conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Carros e Motos

Novo Peugeot 208 Mercosul roda na Argentina sem disfarce

Publicado


source

Motor Show

Peugeot 208 arrow-options
Reproducão/Argentina Autoblog

Peugeot 208

O protótipo do novo Peugeot 208 Mecosul já pode ser visto rodando pelas ruas argentinas sem quase nenhum disfarce. Novas fotos do hatch, que deve estrear no mercado no segundo semestre, foram publicadas pelo site argentino especializado AutoBlog;

LEIA MAIS: Kia Rio chega ao Brasil em duas versões; veja preços e equipamentos

As imagens foram feitas pelo leitor identificado apenas como AndyLo, que enviou para o site as fotos que mostram detalhes do design externo e interno. O veículo fotografado é muito parecido com a versão 208 Allure que é vendida na Europa.

No inteiror é possível ver algumas diferenças entre o Allure europeu e sul-americano. A versão que foi fotografada na Argentina, a posição do console do câmbio é um pouco diferente. A mudança provavelmente se deve à alavanca do freio de mão, já que naversão europeia, esse controle é eletrônico.

LEIA MAIS: Veja 5 lançamentos inéditos que chegam em 2020

Outra semelhança porém é o conceito do i-Cockpit que já equipa os 208 e os 2008 brasileiros. O novo Peugeot 208 Mecosul será fabricado na linha de montagem instalada em El Palomar, na Argentina.

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
Veja Mais:  Veja quais são as novas propostas para os carros médios no Brasil

Carros e Motos

VW Gol Copa 1982: versão especial e limitada a 3 mil unidades

Publicado


source

Durante as décadas de 80 e 90 as séries especiais fizeram bastante sucesso no mercado brasileiro. Elas eram reconhecidas por detalhes de acabamento, motorização e tiragem limitada. E a ideia geral era que a produção menor fazia com que tivessem mais qualidade e, portanto, se tornaram objeto de desejo.

LEIA MAIS: Passat Pointer GTS: um dos grandes esportivos nacionais

A Volkswagen nadou de braçada nesse segmento e criou várias séries especiais e limitadas ao longo dos anos. O Gol , recordista de público e crítica na época, foi um dos modelos que teve mais sucesso nessa proposta de aliar algo diferente com um toque exclusivo.

O Gol Copa é um deles. Lançado em 1982 trazia diferenciais estéticos e de acabamento, além da tiragem de 3.000 exemplares. O primeiro deles é o jogo de rodas de 13 polegadas, que fez sucesso no período, além dos adereços relativos à versão nas laterais e no vidro traseiro. Vale destacar os faróis auxiliares e o pequeno spoiler na dianteira.

Internamente o bom acabamento é algo que chama a atenção. Os bancos são mais confortáveis e o volante do Passat TS – com excelente pegada e que depois equiparia o primeiro GT – se destaca. Vale falar também do painel completo, inclusive trazendo o conta-giros do lado direito.

LEIA MAIS: Ford Pampa: picape que deixou saudades no Brasil

VW Gol Copa arrow-options
Renato Bellote/iG

O conservadíssimo VW Gol Copa traz todo o charme de sua época

Guiar o Copa é divertido. Quando a Volkswagen lançou o Gol com motor boxer refrigerado a ar escolheu a opção com 1.300 cm³ de cilindrada, o que não agradou o público. Em seguida ele deu lugar ao propulsor de 1,6 litro com dupla carburação, uma escolha muito mais acertada para o compacto.

Veja Mais:  Candidato à presidência da Argentina confirma nova picape da GM

Mas voltando às impressões ao volante o carro é ágil, especialmente no caso desse exemplar com os dois carburadores bem afinados. O hatch ganha velocidade e responde prontamente aos estímulos no acelerador, trazendo o som inconfundível do motor “flat four” boxer.

LEIA MAIS: VW Saveiro GT: andamos no modelo que a fabricante nunca produziu

O Copa voltaria ao mercado nos anos 90, mais precisamente em 1994, e também na década de 2010, mas sem o mesmo brilho dessa primeira versão. Em breve trarei aqui na coluna uma Saveiro a ar com turbo e 210 cv. Até mais.  

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
Continue lendo

Carros e Motos

Chevrolet  Equinox Premier 1.5: mais afiado contra os rivais

Publicado


source
Chevrolet Equinox arrow-options
Carlos Guimarães/iG

Chevrolet Equinox é o primeiro carro 1.5 da GM em toda sua história no Brasil; veja impressões

A GM deixa a mira do Equinox mais precisa para acertar os rivais no disputado segmento de SUVs médios, do qual fazem parte modelos como Jeep Compass, Peugeot 3008 e VW Tiguan. Agora com novo motor 1.5 turbo, o Chevrolet mantém o conforto e, exceto por alguns detalhes, o nível de equipamentos do Premier 2.0, mas com menor consumo e preço um pouco mais em conta.

LEIA MAIS: VW T-Cross encara os rivais Nissan Kicks e HR-V

Os detalhes aos quais me referi ficam por conta da grade frontal ativa, dupla saída de escape cromada, start-stop e cancelamento de ruído ativo pelos alto-falantes. São itens que não fazem muita diferença no dia a dia e deixam o carro mais caro. Portanto, na nova versão Premier 1.5, o Equinox sai por R$ 159.990, ante R$ 149.990 do J eep Compass Limited 2.0, R$ 179.900 do Peugeot 3008 Griffe Pack 1.6 e R$ 158.990 do VW Tiguan AllSpace 1.4 já com o teto solar panorâmico incluído como opcional.

Equipamento é que não falta no Chevrolet Equinox Premier 1.5. Além do teto solar panorâmico, o carro vem com itens como controle de cruzeiro adaptativo, assistente de estacionamento (gira o volante sozinho em balizas), tampa do porta-malas motorizada, GPS embutido no sistema multimídia, carregador do celular por indução, serviço OnStar, alertas de colisão frontal e de ponto cego, rodas de aro 19, entre outros.

Veja Mais:  Volvo 850 R-5R: o tijolo supersônico da Suécia

É uma lista respeitável, mas é bom lembrar que o Equinox deverá mudar no ano que vem, quando passará a ter retoques no desenho e a nova central multimídia com acesso à internet via conexão 4G. De qualquer forma, o SUV se mostra bem confortável no dia a dia e com um acerto que também o torna um pouco mais ágil e estável nas curvas que a média dos utilitários esportivos da categoria.

De fato, na comparação com o desempenho do Equinox 2.0 turbo, com seus 262 cv e 37 kgfm, o 1.5 de 172 cv e 27,8 kgfm de torque deixa de ser o SUV supersônico de antes para ficar mais comportado. Ainda assim, o modelo tem fôlego compatível com a proposta do carro e suficiente para ultrapassagens seguras. A relação peso-potência continua adequada, com 9,7 kg/cv. Entretanto, com o câmbio de seis marchas, com relações longas, agora leva mais tempo para embalar. Conforme a fabricante, de 0 a 100 km/h o carro faz em 9,2, ante 7,6 s do 2.0.

Bem que a GM poderia incluir hastes atrás do volante para trocas sequenciais no lugar do botão no topo de alavanca. Porém, há que se elogiar a precisão os freios e do sistema de direção, que sempre funcionam a contento. As rodas de aro 19 montadas em pneus 235/50R também ajudam a manter o carro estável e o isolamento acústico consegue deixar o interior sempre em silêncio. A visibilidade é outro aspecto positivo, inclusive a proporcionada pelos retrovisores com rebatimento automático.

Veja Mais:  Ford EcoSport pode ser encontrado com descontos de mais de R$ 8 mil

LEIA MAIS: Jeep Compass Limited 2020: poucas mudanças, à espera do modelo 2021

Chevrolet Equinox arrow-options
Divulgação

O Chevrolet Equinox ainda carece da conectividade wi-fi; GM diz que modelo contará com recurso em breve

A principal vantagem da troca do motor 2.0 pelo 1.5 no Equinox foi a redução do consumo. Conforme os números do Inmetro, o SUV de maior cilindrada faz 8,4 km/l na cidade e 10,1 km/l na estrada, com gasolina, ante 9,5 km/l e 11,7 km/l, respectivamente. Portanto, houve uma melhora de 15%, em média.

Quem precisa de espaço para cinco vai ficar satisfeito com o Equinox. Dá para viajar sem aperto e levar as bagagens no porta-malas de 468 litros, que é maior que os 410 litros do Compass, mas menor que os 510 litros do 3008 e dos cavernosos 710 litros do Tiguan sem os bancos traseiros, configurado para cinco lugares. Aliás, na briga com os rivais, a pedra no sapato que mais incomoda o GM é o VW.

Conclusão

O Jeep é o líder disparado de vendas no segmento. E na versão topo de linha Limited também vem bem equipado, mas o motor 2.0 flex logo será substituído pelo 1.3 turbo que começa a ser produzido em Betim (MG) no final do segundo semestre. O Peugeot esbanja estilo, tem muito espaço no porta-malas e um conjunto bem acertado.

Veja Mais:  Andamos no novo Volvo V60, perua de luxo que acaba de chegar ao Brasil

LEIA MAIS: Peugeot 3008 ganha nova versão Allure; será que agora vai?

Mas, entre prós e contras, o Chevrolet Equinox 1.5 terá como principal alvo o VW Tiguan 1.4 AllSpace, que também deverá ter retoques no desenho em breve, mas tem boa relação entre custo e benefício, embora fique devendo um pouco de fôlego por ter motor menor. Logo mais, veremos aqui um embate entre os dois aqui, em iG Carros. Aguarde.

Ficha técnica

Preço:  R$ 154.990

Motor: 1.5, quatro cilindros, turbo, gasolina

Potência (cv): 172 cv a 5.600 rpm

Torque (kgfm): 27,8 kgfm de 2.500 a 4.500 rpm

Transmissão: Automática, seis marchas, tração integral

Suspensão: Independente (dianteira) / multibraço (traseira)

Freios: Discos ventilados na dianteira e sólidos na traseira

Pneus: 235/50 R19

Dimensões: 4,65 m (comprimento) / 1,84 m (largura) / 1,69 m (altura), 2,73 m (entre-eixos)

Tanque : 59 litros

Consumo:  9,5 km/l na cidade e 11,7 km/l na estrada

0 a 100 km/h: 9,2 segundos

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
Continue lendo

Carros e Motos

Nissan terá novo SUV global abaixo do Kicks; veja o teaser

Publicado


source
Nissan arrow-options
Divulgação

Com menos de quatro metros de comprimento, SUV da Nissan compartilhará muitas características com o Kicks

Às vésperas do lançamento do novo VW Nivus, o SUV abaixo do T-Cross que deverá ter seu preço na faixa dos R$ 70 mil, a Nissan anunciou que também terá um mini-Kicks. A novidade será apresentada na Índia em setembro, disputando espaço com o novo utilitário subcompacto da Hyundai, o Venue.

LEIA MAIS: Aliança Renault-Nissan-Mitsubishi revela novos planos globais

Junto do anúncio que confirma que o novo modelo será um carro global, a Nissan publicou a foto de um esboço, onde podemos perceber muitos traços herdados do próprio Kicks . Seguindo sua nova identidade visual, podemos cravar que o novo SUV terá teto no estilo “flutuante”, grade frontal em formato de “V” e lanternas traseiras que invadem a tampa do porta-malas.

LEIA MAIS: Nissan Kicks, VW T-Cross e Honda HR-V se enfrentam em comparativo; veja

De acordo com o site Autocar, o modelo será feito na mesma plataforma do Renault Kwid , com a possibilidade de receber motorização 1.0 turbo inédita. A Nissan deverá publicar novos detalhes sobre o modelo nos próximos meses. 

Fonte: IG CARROS

Comentários Facebook
Veja Mais:  Novo BMW Série 3 entra em pré-venda no Brasil, com entregas agendadas para março
Continue lendo

Câmara Municipal de Rondonópolis

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana