conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Rondonópolis

Obras da Umei da Vila Canaã tiveram início e devem ser concluídas em nove meses

Publicado

Foto: Assessoria

As obras de construção da nova creche do bairro Vila Canaã, que atenderá os alunos da Unidade Municipal de Educação Infantil (Umei) Jonas Nunes Cavalcante, já teve início no mês de agosto e tem prazo para ser concluída em nove meses. O Município está investindo R$ 1,96 milhão em recursos próprios na obra, com pouco mais de 775 metros quadrados de área construída, num total de cinco salas de aulas – número padrão de creche do tipo 2.

O prédio que abrigava a Umei Jonas Nunes Cavalcante era um dos mais antigos da cidade e estava em uma área muito próxima ao Rio Vermelho. A construção de um novo prédio para abrigar a creche era um dos objetivos da atual gestão para levar melhor estrutura aos alunos, servidores e comunidade escolar, além de garantir segurança e um ambiente melhor adequado.

A Umei da Vila Canaã conta atualmente com 121 alunos matriculados e o novo prédio terá 188 vagas disponíveis, que serão preenchidas conforme a demanda da região, ampliando a capacidade de atendimento da unidade de educação.

O novo prédio está em construção na avenida Tiradentes, centro-A, nas proximidades do bairro, em um terreno que foi adquirido pela Prefeitura.

Outras obras

Além da creche da Vila Canaã, estão com as obras de construção já em andamento outras 11 unidades escolares. Duas novas creches estão em processo de licitação e mais sete novas unidades em fase de elaboração de projeto.

Veja Mais:  Vereadores recebem trabalhadores em busca de soluções para pendências junto a órgãos municipais

A intenção é ampliar o número de vagas disponíveis na rede municipal para crianças de zero a três anos, de quatro e cinco (Educação Infantil) e também do Ensino Fundamental.

Comentários Facebook

Rondonópolis

Filme rondonopolitano Veneta estréia amanhã

Publicado

Será lançado amanhã (21) no cinema do Rondon Plaza Shopping o filme Veneta, do cineasta Joelson Santos, produzido e filmado em Rondonópolis. O filme tem um elenco principal de seis atores, todos locais, e foi produzido e filmado pela vanguardista “Rocky Fimes”, comandada pelos profissionais Clayton Rezende, Paulo Yoshihara e Willian Oliveira, têm como produtor, o escritor Hermélio Silva.

Foram cerca de dois anos até ficar pronto. Será  exibido em três sessões, a Sessão Première exclusiva para convidados às 12h00, uma Sessão Especial às 13h00, e às 13h30, com os ingressos disponíveis no local 30 minutos antes do início.

“A expectativa está muito grande, todos muito ansiosos, e é maravilhoso poder ver uma obra cinematográfica  sendo exibida no cinema, ainda mais uma cidade como a nossa que não tem um histórico positivo de incentivo a cultura. Eu espero que lançando esse  filme, a gente marque a história na cidade,  esperamos que desperte nas pessoas o desejo em  valorizar a arte, patrocinar, incentivar a quem produz, e que os munícipes sintam-se presenteados em ver Rondonópolis nas telas”, falou Joelson Santos.

SOBRE O FILME

Baseado em uma peça de teatro homônima, o filme Veneta conta a história uma mulher apaixonada que se encontra perdida em seus pensamentos e lembranças de uma dura realidade, vivendo uma trama onde caberá somente a ela descobrir o que verdadeiramente aconteceu com o seu amor.

Veja Mais:  Vereadores recebem trabalhadores em busca de soluções para pendências junto a órgãos municipais

Porque o homem que ela ama sumiu da sua vida? Para responder essa pergunta ela vai revirar a sua mente e isso vai levá-la a um final inesperado.

O filme conta com roteiro e direção do rondonopolitano formado em direito Joelson Santos, premiado como o melhor ator de teatro de Mato Grosso em 2002 e 2004, e já tem outros filmes na bagagem.

Comentários Facebook
Continue lendo

Rondonópolis

Morador de Tesouro lança livro neste sábado

Publicado

O escritor Raimundo Miranda, morador de Tesouro, Mato Grosso, lança neste sábado (21) a partir das 19h00 no Salão da Igreja Santa Terezinha em Tesouro, o seu primeiro livro de poemas “Pedaços de Saudade”.
A obra tem a produção cultural do escritor rondonopolitano Hermélio Silva, membro e fundador da Academia Rondonopolitana de Letras.
Raimundo Miranda nasceu em Nobres, mas mora em Tesouro desde 1973, ele conta que foram 20 anos de espera para a realização desse sonho, e assim que decidiu concretizá-lo, foram três meses juntando os “pedaços” dos poemas para conseguir transcrever para o papel, foram dias, que muitas vezes ia até as madrugadas,  aproveitando  o silêncio da noite em Tesouro para escrever mais um poema.
“As cinco da manhã eu já estava de pé, firme com uma caneta e um caderno, às vezes a minha velha agenda que era usada para rascunho, começava a escrever mais um poema, parava um pouco, e quando eu via algo que me chamava atenção, uma folha seca caída no chão, um pássaro cantando ou voando, ali nascia mais uma inspiração e eu então aproveitava o momento e voltava a escrever mais um”, disse o escritor.

No livro Pedaços de Saudade, tem uma homenagem ao Grupo das Araras, mulheres tesourenses unidas que alegravam os ambientes das festas memoráveis na cidade de Tesouro, entre elas a Delegada Aparecida Moraes Lopes. Tem homenagem também ao município que o escritor escolheu para viver, o poema por nome Hino a Tesouro é dedicado a todos que nasceram na cidade. Além, das poesias destacando o Rio das Garças e Cachoeira da Fumaça.

Veja Mais:  Desfile de 7 de setembro é marcado por protesto em Rondonópolis

Comentários Facebook
Continue lendo

Rondonópolis

João Mototáxi cria projeto que obriga as concessionárias a plantarem árvores

Publicado

Foto: Assessoria

O Projeto de Lei de autoria do vereador João Mototáxi que obriga as concessionárias de veículos automotores de Rondonópolis, a plantarem arvores para a mitigação do efeito estufa, foi aprovado por unanimidade na última Sessão Ordinária (18) da Câmara Municipal de Vereadores.

Está determinado no projeto, que a cada carro novo vendido, a concessionária deve plantar uma árvore, e para cada cinco motos novas vendidas, uma árvore. A finalidade é de ajudar para a formação de corredores florestais entre as unidades de conservação, compensando a emissão do gás carbônico (CO2) que contribui para o efeito estufa. Esse plantio poderá ser feito pela própria concessionária, ou por meio de cooperativas, organizações não governamentais ou empresas privadas que atuam na área ambiental.

O plantio deverá ser desenvolvido em áreas de preservação permanentes, reservas florestais, parques e jardins, corredores ecológicos ou outro ambiente ecologicamente apropriado, observando que na área urbana será feito sob orientação da Secretaria Municipal do Meio Ambiente, e em área rural sob a orientação da Secretaria Municipal de Agricultura e Abastecimento, serão essas secretarias que determinarão a quantidade e espécie de árvore a ser plantada.

As concessionárias ligadas a vendas de automóveis e motocicletas também ficam obrigadas a comprovarem o plantio de árvores, conforme a quantidade de carros e motos vendidos no mês, e caso não cumpram a Lei, poderão ser punidas com multa no valor de 70 Unidades Fiscal de Referência (UFR’s) para cada veiculo vendido sem a comprovação da compensação prevista com o plano de plantio.

Veja Mais:  Casario recebe neste sábado atividades de lazer, oficinas e Camerata de do Sesc

Comentários Facebook
Continue lendo

Câmara Municipal de Rondonópolis

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana