conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Mulher

“Não há nada de errado nisso”, diz mulher que vive relação com mais duas pessoas

Publicado

Casados, Rose Haley, 24 anos, e Ty, 23, decidiram convidar uma terceira pessoa para fazer parte da relação após se apaixonaram pela mesma mulher. O triângulo amoroso começou quando a jovem, que vive em Brisbane, na Austrália, assumiu sua bixessualidade para o marido.

Leia também: Casal vira trisal após ambos se apaixonarem pela mesma mulher; entenda 

trisal arrow-options
Reprodução/Facebook/Rose Haley

Ty, Keneshia e Rose vivem uma relação a três; para o casal adepto do poliamor, a conexão com Keneshia foi “imediata”

Os jovens se conheceram quando tinham apenas 17 anos e, aos 18, já eram casados. Depois que Rose revelou seu interesse por mulheres, eles decidiram usar o Tinder e, por lá, conheceram Keneshia. Após algumas semanas de conversa, os dois tiveram encontros individuais com a mulher para saber se iam se dar bem. 

Para o casal, a conexão foi “imediata” e, diante disso, pediram que ela entrasse na relação . Os três planejam se casar no ano que vem. “Poliamor significa amor autêntico, que é encorajado e apoiado por cada um de nós”, diz Keneshia ao The Sun . “Estar em um grupo significa mais amor, mais compreensão e mais encorajamento”, completa.

Leia também: Tatuadora vive poliamor e prova que é possível reatar com ex-namorado

Pedidos de casamento e críticas

Para ela, ir morar com o casal não foi uma tarefa tão fácil. “Fizemos muitos ajustes, inclusive para descobrir onde colocar meus pertences em uma guarda-roupa que foi feito para dois”, aponta. Conforme explica, para pedi-la em casamento, o rapaz se ajoelhou. “Meu coração bateu mais forte e eu disse a ele que me casaria todos os dias se ele perguntasse”, aponta. 

Rose não ficou com ciúmes da proposta e ficou mais do que feliz em ter “mais companhia” e “alguém com quem conviver”. Ela também pediu Keneshia em casamento . “Eu estava tão nervosa antes de pedir que ela se casasse comigo. Eu planejei por meses e decidi esperar até o aniversário dela”, afirma.

Leia também: Trisal conta como relacionamento a três melhora a relação e a criação dos filhos

A união dos três, no entanto, não deixou todos satisfeitos. Rose conta que seus avós e outros membros da família não aprovaram a relação do trisal e não aceitariam Keneshia. “O poliamor é uma forma válida de relacionamento e não há nada de errado ou imoral nisso”, aponta. “Nosso amor é tão belo quanto o amor entre dois parceiros. Nos amamos muito”, finaliza.

Fonte: IG Delas
Comentários Facebook

Mulher

Mulher ouve desconhecida chorando em banheiro e tem atitude comovente

Publicado

source

O que você faria se ouvisse uma pessoa desconhecida chorando dentro de um banheiro? Algumas pessoas podem até pensar em ignorar o fato, mas não foi o que aconteceu com uma mulher chamada Agnes, que compartilhou uma história para lá de emocionante em seu perfil do Twitter.

Leia também: Mulher dá exemplo de empatia e ajuda mãe a cuidar de bebê que chorava em voo

mulher chorando no banheiro arrow-options
shutterstock

Agnes ouviu uma desconhecida chorando dentro da cabine de um banheiro e resolveu ajudá-la de uma forma emocionante

“Ontem à noite [21 de agosto], eu estava em um banheiro e uma mulher entrou na única outra cabine chorando. Eu dei um grito desajeitado e perguntei se ela estava bem ou queria falar sobre isso ou se precisava de um abraço”, escreve na rede social. Em seguida, ela diz que a mulher estava chorando porque sentia falta da mãe, que havia morrido.

Leia também: Foto de desconhecida com criança em voo revela solidariedade entre mulheres

Diante da situação, Agnes deu um show de empatia e, enquanto a desconhecida chorava, ela decidiu ler um poema chamado “To the woman crying uncontrollably in the next stall (“Para a mulher chorando incontrolavelmente na barraca ao lado”, em tradução para o português), escrito pela poeta Kim Addonizio. 

Veja Mais:  Amor de irmãos é registrado em vídeo e comove internautas

Depois que a desconhecida saiu da cabine, ela perguntou pelo nome de Agnes e pediu seu número de celular. “É muito difícil dizer não a uma mulher chorando sobre a morte de sua mãe, então eu passei para ela”, destaca. Mais tarde, a mulher, identificada como Lola, lhe enviou uma mensagem para agradecer a gentileza: “Jamais esquecerei sua voz através da porta fechada. Obrigada.”

Agnes ainda aproveitou para dizer que seu gesto deixou sua semana complicada mais aquecida. “Também é um ótimo poema e é raro ter uma oportunidade tão perfeita de falar em voz alta através de uma porta de banheiro e pelo som de uma estranha triste e chorosa”, diz na publicação, que viralizou e teve 4,2 mil compartilhamentos e 22,6 mil curtidas.

Leia também: Após filhos pequenos terem ‘ataque’ em voo, mãe recebe ajuda de desconhecido

Nos comentários, muitos internautas elogiaram a atitude de Agnes. “Você fez uma coisa boa”, escreve um. “Isso é simplesmente adorável”, aponta outro. Outras pessoas até compartilharam histórias similares: “Estava chorando no banheiro de um restaurante e uma mulher que eu não conhecia me abraçou e disse: ‘Eu sinto muito’. Nunca vou esquecer isso”, destaca uma delas.

Fonte: IG Delas
Comentários Facebook
Continue lendo

Mulher

Tintura para cabelos brancos: 3 dicas para fazer a cor durar mais tempo

Publicado

source

Não são todas as mulheres que querem assumir os grisalhos . Independente de qual seja a razão, muitas ainda preferem investir na tintura para cobrir os cabelos brancos. Nesse caso, o problema é precisar fazer a manutenção cada vez que os fios começam a aparecer para “escondê-los”. Mas, afinal, como fazer a coloração durar mais? 

tingir os cabelos arrow-options
shutterstock

Se você aposta nas tinturas para cobrir os cabelos brancos, fique sabendo quer existem alguns ‘truques’ que mantém a cor


Ao Delas , Marília Giannattasio, que é hairstylist do C.Kamura Express em Moema, São Paulo, explica que antes de entender como manter a tinta, é preciso saber que essa manutenção não acontece apenas porque os cabelos brancos crescem, mas porque o produto desbota

Além de questões ligadas à saúde dos fios , já que quanto mais fragilizados, menos eles vão ter a capacidade de absorver a cor, há também fatores externos. “O Sol, por exemplo, influencia no desbotamento, pois faz a cor oxidar mais rápido. Lavar os cabelos com frequência e usando shampoos que não tenham ingredientes protetores da cor, também desbota”, diz. 

Das cores mais populares, os vermelhos, ruivos e as chamadas “cores fantasias”, ou seja, azul, rosa e roxo, são os que primeiro se soltam dos fios. Então quais são as dicas para manter esses e outros tons nos fios grisalhos por mais tempo? Ela dá 3 dicas; confira: 

Veja Mais:  Jovem posa de peças íntimas com bolsa de colostomia para inspirar mulheres

Leia também: Por que os cabelos brancos aparecem? Entenda e saiba se é possível evitá-los

1. Mantenha a hidratação em dia

A cor sempre tem maior durabilidade em cabelos hidratados “, comenta a profissional. Segundo ela, a hidratação é o primeiro passo para manter a tinta por mais tempo, já que além de qualquer coisa, o procedimento é o que mantém o fio saudável.

Assim, ela recomenda fazer visitar periódicas ao salão para tratamentos mais intensos e usar máscaras de hidratação em casa pelo menos uma vez por semana para complementar esse cuidado. A única atenção necessária é nunca fazer essa hidratação depois da coloração  , pois as fórmulas combinadas podem remover a tintura antes do esperado. 

2. Tenha cuidado com os produtos e aplicação

Depois de manter o cabelo bem hidratado, é hora de escolher os produtos que você vai aplicar no fio e como fazer isso. A especialista recomenda sempre comprar produtos que tenham uma durabilidade maior e boa qualidade, olhando sempre a embalagem. Um exemplo é escolher as tintas que não contém amônia, preferindo produtos com ativos condicionantes. 

“A preparação também tem que ser feita da forma certa, nas proporções indicadas pela marca. Isso garante um resultado duradouro. Quanto à aplicação, deve ser feita de maneira uniforme e o tempo de pausa indicado pela marca também deve ser respeitado”, diz Marília.

Veja Mais:  Qual look de Natal usar para sair do óbvio

Leia também: Após 16 anos tingindo os cabelos brancos, mulher assume grisalho: “Sou livre”

3. Tonalize os cabelos brancos entre as colorações

A raiz dos cabelos cresce, pelo menos, entre um e um centímetro e meio por mês . Isso significa que não tem como fugir dos temidos cabelos brancos que teimam em aparecer, mas você pode investir em um tonalizante para dar uma espaçada entre os retoques. 

“Fazer tonalização entre as colorações ajuda a manter a cor sempre viva. Algumas marcas tem opções de tonalizantes que não necessitam de oxidante e pode ser usada em casa”, finaliza a profissional. 

Fonte: IG Delas
Comentários Facebook
Continue lendo

Mulher

Bullying: o algoz e a vitima

Publicado

source

Bullying é uma palavra que tem origem na língua inglesa e vem da palavra bully, que significa valentão, brigão.

Leia também: Amar o seu filho é suficiente

crianças praticando bullying arrow-options
shutterstock

Crianças que cometem bullying querem se autoarfirmar

Hoje em dia ouve-se muito falar a palavra “ bullying ” para o que acontece em vários lugares com nossos filhos, mas, principalmente na escola, onde é o local de maior convívio social desde a infância até a adolescência e vida adulta, encontramos vários relatos de sofrimento e duvidas de o “por que” isso está acontecendo.

Crianças vítimas de bullying podem demonstrar alguns sintomas como ansiedade, choro, angústia, mudança no apetite e no rendimento escolar, baixa autoestima e muitos outros.

Você esta apto a perceber se o seu filho é vitima de bullying?

Os pais devem estar atentos. A qualquer um dos sintomas acima, deve-se ascender um sinal de alerta: seu filho pode ser uma vítima, ou até mesmo o algoz. Crianças que praticam o bullying são crianças que sentem uma grande necessidade de demonstrar poder sobre outros, e aquelas que sofrem o bullying geralmente tem problemas com autoestima.

No caso da vitima é imprescindível que no momento em que os pais tomem conhecimento dos fatos, mostrem sua posição em relação a eles, todos os envolvidos devem participar, a criança, a escola, o algoz e os pais.

Você como pai pode pedir retratação e desculpas do praticante, deve solicitar intervenção da escola e deve entender junto ao seu filho o motivo pelo qual ele esta sendo importunado. Nós pais temos que defender nossos filhos de coisas ruins que possam lhes acontecer, mas, acima disso, temos que ensinar a eles como defenderem a si mesmos, não com revide ou brigas, mas com inteligência emocional.

Veja Mais:  Amor de irmãos é registrado em vídeo e comove internautas

Leia também: Falha na comunicação entre pais e filhos pode ser grande problema na educação

Uma criança que sofre bullying geralmente tem a autoestima muito baixa, acredita pouco em si mesmo, tem falta de estimulo necessário para se impor. Nesse caso, os pais precisam dar muita atenção a essa criança, estímulo, demonstração de confiança, dar instrumentos para que ela saiba lidar com intimidações sem que isso afete seu lado emocional.

Uma criança, feliz, saudável e autoconfiante dificilmente será vitima de bullying .

mãe caminhando com filho arrow-options
shutterstock

Os pais devem estar presentes e atentos para compreender o que está acontecendo e buscar uma solução

Se o seu filho é muito magro, muito gordo, muito alto, muito baixo, usa óculos, e tímido, é muito inteligente,  é muito quieto, todas essas são características dele, não são motivo para bullying. Caso ele seja vitima por qualquer um desses motivos, deve ser dito que não há nenhum problema com ele, o problema é do agressor e da sua necessidade de autoafirmação.

Não poupe esforços para resolver o problema de seu filho. Converse com a escola, com outros pais, com seu filho. No caso de o agressor não regredir em suas investidas (às vezes ele tem realmente problemas sérios), mude o seu filho de escola. Porém, nesse caso, essa medida drástica de nada adiantara se você não ajudar o seu filho a fortalecer o ego. Se ele continuar se vitimizando, poderá ser importunado em qualquer escola que esteja.

Veja Mais:  História de adoção: garotinha comove a web com pedido fofo para o padrasto

Leia também: Estamos educando nossos filhos ou eles estão nos educando?

Pergunte-se o que o seu filho está ganhando na posição de vítima. Ele não se coloca nessa posição de maneira consciente, claro, mas toda situação tem um ganho. Quando se é vitima consegue-se atenção.

Não espere que o seu filho torne-se uma vitima para só então dar a atenção que ele necessita. Ouça o que ele tem a dizer antes, esteja presente no seu dia a dia, ensine coisas a ele, mostre a direção e acompanhe o tempo todo o caminho que está percorrendo. Deixe-o seguir um caminho e dê apoio. Crianças seguras de si e de seu valor não se tornam vítimas.

Fonte: IG Delas
Comentários Facebook
Continue lendo

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana