conecte-se conosco
Copyright © 2018 - Agência InfocoWeb - 66 9.99774262


Policia Federal

PF combate crimes eleitorais no Amapá

Publicado

Macapá/AP – A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quinta-feira (6/12) a Operação Cícero, com objetivo de apurar esquema criminoso de captação ilícita de votos durante o primeiro turno das eleições gerais de 2018 em Macapá/AP.

Policiais federais dão cumprimento a quatro mandados de busca e apreensão na cidade de Macapá/AP, expedidos pela Justiça Eleitoral.

Segundo as investigações, o grupo criminoso, no período entre agosto e outubro deste ano, distribuiu diversos botijões de gás, medicamentos e produtos hortifrutigranjeiros, como também atuou no favorecimento de marcação de consultas médicas em troca de obtenção de voto a candidata eleita em 2018 ao cargo de Deputada Estadual.

Ainda de acordo com o apurado, o esquema criminoso beneficiou também candidata eleita em 2018 ao cargo de Deputada Federal, com a realização de transporte irregular de eleitores, concentrado na região dos bairros do Araxá e Pedrinhas, feitos com a ativa organização da candidata em benefício próprio.

Os investigados poderão responder, na medida de suas responsabilidades, pelos crimes de associação criminosa, compra de votos e transporte coletivo de eleitores. Se condenados, poderão cumprir pena de até 13 anos de reclusão.

O nome da operação é uma alusão à obra de Quintus Tullius Cicero, pensador da Roma Antiga, denominada “Como ganhar uma eleição”. O manual ensina estratégias que deveriam ser adotadas em uma campanha política bem-sucedida.

Veja Mais:  Operação Taquara combate crimes ambientais em Capanema/PR

 

 

Comunicação Social da Polícia Federal no Amapá

cs.srap@dpf.gov.br | www.pf.gov.br

(96) 3213-7569

Comentários Facebook

Policia Federal

Operação Contra-ataque investiga invasões ao site da Justiça Federal em Sergipe

Publicado

Aracaju/SE – A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quinta-feira (18/4) a Operação “Contra-ataque”, com o objetivo de identificar e responsabilizar os autores de invasões ao site da Justiça Federal em Sergipe, ocorridas em 05/11/2016, que interromperam o funcionamento do endereço eletrônico.

Foram cumpriram 6 mandados de busca e apreensão, nas cidades de Belo Horizonte/MG, Brasília/DF e Novo Hamburgo/RS. Os mandados foram expedidos pela 3ª Vara da Justiça Federal da Seção Judiciária de Sergipe.

Policiais federais apreenderam celulares, computadores e mídias pertencentes aos envolvidos. Esses equipamentos serão submetidos a exames periciais, com o objetivo que incrementar as provas já colhidas no Inquérito Policial.

Os envolvidos podem responder pela prática do crime do art. 154-A do Código Penal, que prevê pena de multa e de detenção de até um ano.

 

Fonte: Polícia Federal
Comentários Facebook
Veja Mais:  PF prende no RN espanhol procurado pela Interpol
Continue lendo

Policia Federal

Operação Retomada desarticula grupo envolvido em roubo de cargas em Alagoas

Publicado

Maceió/AL – A Polícia Federal deflagrou nesta quinta-feira (18/4) a fase ostensiva da Operação Retomada, com o objetivo de reprimir organização criminosa envolvida com roubo de carga no Estado de Alagoas. Policiais Federais, com o apoio da Polícia Militar e Polícia Civil de Alagoas e da Polícia Rodoviária Federal, cumpriram dois mandados de busca e apreensão, expedidos pela Justiça Federal de Alagoas, na cidade de São Sebastião/AL.

Os materiais apreendidos serão submetidos à perícia técnica e, em seguida, juntados a Inquérito Policial instaurado em abril deste ano, quando da ocorrência de roubo de objetos pessoais e institucionais de um policial federal em mudança de endereço no Estado. O roubo aconteceu na rodovia BR 101, no município de Porto Real do Colégio/AL.

Identificados no curso das investigações, os suspeitos serão ouvidos, na Sede da PF em Alagoas, pela autoridade policial que preside o inquérito instaurado e responderão pelos crimes do art. 2º, da Lei nº 12850/13 e art. 157, do Código Penal.

O nome da Operação Retomada faz alusão à ação da qual se pretender recuperar, reconquistar e reaver um determinado bem.

Não haverá coletiva de imprensa.

 

Fonte: Polícia Federal
Comentários Facebook
Veja Mais:  PF investiga comércio ilegal de ouro
Continue lendo

Policia Federal

Operação Contêiner investiga esquema de descaminho na aquisição de CFTV

Publicado

Campo Grande/MS – A Polícia Federal, juntamente com equipe da Receita Federal, cumpriu na quarta (17/4) dois mandados de busca e apreensão, no âmbito da Operação Contêiner, em investigação acerca da entrada de mercadorias do exterior, sem o correspondente recolhimento dos tributos devidos. Uma das buscas ocorreu na casa de um empresário, de 39 anos, morador do Bairro Vilas Boas, e outro mandado foi cumprido em sede de empresa importadora.

A PF apurou que a importadora mantinha contratos de fornecimento de equipamentos e serviços de instalação de sistemas de monitoramento e vigilância por câmeras, com diversos órgãos públicos. A investigação demonstrou que a firma servia, na verdade, como empresa de fachada para dar legalidade e confiabilidade aos serviços prestados por seu proprietário, que internalizava no país os equipamentos ilegalmente, sem o pagamento dos devidos tributos, ludibriando órgãos públicos contratantes e, assim, auferindo lucros.

Ao término das buscas, uma pistola calibre .380 de origem estrangeira foi encontrada sem a comprovação da importação lícita. O empresário foi preso em flagrante e conduzido para a Superintendência Regional, onde prestou depoimento. Também foi encontrada pequena quantidade de drogas supostamente para consumo próprio. Ele responderá criminalmente por infração aos delitos de descaminho, posse de droga e tráfico internacional de arma de fogo.

 

Fonte: Polícia Federal
Comentários Facebook
Veja Mais:  Polícia Federal apreende cédulas falsas encomendadas pela internet
Continue lendo

Rondonópolis

Polícia

Esportes

Famosos

Mais Lidas da Semana