é, sim, uma referência para mim, mas não é algo tão forte. Prefiro olhar para o teatro brasileiro e para esses artistas. O Vitor Rocha, autor do espetáculo, ele é tão jovem, mas tem tanta coisa para dizer, tem tanta coisa fervendo dentro dele, isso abre possibilidades e fico feliz de participar disso”, afirma o ator Arthur Berges, interprete de Iago.

Veja Mais:  Larissa Manoela revela traição de João Guilherme e ator é criticadonas redes

Leia também: Musicais em alta! Confira estreias e o que esperar desse gênero teatral 

Parte dessa confiança do elenco se deve ao “Cargas D’Água – Um Musical de Bolso”, o premiado espetáculo escrito por Vitor que, inclusive, ganhou uma montagem em Nova York. Agora, em parceria com Elton, ele dá mais um passo com “ Se Essa Lua Fosse Minha
”, que fica em cartaz até 10 de julho com sessões terças e quartas-feiras às 21h. 

Comentários Facebook

Famosos

João Guilherme responde acusações de gordofobia: “Sou moleque”

Publicado

O ator João Guilherme, do SBT , se envolveu em uma polêmica nesta sexta-feira (27) ao se referir a uma mulher como “peixe-boi” em um de seus stories no Instagram.

Leia também: Thammy Miranda diz que preconceito o impede de conseguir trabalhos

João Guilherme arrow-options
Divugação

João Guilherme


No vídeo gravado por ele, João Guilherme aparece dizendo: “Olha que bonitinho, tem um monte de peixe aqui. Tem peixe-boi aqui também”, disparou e apontou a câmera na direção de uma mulher. Os internautas não gostaram do que viram e acusaram o ator de gordofobia .

Leia também: Blogueira é acusada de racismo ao falar que estava suja por encostar em preto

Poucas horas depois o filho do cantor Leonardo usou sua conta no Twitter para se desculpar sobre o ocorrido. “Venho aqui pedir desculpas sinceras pelo o que disse. Falei besteira e não sou a favor de brincadeiras e colocações como essa, mesmo. Não fico feliz com a repercussão disso e quem me acompanha sabe que eu não tenho maldade na fala e nem no pensar, minhas sinceras desculpas. Sei que muitos temos problemas com corpo e isso não é coisa para se brincar. Minha família me educou bem, sim, maldade não é da minha índole. Mais uma vez, desculpa, a noção passou longe. E sou moleque”, afirmou.

Leia também: Thais Carla processa nutricionista por gordofobia: “Justiça sendo feita”

Veja Mais:  Jornalista critica Sasha por emitir opinião política e é ridicularizado por Xuxa

“Sei que pela internet não é fácil de se sensibilizar com um pedido de desculpas. Um pedido on-line fica superficial, mas é o que está ao meu alcance. O que falei foi errado, me sinto mal por ter falado o que disse, no tom que disse. Peço desculpas sinceras a todos que se ofenderam, prestando atenção no que disse… Sou novo, tô aprendendo a lidar com erros e com outros. Parte do aprendizado é pedir desculpas e não cometer o mesmo erro duas vezes. Como uma pessoa do bem vocês não verão mais maldade na minha fala”, finalizou João Guilherme .


Comentários Facebook
Continue lendo

Famosos

Atrizes da Globo negam acusação de assédio moral contra Marcius Melhem

Publicado

As humoristas da Globo , Maria Clara Gueiros e Renata Castro Barbosa usaram suas redes para negar que tenham sido vítimas de assédio moral pelo coordenador do departamento de humor, Marcius Melhem, como informou o colunista Leo Dias.

Leia também:Repórter da Globo leva “puxão de orelha” do marido e se retrata ao vivo; assista

Marcius Melhem arrow-options
Divulgação

Marcius Melhem


A primeira a se manifesta foi Maria Clara Gueiros que escreveu em seu Instagram: “Eu não fui vítima de assédio moral e não fiz denúncia”, garantiu a atriz da Globo .

Leia também: Vacas magras! Globo fica no prejuízo com Especial de Roberto Carlos

Já a assessoria de imprensa de Renata Castro Barbosa informou: “Comunicamos que a atriz não fez qualquer denúncia contra Marcius Melhem nem sofreu assédio moral, segundo anteriormente ublicado pelo colunista Leo Dias. O nome da atriz, inclusive, já foi retirado da matéria por ele”.

Enquanto isso, Dani Calabresa , que seria uma das denunciantes, não se posicionou sobre o assunto.

Leia também: MC Carol denuncia romantização do machismo em novela da Globo

Em nota, a Globo disse que “todo relato de assédio, moral ou sexual, na Globo é apurado criteriosamente assim que tomamos conhecimento. A Globo reafirma que não aceita qualquer tipo de assédio e, neste sentido, mantém um canal aberto para denúncias de violação às regras do Código de Ética do Grupo Globo “.

Veja Mais:  Jornalista critica Sasha por emitir opinião política e é ridicularizado por Xuxa

Comentários Facebook
Continue lendo

Famosos

Repórter da Globo leva “puxão de orelha” do marido e se retrata ao vivo; assista

Publicado

Pedro Figueiredo, repórter da TV Globo do Rio de Janeiro, revelou ao vivo que levou “puxão de orelha” do marido Erick Rianelli, que também é jornalista, por causa de uma afirmação que fez durante o “Bom Dia Rio”.

Leia também: Ana Maria Braga surge nua e lembra: Foi um show de horrores

repórter pedro figueiredo, da Globo, e o marido arrow-options
Reprodução/Instagram/@pedfig

Pedro Figueiredo, da TV Globo, ao lado de Erick Rianelli, seu marido

O repórter estava na rodoviária para cobrir a saída de alguns cariocas para o ano novo e contou aos âncoras da Globo que o companheiro o questionou sobre ele ter comentado alguns momentos antes que passaria o Réveillon em Búzios.

Leia também: Primeiro Papai Noel negro da Globo vira sensação na internet

“Vocês me deixaram agora em maus lençóis. Vocês perguntaram se eu ia embarcar, eu disse que iria para Búzios. Já tomei um puxão de orelha do meu marido, já! Pode ficar tranquilo que eu vou passar o Réveillon aqui, no Rio de Janeiro”, garantiu Pedro Figueiredo .

Leia também: Jornalista da RedeTV! vira correspondente em NY e acaba demitida pela emissora

O jornalista da Globo e Erick Rianelli se conheceram em 2013 e se casaram em maio de 2018. Na ocasião, passaram a lua-de-mel na Argentina.

Veja Mais:  Anitta se alia a Netflix por projeção global e se deixa observar em depressão

Comentários Facebook
Continue lendo

Câmara Municipal de Rondonópolis

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana