conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Rondonópolis

Parceria qualifica 45 pessoas para mercado de trabalho

Publicado

Foto: Assessoria

Uma parceria entre o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), Instituto Matogrossense do Algodão (IMAmt), Secretaria Municipal de Promoção e Assistência Social, Caritas Diocesanas, Sindicato Rural de Rondonópolis e Associação dos Produtores de Sementes de Mato Grosso (Aprosmat) em três cursos ministrados qualificou 45 pessoas, em operadores de empilhadeira, colheitadeira e relação interpessoal.

Na última qualificação realizada pela parceria foi o a de operador de colhedeira, com 40 horas divididas em teoria e prática, onde os alunos receberam instruções sobre manutenção, regulagem e a colheita de grãos. O instrutor do Senar MT, Gilmar José da Silva elogiou o empenho dos participantes do curso e a rápida aprendizagem no decorrer das orientações. “O balanço é muito proveitoso, todos os participantes nesta fase do curso já conseguiram trabalhar com a máquina, onde eles entenderam o funcionamento da colhedeira e praticaram no campo, ou seja, eles já estão aptos a desenvolver a parte operacional, de manutenção e regulagem do equipamento”, disse.

O aluno Mauro Sergio Pereira Torres, 45 anos, que é eletricista viu no curso a oportunidade de aumentar sua qualificação. “Para mim foi muito bom este curso de operador de colhedeira, porque pude melhorar meu currículo com mais essa qualificação, porque minha área é elétrica residencial, por isso agarrei a oportunidade que recebi e estou muito feliz com o curso”, concluiu.

Segundo o mobilizador do Senar MT, Fábio Borges as parcerias são as soluções para disponibilizar estes cursos para pessoas que não tem condições de arcar os custos. “Poder oferecer qualificação para estas pessoas que vieram em busca de uma oportunidade de trabalho e puderam melhorar seu currículo com um dos cursos disponibilizados. Só temos agradecer as entidades que participaram deste projeto muito bonito que tem a tendência de continuar no próximo ano”.

Veja Mais:  Vereador Guinancio diz que medidas na Coder devem ser cautelosas para não prejudicar funcionários

A responsabilidade social do projeto também é destacada pelo presidente da Aprosmat, Gutemberg Silveira que avaliou de forma positiva esta primeira etapa de cursos. “A  Aprosmat não poderia ficar de fora desta ação, onde entidades se uniram para poder qualificar pessoas que não tem condições financeiras de pagar cursos deste nível. Desta forma exercemos cidadania e ajudamos a melhorar a vida dos participantes dos cursos”, finalizou. Os cursos também contaram com o apoio do Sindicato Rural de Rondonópolis.

Comentários Facebook

Rondonópolis

Defesa Civil do Estado realiza visita de cortesia a Rondonópolis

Publicado

Foto: Assessoria

Rondonópolis recebeu a visita da equipe da capacitação da Defesa Civil do Estado de Mato Grosso que se colocou à disposição para demonstrar ao município tudo que pode usufruir da parceria com a Defesa Civil estadual e federal, conforme informações do 2º sargento do Bombeiro Militar e coordenador de prevenção e preparação, José Bruno de Souza Filho.

“A Defesa Civil é um sistema que funciona a nível estadual, federal e municipal. Aqui no estado de MT, a municipal é o elo mais frágil dessa corrente, por isso o sistema como um todo o ente federal e o ente estadual está pronto para apoiar a coordenadoria municipal no que precisar, tanto para projeto de obras preventivas, corretivas, reconstrutivas após um desastre”, relatou o coordenador.

Outro fato reforçado é a necessidade na prevenção feita por meio de capacitação da população e do coordenador Municipal para que ele possa ter uma visão mais ampla de todos os recursos disponíveis para o município para melhorar a qualidade de vida da população em uma época de eventos adversos.

O coordenador do Gabinete de Apoio à Segurança Pública (Gasp) e coordenador interino da Defesa Civil, Valdemir Castilho de Araújo, agradeceu pela visita, vista por ele como essencial e muito favorável.

“Uma visita produtiva, bem-vinda e orientativa uma vez que Rondonópolis é referência para 22 municípios. Tendo uma Defesa Civil forte aqui, serve como referência para os outros municípios além de cuidar dos próprios problemas que nós temos, pois é uma cidade muito pulverizada e demanda alguns problemas nesse período crítico”, comentou Araújo.

Veja Mais:  Vereadores realizam audiência e recebem novas propostas

Comentários Facebook
Continue lendo

Rondonópolis

Sispmur alega que prefeito encaminha projeto que prejudica servidor

Publicado

Projeto de Lei, que tramita em regime de urgência na Câmara de Vereadores, prevê que servidores não tenham direito ao passivo da insalubridade.

O prefeito José Carlos do Pátio enviou no dia 10 de janeiro de 2019 em regime de urgência um projeto de lei que tira direito ao retroativo de insalubridade dos servidores, se aprovado os servidores só terão direito a receber a insalubridade partir do laudo do LTCAT em funcionamento, que ainda não foi entregue.

Segundo o secretário geral do Sispmur Rubens de Oliveira, o documento é uma afronta ao direito dos servidores que fizeram requerimento há mais de dois anos e não estão recebendo. “O servidor tem direito ao recebimento desses passivos, não podemos pagar pela inercia da gestão. O laudo está pronto desde dezembro, mais a administração alega que não, mesmo toda a categoria e o sindicato sabendo que o laudo está pronto. O sindicato enviou ofícios pedindo o laudo para periciar a legalidade e aplicação correta da legislação, mais ainda sem resposta.

Caso a administração insista em não enviar o laudo para que possamos junto com o perito do Sispmur avaliar, iremos recorrer à justiça como fizemos outras vezes, quando foi negado à entrega de documentos pela administração”, destaca.

Rubens de Oliveira enfatiza ainda que o Sindicato tem cobrado a conclusão do laudo e questionado que muitos servidores não estão recebendo a insalubridade. “Tem servidor que tem mais de dois anos sem receber, esse adicional que é de 20 a 40% a mais no salário, é um direito legal inquestionável e que inclusive afeta na aposentaria do trabalhador, pois quem recebe a insalubridade tem direito a aposentaria especial,” conclui.

Veja Mais:  Casos de dengue e chikungunya registram queda, mas atenção deve ser redobrada no período chuvoso

O adicional de insalubridade é um instrumento legal de compensação ao trabalhador por períodos de trabalho exposto a agentes nocivos, com potencial para prejudicar a sua saúde. Esse benefício é reconhecido pelo Ministério do Trabalho e está previsto na Consolidação das Leis do Trabalho – CLT nos artigos 189 a 197. Além disso, a Norma Regulamentadora NR-15 determina quais são os riscos passíveis de gerar o benefício.

Comentários Facebook
Continue lendo

Rondonópolis

Reginaldo debate com prefeito pagamento do RGA, URV e Dia dos Servidores Aposentados

Publicado

Ver. Reginaldo Santos (PPS)- Foto: Assessoria

O vereador Reginaldo Santos – PPS esteve na última semana em reunião com o prefeito José Carlos do Pátio – SD. A pauta do encontro foi o RGA – Revisão Geral Anual dos servidores municipais de Rondonópolis.

O reajuste é baseado no Índice Nacional de Preços ao Consumidor – INPC do ano anterior e é legalmente determinado pelos cálculos do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE.

Reginaldo pediu ao gestor celeridade no processo, uma vez que data para o reajuste é janeiro. “O prefeito foi muito receptivo. Pedi apenas que ele e sua equipe dediquem atenção no processo do reajuste, uma vez que o aumento só pode ser concedido com aprovação da Câmara Municipal em duas votações. Então quanto antes o executivo enviar a proposta para o legislativo, mais rápido o projeto será avaliado e com toda certeza aprovado”, explica.

URV

O parlamentar de três mandados ainda aproveitou a reunião com José Carlos do Pátio e reforçou a importância do pagamento da URV dos servidores. “A justiça já decidiu que o servidor municipal tem direito. É uma luta antiga. A melhor de forma de resolver essa questão é chamar os trabalhadores para conversar e apresentar opções para o pagamento das perdas na conversão do Cruzeiro Real para Unidade Real de Valor”.

Dia do Aposentado

Por fim, Reginaldo ainda debateu com o prefeito, apoio para as comemorações do Dia do Aposentado Municipal, lembrado em 5 de maio. “O IMPRO está organizado um dia totalmente voltado para centenas de servidores aposentados do município. Será um grande ato de homenagem e reconhecimento pelos serviços prestados por estes trabalhados. Expliquei para o prefeito que a participação dele era muito importante no encontro e ele se comprometeu em ajudar. Nossa reunião foi muito boa, não sou da base do prefeito, mas quero o bem do nosso município. Essa será minha conduta ao longo dos próximos dois anos”, finaliza.

Veja Mais:  Auxiliares apresentam trabalho desenvolvido com alunos portadores de necessidades educacionais especiais

Comentários Facebook
Continue lendo

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana