conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Mulher

Para mulher, ter amantes é o segredo para garantir o prazer no casamento

Publicado

Quando se está com alguém há muito tempo, é comum que o relacionamento caia na rotina e, consequentemente, esfrie e perca o romance. Casada há 23 anos, foi exatamente isso o que Ana*, 45 anos, começou a perceber sobre seu próprio casamento. Para resolver o problema, a mulher buscou uma ajuda não tão usual. Ana se cadastrou no site Ashley Madison , uma rede social de relacionamentos extraconjugais , ou seja, onde amantes se conectam, para encontrar novas pessoas para se relacionar.


Com o casamento em crise, mulher se cadastrou em rede social dedicada a unir pessoas que querem ser amantes
shutterstock

Com o casamento em crise, mulher se cadastrou em rede social dedicada a unir pessoas que querem ser amantes

Em entrevista ao Delas , Ana conta que a ideia de se relacionar com outras pessoas e ter amantes pareceu ser uma boa saída. “Casada há mais de 20 anos, eu me sentia triste, sozinha, com autoestima baixa e o meu relacionamento desgastado”, comenta. Por esse motivo, no início de 2018, Ana se inscreveu na rede social em busca de parceiros para vivenciar novas experiências sexuais. “Eu queria algo novo e excitante”, diz.

No site, é possível colocar as suas preferências sexuais e encontrar alguém compatível com você. Então, a conversa virtual começa e, se houver interesse, avança para o “mundo real”. Tudo isso acontece de forma bastante sigilosa, preservando a identidade dos envolvidos.

Ana fala que o contato começa por e-mail, depois evolui para o telefone e, se houver interesse e vontade de partir para algo mais quente, marca-se de se encontrar pessoalmente. Desde que se cadastrou na rede social, ela já passou por esse processo com sete homens, sendo três os que ela se relacionou sexualmente.

Veja Mais:  Marvel permite que pais de garoto inglês coloquem o Homem de Ferro em sua lápide

A princípio, tudo isso pode parecer estranho para quem observa a história de fora. No entanto, Ana garante que se relacionar com outras pessoas foi o segredo para melhorar a relação com o marido. “Meu casamento mudou”, diz. 

Autoestima e autoconfiança


Para mulher, manter relações fora do casamento foi o segredo para aumentar a autoestima e autoconfiança
shutterstock

Para mulher, manter relações fora do casamento foi o segredo para aumentar a autoestima e autoconfiança

Ana conta que depois que se cadastrou na rede social, sua autoestima aumentou, emagreceu e está praticando atividade física. A mulher fala que ficou mais vaidosa e cuidadosa com a saúde. Como consequência, sua autoconfiança se elevou. Com todas essas mudanças, o marido passou a admirar mais Ana e o casamento foi melhorando. “Foi um conjunto de mudanças”, diz.

“Depois de tanto tempo casado, você nem olha direito para o outro”, fala. Porém, com as mudanças na aparência – Ana chegou a perder 20 kg desde que entrou na rede social – o marido passou a enxergar a esposa com outros olhos. Ela revela que o sexo melhorou e voltou a ser frequente na vida do casal, uma vez que isso era algo perdido entre eles.

Além disso, outra questão positiva de se relacionar com outras pessoas foi que a conversa com outros homens fez com que Ana passasse a ser uma mulher mais segura e confiante de si, o que refletiu em outras áreas da sua vida, não somente a amorosa.  

Veja Mais:  Quebrando padrões: 5 vezes que modelos plus size recriaram fotos de famosas

Amantes x marido


Mulher concilia casamento com relacionamentos com amantes, mas garante que isso não é um problema
shutterstock

Mulher concilia casamento com relacionamentos com amantes, mas garante que isso não é um problema

Mas, como fica a relação com o marido diante de tudo isso? Algumas pessoas cadastradas no Ashley Madison têm relações extraconjugais com o aval do parceiro ou da parceira. Porém, esse não é o caso de Ana. “Eu não pretendo falar sobre isso com o meu marido. Ele não aceitaria”, revela.

Nesse sentido, é preciso estratégia para conciliar os relacionamentos extraconjugais com o casamento. Ana fala que os encontros costumam ser rápidos, com duração entre 1h e 1h30, nas brechas da agenda. Além disso, a comunicação também precisa ser cuidadosa.  

Quando questionada sobre o risco de se apaixonar por outro homem, Ana garante que ama o próprio marido e que as relações fora do casamento são como se fossem uma vávula de escape da rotina. “Eu gosto de ter relacionamentos extraconjugais, eu gosto do proibido. É algo que melhora a minha autoestima e eu preciso disso para respirar”, fala.

Além disso, ela fala que consegue respeitar bem o espaço do outro e não confundir casamento com as relações que mantém com outros homens. “Eu consigo me esquecer deles quando eu chego em casa. Eu não os procuro nesses horários. É algo que consigo separar bem”, diz.

Veja Mais:  Pessoas com HIV podem fazer sexo? Delas responde a questão

Diante de tantas mudanças positivas, Ana entende que vale a pena continuar ocultando esses relacionamentos extraconjugais. Ela também fala que não pretende se separar do marido, por exemplo. “Como é algo que melhorou muito o meu casamento, eu penso em algum dia parar com o site. Acho que não vou continuar por muito tempo”, fala.

Ana não está sozinha nessa vida de conciliar casamento e amantes . No Brasil, o site Ashley Madison tem milhões de membros cadastrados. Só na cidade de São Paulo, há mais de 1,6 milhão de membros buscando relacionamentos fora do casamento. Além disso, outro dado interessante é que as mulheres brasileiras, como Ana, buscam mais relações extraconjugais que os homens .

*Nome modificado para preservar a identidade da personagem

Comentários Facebook

Mulher

‘Nail art’ que simula depilação íntima causa polêmica nas redes sociais

Publicado

Você já ouviu falar do “Nail Sunny”? O salão fica na Rússia e é bastante conhecido no Instagram por ousar na hora de fazer as unhas de suas clientes. Entre as criações de ‘nail art’ que causaram alvoroço estão as ideias com  miojo , lâmina de barbear e até mesmo com formigas — e, acredite, todas seguem uma linha “funcional” (você pode comer o miojo ou usar a lâmina de barbear).


A 'nail art' é obra do salão russo 'Nail Sunny', famoso por criar estilos de unhas bizarras, e viralizou nas redes sociais
Reprodução/Instagram/nail_sunny

A ‘nail art’ é obra do salão russo ‘Nail Sunny’, famoso por criar estilos de unhas bizarras, e viralizou nas redes sociais

A última ‘  nail art  ‘ viral entrou para a lista das mais polêmicas por simular uma depilação íntima. Não, você não leu errado. A manicure inclusive utiliza cera quente para puxar os pelos que estão grudados em uma vagina feita de biscuit. 

No vídeo, é possível assistir à manicure modelando as pernas com o material e depois colando sobre a unha de uma cliente. Depois, ela aplica os pelos sobre a “região íntima” do corpo de massinha e os apara. Por fim, ela utiliza cera quente (a mesma que geralmente é usada para depilação nos salões de beleza) para remover os pelos. Assista: 

A publicação já foi assistida por mais de 1,1 milhão de usuários e recebeu milhares de comentários com opiniões bastante divididas. Enquanto parte dos internautas acredita que “isso foi simplesmente desnecessário”, outros acharam engraçado. 

“Por que as pessoas fazem isso? Essa foi a unha mais estranha que eu já vi”, escreveu um internauta. “Só porque você pode fazer algo, não quer dizer que deveria”, brincou outro. “Nossa, nunca pensei que diria isso, mas achei divertido”, disse um terceiro. 

Mais uma nail art realista e cheia de detalhes 


A 'nail art' que viralizou nas redes foi criada pelo salão russo 'Nail Sunny' e simula uma mulher em trabalho de parto
Reprodução/Instagram/nail_sunny

A ‘nail art’ que viralizou nas redes foi criada pelo salão russo ‘Nail Sunny’ e simula uma mulher em trabalho de parto

Outra ideia “diferentona” que chamou atenção recentemente foi a unha que  simula o nascimento de um bebê e foram literalmente inspiradas em um parto natural. É possível até assistir à manicure “puxar” o bebê, cortar o cordão e o “entregar” para a mãe em um tutorial compatilhado no Instagram. Tudo isso colado sobre as unhas de uma cliente. 

No vídeo também é possível assistir como essa unha “diferentona” foi feita. A cadeira para parto, o corpo da mãe e o bebê foram todos moldados com biscuit e, depois, pintados para ficarem mais realistas. Por último, a mulher ganhou uma toca de hospital e foi coberta com um tecido rosa que ficou “colado” ao recém-nascido, simulando um cordão umbilical. 

Apesar de toda a elaboração ter sido assistida mais de 570 mil vezes, os internautas acharam a ‘ nail art ‘ , no mínimo, bizarra. “Me diga que isso não é real”, escreveu uma usuária no Instagram. “Nunca vi nada tão estranho e traumatizante na minha vida”, disse outro.

Fonte: IG Delas
Comentários Facebook
Veja Mais:  Grávida faz as próprias fotos de parto enquanto dá à luz, e resultado é incrível
Continue lendo

Mulher

Gêmeo parasita: mãe dá luz bebê com outro feto dentro dele

Publicado

Um caso raro de gravidez impressionou médicos e moradoras da cidade de Barranquilla, na Colômbia. A mãe, Monica Vela, deu à luz bebê que nasceu com outro feto dentro do abdômen. Caso raro recebe o nome de “ gêmeo parasita ”, também chamado de “fetus in fetu”.

Leia também: Mãe só descobre na hora do parto que estava esperando gêmeos


Caso raro de gêmeo parasita chama a atenção na Colômbia: mãe dá à luz bebê com outro gêmeo dentro dele
Reprodução/Youtube

Caso raro de gêmeo parasita chama a atenção na Colômbia: mãe dá à luz bebê com outro gêmeo dentro dele

Em entrevista ao jornal “La Nación” , o cirurgião responsável pelo parto, Miguel Parra, explica que o gêmeo parasita é um feto malformado que é englobado no seu gêmeo com desenvolvimento normal.

Monica descobriu que estava passando por um caso de  gravidez rara no seu sétimo mês de gestação, quando fez um exame de ultrassom e a imagem mostrou que havia dois cordões umbilicais, o que chamou a atenção, já que ela não esperava gêmeos.

Leia também: Gêmeos idênticos sobrevivem porque ficaram de mãos dadas no útero

Gêmeo parasita exige cirurgia de emergência


Segundo especialistas, caso raro de gêmeo parasita acontece um em cada milhão de nascimentos do mundo
shutterstock

Segundo especialistas, caso raro de gêmeo parasita acontece um em cada milhão de nascimentos do mundo

Quando os médicos foram avaliar o que estava acontecendo com a gestante, descobriram que o feto que estava na barriga do bebê não tinha cérebro, nem coração e se alimentava da irmã gêmea.

Veja Mais:  Mãe só descobre na hora do parto que estava esperando gêmeos

“É um caso muito raro. Acredita-se que ocorre um caso em cada milhão de nascimentos, existem menos de 100 casos mencionados na literatura em todo o mundo”, explica o especialista Miguel Parra.

Por conta do caso raro , Monica passou por um parto cesárea na 37ª semana de gestação e, posteriormente, foi feita uma cirurgia para a retirada do outro feto. Para evitar que o bebê corresse risco de morte, os procedimentos foram feitos o mais rápido possível.

Leia também: Em caso inusitado, irmãos gêmeos têm dois pais biológicos

“É um dos casos mais estranhos que vemos na medicina fetal. As células que iriam formar os dois gêmeos não se separam na hora certa, então, um poderia se desenvolver enquanto o outro está dentro do seu irmão”, diz o médico.

Miguel Parra ainda comenta que a cirurgia para a retirada do gêmeo parasita aconteceu 24 horas depois do nascimento do bebê saudável. “Agora ela é uma menina que se desenvolve muito bem. A mãe se recuperou muito bem da sua cesariana”, completa o profissional.

Fonte: IG Delas
Comentários Facebook
Continue lendo

Mulher

Jovem usa maquiagem para “pintar a dor” da síndrome do intestino irritável

Publicado

Fay Harrison, de 18 anos, sofre com a síndrome do intestino irritável . Durante anos, ela passou por surtos dolorosos que a impediram de sair com os amigos e ir à faculdade. Na semana passada, a jovem enfrentou os sintomas do distúrbio intestinal e resolveu expressar o que estava sentindo para que as pessoas se conscientizem. 


Fay Harrison sofre com a síndrome do intestino irritável e quer conscientizar as pessoas sobre sua doença invisível
Reprodução/Instagram/philosofay

Fay Harrison sofre com a síndrome do intestino irritável e quer conscientizar as pessoas sobre sua doença invisível

Em seu perfil do Instagram, Fay “pintou sua dor” da síndrome do intestino irritável com sombra e batom. Ela usou tons mais escuros para as áreas inflamadas ao redor do umbigo e optou por uma cor mais rosada em torno do abdômen para mostrar o quão dolorosa a condição é. 

“Minha doença começou a atacar e, em vez de sentar na cama, chorando por causa da dor, decidi demonstrar o que sinto no estômago com maquiagem . Com questões de saúde como essas, as pessoas nem sempre entendem completamente a dor crônica que acompanha a situação. Isso porque ela é invisível”, escreve na legenda. 

Em seguida, ela pede que as fotos ajudem as pessoas a se conscientizarem de que o surto não é apenas uma pequena dor de barriga. “É uma sensação de queimação maciça. Uma dor aguda e angustiante que persiste. É azia. São cólicas estomacais. É uma dor tão grave que qualquer pequeno movimento é difícil”, completa. 

Veja Mais:  Mulher segue promessa e consegue emagrecer 106 kg em um ano

Depois, Fay fala sobre as dificuldades do dia a dia. “Meu quarto está uma bagunça agora e eu estou quase chorando porque não consigo me levantar e fazer a tarefa de arrumá-lo. A dor é tão severa. Há momentos em que ela é tão ruim, como esta noite, onde desejo o pior”, afirma. 

Para finalizar a publicação, a jovem fala sobre a conscientização em torno do distúrbio intestinal . “Temos que permanecer fortes, pois mesmo que a dor seja tão horrível, ela é apenas temporária. Ela voltará, mas pelo menos você terá algum alívio. Desejo amor para vocês. Vamos aumentar a consciência para as doenças invisíveis”, pede.

Repercussão sobre a publicação da síndrome do intestino irritável


Após o a publicação sobre a síndrome do intestino irritável, a jovem recebeu apoio de seus seguidores do Instagram
Reprodução/Instagram/philosofay

Após o a publicação sobre a síndrome do intestino irritável, a jovem recebeu apoio de seus seguidores do Instagram

Nos comentários, alguns seguidores demonstraram apoio e compartilharam suas histórias . “É encorajador ver você compartilhar sua jornada. Obrigada por isso. Estou nessa briga com você”, diz um.

“Também sofro com uma doença invisível, assim como a síndrome do intestino irritável , e, agora, estou sentada em compressas de água quente para tentar aliviar a dor aguda. Sei exatamente como você se sente”, ressalta outro.

Fonte: IG Delas
Comentários Facebook
Continue lendo

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana