conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Na Capital

Perícia médica do Cuiabá-Prev recebe visita técnica de órgãos de Roraima

Publicado

Luiz Alves

O modelo de informatização e humanização adotado pela perícia médica do Cuiabá-Prev tem resultado em satisfação aos servidores e inspirado outras perícias pelo Brasil. Nesta semana, representantes da Junta Médica Municipal da Prefeitura de Boa Vista e do Regime de Previdência Social dos Servidores Públicos do Município de Boa Vista (PRESSEM) estiveram em Cuiabá para conhecer o sistema.

Em busca de soluções para seu recém-implantando modelo de gestão, elas passaram três dias Capital estudando e trocando experiências acerca de uma bem-sucedida experiência no setor. 

De acordo com o secretário adjunto de Previdência, Fernando Jorge Mendes, a informatização dos sistemas é uma das soluções de maior impacto na rotina do órgão, garantindo celeridade, controle e transparência aos processos. Ele lembra que o Cuiabá-Prev é o único do Estado a possuir Iso 9001 e o selo Pró-Gestão e atribui as certificações a estes fatores, que ganham força com a modernização.

Na opinião da perita Alina Soto, embora a relação entre profissional e paciente seja parecida nos regimes de ambas as capitais, a informatização é que faz toda a diferença. “Quando o servidor precisa se afastar ele caminha muito, da Secretaria para perícia, para agendamento. Ou seja, o fluxo é demorado, especialmente para quem está doente. Estreitar esse caminho traria ganho na saúde e no tratamento.”, diz.

A chefe da Junta, Joelma Costa, explica que a proposta é humanizar esta dinâmica, implantando a metodologia do sistema Siprev, utilizado em Cuiabá, em Boa Vista. “Percebemos que o sistema permite que médico acompanhe melhor o servidor, deixando todo o procedimento mais transparente e econômico. Durante esses dias, além de conheceremos o funcionamento, também treinamos para utilizar o sistema.”

Veja Mais:  Conheça o projeto do Cais do Porto

Em outubro de 2018 o secretário de Administração e Gestão de Pessoas de Boa Vista, Paulo Roberto Bragato e a  presidente do PRESSEM, Ana Ziegler, também estiveram em Cuiabá para conhecer o modelo adotado. À época a entidade roraimense estava em processo de reestruturação, passando de uma superintendência para um instituto

É o que lembra a gerente de aposentadorias e pensões Socorro Menezes, que também acompanhou a visita. “A primeira vinda foi feita com um olhar especial à previdência, diferentemente desta nova experiência, que traz um olhar de gestão e perícia”, diz.

A superintendente de Gestão de Pessoas, Delizarda Sampaio explica que a Secretaria e Junta funcionam atualmente em prédios separado e que a ideia é trabalhar em parceria. “Estamos tentando viabilizar melhor qualidade de vida, para que não tenha que ficar correndo de um lado para o outro.”

A digitalização garante ainda economia direta e indireta na prestação de serviço. “Diretamente observamos a redução no consumo de papel e tinta, por exemplo. Já indiretamente, há diminuição no desgaste de veículos, de servidores e de combustíveis, uma vez que os documentos não precisam mais ser levados fisicamente a diferentes setores e secretarias”, afirma Fernando.

Atualmente o Cuiabá-Prev gere cerca de 15 mil vidas. Todos os seus processos são mapeados, desde controle de registros até o planejamento de comunicação. A celeridade e transparência nos processos já resultaram na visita de vários outros regimes previdenciários, que buscam no órgão, a receita para o desenvolvimento.

Veja Mais:  Prefeitura de Cuiabá alerta para limpeza de terrenos baldios

“As certificações e a comprovação do caso de sucesso do Cuiabá-Prev desperta o interesse nos colegas que nos procuram e também nos oferecem a oportunidade aprendemos com as experiências que eles trazem de lá. Assim podemos aperfeiçoar a gestão e compartilhar com outros estados”, finaliza o médico perito do órgão, George Lima.

Comentários Facebook

Na Capital

Prefeito de Cuiabá homenageia os professores e destaca avanços

Publicado

Jorge Pinho

Na rede pública municipal de Ensino de Cuiabá cerca de 3 mil professores estão em sala de aula atendendo mais de 52 mil alunos, da Educação Infantil, Ensino Fundamental e Educação de Jovens e Adultos. Na data em que é comemorado o Dia do Professor, 15 de outubro, a gestão Emanuel Pinheiro destaca a importância desse profissional para o desenvolvimento da sociedade cuiabana e destaca algumas ações que valorizam e dão suporte ao trabalho destes importantes profissionais.

Investir firmemente na formação continuada dos profissionais, na melhoria da estrutura física das unidades e na valorização do trabalho realizado em sala de aula são algumas das metas da gestão municipal e alguns dos ganhos mais significativos da atual gestão foi, após 8 anos engavetado, a revisão e finalização da nova lei orgânica da categoria, e os ganhos reais obtidos deste o início da atual gestão estão fazendo da capital mato-grossense um exemplo na Educação. Cuiabá é a capital brasileira com o terceiro melhor salário base da categoria. Somados os 3,31% de recomposição salarial, implantados em julho, mas os 3,70% de ganho real, os servidores da Educação terão 7% de reajuste total. Respeitando a lei de Responsabilidade Fiscal e os alertas do Tribunal de Contas de Mato Grosso, o percentual de ganho real será incorporado aos salários dos profissionais no mês de fevereiro de 2020.

Veja Mais:  Conheça o projeto do Cais do Porto

“Nossa preocupação não é só melhorar e atualizar os conhecimentos desses profissionais, aprimorando a didática aplicada em sala de aula, mas também nos preocupamos em valorizar esse profissional reconhecendo o seu esforço e dedicação em sala de aula. Por isso somos uma gestão humanizada, voltada e para as pessoas”, destacou o prefeito Emanuel Pinheiro.

Entre os ganhos proporcionados pela nova Lei Orgânica está a valorização do tempo disponível dos profissionais. A partir da aprovação do novo Plano de Cargo Carreira e Salário (PCCS) o profissional passará a trabalhar 23h sendo 16 delas em sala de aula e 7 dedicadas à formação. Além disso, estão sendo implementados programas voltados a qualidade de vida e outras ações como a manutenção dos trâmites normais dos processos de licenças-prêmios, atualmente sem nenhum registro de pendências, e das elevações de nível cujos pagamentos estão regularizados.

“Ao valorizarmos os professores estamos dando um grande passo para tornar a Educação em Cuiabá uma referência para o estado e para o país, estamos dando um exemplo poderoso para todas as pessoas que precisam entender valorizar e respeitar esses profissionais”, salientou o secretário de Educação de Cuiabá, Alex Vieira Passos.  

Depoimentos

“Os nossos estudantes hoje precisam de um professor como referência, como pessoa, como ser humano que ofereça todo apoio, para que ele possa estar inserido na sociedade. É aí que começa a formação de cada um, do caráter, a forma social e a educação visando transformar cada um em um cidadão”, Marilene de Souza Carvalho – professora há 38 anos.

Veja Mais:  1ª dama vai à Brasília buscar apoio e secretária nacional destaca importância das primeiras damas

“Qualquer profissional, para se formar, precisa passar por vários professores, ele faz parte da vida do profissional, muito mais o conteúdo que ele ensina, a responsabilidade, ética, ele faz parte da vida de qualquer cidadão.” Wiliam Ortega Ferreira, professor há 19 anos.

“Ser professor é uma arte, ser professor é um dom, é ter a vocação pra liderar pessoas diversas e, acima de tudo, a gente colaborar enquanto cidadão, para despertar pessoas atuantes na sociedade, não ficamos somente com os conteúdos dos livros, mas acima de tudo, é formação e valorização do ser humano, pertencente a uma sociedade que está em constante transformação”, Edmilson Marques de Moraes, professor da rede há 20 anos.

“Os professores tiveram e tem um papel o importante. É através deles que as crianças aprendem ampliam o olhar sobre o outro e sobre o mundo, reveem conceitos, são questionados e incitados a exercitar a cidadania, é um processo que começa fora da escola, mas a escola aperfeiçoa, então o professor é um elemento principal nisso”, Eliane Quinhone, há 28 anos ensinando.

“Nós temos um compromisso intrasferível, que é o de trabalhar com uma geração, que está em formação, portanto este é um propósito de cidadania, que o professor pratica com o aluno, por isso a importância de ser valorizado”, professor Gilberto Fraga é professor da rede há 40 anos.

Veja Mais:  Cleia Martins da Costa, os convites para uma vida de experiências

 

Comentários Facebook
Continue lendo

Na Capital

Sine oferece 60 vagas para esta semana: confira

Publicado

Gustavo Duarte

Auxiliar de linha de produção, motorista e operador de empilhadeira são algumas das 60 oportunidades de emprego anunciadas pelo Sine Municipal nesta semana. Os salários variam entre R$ 998 e R$ 2.000, e incluem benefícios negociados diretamente com os contratantes.

Além de se candidatarem às oportunidades, os interessados podem solicitar a Carteira de Trabalho e dar entrada ao seguro desemprego.

Para cada um dos serviços oferecidos, são distribuídas 50 senhas a partir de 7h. Contudo, se os cidadãos forem atendidos antes do horário de encerramento, às 17h, os servidores continuam recebendo as demandas dos que chegarem. Não é necessário fazer agendamento prévio.

É importante destacar que os candidatos devem comparecer ao órgão periodicamente para atualizarem seus cadastros, aumentando assim as chances de conquistarem uma vaga. Sendo assim, é importante comparecer aos postos de atendimento portando carteira de trabalho, RG, CNH e comprovante de endereço.

Confira:

Comentários Facebook
Veja Mais:  Arte LGBTQI+ faz abrigo no MISC com exposição sobre diversidade e resistência
Continue lendo

Na Capital

Lançamento da Parada da Diversidade Sexual de Cuiabá aborda o tema empregabilidade

Publicado

Davi Valle

Com o tema “Somos muitos, podemos estar em qualquer profissão”, foi lançado na noite desta segunda-feira (14), mais uma edição da Parada da Diversidade Sexual de Cuiabá. O evento de abertura contou com a apresentação artística de grupos de teatros abordando temas homofóbicos, a cantora Larissa Padilha também fez um show voz e violão, Ariane Cruy rainha da parada do ano passado, passou a coroa pra rainha deste ano Daniela Veiga, além dos shows das Drags Queens.

De acordo com o coordenador geral da parada, Clovis Arantes, as questões e os temas discutidos nas edições são pensados de uma forma imediata, nas necessidades da população LGBT. Ele destaca que este ano o tema abordado é empregabilidade, o preconceito no local de trabalho, falta de oportunidade de acesso ao mercado de trabalho, principalmente quando se fala na população mais vulnerável que são os travestis e os transexuais. “Os poderes tem que pensar nas políticas públicas de inclusão, até porque os LGBTS também pagam impostos, temos direitos. Por isso, esse ano vamos despertar os poderes para as nossas causas, queremos empregos, aposentadoria, garantias”, observa Clovis.

Para o presidente do Conselho Municipal de Atenção à Diversidade Sexual, Valdomiro Arruda, o significado do tema é emblemático, pois destaca o espaço no mercado de trabalho que a sociedade LGBT+ vem procurando, saindo da informalidade e passando para valorização com garantia dos direitos, “Estamos lutando para ter carteira assinada, temos a capacidade de sermos advogados, médicos, engenheiros. A sociedade tem que tirar este estereótipo que só conseguimos ser maquiador, cabeleireiro, cozinheiro, somos competentes, só precisamos de oportunidade”, ressalta Valdormiro.

Veja Mais:  Cleia Martins da Costa, os convites para uma vida de experiências

Segundo Valdomiro, a Prefeitura de Cuiabá por meio do Conselho Municipal de Atenção a Diversidade Sexual, coloca em prática o trabalho de humanização, desenvolve junto a classe LGBT políticas públicas, onde ouve e apoia esta população.

Também participou do evento a coordenadora Estadual Mães pela Adversidade, Josi Marconi, ela explica que o Mato Grosso é o Estado mais transfóbico e LGBTfóbico do Brasil, com isso a dificuldade em desenvolver o trabalho da instituição é grande já que na maioria das vezes as mães e familiares tem medo de se expor e procurarem grupos de apoio devido ao grande preconceito. “Nós recebemos mães e pais que não sabem lidar com este mundo tão diferente, com essa nova situação, damos apoio, informação. Nosso trabalho também é de dar apoio a LGBT que estão em vulnerabilidade emocional, eles nos procuram e encaminhamos para um profissional ou da psicologia, ou meio jurídico. Trabalhamos com este apoio”, afirma.

A Parada da Diversidade Sexual de Cuiabá, acontece no dia 16 de Novembro à partir das 14 horas na Praça Ipiranga e a expectativa da organização para este ano é que 25 mil pessoas participem desta edição.

PROGRAMAÇÃO

Outubro

A partir desta terça-feira (15), serão realizados encontros para debater diversos temas acerca da comunidade LGBTI+. No primeiro será debatido saúde e Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs). O encontro será realizado na Casa dos Conselhos, às 19h, e é aberto para todos os públicos.

Veja Mais:  O prefeito me incubiu de implantar um novo ciclo na saúde de Cuiabá, afirma Possas

NOVEMBRO

No próximo mês sendo exclusiva para os trabalhadores LGBTI+, a feira acontecerá nos dias 15 e 16 de novembro na Orla do Porto, com estrutura cedida pelos organizadores do evento. Ainda no dia 15 será realizado um campeonato esportivo entre às 8h e 17h. O local do campeonato ainda está para ser definido.

Por conta do tema, no dia 15 de novembro, uma sexta-feira, será iniciado uma feira com trabalhadores da comunidade para vender e expor seus trabalhos na Orla do Porto.   

Comentários Facebook
Continue lendo

Câmara Municipal de Rondonópolis

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana